Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Amauri’

Com grande festa, Robinho foi apresentado, nesta segunda-feira, no Santos. Ele chega com algumas certezas: fracassou na Europa, mas seu retorno ao Brasil tem tudo para dar certo, fazendo com que ele vá à Copa do Mundo.

O problema é o grande número de críticas feitas sobre o atacante nos últimos dias. A sua atitude de forçar mais uma transferência preocupa, já que só alimenta a imagem ruim do jogador brasileiro no futebol europeu.

Como bem escreveu Mauro Betting, Robinho “poderia ter feito menos força para deixar o Santos. Poderia ter forçado menos a saída do Real Madrid. Poderia ter conduzido melhor a situação no Manchester City”. É toda uma carreira realmente mal conduzida.

Mas é claro que não dá pra generalizar. Não são poucos os exemplos de jogadores brasileiros que foram para a Europa e, mesmo enfrentando as dificultades de adaptação, estão por lá há um longo tempo. Dentre os 4 grandes centros europeus, é possível fazer uma lista enorme. Veja o que estão no Velho Continente há mais tempo (**):

1º) Dedê (12 anos) *
O eterno lateral-esquerdo do Borussia Dortmund já faz parte da história do time alemão. Construiu uma carreira segura na Europa e uma identificação com o clube que confiou em seu futebol. Tanto que poucas vezes a sua volta ao Brasil chegou a ser especulada. Aprende, Robinho!

2º) Bordon (11 anos) *
Outro exemplo que vem do futebol germânico. O zagueiro ex-São Paulo era criticado no Brasil, mas foi para o Stuttgart e começou a dar certo. Com a transferência para o Schalke 04, time em que está até hoje, conquistou títulos e mostrou um profissionalismo ímpar.

3º) Sylvinho (11 anos) *
Robinho deveria ter ouvido os conselhos do lateral nos últimos meses, já que ambos estavam juntos no Manchester City. Antes de ir para o futebol inglês, Sylvinho passou por Barcelona, Celta e Arsenal. Muitas vezes ele amargou o banco de reservas, mas nunca se rebelou e sempre entrou bem quando os times precisavam dele.

4º) Amauri (10 anos) *
O centroavante da Juventus praticamante começou sua carreira já na Europa. Nem sempre se destacou, mas nunca voltou ao Brasil. Pelo contrário, pensa até em se naturalizar italiano. Enquanto isso não acontece, ele serve para pelo menos ser um exemplo para Robinho.

5º) Lúcio (10 anos) *
O atual capitão da Seleção Brasileira construiu sua carreira no Bayern de Munique. Jogou tão bem por lá que, quando saiu, mesmo criticado por Van Gaal, acertou uma transferência para um time ainda maior, a Inter de Milão.

6) Fábio Aurélio (10 anos) *
Foi revelado prematuramente no São Paulo e saiu do Brasil para deixar de ser uma jovem revelação e virar uma realidade: no Valencia, chegou a ser Campeão Espanhol. Agora está no Liverpool, em uma fase não tão boa, mas deveria estar nos planos da Seleção Brasileira mesmo assim.

7º) Ronaldinho Gaúcho (9 anos) *
Não é exatamente um exemplo de profissionalismo, mas tem resistido bem à tentação de voltar ao Brasil, apesar das suas más fases. Conseguiu títulos e prêmios individuais na Europa, mas corre permanente risco de sair dessa lista para entrar no “time” de Robinho em breve.

8º) Ewerthon (9 anos) *
O atacante ex-Corinthians não tem uma carreira das mais brilhantes fora do Brasil, mas superou até um rebaixamento na Espanha para seguir tentando fazer sucesso no Velho Continente. Tem qualidades e sua volta sempre é especulada, mas por enquanto nada foi confirmado

9º) Maxwell (9 anos) *
É outro que nem sempre foi titular, tendo passado por Ajax, Empoli, Inter de Milão e Barcelona. Mesmo assim, é respeitado na Europa, especialmente no futebol italiano.

10º) Belletti (8 anos) *
Nunca se destacou muito, tanto no Brasil quanto na Europa, mas é disciplinado, esforçado e tem algum talento. Tudo isso foi reconhecido nos clubes em que passou, Villareal, Barcelona e Chelsea. Seu retorno foi especulado no Flamengo recentemente, mas ele não forçou a barra e só deve voltar quando seu contrato acabar. Entendeu como faz, Robinho?

11º ) Juan (8 anos) *
Merecia até passar por times melhores da Europa, mas suas lesões sempre o atrapalharam. Mesmo assim, nunca precisou voltar ao Brasil para garantir seu lugar na Seleção Brasileira e participar de pelo menos uma Copa do Mundo.

* A quantidade de anos que o jogador está na Europa é um valor aproximado.
** Foram excluídos da lista os brasileiros que se naturalizaram por outro país.

Outros exemplos, também com aproximadamente 8 anos de Europa, são as carreiras de Dida, Taddei e Mancini. Sem falar de Kaká, Júlio Baptista, Renato, Maicon, etc… Todos eles deveriam ter conversado um pouco com Robinho.

