Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Atlético-PR’

O Campeonato Brasileiro de 2011 tem muitos pontos fortes. Tem craques de carreira consolidada. Tem jovens que despontam como estrelas para o futuro. Tem grandes e emocionantes jogos. Mas não tem algo que sempre teve: revelações. São poucos os jovens que fazem seu primeiro Brasileirão de destaque em 2011.

Entre os melhores jogadores do campeonato, há vários jovens, como Neymar, Lucas, Oscar, Elkeson, Dedé, Fágner, Mário Fernandes, Casemiro, Rômulo, etc… mas todos estes já tinham surgido antes, participado de outros Brasileirões e agora estão apenas consolidando o potencial que já tinham mostrado.

Portanto, são poucos aqueles que surgiram nesta temporada e mostraram talento. E vários deles, na verdade, já tinham disputado pelo menos uma Série B antes de se destacar no Brasileirão 2011, além de já terem uma idade razoavelmente elevada.

É um cenário que não chega preocupar por enquanto, mas que serve de alerta – a repetição disso pode indicar que as limitações do futebol brasileiro, que já são grandes atualmente, podem aumentar.

Mesmo assim, ainda é possível indicar algumas revelações que surgiram recentemente. Veja a lista com os onze melhores jovens que fazem em 2011 seu primeiro Brasileirão de destaque:

11º) Fernandão (Palmeiras) – 24 anos

Fernandão, do Palmeiras
Ele parece ruim, mas é útil

Fernandão começou a carreira tarde e até por isso só agora chegou a um time grande. Veio do Guarani para conseguir algo difícil: firmar-se como centroavante do Palmeiras, algo que muitos tentaram durante o último século, mas praticamente ninguém conseguiu.

Alto, forte e bom finalizador, ele também é um tanto desajeitado e atrapalhado com a bola. Mas costuma dar trabalho para qualquer defesa e por isso Felipão tem o escalado como titular. Seu grande momento foi logo na estreia, com um belo gol no clássico contra o Corinthians.

10º) Élton (Inter) – 21 anos
A pré-temporada colorada trouxe os primeiros indícios de que ele poderia ser uma boa revelação para 2011. Élton começou o ano no Inter B, mas logo chamou atenção, foi promovido e, aos poucos, tem se tornado o verdadeiro substituto de Sandro no time gaúcho.

A concorrência não é fácil. Élton tem que superar o competente Bolatti e ainda tem sofrido com lesões. Mas tudo bem, pois ele mostra que, se isso não acontecer agora, tem tudo para se firmar e ter um bom futuro no clube.

9º) Renan Rocha (Atlético-PR) – 24 anos
A missão dele também não é das mais fáceis: além de substituir Neto, revelado no clube e vendido para a Fiorentina-ITA, Renan Rocha precisa se destacar em uma defesa fraca e em um time desorganizado.

Mas a campanha ruim do Atlético-PR não tem manchado o surgimento desse jovem goleiro, que tem aproveitado bem suas primeiras chances no time.

8º) Wellington Nem (Figueirense) – 19 anos
Na verdade ele pertence ao Fluminense e até se destacou na Copa São Paulo pelo time. Porém, sem chances no time carioca, Wellington aceitou ser emprestado para o Figueirense, em busca de mais oportunidades.

Em seu novo clube, o meia-atacante demorou para se firmar. Mas agora tem formado uma boa dupla ofensiva com Júlio César. Com seis gols marcados, ele tem ajudado na campanha segura do Figueirense no Brasileirão.

7º) Saimon (Grêmio) – 20 anos
É um zagueiro que sempre foi muito elogiado nas categorias de base, mas demorou para ficar pronto para o time profissional. Até chegou a jogar nas edições de 2009 e 2010 do Brasileirão, mas só agora, em 2011, conseguiu uma sequência maior no time.

Seu grande momento no campeonato foi no Gre-Nal do primeiro turno, quando teve que enfrentar Leandro Damião em alta. O jovem conseguiu marcar o centroavante da Seleção, e o Grêmio saiu com a vitória no clássico.

Saimon, do Grêmio
O homem que parou Damião

6º) Muriel (Internacional) – 24 anos
A Série B de 2009 foi a competição em que Muriel começou a despontar, pela Portuguesa. Mas isso não foi suficiente para que o jovem goleiro recebesse chances imediatas no Internacional, que teve problemas na posição, com Renan, Lauro, etc…

Mas em 2011 finalmente Muriel teve uma sequência como titular do Inter e mostrou que tem condições de defender a meta colorada. Com firmeza no gol, ele tem sido um dos melhores do Brasil em sua posição.

