Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \26\UTC 2010

  • André Augusto destaca os dois melhores atacantes da temporada europeia, Drogba e Rooney, tentando escolher quem é o melhor. Clique aqui e leia mais.
  • Eduardo Cecconi mostra claramente, até com imagem de jogo, o problema tático que tem trazido dificuldades para o Inter nesse começo de temporada. Clique aqui e leia mais.
  • Mauro Betting opina acertadamente sobre a sugestão de unificar as torcidas em clássicos para demininuir a violência nos estádios. Clique aqui e leia mais.
  • Mauro Cezar Pereira comenta sobre Wellington Silva, jovem revelação do Fluminense, que já está vendido ao Arsenal, mas começa desde já a mostrar seu talento no Brasil. Clique aqui e leia mais.
  • PVC alerta que a presunção de alguns times brasileiros na Copa Libertadores pode atrapalhá-los na disputa pelo título. Clique aqui e leia mais.
Anúncios

Read Full Post »

Todos os times brasileiros já venceram pelo menos um jogo na Copa Libertadores de 2010. Mas isso não mostra que eles só tiveram facilidades. Alguns já até foram derrotados (Cruzeiro e São Paulo) e outro só venceram após alguns sustos, especialmente Inter e Corinthians.

Tudo isso só prova que o favoritismo brasileiro, tão proclamado antes do início da Libertadores, não é tão grande. Existem sim vários outros times pela América que podem levantar a taça. Pelo que deu pra ver nas primeiras rodadas as principais possíveis surpresas são:

Vélez Sarsfield (ARG)
Caiu no grupo da morte, junto com o Cruzeiro, mas não deu bobeira até agora: venceu seus dois jogos, mesmo que de forma apertada. É um time que se reforçou e está pronto para não deixar a taça da Libertadores sair da Argentina

Once Caldas (COL)
Não é mais aquele time surpreendente de 2004 e nem as características são mais as mesmas. Agora o time tem bons jogadores ofensivos, como Dayro Moreno e Cárdenas, e sabe jogar atacando. O que segue igual é a sua força jogando em casa, que pode ser decisiva no na fase de mata-mata.

Estudiantes (ARG)
O time que conquistou o título no ano passado foi pouco alterado e ainda vieram reforços. O time já vacilou em 2010, perdendo para o Alianza Lima, mas tem tudo para se recuperar e dar trabalho para os brasileiros mais uma vez.

Libertad (PAR)
O tradicional time paraguaio já está em sua oitava Libertadores consecutiva e não tem dado mole: conquistou sete pontos em três jogos e ainda terá dois confrontos para disputar em casa. Está perto da próxima fase e não deverá cair de produção no mata-mata.

Banfield (ARG)
O atual campeão argentino perdeu jogadores importantes antes da Copa Libertadores, como Bilos e Santiago Silva, o El Tanque. Entretanto, tem conseguido se remontar mesmo assim. Está em um grupo não tão difícil, é verdade, mas já venceu seus dois primeiros jogos e deve disputar o mata-mata com a confiança em alta.

Universidad de Chile (CHI)
Está no grupo do Flamengo e tem 4 jogadores que estão na seleção chilena,  que pode surpreender na Copa do Mundo. Antes da África do Sul, esses atletas podem incomodar até mais brasileiros do que apenas o Rubro-Negro.

É claro que alguns desses times ainda podem decepcionar e outraz zebras também podem surgir, como os peruanos Alianza Lima e Universitario, o chileno Colo Colo e o uruguaio Cerro, que não devem levar o título, mas também não merecem desprezo.

Atenção, brasileiros! Vocês até podem ser os favoritos na Copa Libertadores, mas tem muita zebra andando por aí.

Read Full Post »

Já virou rotina na atual temporada do Milan: Ronaldinho Gaúcho acerta seguidas assistências para Alexandre Pato decidir jogos e mais jogos para o time. Foi assim nesta quarta, por exemplo, contra a Fiorentina.

Esse cenário só traz alívio para Leonardo enquanto gera dor de cabeça para outro técnico, Dunga, o comandante da Seleção Brasileira. Como ele vai fazer pra justificar a ausência de ambos na Copa do Mundo?

É realmente uma pena que Ronaldinho e Pato fiquem fora da Seleção na África, mas é isso que deve acontecer. E há uma explicação simples para isso: nenhum dos dois aproveitaram bem suas chances com a amarelinha.

Enquanto Ronaldinho tem o filme queimado na Seleção desde a Copa do Mundo de 2006, Pato só tem perdido espaço desde os vários jogos ruins feitos durante a Olimpíada de 2008, em Pequim.

Por outro lado, Robinho, Nilmar e Júlio Baptista, mesmo sem tanto sucesso em seus clubes, jogaram bem sob o comando de Dunga e hoje os três têm o passaporte carimbado para a África do Sul. É esse o raciocínio de Dunga. É essa sua justificativa. Sabem o que é pior? Faz algum sentido.

