Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \30\UTC 2009

APITO FINAL!

Como é difícil acompanhar da melhor forma possível a Liga dos Campeões! Não que seja ruim, longe disso, mas a imprevisibilidade da competição irrita às vezes.

Explico: nesta quarta-feira tínhamos pelo menos 3 jogos razoavelmente equilibrados. Bayern x Juventus na ESPN, Real Madrid x O. Marselha na ESPN Brasil e Manchester United x Wolfsburg sem transmissão para a TV.

Foi complicado, mas optei por assistir o jogo entre alemães e italianos. Infelizmente eu não estava na redação, onde posso tentar ver 2 jogos ao mesmo tempo, por causa das TV’s que ficam lado a lado.

Lamentações à parte, antes do jogo acreditei de verdade que tinha feito a melhor escolha, mas só depois percebi o erro. A Juve veio retrancada, o Bayern apresentou pouca criatividade e só uma grande jogada de Ribery, que não resultou em gol (um pecado!), valeu a pena de verdade.

É claro que a vitória do Real contra o time francês (3 a 0) também não deve ter sido tão divertida, mas o ideal mesmo seria ver Manchester United x Wolfsburg. Aparentemente o jogo, entre dois times interessantes, foi emocionante, no mínimo.

Entretanto, quem poderia prever isso antes da bola rolar? Nem a ESPN! É aí que voltamos ao 1º parágrafo: a imprevisibilidade da Liga dos Campeões, mesmo no começo da fase de grupos, irrita. Mas é uma irritação gostosa, confesso.

Read Full Post »

Header Direto das Bancas

"O pôquer dominou o futebol", reportagem da revista Placar de outubro de 2009

A edição 1335 da revista Placar traz como principal destaque uma grande e chamativa reportagem sobre a nova mania entre os jogador

“O pôquer dominou o futebol” desanima logo no começo, pois os repórteres Bernardo Itri e Ricardo Perrone logo avisam que a reportagem “tentou falar com todos, inclusive Luxemburgo, mas não obteve sucesso”.

Mas isso acontece, tudo bem, é preciso seguir em frente, ler e analisar todo o texto. Nele, as apostas dos atletas em vários tipos de jogos são relatadas, mas pouco é mostrado sobre o jogo de cartas.

Existem várias histórias de atletas que apostam poucos valores no pôquer, como Diego Souza, que não deixa ninguém perder mais do que 300 reais no Palmeiras; ou Rogério Ceni, que brincar mais na internet e perde, no máximo, 100 dólares.

O caso que realmente chama a atenção é o de Vanderlei Luxemburgo. Segundo uma fonte da Placar, “diretores do Palmeiras reclamavam que Luxemburgo se dedicava muito ao carteado”, mesmo que os duelos acontecessem apenas nas suas folgas.

Isso porque o técnico comandava menos treinos para poder viajar ou jogar por longas madrugadas. Especula-se que ele já chegou a perder até mesmo 20.000 reais na mesa.

Fotos de Luxemburgo jogando pôquer na Argentina já caíram na internet

Fotos de Luxemburgo jogando pôquer na Argentina já caíram na internet

Esse é o grande perigo do pôquer. Trata-se de um jogo viciante, que precisa ser controlado para não deixar de ser só um passatempo das concentrações.

Não faltam exemplos de problemas por causa dos jogos: há quem diga que Fábio Costa, por exemplo, já teria tentado quebrar um taco de sinuca em Diego e Robinho em outros tempos.

A reportagem da Placar dá a impressão que a grande maioria dos jogadores se protege muito bem disso tudo. Mas quem acredita fielmente nisso?

Read Full Post »

TOP 11

O Mundial Sub-20 começou na semana passada e a expectativa está voltada para a descoberta de novos talentos. Mas não são poucos os casos de fracassos, mesmo após boas participações na competição. E nem é preciso fazer a memória ir muito longe.

É possível fazer uma lista só com jogadores que se destacaram nos mundiais sub-20 dos últimos 10 anos, mas não conseguiram sucesso posteriormente.

Veja a lista dos fiascos:

1º) Giovanni dos Santos (Mundial de 2007)
O mexicano era tratado como “jóia rara” no Barcelona, mas até agora não conseguiu se firmar lá e nem em clubes menores, como o Tottenham e o Ipswich.

2º) Andrés D’Alessandro (Mundial de 2001)
Foi o grande destaque do título argentino daquela época, mas depois colecionou passagens apagadas pela Europa e agora também enfrenta problemas para brilhar no Inter.

3º) Landon Donovan (Mundial de 2001)
Já representou a chance de surgir um grande talento no futebol norte-americano, mas hoje é apenas um importante jogador do Los Angeles Galaxy.

4º) Edixon Perea (Mundial de 2003)
O colombiano, que hoje é apenas um reserva pouco utilizado do Grêmio, já foi um sinal de esperança para o futebol do seu país, que chegou em um surpreendente 3º lugar na competição quando ele foi bem.