5º) Lucas (Botafogo) – 24 anos
Ele foi um dos melhores laterais-direito da Série B de 2010, pelo Figueirense. Isso fez com que o Botafogo reparasse no talento de Lucas e o contratasse. Mas seu futebol simples fez com que ele demorasse para roubar a vaga de Alessandro no time carioca.

Com o tempo, isso aconteceu naturalmente. As qualidades de Lucas, como a boa técnica e os cruzamentos precisos, tornaram-se importantes armas do Botafogo, que costuma dar liberade para seus jovens laterais atacarem. Dessa forma, Lucas se tornou também um dos melhores laterais-direito do Brasileirão.

4º) João Filipe (São Paulo) – 23 anos
Ele chegou ao São Paulo cercado de desconfiança. Afinal, depois de fazer uma boa Série B pelo Figueirense, foi para o Botafogo e não conseguiu virar titular por lá. Porém, ao chegar no time do Morumbi, ele voltou a mostrar um bom futebol.

Alto e firme, ele tem formado uma boa dupla de zaga com Rhodolfo e resolvido, na medida do possível, um problema que ameaçava tirar o São Paulo da disputa pelo título. Tem mostrado que não é apenas um jogador de Série B.

3º) Osvaldo (Ceará) – 24 anos
O que era para ser um time envelhecido ganhou um novo fôlego com Osvaldo. O Ceará evoluiu com a ascensão desse atacante, que tem a velocidade como sua principal arma.

O Ceará ainda tem que lutar contra o rebaixamento, mas Osvaldo já tem a garantia que terá um bom 2012, com evolução na carreira. Afinal, ele tem sido especulado em grandes times, como Santos, Corinthians e Palmeiras.

2º) Willian (Corinthians) – 24 anos
Ele chegou a disputar a artilharia do Brasileirão nas primeiras rodadas e teve tudo para se firmar como a melhor revelação do campeonato. Mas a queda de rendimento do Corinthians o levou para a reserva e agora ele tem aproveitado as poucas chances que têm para voltar a ser titular do time.

É um atacante mais técnico do que habilidoso, que sabe jogar pelas pontas e finalizar bem. Jogou bem em duas Séries B pelo Figueirense, mas só agora tem se destacado em um Brasileirão – marcou cinco gols até agora, acertou bons passes e ainda deve dar mais trabalho na reta final, pois não parece ser do tipo de atacante que amarela.

1º) Bruno Cortês (Botafogo) – 24 anos
A convocação para a Seleção Brasileira era o que faltava para consolidar o lateral-esquerdo como uma das melhores novidades do campeonato. Ele, que chegou discretamente do Nova Iguaçu, mostrou uma personalidade ímpar, além de muita velocidade e habilidade.

Ainda é preciso ter calma com ele, mas, caso mantenha essa humildade que tem marcado seu início de carreira, tem tudo para ir longe. Afinal, ele joga em uma posição carente do futebol brasileiro e tem tudo para voltar à Seleção em breve. E o Botafogo, time no qual ele já se tornou protagonista, tratou de melhorar seu contrato e fazer esforços para segurá-lo no time. Nada mais justo.

Cortês, do Botafogo
Por enquanto ainda é uma cena estranha, mas pode virar comum

Há outros jogadores que podem ser considerados revelações do Brasileirão: Delatorre (Inter), Felipe Anderson (Santos), Lucas Mendes (Coritiba), Fillipe Soutto (Atlético-MG), Lucas Zen (Botafogo), Edenilson (Corinthians), Bernard (Atlético-MG) e Negueba (Flamengo) são alguns deles.

Mas a maioria ainda precisa evoluir demais e só deve se firmar em seus times na temporada que vem. Ou pelo menos é isso que espero, para o bem do futebol brasileiro…

Read Full Post »

Após uma rodada na qual os melhores times do Brasileirão fracassaram, é melhor nem escrever sobre a parte de cima da tabela. Até porque existem detalhes interessantes que têm chamado minha atenção na parte de baixo, na zona de rebaixamento: os times que vão lutar pra cair já estão definidos.

Logo após a 2ª rodada, eu já tinha apontado aqui que Avaí, América-MG, Atlético-GO e Bahia eram os principais candidatos a disputar a Série B em 2012. O tempo passou, quase todos esses times trocaram de técnico, contratam muitos jogadores, mas a tabela agora mostra que só o Bahia está fora – e por pouco, por apenas uma posição.