Não dá pra questionar a coerência de Dunga. O que dá pra criticar é o seu critério. Mas isso cada um tem o seu. Só dá pra respeitar a decisão dele, infelizmente. Respeitar e lamentar.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Palmeiras – Taison (A-Inter) – Faria uma dupla de ataque potencialmente veloz com Ewerthon e poderia começar a resolver os problemas ofensivos do time.

Santos – Zezinho (A-Juventude) – Ainda é preciso ter cautela com o jovem, é claro, mas ele tem mostrado que é realmente diferenciado.

São Paulo – Diogo (A-Olympiacos) – A saída dele foi prematura demais. Até está bem na Grécia, mas merece voltar para tentar mostrar seu bom futebol em um time grande do Brasil.

TANTO FAZ…

Fluminense – Edno (M-Corinthians) – Não sei exatamente onde ele seria encaixado no time, mas tem perfil para dar certo no tricolor carioca.

Botafogo – Morais (M-Corinthians) – O meia ainda é muito irregular, capaz de atuações pífias e brilhantes, mas já é uma opção melhor que Lúcio Flávio.

Grêmio – Paletta (Z-Boca Juniors)  – Mesmo jovem, já teve bons e ruins momentos. Mesmo assim, pode ser útil em um time que precisa urgentemente de zagueiros com mais qualidades.

Palmeiras – Ernesto Farías (A-Porto) – Tem perfil de artilheiro, mas é limitado tecnicamente e seria necessário esperar para ver como seria sua adaptação.

CAI FORA!

Inter – Palermo (A-Boca Juniors) – Seria um investimento alto demais para um time que já tem Alecsandro e Kléber Pereira – opções pouco empolgantes, mas que serão úteis o suficiente para um time com um elenco tão bom.

Palmeiras – Walter (A-Inter) – Até agora só brilhou mesmo em categorias de base e recebeu poucas chances nos profissionais do Colorado. É pouco para apostar nele em um time com tantos problemas ofensivos.

Santos – Alexsandro (LE-Atlético-PR) – Também é um jovem que pouco se firmou no seu time e não fez por merecer a chance em um time grande.

NÃO ENXERGAM?

Renan Oliveira (M-Atlético-MG) – O jovem foi queimado por alguns lances isolados em 2009, mas tem talento e poderia evoluir se fosse para outro time e jogasse com mais frequência.

Read Full Post »

Eu confesso: o Inter é o time brasileiro no qual eu mais aposto para o título da Copa Libertadores. Só que sofreu para vencer o Emelec nesta quarta, ainda não apresentou um futebol empolgante na atual temporada e eu começo a rever meu palpite.

A vitória desta terça foi importante para o Colorado, é claro, mas não veio fácil e não pode iludir seus torcedores. Até porque o time ainda terá outro adversário complicado pela frente na fase de grupos, o Cerro, do Uruguai.

E os problemas vão além, pois envolvem desde questões táticas até problemas técnicos de alguns jogadores. Explico…

Respeito muito o trabalho de Jorge Fossati e a sua presença no comando do Inter é um dos motivos para eu apontar o time como favorito ao título. Entretanto, eu não escalaria o time no 3-5-2. Com meias talentosos e laterais que podem ser defensivos, um simples 4-4-2 poderia dar certo tranquilamente.

Outros problemas são encontrados na escalação, desde o goleiro Pato Abbondanzieri, que não transmite segurança nenhuma e já falhou em sua estreia (sem maiores consequências), até o ataque, que não se encontra mais, seja com Alecsandro, Taison ou Edu.

Dessa forma, com tantos problemas, fica difícil não desconfiar. Ainda mantenho meu palpite, mas prefiro não me iludir. Que Fossati e os colorados sigam o mesmo raciocínio!

Read Full Post »

Já se passou um mês desde que todos estaduais começaram pelo Brasil, inclusive aqueles mais atrasados.

Como já avisado aqui, essas competições não são o melhor parâmetro para avaliar nada, mas já dá pra fazer algumas observações cautelosas.

Dentre os clubes da 1º divisão, vários se reforçaram com muitos jogadores e, como é normal, o resultado dessas contratações nem sempre são boas.

Mas também existem aqueles que acertaram a mão na hora das transferências. E já dá pra ter quase certeza que alguns jogadores realmente darão certo em seus novos times. Os melhores reforços de 2010 até agora são:

1º) Borges (Grêmio)
O Grêmio já está na final do 1º turno no Gaúcho e classificado para a próxima fase da Copa do Brasil graças aos gols dele. São 11 tentos anotados em 11 jogos. Ou seja, uma média impressionante. A torcida tricolor nem lembra mais de Maxi López.