5º) Javier Saviola (Mundial de 2001)
Depois de fracassar na Espanha, o argentino tenta reencontrar, no Benfica, o futebol que o levou a ser artilheiro da competição sub-20 há 8 anos atrás.

6º) Djibril Cissé (Mundial de 2001)
O francês passou por alguns bons momentos no futebol inglês, mas hoje está escondido na Grécia, no Panathinaikos, e não parece que vá ressurgir logo.

7º) Ryan Babel (Mundial de 2005)
Hoje não consegue sequer ser titular do Liverpool em posições que a concorrência não é tão forte: Riera e Benayoun disputam (e ganham!) mais chances do que a eterna promessa holandesa.

8º) Ismail Matar (Mundial de 2003)
O atleta dos Emirados Árabes foi eleito o melhor jogador da competição disputada em seu país, mas nunca conseguiu sair do futebol local e hoje é o camisa 10 do ‘glorioso’ Al-Wahda.

9º) Pablo Couñago (Mundial de 1999)
Foi artilheiro da competição sub-20, mas nunca conseguiu brilhar no futebol espanhol. Atualmente faz sucesso apenas no Ipswich Town, da Inglaterra.

10º) Daniel Carvalho (Mundial de 2003)
Viveu alguns bons momentos, chegou a ir para a seleção brasileira principal, mas não vingou. Uma passagem fracassada de volta ao Inter só mostrou como ele está abaixo das expectativas geradas há 6 anos atrás.

11º) Johannes Djourou (Mundial de 2005)
O zagueiro suíço chamou a atenção do Arsenal, mas não conseguiu se destacar no futebol inglês, já tendo acumulado até uma passagem discreta pelo Birmingham City por empréstimo.

É claro que várias outras estrelas reveladas viraram grandes nomes do futebol internacional. Mas isso não quer dizer que não devemos ficar com um pé atrás com essas revelações.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Corinthians – Julio César (LE-Goiás) – É o melhor lateral-esquerdo do Brasileirão 2009 e cairia como uma luva no time, que ainda sente falta de um jogador dessa posição.

Palmeiras – Darío Conca (M-Fluminense) – Seria um bom começo para repor as prováveis saídas de Cleiton Xavier e/ou Diego Souza.

Palmeiras – Danilo (M-Kashima Antlers) – Não dá pra acreditar que ele viria junto com Conca, mas a avaliação é a mesma feita para o argentino.

Santos – Bruno Rodrigo (Z-Portuguesa) – Nem é tão bom assim, mas vira ótimo pra quem tem Fabão e Eli Sabiá, ainda mais ao lado do Edu Dracena.

Santos – Lincoln (M-Galatasaray) – Faria uma ótima dupla com Ganso.

TANTO FAZ…

Cruzeiro – Mathías Cardacio (M-Defensor Sporting) – A jovem revelação uruguaia foi cedo demais pro Milan e não teve sucesso. Merece uma nova chance, mas com desconfiança.

Corinthians – Borges (A-São Paulo) – Seria um bom reserva de Ronaldo, mas já cansou de conturbar o ambiente do tricolor paulista por ficar no banco com frequência.

Palmeiras – Gustavo (Z-Cruzeiro) – Não é tão melhor que Danilo ou Maurício Ramos, mas tem certa identificação com o clube alviverde, poderia ser titular e completaria o elenco de forma razoável.

Santos – Fellype Gabriel (M-Portuguesa) – Jogar na Lusa é uma coisa. Jogar no Peixe é outra. Tem feito uma boa Série B, mas ainda é preciso ficar com um pé atrás com ele.

CAI FORA!

Botafogo – Dodô (A-sem clube) – Deveria ter aproveitado a longa suspensão por doping pra encerrar a carreira.

Palmeiras – Muriqui (A-Avaí) – Jogar no Avaí é uma coisa. Jogar no Palmeiras é outra. Tem feito um bom Brasileirão, mas ainda é preciso ficar com um pé atrás com ele.

NÃO ENXERGAM?

Charles (V-Lokomotiv Moscou) – Foi para a Rússia no meio de 2008 e já pode estar com saudades. Tem qualidades interessantes e merece voltar ao futebol brasileiro em 2010.

Veja também:

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

Espanta a empolgação de alguns comentaristas esportivos sobre a pequena arracanda do Palmeiras no Brasileirão 2009. Não consigo concordar com Michel Laurence, Caio Maia, Neto ou Juca Kfouri, por exemplo.

Eles escreveram, respectivamente, que o time de Muricy Ramalho “pode encomendar as faixas porque o título vai chegar”, que “ninguém, a não ser o próprio Verdão, pode tirar o título do Palestra”, que “vai ser difícil segurar esse quarto e inédito título do competente Muricy” ou simplesmente apostaram que o alviverde “será pentacampeão brasileiro”.

É claro que a vantagem conquistada recentemente é importante, os talentos de Muricy e de Diego Souza estão aparecendo e o trabalho da diretoria é ótimo. Como muito bem escreveu Dassler Marques, “há algumas características na campanha palmeirense que indicam merecimento no Brasileiro”.