O intruso no grupo é o Atlético-PR. O time do técnico Renato Gaúcho ganhou seu primeiro jogo no sábado e mostrou que existe ali algum potencial para subir na tabela. Nada demais, pois não vai conseguir uma arrancada. Mas tem boas chances de escapar da zona de rebaixamento sim.

 "Morro" García

"Morro" García é um bom motivo para acreditar que o Atlético-PR pode evoluir

Caso o Atlético-PR se livre mesmo, o Bahia é o principal candidato a assumir sua vaga na zona do rebaixamento, como já foi dito. E fora esses cinco times, não creio que Atlético-MG ou Grêmio caiam ainda mais, eles devem ficar no meio da tabela mesmo. Talvez Ceará ou Figueirense possa se juntar a esse grupo dos rebaixados, mas é difícil – são clubes com um time bem montado.

Portanto, se a 11ª rodada do Brasileirão mostrou que o Corinthians não e imbatível e que a briga pelo título ainda deve mudar bastante, mostrou, por outro lado, que a luta contra o rebaixamento não deve ser tão agitada assim. Parece cedo pra dizer, mas não tenho medo: entre os cinco últimos do Brasileirão atualmente, quatro vão cair. Podem me cobrar.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Flamengo – Finalmente o time venceu um jogo importante, praticamente colocando o Guarani na Série B de 2011 e ficando bem longe do risco de rebaixamento.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Corinthians – Mais uma vez em um jogo polêmico, o agora vice-líder do Brasileirão sentiu a falta de Ronaldo, caiu de produção e poderia até ter saído com uma derrota de Salvador.

TROFÉU HERÓI

Neymar – Impressionou mais uma vez ao marcar três gols, decidir a vitória do Santos e decretar de vez o rebaixamento do Goiás.

TROFÉU VILÃO

Xandão e Richarlyson – Foram expulsos de maneiras patéticas contra o Fluminense, tornando fácil a vida do novo líder do Brasileirão.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Muriel – Fechou o gol no jogo contra o Botafogo e de quarto reserva pode até virar titular do Inter no Mundial de Clubes.

VALEU O INGRESSO

Renato Augusto – O jovem volante do Vasco acertou um chute cruzado impressionante na derrota do Vasco para o Cruzeiro.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Grêmio 3 x 1 Atlético-PR – A briga quente por uma possível vaga na próxima Copa da Libertadores proporcionou um jogo animado, de técnica razoável e, como não poderia deixar de ser, com polêmica. Valeu a pena!

Fico imaginando como o Brasileirão perderia se não existisse a possibilidade do G4…

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Ceará 1 x 1 Grêmio-SP – Os times jogaram para menos de mil torcedores e mostraram porque buscam poucos objetivos nessa reta final do Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

São Paulo – Carpegiani escalou o São Paulo sem volantes dessa vez. Para 2011 ele precisa rever esse seu conceito de ofensividade exagerada, que é preocupante para um time que corre o risco de perdeu seu principal zagueiro, Miranda, no começo do ano que vem.

DETALHE DO TÉCNICO

Vágner Benazzi – O técnico do Avaí acertou em cheio ao arriscar na substituição do volante Rudnei pelo meia Jéferson, que fez dois gols na vitória do Avaí contra o Atlético-GO.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-PR prejudicado – Sálvio Spíndola enxergou um pênalti inexistente a favor do Grêmio, que foi convertido por Douglas e decidiu o jogo.

E a rodada não parou por aí nos erros de arbitragem, como de praxe.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Internacional e Santos – Dois times que pouco se preocupam no Brasileirão venceram seus jogos e quebraram a cara de gente que os considerava os adversários mais fáceis dessa reta final, como eu mesmo.

PAPO RETO

Palmeiras,

E agora?

E se o Goiás te eliminar da Copa Sul-Americana? Vai voltar a jogar com os titulares no Brasileirão ou os reservas entrarão em campo mesmo assim para possivelmente prejudicar o rival Corinthians?

ACRÉSCIMOS

Torcidas unidas – Acho graça de ver o torcedor do São Paulo torcer para a vitória do Fluminense para o seu time. Futebol é feito disso também.

