Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘35ª rodada do Campeonato Brasileiro’

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – Conseguiu fazer um jogo razoavelmente convincente contra o Vitória e gerou os gritos de “é campeão” no Morumbi.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Cruzeiro – Tinha dois jogadores a mais no Mineirão, mas ainda deixou o Grêmio empatar a partida nos minutos finais.

TROFÉU HERÓI

Adriano – Participou dos 2 gols do Flamengo contra o Naútico.

Ainda contou com a também ótima atuação de Bruno para confirmar a importante vitória do seu time, que segue vivo na briga pelo título.

TROFÉU VILÃO

Benítez – O Atlético-MG poderia ter permanecido no G4 se ele não tivesse feito o pênalti que decidiu a vitória do Coritiba.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Palmeiras x Sport – O jogo não foi bonito, mas o desespero dos times animou a partida e a polêmica sobre o 2º gol do alviverde só deixou tudo ainda mais importante e interessante.

DETALHE TÁTICO

3-5-2 do Sport – Com a saída de de Péricles Chamusca, o time voltou a atuar no esquema tático que lhe deu sucesso até o começo do ano.

A mudança trouxe resultados, já que o Leão da Ilha conseguiu atuar melhor que o Palmeiras na maior parte do jogo.

O FUTEBOL É INJUSTO

Náutico merecia mais – Não fosse por Bruno, o Timbu teria conseguido pelo menos um empate, que seria um reflexo melhor do que aconteceu na partida contra o Flamengo.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Barueri – Mesmo jogando em casa, não dava pra esperar que um time sem grandes motivações vencesse o desesperado Botafogo por 3 a 0.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Afastamento do Val Baiano – Por que o Barueri suspendeu um de seus jogadores mais importantes no Brasileirão 2009?

A decisão, tomada após a polêmica da mala branca, foi um grande erro. O atacante fez três gols em sua volta e comprovou isso.

ALARME

Botafogo – A irregularidade do time contrasta com a ascenção do Fluminense, o que pode causar uma mudança de time carioca condenado ao rebaixamento.

VALEU O INGRESSO

Maicon – Conca fez um passe genial e o jovem atacante do Flu conclui com outro belo toque na bola para simbolizar sua ótima atuação em um lance só.

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

Obrigado, comentaristas esportivos! Não terei que repetir aqui a velha e chata ideia de que a arbitragem não decide o Brasileirão, já que erra para todos lados. Afinal, dessa vez as análises ignoraram o erro crasso de Elmo Alves Rezende Cunha a favor do Palmeiras, contra o Sport. Quem quiser ler algo sobre isso, que vá para o blog de Marcelo Damato ou de Juca Kfouri.

Agora o foco da maioria das análises sobre o jogo ficou no que realmente importa: o pífio futebol que o Palmeiras tem apresentado há muito tempo. Existem várias teses diferentes sobre a queda de rendimento do time, o que só mostra como o problema é gigante.

Maurício Noriega, por exemplo, prefere culpar o excesso de desfalques. Carlos Pizzatto lembrou de uma questão tática. Já Marcelo Di Lallo destacou o excesso de bolas cruzadas e ligações diretas no setor ofensivo.

Paulo Calçade foi mais contundente ainda em sua crítica ao destacar a existência de uma “defesa vulnerável, meio-campo que não marca ninguém e ataque inexpressivo” nos comandados de Muricy Ramalho.

Todos eles têm um pouco de razão. Mas, ao meu ver, PVC foi quem enxergou melhor a crise . Ele escreveu que “em alguns momentos, a ansiedade do time atrapalha mais do que a falta de qualidade”. É isso! O defeito do Palmeiras é maior na parte psicológica, o que afeta diretamente os fatores técnicos.

Não sei se dá tempo de corrigir isso e ainda ser campeão, mas o questionamento atual é se até a vaga na próxima Copa Libertadores será mesmo conquistada. Tudo está cada vez mais difícil. E não é por culpa da arbitragem!

Read Full Post »