Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Atlético-MG’

A janela de contratações internacionais foi fechada nesta quarta-feira para os times brasileiros. A oportunidade de buscar bons reforços fora do país acabou e nem foi tão bem aproveitada por vários clubes.

Mas houve quem se mexeu bastante e conseguiu peças importantes para a disputa do segundo semestre. As dez melhores contratações internacionais para a reta final do Brasileirão foram…

10º) André (Bordeaux-Atlético-MG)
É um jogador supervalorizado, principalmente por causa das convocações para a Seleção Brasileira, quando Mano Menezes se importava mais com o projeto olímpico do que com o seu emprego.

Ele não é tudo que pintaram, mas pode sim fazer uma dupla perigosa com Guilherme. O problema é que o Atlético-MG não tem um time tão forte para abastecer essa parceria.

André

André pode dar certo mesmo sem Neymar e Ganso?

9º) Iván Piris (Cerro Porteño-São Paulo)
Jean quebrava bem o galho na lateral-direita, mas o São Paulo ainda precisava de um jogador de origem para a posição.

É preciso ter cautela com Piris, afinal ele ainda corre o risco de não se adaptar. Mas trata-se de um jogador de qualidade, com características mais defensivas, mas que pode ser muito útil para reforçar o elenco do São Paulo.

8º) Cícero (Wolfsburg-São Paulo)
É um jogador versátil, que sabe chegar no ataque, mas também costuma voltar bem para a marcação. Tudo isso pode ajudar para que Cícero logo se torne importante no São Paulo.

O problema é a forte concorrência. O jovem Casemiro, por exemplo, tem características parecidas. Na armação de jogadas a disputa com Rivaldo e Lucas é complicada. Mas Adilson Batista conhece o jogador e saberá usá-lo.

7º) Renato (Sevilla-Botafogo)
Não é a solução do Botafogo, como chegou a ser propagado em General Severiano. Mas é um volante bastante interessante, já que pode até ajudar o time na armação de jogadas.

A experiência de Renato também se tornará fundamental, já que o Botafogo, com seus jovens talentosos, como Elkeson e Lucas Zen, tem mostrado bastante irregularidade no Brasileirão.

6º) Denílson (Arsenal-São Paulo)
Teve apenas uma temporada realmente brilhante no Arsenal, mas sempre foi um volante seguro, que sabe fazer o simples com ou sem a bola.

É preciso que o torcedor saiba que ele não vai fazer a diferença. Mas junto com os bons volantes do São Paulo ele pode ajudar bastante a proteger uma defesa que ainda dá sinais de insegurança.

5º) Ibson (Spartak-Santos)
O único problema dessa contratação é o preço: 9 milhões de reais por um jogador que talvez nem seja titular imediatamente é um exagero.

Porém, com a saída de Ganso em breve, Ibson deve se tornar fundamental para o Santos, já que é um meio-campista de bom passe e experiente.

Ibson

A camisa 10 deve ser de Ibson em um futuro não tão distante

4º) Juninho Pernambucano (Al Gharafa-Vasco)
Ele não vai poder jogar sempre e sequer será tão letal quanto foi na sua estreia, mas certamente vai trazer algo de especial para o Vasco.

Além da ajuda em campo, com cobranças de faltas e muita raça, é uma grande contratação simbólica. Afinal, ter um ídolo em um time é sempre importante.

3º) Henrique (Racing-Palmeiras)
Surgiu tão bem no próprio Palmeiras que fica difícil entender porque ele não deu certo na Europa. Poderia ter sido melhor aproveitado até no próprio Barcelona…

Porém, com o sistema defensivo forte que Felipão já montou no Palmeiras, Henrique deve sobrar. Tem potencial para ser um dos melhores zagueiros do Brasileirão.

2º) Aírton (Benfica-Flamengo)
A dupla de volantes que ele tem feito com Williams já se tornou uma das melhores do Brasileirão, principalmente pelo grande poder de desarme deles.

É tudo que o Flamengo precisava para acertar melhor sua defesa e se firmar como um dos candidatos ao título do Brasileirão.

