Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Alessandro’

É mentira o que dizem na TV, nas rádios, nos sites e jornais esportivos: não haverá Corinthians x Santos na semifinal da Libertadores. Haverá sim um duelo Corinthians x Neymar. E mesmo sozinho é capaz que o camisa 11 santista consiga a classificação para a final. Será o grande teste da sua carreira e ninguém duvida que ele já está pronto.

Neymar ficou sozinho desde que a nova cirurgia de Ganso foi confirmada. Dizem que o meia só perderá o primeiro jogo contra o Corinthians, mas é improvável que alguém com tantos problemas físicos não sofra uma contusão muscular durante a recuperação. Ou seja, o Santos terá que achar um substituto onde não há. Com a saída de Ibson, Muricy terá que inventar um novo meia para o time.

E o pior da história é que Neymar ficou sem um companheiro para decidir partidas. Contra o Vélez, apesar de bem marcados, eles foram essenciais na Vila Belmiro. Ganso fez o lançamento que gerou depois a expulsão do goleiro Barovero. Ganso deu o passe para Léo, que tocou para o gol de Alan Kardec. E agora? Quem vai acertar esses passes fundamentais?

Essa é a principal sorte do Corinthians. Talvez a única. Afinal, em um ano que o time alvinegro tem tanta força,  teve o azar de enfrentar concorrentes de alto nível. É a melhor Libertadores dos últimos anos, a mais equilibrada, a mais interessante. Depois de passar pelo Vasco com sua melhor qualidade, a raça, o Corinthians ainda pode ser campeão, é claro, mas terá quatro jogos de mais sofrimento. Dizem que a torcida gosta assim, então que seja.

O primeiro passo será superar Neymar, sozinho, mas fazer isso não é fácil. Ainda mais quando seu lateral-direito é Alessandro, que vem em péssima fase física e técnica. Tite tem que se preocupar demais com isso. Uma boa saída é tentar copiar a marcação que o Vélez fez. É claro que não é fácil, mas a receita está pronta: se conseguir parar Neymar, o Corinthians vai parar o Santos. 

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Inter – Foi o único candidato ao título que venceu. Bateu o Guarani por 3 a 0 e conseguiu encostar um pouco mais no Fluminense.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-GO – Chegou a estar vencendo o Atlético-MG, mas sofreu a virada em casa e perdeu um duelo de seis pontos na luta contra o rebaixamento.

TROFÉU HERÓI

Éder Luis – Tem emendado uma boa sequência de jogos pelo Vasco e contra o Goiás não foi diferente: marcou gol e foi decisivo na vitória por 3 a 2.

TROFÉU VILÃO

Alessandro – Errou uma saída de bola, cometeu um pênalti e foi expulso em um lance só. A sorte dele é que Renato, do Flamengo, foi expulso também, o que freou a reação adversária.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Neto – O goleiro recentemente convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira, que já vinha fazendo uma boa temporada, teve uma atuação espetacular contra o Cruzeiro.

VALEU O INGRESSO

Réver – Parecia um atacante quando acertou um gol de bicicleta impressionante para a vitória fundamental do Atlético-MG contra o Atlético-GO.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vasco 3 x 2 Goiás – Era um duelo de times fracos, mas eles se superaram e fizeram uma partida interessante para assistir em plena sexta-feira.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Avaí 0 x 0 São Paulo – Richarlyson poderia ter sdo o vilão da rodada, pois foi expulso ainda no 1º tempo, mas o Avaí não reagiu e o jogo ficou entendiante até o final.

DETALHE TÁTICO

Cruzeiro – Cuca insistiu no 4-3-1-2 e só colocou Roger ao lado de Montillo durante o empate por 0 a 0 contra o Atlético-PR. A Raposa pode render bem mais com os dois jogando juntos mais frequentemente.

DETALHE DO TÉCNICO

Dorival Jr. – O técnico tirou o volante Alê para colocar o meia Renan Oliveira, que ele recentemente resgatou do Vitória.

O jovem jogador participou do gol decisivo na vitória contra o Atlético-GO e mostrou que foi um erro de Luxemburgo liberá-lo para o empréstimo.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro merecia mais – Neto foi o grande culpado dessa injustiça. O goleiro do Atlético-PR evitou que a Raposa concretizasse sua merecida vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Por pouco não venceu o Corinthians em pleno Pacaembu e tem mostrado, mesmo com um técnico interino, que está um nível acima de outros candidatos ao rebaixamento.

PAPO RETO

Renato Gaúcho,

Parabéns!

