Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘André Rizek’

Era abril de 2008. A edição nº 1317 da revista “Placar” trazia um texto de André Rizek sobre o personagem do mês, Ronaldinho Gaúcho. Mas na verdade ele era destaque por não ser destaque. Explico…

Naquele mês, a Seleção Brasileira tinha sido convocada para um amisto contra a Suécia e Ronaldinho não estava na lista. Dunga apresentou uma desculpa para não convocá-lo, todos aceitaram, poucos discutiram. Ali o Gaúcho começava a cair no esquecimento para a Seleção. Ele ainda teve chance na Olimpíada, uma ou outra convocação nos tempos de Milan, mas logo ficou esquecido. “Desencanamos dele”, como dizia o título do texto na “Placar”.

Agora parece acontecer algo parecido com Kaká. Os motivos são diferentes, a história é outra e os jogadores são bem diferentes. Mas fato é que começaram a desencanar do Kaká. Mano ainda não o convocou. Deixou ele de fora da lista para o jogo contra a Alemanha e as razões para isso passaram em branco. Por que? Está certo isso? Temos que desencanar também do Kaká?

Kaká e Ronaldinho Gaúcho

Antes da Copa América, Mano ainda chegou a ser questionado pela não convocação de Kaká. O argumento do técnico era que o próprio jogador ainda não se sentia bem para voltar. Nesta segunda, perguntado de novo sobre o assunto, ele falou, falou e não esclareceu nada, como sempre.

Até quando essa situação ficará assim? Mano já tem deixado de fora da Seleção muitos bons jogadores, como Hernanes, Arouca, Marcelo, Nilmar, Hulk, etc… Desperdiçar também a chance de convocar Kaká é um erro ainda maior. Ele pode ser importante dentro de campo, para dividir funções com Ganso e dar mais velocidade ao time, e também fora de campo, com sua experiência de três Copas do Mundo.

Não há sequer o argumento da condição física de Kaká. Ele “voltou a jogar bem, técnica e fisicamente, no primeiro amistoso de pré-temporada do Real Madrid”, segundo Arnaldo Ribeiro, que concorda comigo sobre essa necessidade da Seleção contar com o meia. Portanto, não há motivo para Kaká ter o mesmo destino de Ronaldinho Gaúcho. Não há razão para desencanar dele.

Read Full Post »

VALE A VISITA

  • André Rizek relembra o debate que voltou a ser atual agora: quem é melhor: Robinho ou Tevez? Clique aqui e leia mais.
  • Dassler Marques explica com detalhes que a realidade do surpreendente Barueri, que na verdade não é nada boa, cheia de problemas. Clique aqui para ler mais.
  • Marcelo Damato alertas os times cariocas, que não conseguem fazer sequer uma boa campanha no Brasileirão 2009 até agora. Clique aqui para ler mais.
  • Marcelo Neves destaca a seleção da “Bola de Lata”, ou seja, os piores do Brasileirão no 1º turno. Clique aqui para ler mais.
  • Mauro Cezar Pereira mostra sua preocupação com o fato das torcidas, em geral, estarem indo menos aos estádio para assistir os jogos. Clique aqui para ler mais.

Read Full Post »

VALE A VISITA

  • André Rizek conta as péssimas notícias sobre o andamento dos processos sobre a Máfia do Ápito na Justiça. Clique aqui e leia mais.
  • André Rocha explica as possibilidades táticas do novo Real Madrid após a chegada de Xabi Alonso. Clique aqui e leia mais.
  • Marcelo Damato mostra como é difícil acertar a mão quando o assunto é trocar ou não de treinador no Brasil. Clique aqui e leia mais.
  • Paulo Calçade ironiza a pior notícia da semana passada, quando Ricardo Teixeira admitiu o uso do dinheiro público na Copa de 2014. “Surpresa!”. Clique aqui e leia mais.
  • Sérgio Xavier ressalta um detalhe importante: Muricy e Autuori podem ter que escalar seus times como não gostam. Clique aqui e entenda.

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

Ronaldo, Felipe, Jorge Henrique, André Santos, Cristian… todos saem muito valorizados depois do título corintiano na Copa do Brasil. Mas apenas uma pessoa ganhou mais com essa conquista.

Mano Menezes é o nome dele. O técnico alvinegro foi o mais elogiado pelos comentaristas de futebol e apontado como o principal responsável pelo tricampeonato do seu time.

“Ele faz hoje o melhor trabalho do futebol brasileiro”, por Alex Escobar.

“Atacar o Inter no Beira-Rio foi apenas uma das ótimas sacadas do craque time, o técnico Mano Menezes”, por André Rizek.

“O Corinthians é uma obra que coloca seu autor/treinador no topo da lista dos treinadores”, por Caio Maia.

“O trabalho de reconstrução teve um grande condutor: Mano Menezes. O treinador gaúcho deu ao Corinthians uma nova cara”, por Maurício Noriega.

“A marca deste Corinthians é a segurança e o equilíbrio, personificados na competência de Mano Menezes”, por Paulo Calçade.

“Não haveria este Corinthians grande, altaneiro, não fosse o técnico Mano Menezes”, por PVC.

Após o Campeonato Paulista, eu fiz um post aqui exatamente elogiando Mano Menezes. Fico feliz de não ter errado. Esse gaúcho realmente ainda vai dar muito o que falar…

Read Full Post »

VALE A VISITA

  • André Rizek repara no absurdo de feio que ficou a camisa do Corinthians cheia de patrocinadores. Clique aqui para ler.
  • Lédio Carmona relembra como era bom acompanhar futebol aos 17 anos. Deliciosa nostalgia! Clique aqui para ler.
  • Mauro Cezar Pereira apresenta o rebaixamento do Newcastle sob um ótimo ponto de vista: “Melhor do que vencer é ter um time pelo qual torcer”. Clique aqui para ler.
  • Rogério Andrade destaca a opinião interessante de um torcedor do Chelsea sobre o desemepenho do time. Clique aqui para ler.
  • Sérgio Patrick explica com detalhes as razões de Messi ter tudo para ser eleito o melhor jogador do mundo. Clique aqui para ler.

Read Full Post »