2º) El Loco Abreu (Botafogo)
É limitado e grosso demais, mas tem feito gols e é fundamental para a principal jogada do Botafogo atual, as bolas aéreas. Dessa forma, foi útil na conquista da Taça Guanabara e também deve ajudar no restante da temporada.

3º) Dodô (Vasco)
Voltou ao futebol com muitos gols, incluindo uma atuação espetacular contra o Botafogo. Ainda é preciso ter calma com ele, mas com certeza não desaprendeu a jogar seu bom futebol.

4º) Vágner Love (Flamengo)
Já mostrou que pode apagar as péssimas impressões deixadas após o fracasso no Palmeiras. Jogando com mais vontade e fazendo uma dupla interessante com Adriano, ele pode ser uma peça importante do Fla na Copa Libertadores.

5º) Herrera (Botafogo)
Confesso que seu sucesso no time é uma surpresa para mim. Não gosto do futebol do atacante argentino, mas é preciso reconhecer que ele tem sido útil com sua tradicional raça. Ele só precisa ficar de olho para não perder sua vaga de titular com a evolução do jovem Caio.

6º) Ewerton (Fluminense)
Era um dos principais pilares do surpreendente Barueri de 2009, mas possui um jogo discreto e até por isso foi um grande achado do Flu. O volante virou titular do tricolor agora e tem tudo para se destacar ainda mais futuramente.

7º) Douglas (Grêmio)
O estilo do futebol dele tem tudo para não agradar aos tricolores, mas a princípio ele tem conseguido superar isso com os bons passes de sempre. É outro pilar importante de um Grêmio bastante qualificado para essa temporada.

8º) Léo Gago (Vasco)
O volante chegou sob desconfiança, mas rapidamente assumiu a condição de titular, marcando até gol com a camisa cruzmaltina. Tem conseguido mostrar que o bom futebol mostrado no Avaí não era um mero acaso.

9º) Ralf (Corinthians)
Surpreendentemente tem conseguido roubar a posição de Marcelo Mattos Mano Menezes fez testes no Campeonato Paulista e o inscreveu na Copa Libertadores com o número 5, mostrando que ele é o atual titular do Corinthians.

10º) Márcio Araújo (Palmeiras)
Às vezes ainda mostra uma insegurança e uma irregularidade, mas tem sido titular absoluto no time e exibido sua tradicional boa visão de jogo. Entretanto, precisa tomar cuidado para não perder espaço para Edinho, outro bom reforço do Palmeiras para a mesma posição.

11º) Danilo (Corinthians)
Os problemas físicos ainda o atrapalham, mas, mesmo no Campeonato Paulista, já provou que será a importante para o time tentar conquistar a Copa Libertadores.

Outros que merecem a citação: Arouca (Santos), Roger (Cruzeiro), Júlio César (Fluminense), Iarley (Corinthians), Rodrigo Tiuí (Atlético-GO), Xandão (São Paulo), Léo e Edinho (ambos do Palmeiras).

Todos esses trouxeram otimismo para seus clubes logo no início do ano. Mas agora, que a Copa do Brasil e a Libertadores estão começando pra valer,  será a hora de provar que realmente foram boas contratações. Pelo que vimos até aqui, com certeza dá pra confiar que a maioria deles vai conseguir assumir essa responsabilidade e corresponder em campo.

Read Full Post »

Caio

Clube: Botafogo
Posição: Atacante
Idade: 19 anos
Altura: 1,76 m
Peso: 70 Kg

A principal revelação dos estaduais pelo Brasil, por enquanto, vem do banco de reservas: o atacante Caio tem entrado bem nos jogos do Botafogo e foi essencial para a conquista da Taça Guanabara de 2010

Com o que ele chama de “sorte de artilheiro”, marcou um gol decisivo contra o Flamengo, na semifinal, o que foi só um reflexo de tudo que esse jovem tem mostrado em campo: velocidade, bom posicionamento e personalidade.

Mesmo assim, com toda essa empolgação gerada ultimamente, a real preocupação alvinegra é de baixar a bola do jovem atacante. Joel Santana confirma: “É um garoto promissor, mas o Botafogo é um grupo”. Está certo. Caio tem talento, mas pode e precisa evoluir, por exemplo, no fato de ser “cai-cai”.

Outra questão é a falta de espaço para Caio no time titular: Herrera, seu concorrente direto por vaga, tem sido útil com sua tradicional raça argentina. El Loco Abreu, mesmo com toda sua limitação, também tem ajudado o time, essencialmente nas jogadas aéreas.

Dessa forma, Caio tem tudo para crescer com tranquilidade no Botafogo. Saindo do banco de reservas, jogandos aos poucos e sempre se destacando. A primeira revelação dos estaduais pode ir além de uma Taça Guanabara, mas, por enquanto, fica os parabéns para ele e para o Botafogo.

Read Full Post »

Older Posts »