Mas é fato que a CBF precisaria pensar em algo para evitar situações desse tipo em campeonatos futuros. Mas é melhor não esperar por qualquer atitude dessa entidade para isso…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-PR – Foi um sufoco e talvez tenha envolvido até mais um erro de arbitragem da rodada, mas fato é que o Furacão venceu o Goiás por 2 a 1 e seguiu em sua caminhada surpreendente para o alto da tabela.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Teve tudo para vencer o clássico quando Richarlyson foi expulso, mas conseguiu ficar sem um ponto sequer no final do jogo.

TROFÉU HERÓI

Deivid – Fez dois gols na vitória convincente do Flamengo contra o Inter e ainda se deu ao luxo de perder uma outra chance de forma absurda. Mas é perdoável.

TROFÉU VILÃO

Carlinhos – O lateral do Vasco foi expulso e, a partir desse momento, o Atlético-GO cresceu no jogo e venceu por 2 a 0, sainda da zona de rebaixamento.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Júnio Viçosa – O atacante recém-contratado estreou já fazendo seu gol e mostrando qualidade para substituir Borges e André Lima, os centroavantes do Grêmio que estão machucados.

VALEU O INGRESSO

Neto Berola – Entrou com velocidade na área do Avaí, driblou bonito o goleiro adversário e ainda finalizou de letra. Belo gol!

UM SHOW EM 90 MINUTOS

São Paulo 4 x 3 Santos – Foi um dos cinco melhores jogos do Brasileirão 2010 até agora, sem dúvidas.

Muitos gols, bolas nas traves, defesas espetaculares, boas atuações individuais e emoção até o fim – rolou um pouco de tudo no clássico. Já dava pra imaginar que seria um jogaço, mas até superou as expectativas.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Fluminense 0 x 0 Botafogo – Fizeram um jogo estranhamente travado, já que os dois times precisavam da vitória e o resultado sem gols foi extremamente prejudicial para as ambições de ambos.

DETALHE TÁTICO

São Paulo ofensivo – Tem sido interessante ver a proposta de Carpegiani no time do Morumbi, que tem buscado fortemente o ataque e até jogou com apenasu m volante de ofício contra o Santos.

Por enquanto tem dado certo principalmente pelo fator surpresa. Resta saber até quando essa novidade durará.

DETALHE DO TÉCNICO

Dorival Júnior – Tirou Daniel Carvalho no intervalo do jogo contra o Avaí e colocou Neto Berola em campo. Resultado: o jovem atacante participou dos dois gols da vitória importante contra o Avaí.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro prejudicado – O gol invalidado de Wellington Paulista e o pênalti mal marcado para o Grêmio são apenas duas pequenas mostras de como Paulo César de Oliveira é mesmo um dos piores árbitros do Brasil.

E a rodada ainda teve o Corinthians prejudicado também, no jogo contra o Guarani, mas por lances menos escandalosos.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Foi o único visitante que conseguiu incomodar.

Conseguiu um empate que até fez justiça por tudo que o Palmeiras não jogou no segundo tempo da partida.

PAPO RETO

Avaí,

E agora?

Agora que entrou na zona de rebaixamento, você acredita de verdade que Vágner Benazzi vai tirar você de lá? Talvez só seja um acerto se ele foi um técnico contratado já pensando na Série B de 2011.

ACRÉSCIMOS

Atlético-PR e Grêmio – Como nenhum dos cinco primeiros colocados da tabela venceu, os dois chegaram mais perto do topo da tabela.

Ambos ainda precisam mostrar mais para entrar na briga pelo título, mas podem se empolgar: não há ninguém que convença de fato nessa briga. É um Brasileirão 2010 cada vez mais parecido com o Brasileirão 2009.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – O Tricolor Paulista conseguiu se impor no Morumbi e bateu o Vitória por 2 a 0 com autoridade na estreia de Carpegiani.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Fluminense – Perder por 3 a 0 para o Santos é mais um claro sinal que o time de Muricy Ramalho não está pronto para ser campeão brasileiro. Resultados como esse me fazem desacreditar no Tricolor Carioca na briga pelo título.

TROFÉU HERÓI

Jonas – Fez três gols e ainda participou de outro na vitória do Grêmio sobre o Grêmio-SP por 3 a 0. É impressionante o que ele tem jogado! Só não dá pra considerar surpreendente…

TROFÉU VILÃO

Zé Carlos – O goleiro do Avaí fez um pênalti infantil, foi expulso e consagrou Valdívia, que teve uma boa atuação na vitória do Palmeiras por 4 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Gabriel Silva – Acostumado a jogar também na lateral-direita, inclusive durante a Copa São Paulo de 2010, o canhoto do Palmeiras fez um golaço com a perna “errada” e mostrou porque tem virado titular no time de Felipão, apesar de seus defeitos como defensor.