1º) Alex (Spartak-Corinthians)
Deu azar por ter chegado logo no momento em que Danilo cresceu de produção demais. Fora de posição, Alex será pouco útil.

Porém, Danilo deve cair de produção quando os jogos no meio de semana acontecerem com mais frequência. E é nesse momento que Alex pode ser decisivo para o Corinthians.

Anúncios

Read Full Post »

A dança das cadeiras entre os técnicos enfim começou pra valer no Brasileirão. Silas, Cuca, Adilson, Renato Gaúcho e Carpegiani foram as primeiras vítimas. Agora tudo se desenha para que Dorival Jr. seja o próximo desempregado do futebol. O Atlético-MG está na zona de rebaixamento, não vence desde maio, sofreu 11 gols só nos últimos três jogos e a torcida tem feito muita pressão para que algo mude.

Mas o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, parece enxergar algo importante, que São Paulo e Grêmio, por exemplo, não perceberam. Assim como os dois tricolores, o time mineiro não tem um elenco para ir tão longe no Brasileirão.

O São Paulo, por exemplo, bastou ter os desfalques causados pela Seleção Brasileira para acumular três derrotas consecutivas. É claro que Carpegiani não foi demitido só por essa razão. Mas se o time do Morumbi tivesse um elenco melhor isso tudo não teria acontecido.

Com o Grêmio aconteceu algo parecido, com a diferença que a maioria dos desfalques foi causada por lesões. Quando o time contaria com a volta de jogadores importantes e a estreia de outros, Renato Gaúcho saiu. Mas fato é que ele não conseguiria levar o time gaúcho muito longe – e duvido que Julinho Camargo conseguirá!

A situação do Atlético-MG é semelhante. Tem um time até competitivo, mas um elenco fraco e Kalil sabe disso. Aliás, o presidente do time sabe disso e de algo mais: caso demita Dorival, é óbvio que o São Paulo vai atrás do técnico. A dança dos técnicos não acaba nunca…

Mas manifesto aqui meu apoio a Kalil. O Atlético-MG precisa se diferenciar de seus rivais, que demitiram seus técnicos mesmo não sendo eles os maiores culpados. O elenco do Atlético-MG é fraco e precisa ser mudado, não o treinador. Dorival tem cometido erros, mas tem potencial para arrumar o Galo em breve. E é importante para o próprio Kalil que esse potencial de Dorival não vá para os lados do Morumbi…

Read Full Post »

Não é pouco: as duas maiores torcidas do Brasil podem ter se iludido neste final de semana. Flamenguistas e corintianos se empolgaram, já que seus times conseguiram goleadas importantes na sexta rodada do Brasileirão.

Não tenho a pretensão de cortar a animação de ninguém, mas é preciso ter os pés no chão. É necessário destacar que esses resultados de Flamengo e Corinthians, na verdade, são ilusórios. Explico…

No sábado, o Fla venceu o Atlético-MG por 4 a 1. Mas o jogo foi fraco, péssimo mesmo. O resultado veio de virada exatamente porque o começo de jogo dos rubro-negros foi apático. Escalado com 3 zagueiros, o time parecia bagunçado taticamente de novo e ninguém brilhava individualmente.

Veio o gol do Atlético-MG, mas logo Luxemburgo corrigiu seu erro, tirou o terceiro zagueiro e o time foi pra cima. Ronaldinho empatou o jogo, ganhou confiança e passou a se destacar. Tudo deu certo, a virada e a goleada aconteceram rapidamente. Mas não dá para esquecer o parágrafo anterior. Não dá pra esquecer que o Fla ainda é um time inseguro, capaz de fazer péssimos jogos, dependente de destaques individuais e com um técnico que erra demais. E também não dá para depender desses brilhos esporádicos do Ronaldinho…

Ronaldinho Gaúcho/ Vipcomm

Ronaldinho Gaúcho ainda precisa fazer muito mais para mandar alguém calar a boca. Calma!