De qualquer forma, fica a expectativa boa de ver o novo reforço do Santos em gramados brasileiro. Certamente ele vai brilhar no Peixe e voltará à Europa em breve. E dessa vez que seja para repetir outras histórias de sucesso com brasileiros na futebol europeu!

Read Full Post »

TOP 11

Adriano deixou uma vaga em aberto na Seleção Brasileira. Por mais que volte ao futebol, duvido que Dunga voltará a ter confiança nele rapidamente.

Portanto, para a Copa de 2010, precisamos de um novo centroavante, que será reserva de Luís Fabiano, pelo menos por enquanto.

Opções não faltam. O Opiniões em Campo conseguiu listar 11 nomes:

1º Nilmar
Está em ótima fase e já foi convocado por Dunga. Deve, no mínimo, receber chances. E com justiça, diga-se…

2º Amauri
Tem uma característica de jogo mais parecida com a de Luis Fabiano e deve ganhar pontos por isso

3º Pato
Não é exatamente um jogador de área, mas está em ótima fase e poderia ser testado por ali

4º Keirrison
Ainda não está no nível de seleção, mas tem muito potencial para isso

5º Fred
Voltou ao Brasil cheio de contusões. Mas, uma vez recuperado, aposto que pode fazer grandes jogos novamente

6º Ronaldo
Não está tão bem quanto os corintianos querem acreditar. Mas, mesmo assim, merece ser observado por tudo que já fez.

Mesmo assim, não dá para duvidar do "Fenômeno"

Mesmo assim, não dá para duvidar do "Fenômeno"


7º Grafite

Conseguiu vencer e evoluir no futebol europeu, não só nesta temporada. É claro que falta muito, mas temos que ficar de olho

8º Kléber
Apesar dos problemas disciplinares e de não ser um homem de área, tem muita qualidade para ser simplesmente ignorado

9º Hulk
Já foi comparado até com Ronaldo na Europa. É um exagero, claro. Mas gostaria de vê-lo em um futebol melhor que o português

10º Jô
Melhorou desde sua saída do Manchester City para o Everton e tem a confiança de Dunga

11º Neymar
Deixou de ser uma promessa rapidamente. Não é centroavante, mas pode herdar vaga, deslocando outro para a função de reserva de Luis Fabiano

Esqueci de alguém? Talvez…

Mas o que importa é que as opções são boas! O grande problema é: quem está no comando não costuma fazer boas escolhas… Oremos!

Read Full Post »

TOP 11

Impossível não cornetar o Dunga depois de um jogo tão ruim. O Opiniões em Campo vai optar criticá-lo com sugestões.

Segue abaixo uma lista de 11 jogadores que deveriam aparecer nas próximas convocações do técnico da Seleção Brasileira. É o Top 11 de “Injustiçados por Dunga”:

1º Lucas – Foi sacrificado como 1º volante na Olimpíada e, desde então, pouco aparece nas convocações. Enquanto isso, consegue espaço no ascendente e poderoso Liverpool.

2º Ramires – Destaque do Cruzeiro há um bom tempo. Atuava como 2º volante e já era essencial. Agora, como 3º homem de meio-campo, está melhor ainda. Tem espaço na seleção nas duas posições.

3º  Hernanes  – Situação idêntica a de Ramires. A única diferença é que foi convocado mais vezes, por isso pode reclamar um pouco menos de ser injustiçado.

Juntos, eles não são melhores do que Gilberto Silva e Felipe Melo?

Juntos, eles não são melhores do que Gilberto Silva e Felipe Melo?

4º Fábio Aurélio – A lateral-esquerda é carente na seleção desde a aposentadoria de Roberto Carlos. Temos um nome que se destaca na posição por saber marcar e atacar com quase a mesma qualidade. Qual é a dificuldade?

5º Alex – O meia do Fenerbahçe pode ser o reserva de Kaká ou até fazer dupla com o meia do Milan. Sem dúvidas é uma opção melhor que Ronaldinho Gaúcho pela esquerda.

6º Miranda – Há 3 anos joga com uma regularidade impressionante, sempre no topo. Deveria ser o reserva imediato de Juan, até por suas características.

7º Rogério Ceni – Júlio César tem dado conta do recado, claro. Mas o goleiro do São Paulo ainda merece melhor sorte na seleção. E tem feito por onde, inegavelmente.

8º Nilmar – É diferenciado, está livre das contusões, é experiente. Pode jogar como 2º atacante, talvez até com mais eficiência que Robinho. Difícil é achar argumentos contra sua convocação.

9º Adriano – Outro lateral-esquerdo que deveria receber mais chances. Tem feito mais no Sevilla do que Kléber ou Juan. E Marcelo não joga em sua posição de origem desde a chega de Juande Ramos ao Real Madrid.

10º Denilson – Discretamente, é titular absoluto do Arsenal. Ainda é jovem, tudo bem… Mas seria melhor ver uma seleção renovada e inexperiente do que ter que aturar o ultrapassado Gilberto Silva.

11º Amauri – Na Itália, em campo, se destaca mais do que Adriano há mais de dois anos. E quem recebe as convocações é o “Imperador”. Vai entender…

Read Full Post »