VALEU O INGRESSO

Fernandinho – Driblou um defensor do Vitória, passou fácil pelo goleiro e finalizou com o gol aberto em uma linda jogada de velocidade, o que é esperado dele.

E a rodada ainda teve outros bonitos gols com chutes de longa distância, como os de Jonas (Grêmio), Valdívia, Gabriel Silva (ambos do Palmeiras) e Heleno (Ceará).

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 0 x 3 Santos – Apesar do resultado apontar para um massacre do Peixe, não foi isso que aconteceu no jogo. A partida foi realmente muito disputada, o que só valoriza a atuação de Zé Eduardo, que fez três gols e foi capaz de decidir uma grande partida como essa.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Ceará 1 x 0 Internacional – O Colorado estava muito desfalcado e sofreu para conseguir mostrar alguma criatividade, o que o Ceará normalmente já não possui. Portanto, o jogo foi sem graça e pouco atrativo.

DETALHE TÁTICO

Goiás no 3-6-1 – Jorginho tem insistido em utilizar esquemas táticos com três zagueiros, mas já deveria ter percebido que isso não vai funcionar.

Trocar um atacante por um meia, saindo do 3-5-2 para o 3-6-1, também só trouxe mais problemas para um acanhado Goiás na derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro.

DETALHE DO TÉCNICO

Vanderlei Luxemburgo – O técnico do Flamengo reestreou no time com a sua enorme estrela, como antigamente. Val Baiano e Diego Maurício saíram do banco de reservas para resolver a vitória do Rubro-Negro por 2 a 0.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-PR merecia mais – O Furacão apenas empatou com o Vasco por 0 a 0, mas foi o único time que realmente buscou a vitória na Arena da Baixada.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Atlético-MG – Não acreditava na vitória do Galo contra o Corinthians, mesmo com o jogo acontecendo em Minas Gerais. A vitória por 2 a 1 é um sinal fraco de alívio para a equipe de Dorival, mas uma mostra forte de que o time paulista precisa se preocupar.

PAPO RETO

Adilson Batista,

E a defesa do Corinthians?

O time tem sofrido mais gols do que nunca em 2010, mas você insiste em minimizar essa questão. É melhor você perceber logo que seu meio-campo não tem protegido os zagueiros e que Thiago Heleno não é um beque com a qualidade que você tem comentado.

ACRÉSCIMOS

Cruzeiro – Chegou à vice-liderança do Brasileiro e entrou de vez na briga pelo título do Brasileirão. Está em uma fase melhor do que Fluminense e Corinthians, podendo ser campeão e finalmente fazer justiça ao técnico Cuca, que entende bastante de futebol, mas, por motivos diversos, ainda não ganhou um título que comprovasse isso. Ele merece!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Inter – Foi o único candidato ao título que venceu. Bateu o Guarani por 3 a 0 e conseguiu encostar um pouco mais no Fluminense.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-GO – Chegou a estar vencendo o Atlético-MG, mas sofreu a virada em casa e perdeu um duelo de seis pontos na luta contra o rebaixamento.

TROFÉU HERÓI

Éder Luis – Tem emendado uma boa sequência de jogos pelo Vasco e contra o Goiás não foi diferente: marcou gol e foi decisivo na vitória por 3 a 2.

TROFÉU VILÃO

Alessandro – Errou uma saída de bola, cometeu um pênalti e foi expulso em um lance só. A sorte dele é que Renato, do Flamengo, foi expulso também, o que freou a reação adversária.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Neto – O goleiro recentemente convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira, que já vinha fazendo uma boa temporada, teve uma atuação espetacular contra o Cruzeiro.

VALEU O INGRESSO

Réver – Parecia um atacante quando acertou um gol de bicicleta impressionante para a vitória fundamental do Atlético-MG contra o Atlético-GO.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vasco 3 x 2 Goiás – Era um duelo de times fracos, mas eles se superaram e fizeram uma partida interessante para assistir em plena sexta-feira.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Avaí 0 x 0 São Paulo – Richarlyson poderia ter sdo o vilão da rodada, pois foi expulso ainda no 1º tempo, mas o Avaí não reagiu e o jogo ficou entendiante até o final.

DETALHE TÁTICO

Cruzeiro – Cuca insistiu no 4-3-1-2 e só colocou Roger ao lado de Montillo durante o empate por 0 a 0 contra o Atlético-PR. A Raposa pode render bem mais com os dois jogando juntos mais frequentemente.