No domingo, o Corinthians venceu o São Paulo por 5 a 0. Mas o limitado time do Tite não pode esquecer que enfrentou um adversário jovem e inexperiente. Um rival completamente desfalcado, que não tinha seus melhores jogadores no Brasileirão, Lucas e Casemiro. E, acima de tudo, um time com um a menos – é inegável que a expulsão de Carlinhos Paraíba determinou o resultado.

É claro que o Corinthians tem muito o que comemorar, pois realmente tem encontrado peças muito interessantes e surpreendentes para seu elenco, como Danilo, Welder e William. Mas ainda é pouco, muito pouco…

As duas maiores torcidas do Brasil podem se empolgar. Seus times tem condições até de brigar pelo título. Mas é preciso calma, muita calma. Também não duvido que essa empolgação só dure por poucas rodadas.

Read Full Post »

Santos 1 x 1 Inter - Brasileirão 2011/ Vipcomm
Ninguém comeu a bola no final de semana

O Brasileirão 2011 não vai ter um campeão. Ou pelo menos foi esse o recado que a primeira rodada do campeonato, encerrada neste domingo, mandou para todos. É claro que a primeira rodada sempre mente e obviamente daqui a sete meses teremos um campeão. Difícil é dizer que time exatamente será esse, ainda mais depois de ver os primeiros jogos…

– O maior favorito ao título, o Santos, jogou praticamente só com reservas. Mesmo assim, conseguiu um empate contra os titulares do Inter – que é outro candidato ao título, mas que precisa melhorar muito, principalmente na defesa. Trabalha, Falcão!

– O Flamengo é mais um possível campeão e até conseguiu uma vitória convincente, por 4 a 0, com grande atuação do Ronaldinho Gaúcho. Mas contra os reservas do Avaí isso tudo é praticamente obrigação.

– O São Paulo foi o candidato ao título que conseguiu a vitória mais convicente – 2 a 0 contra um pouco disposto Fluminense, fora de casa. Mas o time paulista ainda depende demais de Lucas e Dagoberto. A escalação foi estranha e o são paulino ainda tem que torcer muito para que Carpegiani não estrague o potencial que esse time tem.

– O Cruzeiro decepcionou demais ao perder para o Figueirense, mas é preciso lembrar que o goleiro Wilson salvou o time catarinense. Portanto, o time mineiro ainda pode sim ficar cotado entre os melhores do Brasileirão 2011.

– Atlético-MG, Corinthians, Palmeiras e Vasco até conseguiram vitórias importantes, mas ainda são times que têm muito mais motivos para preocupações. Os três precisam de reforços se quiserem lutar pelo titulo.

Como já dito, a primeira rodada do Brasileirão costuma mentir muito e dessa vez não foi diferente. Mas uma certeza ela trouxe: é melhor não arriscar palpites sobre a briga pelo título por enquanto!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Conseguiu vencer o Goiás e se livrou de uma vez por todas do rebaixamento, como esperado por esse blog há tempos.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Flamengo – Em casa, perdeu para o Cruzeiro de virada e só se livrou do rebaixamento por causa de outros resultados.

TROFÉU HERÓI

Caio – A grande novidade do Avaí no campeonato foi esse meia habilidoso e objetivo, que fez três gols na vitória contra o Santos, livrando o Leão da Ressacada de vez do rebaixamento.

TROFÉU VILÃO

Ronaldo – O jogador do Guarani fez um pênalti decisivo na derrota do seu time contra o Goiás. Dessa forma, o Bugre foi rebaixado para a série B.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas Zen – Olho nele! É um jovem que jogou na vitória do Botafogo contra o Grêmio-SP e pode atuar tanto de volante como de zagueiro, sendo importante para o time futuramente, em 2011.

VALEU O INGRESSO

Caio – O meia do Avaí fez um dos gols mais bonitos do Brasileirão ao driblar três jogadores do Santos e finalizar com precisão.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Flamengo 1 x 2 Cruzeiro – A reação do time mineiro movimentou a partida, que teve emoção de sobra.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Inter 1 x 1 Vitória – Nem o desespero do time baiano fez o jogo ser mais atraente, já que a partida praticamente não teve 1º tempo e só melhorou por pouco na 2ª etapa.