Mas merecer nem sempre é vencer. E os problemas do líder ainda podem fazer o time perder. Como destaca Mauro Betting, “falta elenco” e o Palmeiras ainda “não mostrou jogo de líder absoluto de campeonato tão equilibrado”. Basta ver o problema gerado pela lesão recente de Maurício Ramos, comentado via twitter.

Não acredito que o time caia nessa armadilha do favoritismo e se acomode. Mas seria interessante que os comentaristas esportivos também não se empolgassem tanto. Ainda faltam 12 rodadas…

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Venceu o Santos com propriedade em noite de boas atuações de Diego Tardelli e Correa.

Além disso, empolga os atleticanos por causa da chegada de bons reforços. É um time que realmente ainda deve crescer de produção nessa reta final.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Botafogo – Perdeu para o Vitória em casa e deixou o pessimismo tomar conta do time e dos torcedores.

TROFÉU HERÓI

Danilo e Figueroa – Foram os salvadores improváveis do Palmeiras.

Além deles, Marcos também foi decisivo no jogo contra o Atlético-PR

TROFÉU VILÃO

Eduardo Martini – Saiu de forma bizarra do gol no lance que determinou a derrota do Avaí por 3 a 2 contra o Fluminense.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 3 x 2 Avaí – O desespero do tricolor carioca superou a tranquilidade do Leão da Ressacada, mas com sobras de emoção no Maracanã.

DETALHE TÁTICO

Mudanças no Corinthians – O time jogou praticamente com duas linhas de 4 por causa da entrada de Defederico no time. O argentino atuou quase como um 2º atacante, próximo de Ronaldo.

Não deu tão certo, mas essa deve ser a nova tendência do time de Mano Menezes.

O FUTEBOL É INJUSTO

Barueri 0 x 1 Cruzeiro – A Raposa foi ajudada duas vezes, tanto no gol marcado quanto em um pênalti não dado pelo juiz.

O irônico é que isso acontece logo depois do time mineiro ser prejudicado contra o Palmeiras, o que só evidencia como é incompetente a arbitragem brasileira de um modo geral.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Vitória – Até o técnico do Botafogo, Estevam Soares, admitiu que foi surpreendido pelo time baiano, que já retomou a ótima campanha do começo do Brasileirão.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Gramado do Beira-Rio – Como permitiram que o jogo entre Inter e Flamengo acontecesse naquelas péssimas condições?

ALARME

Grêmio fora e Coritiba dentro – Agora ficou mais claro que o tricolor gaúcho não tem chances na briga pelo título e que o Coxa deve se manter na 1ª divisão.

VALEU O INGRESSO

Danilo e Richarlyson – A rodada foi de poucos golaços, então as grandes jogadas foram de defensores.

O zagueiro do Palmeiras salvou uma bola em cima da linha após chute de Paulo Baier. Seria o gol do empate, péssimo resultado em casa.

O volante do São Paulo desarmou Ronaldo com um carrinho perfeito na hora do chute. Seria o gol da vitória corintiana, péssimo resultado em um clássico.

Read Full Post »

no fim do mundo header

Lembra dele? Rafael Sóbis viveu seu melhor momento da carreira em 2006, quando foi campeão da Copa Libertadores. Também passou por uma boa fase na Seleção Brasileira de Dunga, em que chegou a ser titular nos amistosos contra Suíça e Portugal, por exemplo. A convocação para as Olimpíadas foi a sua última chance com a amarelinha.

Qual foi sua última aparição? Sóbis está com uma lesão grave no ligamento cruzado do joelho e tem cuidado dela em Porto Alegre, no Beira-Rio.

Enquanto isso, aproveita para agradar seus fãs no twitter (@rafaelsobis), como uma colorada que ganhou a promoção para tirar essa foto:

Rafael Sóbis e uma fã posaram com a medalha e a taça da Copa Libertadores de 2006

Rafael Sóbis e a fã Carol Peretto posaram com a medalha e a taça da Copa Libertadores

Onde é o fim do Mundo? Rafael Sóbis tem se escondido no Al-Jazira, dos Emirados Árabes. Está lá desde 2008, quando saiu da Espanha, onde não conseguiu grande sucesso atuando pelo Bétis.

Como está? No Al-Jazira, com a camisa 85 e chamado de “Subies” pelo site oficial do time, ele enfrenta uma concorrência pesada no ataque: Fernando Baiano e Ricardo Oliveira também estão lá. 

Mas ele tem moral com o técnico Abel Braga e, assim que voltar, deve receber chances. Além disso, ele estava em uma boa fase no começo do ano, quando colaborou com o vice-campeonato do time na competição nacional.

Vai reaparecer? A última especulação sobre sua volta ao Brasil estava relacionada com o centenário do Corinthians.

A sua proximidade atual com os dirigentes do Inter pode facilitar qualquer negociação, é claro, mas no momento parece que Sóbis está um tanto distante de um retorno. É provável que ele continue escondendo seu bom futebol no fim do mundo por mais algum tempo.

Read Full Post »

Older Posts »