DETALHE DO TÉCNICO

Dorival Jr. – O técnico tirou o volante Alê para colocar o meia Renan Oliveira, que ele recentemente resgatou do Vitória.

O jovem jogador participou do gol decisivo na vitória contra o Atlético-GO e mostrou que foi um erro de Luxemburgo liberá-lo para o empréstimo.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro merecia mais – Neto foi o grande culpado dessa injustiça. O goleiro do Atlético-PR evitou que a Raposa concretizasse sua merecida vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Por pouco não venceu o Corinthians em pleno Pacaembu e tem mostrado, mesmo com um técnico interino, que está um nível acima de outros candidatos ao rebaixamento.

PAPO RETO

Renato Gaúcho,

Parabéns!

Quando você assumiu o Grêmio, apostei que você faria o time evoluir. Porém, não esperava que fosse tanto. Mesmo cheio de desfalques, o Tricolor tem vencido todas e jogado razoavelmente bem, como contra o Vitória nessa rodada

ACRÉSCIMOS

Paulo César Carpegiani – A principal consequência da 27ª rodada foi a ida do técnico do Atlético-PR parao São Paulo. Deve ser péssimo para todos lados: perde muito o Furacão, que estava em alta, e ganha pouco o Tricolor Paulista, que continuará com um técnico exageradamente inventivo no comando.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Vitória – Bateu o Avaí por 3 a 0 e mostrou que, com Ricardo Silva no comando técnico de volta, pode se livrar do rebaixamento com mais tranquilidade.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Goiás – Perdeu até para o Atlético-GO e segue comprovando que a escolha por Jorginho foi extremamente arriscada. O rebaixamento etá cada vez mais nítido.

TROFÉU HERÓI

Jucilei e Elias – É impressionante o que essa dupla tem feito pelo Corinthians. Difícil é dissociá-los e eleger quem está melhor no Brasileirão 2010. Foram fundamentais em todos sentidos na vitória por 3 a 2 contra o Santos.

TROFÉU VILÃO

Fábio Costa – Sua enésima falha em um gol de Carlinhos abriu espaço para a goleada do Fluminense, que resultou na esperada demissão de Vanderlei Luxemburgo.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Elkeson – O meia-atacante do Vitória fez um belo gol e, mesmo jogando mais recuado às vezes, foi importante no jogo contra o Avaí. É uma da boas revelações desse Brasileirão 2010.

VALEU O INGRESSO

Carlinhos – Coroou sua excelente atuação com um gol de velocidade e habilidade na goleada contra o Atlético-MG.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Santos 2 x 3 Corinthians – Foi uma partida cheia de reviravoltas, bons duelos táticos e interessantes destaques individuais. E praticamente excluiu mais um candidato ao título. Que jogo!

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Grêmio-SP 0 x 1 Palmeiras – Juntos, os times tiveram apenas duas chances de gol no 1º tempo. É claro que não melhorou muito na 2ª etapa, fazendo o jogo ser um dos mais entediantes desse Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

Goiás no 4-3-3 – Jorginho apostou em um estilo ofensivo para enfrentar o Atlético-GO, mas deixou a equipe toda torta e bagunçada em campo. Resultado: derrota por 3 a 1 que só gera mais preocupações no Esmeraldino.

DETALHE DO TÉCNICO

Sergio Baresi – Promoveu a entrada de Ricardo Oliveira no 2º tempo e, em um lance de oportunismo, o atacante decretou a vitória apertada do São Paulo contra o Guarani.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santos prejudicado – Houve um impedimento no lance decisivo do clássico contra o Corinthians. É um lance que precisa ser registrado, mas não dá para condenar o árbitro ou seu assistente pelo engano.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Flamengo – Não imaginava que o Flamengo arrancasse sequer um empate contra o Grêmio, no Olímpico. Ainda mais com gols de Kléberson e Petkovic

PAPO RETO

Luxemburgo,

Fica tranquilo.

Você caiu fora, mas deixou seu tão falado “projeto” de colocar o Galo na Série B bem encaminhado.

ACRÉSCIMOS

Atlético-PR – Estou realmente surpreso com a campanha do Furacão.

Era uma das minhas apostas para o rebaixamento, mas, com um táticas simples e jovens jogadores, o time está perto de chegar até no G3. Não confio que irá tão longe, mas não duvido mais do Atlético-PR.

Read Full Post »

Older Posts »