DETALHE TÁTICO

Corinthians e Cruzeiro com 2 meias – Os dois candidatos ao título, que costumam jogar com 3 volantes, adotaram táticas mais ofensivas e conseguiram seus resultados. E se tivessem feito isso antes?

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – O técnico do Fluminense foi bem ao colocar Tartá em campo para substituir Deco. O jovem fez o gol decisivo do jogo contra o Palmeiras.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-GO merecia mais – Só um empate contra o São Paulo não foi justo. Com mais disposição, naturalmente, os rubro-negros mereceram a vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Mesmo com pouca ambição no campeonato, o Vovô conseguiu um empate que acabou com o objetivo do Atlético-PR e se classificou para a Copa sul-Americana de 2011.

PAPO RETO

Flamengo,

Não se iluda.

Você se livrou do rebaixamento, mas precisa reformular seu elenco se quiser escapar de novo no ano que vem.

ACRÉSCIMOS

Última rodada – Botafogo x Grêmio e Vitória x Atlético-GO serão como verdadeiros mata-matas. Que jogaços!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Venceu inapelavelmente o Flamengo por 4 a 1 e melhorou demais sua situação na luta contra o rebaixamento.

Há semanas atrás, já cravei aqui que o Galo não cairia. Confio cada vez mais nesse palpite…

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Fluminense – Por pouco não perdeu em casa para um Goiás praticamente rebaixado. Mesmo o empate por 1 a 1 pouco serviu, já que a liderança foi perdida para o Corinthians.

TROFÉU HERÓI

Paulo Baier – Fez os dois gols da vitória do Atlético-PR, que agora está surpreendentemente no G4 do Brasileirão 2010.

TROFÉU VILÃO

Zé Eduardo – O atacante do Santos desperdiçou uma cobrança de pênalti que teria dado a vitória para o seu time contra o Grêmio, em jogo que terminou empatado por 0 a 0 mesmo.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas Gaúcho – O jovem centroavante do São Paulo, segundo principal destaque da última Copa SP, fez um gol de letra contra o Vasco e empatou o jogo em 1 a 1.

VALEU O INGRESSO

Rafael Sóbis – O atacante do Inter finalmente mostrou o que sabe, apesar da derrota do Inter.

Com uma bela virada e um chute preciso no ângulo, ele fez o principal golaço de uma rodada cheia de belos lances, como os fortes arremates de Éder Luis e Geraldo, além das boas jogadas de Patric e Marquinhos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 1 x 1 Goiás – Os dois times precisavam muito da vitória e, apesar do desespero, fizeram um jogo agitado com um resultado justo.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Atlético-GO 3 x 0 Palmeiras – Foi chato ver a superioridade do time goiano contra uma equipe inexperiente, bagunçada e desinteressada.

DETALHE TÁTICO

Flamengo – Luxemburgo não sabe o que quer. Dessa vez optou por 3 volantes para enfrentar o Atlético-MG e saiu derrotado por 4 a 1.

Pior: voltou a ser sério candidato ao rebaixamento, pois, apesar de ter 40 pontos, não mostra sinais de recuperação e segue com um time bagunçado, sem padrão algum.

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – O técnico do Fluminense errou na escalação, mas pelo menos corrigiu bem ao colocar Washington, Rodriguinho e principalmente Diguinho em campo. Com eles, pelo menos veio o empate contra o Goiás.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro prejudicado – Não foi pênalti em Ronaldo no lance que decidiu o grande duelo entre o time mineiro e o Corinthias.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Avaí – Em pleno Beira-Rio, venceu o Inter por 3 a 2 e desencadeou até uma preocupação a mais no time gaúcho, que jogou com titulares e mostrou que tem problemas para resolver até o Mundial.

PAPO RETO

São Paulo e Palmeiras e Vasco,

E agora?

Vocês mostraram na rodada que terão poucos objetivos para atingir no Brasileirão. Porém, chegou a hora de decidir se vocês entregarão seus jogos contra Fluminense e Cruzeiro. O que acontecerá?