Quando você assumiu o Grêmio, apostei que você faria o time evoluir. Porém, não esperava que fosse tanto. Mesmo cheio de desfalques, o Tricolor tem vencido todas e jogado razoavelmente bem, como contra o Vitória nessa rodada

ACRÉSCIMOS

Paulo César Carpegiani – A principal consequência da 27ª rodada foi a ida do técnico do Atlético-PR parao São Paulo. Deve ser péssimo para todos lados: perde muito o Furacão, que estava em alta, e ganha pouco o Tricolor Paulista, que continuará com um técnico exageradamente inventivo no comando.

Read Full Post »

Caro Mano Menezes,

2010 será um ano pressão absurda sobre os seus ombros. O centenário do Corinthians vai lhe trazer dor de cabeça. Quer um consolo? Algumas dessas dores são boas. O excesso de opções no elenco vai amenizar a preocupação em montar um time vitorioso.

Na defesa não há dúvida: Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos farão uma linha experiente e perigosamente lenta, mas que deve dar certo.

Você já indicou que deve abandonar o 4-3-3 de 2009. Sendo assim, ficam as dúvidas do meio pra frente. A dupla de volantes deve ser Marcelo Mattos e Elias, mas Ralf, Edu e Jucilei serão reservas úteis. Tranquilo para você, Mano!

A partir daí temos Ronaldo como titular absoluto e eu quero ver você escalar três jogadores entre todos esses: Tcheco, Danilo, Defederico, Edno, Dentinho, Jorge Henrique e Iarley. Todos são boas opções e devem revezar bastante na titularidade, mas… e na hora decisiva? Como vai entrar o time?

Eu faria o seguinte: não usaria Danilo e Tcheco juntos, mas sempre colocaria um dos dois. Defederico e Jorge Henrique seriam essenciais, para dar velocidade ao ataque. E de resto todos virariam apenas bons reservas para mudar o andamentos dos jogos.

Agora siga minha opinião se quiser, Mano. Você me surpreendeu em 2009 e pode repetir o feito agora. Só tome cuidado com a pressão. Não quero te assustar, mas as dores de cabeça só tendem a piorar daqui a pra frente.

Mano Menezes pensando

Pensa, Mano! Só falta sair fumacinha da cabeça

Relembre:

Read Full Post »

TOP 11

Uma das posições mais valorizadas do futebol brasileiro é a de lateral. Na direita ou na esquerda, a intenção é sempre surpreender os marcadores com jogadas de velocidade.

Porém, ao mesmo tempo, estas funções são muito mal praticadas nos gramados tupiniquins. Especialmente na direita. É incrível a deficiência dos times nesta posição tão importante.

Difícil é saber quem pode se orgulhar do seu lateral ou ala direito!

Para comprovar isto, o Opiniões em Campo traz uma lista dos 11 piores laterais-direito do futebol brasileiro.

1º Fabinho Capixaba (Palmeiras)
Não dá para entender como Luxemburgo deixa ele ser titular do time. E pior: não tem nenhum reserva no elenco alviverde.

2º Luizinho (Santos)
Desde os tempos de Flamengo já mostrava que era fraco. No Peixe, só comprovou esta impressão.

3º Alessandro (Botafogo)
O pior é que ele joga como ala no Botafogo, o que expõe ainda mais seus poucos recursos ofensivos

4º Moacir (Sport)
Muito mal defensivamente, às vezes é preterido pelo grosso zagueiro Igor na posição por isso

5º Paulo Sérgio (Vasco)
Chegou a ser comparado com o Cafu antes de ir para o Palmeiras e mostrar sua ausência de potencial

6º Bolívar (Inter)
É zagueiro e joga improvisado, é verdade. Mas nem por isso merece ser poupado por seus defeitos na posição.

7º Jancarlos (Cruzeiro)
Sabe bater faltas. E só.

8º Zé Luís (São Paulo)
Outro que foi improvisado, quebra um galho, mas na maioria das vezes só consegue fazer um feijão com arroz sem graça

9º Zé Antonio (Atlético-PR)
Em breve vai perder a posição para o jovem Raul, destaque na Copa São Paulo

10º Mariano (Fluminense)
Além de ser ruim em campo, saiu do Atlético-MG dispensado por problemas fora dele

11º Alessandro (Corinthians)
Em alguns jogos do alvinegro, não dá nem pra reparar que ele está em campo. Nem é tão ruim, ms discreto demais.

Pior que estes só os reservas de alguns: Joílson, Wagner Diniz, Jonathan, Eduardo Ratinho, Everton Silva, etc… triste, muito triste.

Pe lo menos para a Seleção temos Maicon e Daniel Alves. E só, praticamente.

Read Full Post »