ACRÉSCIMOS

Série B 2011 – Seis times brigam para não ocupar as 2 vagas restantes na segunda divisão do ano que vem.

Guarani, Avaí, Vitória, Atlético-MG, Flamengo e Atlético-GO fazem a disputa mais imprevisível da reta final desse Brasileirão. Não consigo nem arriscar palpites…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Fluminense – Com todas suas dificuldades já conhecidas e suas limitações já escancaradas, conseguiu uma difícil vitória no clássico contra o Vasco e se manteve na liderança do Brasileirão 2010.

Quando Corinthians e Cruzeiro venceram, jogaram uma pressão enorme para o time de Muricy Ramalho, que dessa vez reagiu bem e permaneceu na briga pelo título, mesmo sendo o mais fraco dos três candidatos.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

São Paulo – Saiu extremamente decepcionado pela derrota no clássico diante do Corinthians, que mostrou como o time de Carpegiani tinha sonhado alto demais após alguns poucos bons resultados.

Dessa forma, deixou o rival se empolgar e manter a boa fase, em arrancada que parece ser a mais segura rumo ao título.

TROFÉU HERÓI

Neymar – A estrela do Santos brilhou no aguardado reencontro com Dorival Júnior. Fez dois gols e assim impediu a derrota do Santos contra o Atlético-MG.

TROFÉU VILÃO

Heleno – O volante do Ceará foi foi expulso por uma entrada violenta em André Lima e facilitou a vida do Grêmio, que conseguiu uma impressionante goleada por 5 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Leandro Damião – O centrovante fez um dos gols do Inter no empate contra o Atlético-GO e, mais do que isso, tem mostrado que pode ser o centroavante do Colorado no Mundial de Clubes, em dezembro.

VALEU O INGRESSO

Douglas – Não concordo com sua convocação para a Seleção Brasileira, mas é preciso admitir que ele está jogando demais. Dessa vez marcou até um golaço em cobrança de falta…

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Atlético-MG 2 x 2 Santos – Com os clássicos pouco empolgantes da rodada, o duelo entre alvinegros foi o jogo mais emocionante da rodada, ainda mais tendo sido completado por algumas boas atuações individuais e indefinição até o final da partida.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Palmeiras 1 x 0 Guarani – Felipão escalou reservas para poupar seu elenco, focado na Copa Sul-Americana, e o Bugre não conseguiu se aproveitar disso em um jogo no qual os dois times pareciam estar com a cabeça em outro lugar, em outra competição, em outro mundo…

DETALHE TÁTICO

Cruzeiro no 3-6-1 – Cuca tirou o centroavante, escalou um zagueiro e assim conseguiu, com sustos, bater o Vitória e seguir na luta pelo título. Porém, parece uma tática arriscada para os próximos jogos.

DETALHE DO TÉCNICO

Marcelo Martelotte – Tirou o volante Rodrigo Possebon para colocar o centroavante Marcel, que participou do 2º gol do Santos e evitou a derrota do time contra o Atlético-MG.

O FUTEBOL É INJUSTO

Vasco merecia mais – Mesmo sem objetivos no Brasileirão, o time cruzmaltino fez um bom jogo contra o Fluminense e na verdade merecia conseguir pelo menos um empate.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio-SP – É outro time de poucos objetivos no campeonato, mas ainda assim conseguiu superar o Goiás, que confirmou tudo que já tinha sido decretado aqui depois da última rodada: o time de Jorginho vai disputar a Série B de 2011.

PAPO RETO

Botafogo,

Eu avisei que não era recomendável se empolgar tanto.

Brigar pelo título é improvável. Mas, caso o time faça mais do que fez contra o Avaí, pode se classificar para a próxima Copa Libertadores. Ainda que uma aposta no Grêmio seja mais certeira. E isso apenas no caso de um time brasileiro não ser campeão da Sul-Americana, claro.

ACRÉSCIMOS

Corinthians x Cruzeiro – Mais uma vez fica a grande expectativa para um duelo da próxima rodada. O jogo entre os dois postulantes ao título pode consagrar um deles ou até ajudar o Fluminense a disparar. Será decisivo.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »