Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Bernardo’

O Vasco perdeu a Copa Sul-Americana nesta quarta-feira. E tem tudo para perder também o Campeonato Brasileiro, no próximo domingo – sempre apostei no Corinthians e insisto nesse palpite. Mas o Vasco já ganhou algo muito mais importante nesta temporada. E não foi só a Copa do Brasil, claro. Foi o respeito. O Vasco renasceu em 2011 e voltou a ser o grande time que nunca deveria ter deixado de ser.

Dedé no Vasco

A raça de Dedé é a cara do Vasco em 2011

Acima de tudo, o Vasco conseguiu isso por causa da garra, superação e intensidade dos seus jogadores. Foi com o coração, e nem sempre com a técnica, que eles conseguiram surpreender durante o ano todo.

Afinal, em janeiro era impossível imaginar que o Vasco se acertaria. Mas Ricardo Gomes chegou, arrumou o time e ficou impossível imaginar que o time disputaria também o título do Brasileirão. Mas logo isso se tornou realidade e ficou impossível imaginar que ir longe na Copa Sul-Americana também seria um objetivo do time. Mas isso aconteceu e os jogadores provaram que seria difícil pará-los.

Nem um AVC conseguiu. Afinal, a tragédia com Ricardo Gomes foi superada de uma forma exemplar por todos, principalmente pelo técnico interino Cristóvão Borges. Eles encararam o problema como motivação e criaram a história mais bonita do futebol brasileiro em 2011.

Mas é claro que o Vasco não é feito só de garra, transpiração e inspiração. É feito também de uma interessante mistura de jovens e experientes. A comissão técnica soube utilizar veteranos, como Felipe e Juninho, da maneira certa: sem dar a eles toda a responsabilidade de carregar o time ao sucesso. E estes com certeza ajudaram os vários jovens de qualidade do Vasco, como Dedé, Rômulo, Allan, Bernardo, Fágner, etc…

Esse não é um texto de consolo para o eliminado e cansado Vasco. É uma homenagem antecipada. Até porque, com esse Vasco grande e recuperado, é melhor não duvidar de nada. Se o Vasco levar o título do Brasileirão 2011 no domingo, vai apenas coroar esse renascimento. E se não levar… o mais importante já está conquistado e ponto final.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Foi uma vitória suada, o time não jogou tão bem, mas nada disso importa em um clássico de tanta importância. A vitória contra o Palmeiras fez a festa da torcida no Pacaembu e recuperou o time da crise.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Em uma rodada de homenagens ao Pelé, o time da Vila não conseguiu segurar a vantagem que abriu de 2 a 0 contra o Grêmio-SP e sofreu a virada. Pior: não fez gol com dois a mais em campo. Que presente para o Rei!

TROFÉU HERÓI

Obina – Fez três gols no decisivo clássico contra o Cruzeiro, que finalmente tirou o Atlético-MG da zona de rebaixamento.

TROFÉU VILÃO

Ivan González – Fez o pênalti que deu o empate para o Fluminense e tirou uma vitória que seria espetacular para o Atlético-PR, pois colocaria o Furacão até em condições de sonhar com o título.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bernardo – Sofreu e converteu o pênalti que decidiu a vitória do Goiás contra um Avaí que parece não ter o menor poder de reação.

VALEU O INGRESSO

Diego Sacoman – O zagueiro ex-Corinthians acertou um chute inacreditável. Pela direita, ele arriscou com a perna esquerda e a bola entrou no ângulo. Foi um belo lance para simbolizar tudo que o Ceará jogou nessa partida contra o São Paulo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 3 x 4 Atlético-MG – Maior do que importância desse clássico foi a emoção que os mineiros sentiram ao vê-lo, com certeza. A ameaça de reação que a Raposa conseguiu no final quase foi concretizada. Se não fosse o pênalti perdido por Montillo…

Mas é bom lembrar que ainda tivemos outros bons jogos, como tem acontecido com freqüência nessa reta final do Brasileirão. Atlético-PR 2 x 2 Fluminense, Grêmio 2 x 2 Inter e Santos 2 x 3 Grêmio Prudente foram partidas empolgantes.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 1 Atlético-GO – Foi um jogo para os dois times perceberem que precisam jogar mais bola se quiserem fugir do rebaixamento.

DETALHE TÁTICO

Palmeiras – Assim como na Copa Sul-Americana, Felipão tem testado um 4-5-1 parecido com o da Seleção Brasileira na Copa do Mundo por ser torto: um meia mais recuado joga aberto pela direita (Tinga) e um atacante mais avançado fica aberto pela esquerda (Luan)

Caso esses dois ‘armadores’ laterais realmente ajudem o meia central (Valdívia ou Lincoln), pode dar certo. Caso contrário, acontece a repetição do filme do clássico contra o Corinthians.

DETALHE DO TÉCNICO

René Simões – O gol da vitória do Atlético-GO contra o Guarani foi construído após um belo passe de Renatinho para Marcão, que balançou as redes. Os dois jogadores foram colocados pelo técnico durante a partida.

O FUTEBOL É INJUSTO

Vitória merecia mais – A derrota para o Botafogo foi injusta, pois o time carioca santiu a pressão e o medo de sofrer outro empate, permitindo que o time baiano chegasse perto do gol no Engenhão. Foi por pouco…

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio-SP – Foi mais do que surpreendente. Foi inacreditável. Até porque o Santos chegou a sair na frente, abrir vantagem e depois sofreu a virada. Foi uma reação impressionante de um time que ainda acredita em uma reação. Mas só eles acreditam mesmo…

PAPO RETO

Atlético-MG,

Pode comemorar sim!

Aposto que você está livre do rebaixamento. A troca de técnico aconteceu no limite da hora certa e funcionou. Dorival Júnior tem feito mais um bom trabalho e tem contado com a ajuda de muitos outros times que parecem querer a Série B em 2011. Vitória e Avai que o digam!

ACRÉSCIMOS

Rodada corintiana – É até curioso que o Corinthians seja o time mais beneficiado em uma rodada que os times homenagearam Pelé por seus 70 anos. O Rei sempre foi um carrasco do time paulista.

Mas é preciso ter calma e os corintianos têm pouco a comemorar por enquanto. Vários times já tiveram suas rodadas até agora e ninguém se firmou depois disso. Fato é que o Brasileirão só será decidido na última rodada mais uma vez!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Mostrou entusiasmo e empolgação desde o começo para bater o Santos em um clássico animado e com muita rivalidade.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Em casa, perdeu feio para o Fluminense, mesmo tendo saído na frente do placar logo no começo do jogo.

TROFÉU HERÓI

Romerito – Com dois gols, o meia do Goiás, que estava apagado ultimamente, decidiu o clássico contra o Atlético-GO.

TROFÉU VILÃO

Valencia – O jogo do Atlético-PR contra o Inter já estavam bastante comprometido, mas o volante complicou de vez as coisas quando foi expulso. Resultado: goleada do Colorado por 4 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bernardo – O meia já tinha mostrado que tinha potencial no Cruzeiro, mas foi negociado após os estaduais e agora conseguiu fazer um bom jogo pelo Goiás.

VALEU O INGRESSO

Petkovic – Contra o Grêmio, dominou com a bola com a perna direita, chutou forte com a esquerda e deixou o goleiro Victor imobilizado e sem ação.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Corinthians 4 x 2 Santos – Foi um clássico da forma que tem que ser um jogo assim: muitos gols, alguma polêmica, boas atuações individuais, provocações e rivalidade. A atuação fraca do Peixe não desvaloriza a grande partida que aconteceu no Pacaembu.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 0 São Paulo – O Tricolor jogou com um time misto e não conseguiu manter a boa fase, enquanto o Bugre segue seu processo de evolução para tentar fugir do rebaixamento. Dessa forma, o jogo ficou equilibrado em um nível fraco e teve pouca emoção.

DETALHE TÁTICO

Corinthians no 4-4-2 – Sem um centroavante típico e com dois meias de armação, o time criou jogadas com uma frequência maior e venceu o clássico contra o Santos.

Caso o jovem Bruno César mantenha esse nível alto de atuação, o esquema tático pode se tornar o ideal para o time de Mano Menezes

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – Contra o Atlético-MG, Alan foi colocado em campo no lugar de Rodriguinho e foi decisivo na vitória do Fluminense: fez um gol e deu o passe para outro na vitória surpreendente por 3 a 1.

O FUTEBOL É INJUSTO

Botafogo 1 x 1 Vasco – Difícil é definir quem saiu prejudicado, já que a arbitragem de Simon foi horrível no clássico carioca.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Mesmo no Castelão, era esperado que o Cruzeiro impusesse mais dificuldades para o Vovô, que venceu e agora é o vice-líder do Brasileirão.

PAPO RETO

Dorival Júnior,

E o sistema defensivo do Santos?

Os times já entenderam que o melhor jeito de combater o Peixe é atacá-lo, já que a marcação é realmente fraca. Mas você, Dorival, tem ignorado isso, confiando nos seus talentosos atacantes. Contudo, nem sempre eles vão resolver. É bom pensar nisso!

ACRÉSCIMOS

Empates – A curiosidade da rodada foi o predomínio de resultados iguais. O pior é que vários foram bem fracos, como São Paulo 0 x 0 Gaurani, Palmeiras x Grêmio-SP e Avaí 0 x 0 Vitória.

Read Full Post »

A Copa São Paulo de 2010 já começou e, apesar de seus problemas, pode ser útil para observarmos quem deve surgir no futebol brasileiro em breve.

Uma prova disso foi a edição do ano passado. Ela destacou alguns bons jogadores que apareceram com frequência durante o resto do ano. Mas também não dá pra ignorar que outros destaques da competição acabaram esquecidos posteriormente. Relembremos:

Deu certo
Manoel, Raul (ambos do Atlético Paranaense), Wellington, Oscar (ambos do São Paulo), Neymar (Santos), Boquita (Corinthians) e Marquinhos (Inter) se destacaram na Copinha e jogaram com frequência entre os profissionais dos seus times posteriormente.

Os jogadores do Furacão e o meia do Corinthians até exibiram qualidades e alcançaram a titularidade no time em alguns momentos. Os jovens do tricolor foram apenas boas opções para o banco de reservas. E o meia-atacante do Colorado mostrou talento e foi uma boa revelação do Brasileirão 2009.

Agora é aguardar o que eles farão em 2010. Eu aposto no maior sucesso de Manoel, Wellington e Marquinhos.

É preciso esperar

A lista é grande de jogares que foram bem na Copa São Paulo de 2008 mas não conseguiram chances no time profissional. A oportunidade pode vir agora, em 2010, mas não com todos.

Os goleiros Santos (Atlético Paranaense) e André Dias (Corinthians), por exemplo, precisarão ter muita paciência ainda. Os zagueiros Bruno Uvini (São Paulo) e Raphael (Fluminense), e os volantes Bruno Formigoni (São Paulo), Willian (Atlético Paranaense) e Mateus (Cruzeiro) seguem o mesmo caminho.

Já o lateral-esquerdo Ânderson Planta (Santos), o meia Wellington (Fluminense) e o atacante Henrique (São Paulo) devem começar a aparecer nas futuras escalações dos seus times.

Não deu certo
O sucesso na Copa São Paulo às vezes atrapalha. Empolgados com o desempenho dos jovens, alguns técnicos lançam jogadores, que não estão prontos, entre os profissionais.

Bruno Bertucci (Corinthians), por exemplo, chegou a ser apontado como solução para a lateral-esquerda do time depois da saída de André Santos. Não deu certo, claro. Era muita pressão e ele não correspondeu.

Medina (Avaí), Bernardo (Cruzeiro), Marcelinho (Corinthians) são outros exemplos de jogadores que tiveram chances, não aproveitaram e agora não devem aparecer no time novamente. Eles são provas vivas que a Copa SP pode ser também um perigo para a carreira de quem se destaca nela.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Fluminense – Depois de 11 jogos, finalmente desencantou e fez a festa da torcida no Maracanã com uma bela goleada contra o Sport.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Cruzeiro – Chegou a jogar com um a mais, mas teve dois jogadores expulsos depois e perdeu em casa para o Atlético-PR.

TROFÉU HERÓI

Luís – Depois de Pedrão e Val Baiano, o centroavante ex-Palmeiras contou com grande ajuda dos bons Thiago Humberto e Fernandinho para manter o sucesso dos centroavantes no Barueri com 2 gols.

TROFÉU VILÃO

Bernardo e Kléber – Mais uma vez a indisciplina atrapalha o Cruzeiro.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Goiás 3 x 2 Flamengo – O Flamengo reagiu bem no 2º tempo, mas Iarley decidiu um jogo cheio de emoções, polêmicas e oportunidades de gols.

DETALHE TÁTICO

Grêmio – O Palmeiras começou bem com várias jogadas boas pelas laterais.

Paulo Autuori foi para o 2º tempo com 3 zagueiros e conseguiu arrancar pontos do líder do Brasileirão, mesmo fora de casa.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santo André merecia mais – Mais uma vez o Avaí contou com uma grande atuação de Eduardo Martini para garantir a vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Santos – Bateu o Coritiba fora de casa com razoável tranquilidade.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Jéferson no lugar de Obina – Preicsando ganhar em casa, Muricy deixou o time com 3 zagueiros e sem qualquer referência na área por um bom tempo no jogo entre Palmeiras e Grêmio.

ALARME

Corinthians – Pior que ficar 4 jogos sem vencer é ter que apostar tudo no fraco Bill e no ainda fora de forma Edu.

VALEU O INGRESSO

Otacílio Neto – De esquerda, acertou uma bomba sensacional no ângulo.

Read Full Post »

E SE FOR VERDADE?

Carlos Gil, repórter da Sportv, acaba de confirmar um boato: a troca de clubes entre Zé Roberto, do Flamengo, e Wellington Paulista, do Cruzeiro.

Parece que as diretorias já entraram em acordo e já nos fazem imaginar… se for verdade mesmo, quem levou a melhor neste negócio?

O Flamengo ganha um atacante melhor do que aqueles que estão lá hoje. Ainda não é solução, mas ao lado de Adriano pode ajudar mais do que Josiel, Emerson, Obina, etc…

Já o Cruzeiro ganha um meia habilidoso ou um atacante pouco eficiente. Como armador, Zé Roberto rende melhor. Mas nesta posição a Raposa já tem gente que está um passo a frente: Wagner e talvez até o jovem Bernardo.

Então a conta é bem simples: o Fla ganha um provável titular razoável. O Cruzeiro só leva um reserva, que ainda tem costume de conturbar ambientes.

Para os cruzeirenses, era melhor que fosse mentira.

Read Full Post »

BR 2009

CRUZEIRO

“Cruzeiro, Cruzeiro querido,
tão combatido, jamais vencido”

QUEM JOGA?
Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Léo Fortunato (Thiago Heleno), Fernandinho (Gérson Magrão); Fabrício, Marquinhos Paraná, Ramires e Wagner; Kléber e Wellington Paulista

COMO FOI EM 2008?
3º – Campanha boa e regular, mas sem nunca brigar pelo título de fato.

COMO SERÁ EM 2009?
É um dos favoritos para o título. Mas com algumas ressalvas.

COMO VAI GARANTIR OS 3 PONTOS?
O meio de campo é muito produtivo com base na ótima dupla Ramires e Wagner.

O QUE FALTA MELHORAR?
A defesa. É até estranho que Gustavo e Anderson sejam reservas, pois Léo Silva e Léo Fortunato são piores.

QUEM VAI DECIDIR?
Kléber. Com a cabeça no lugar, pode usar sua força e habilidade para abrir espaços e fazer gols.

QUEM É A ARMA SECRETA?
Como eu já escrevi aqui, é bom ficar de olho no Bernardo. Um jovem meia versátil comparado com Hernanes pela Placar.

O QUE ACONTECERÁ NO MEIO DO ANO?
O presidente Zezé Perrela adora vender os jogadores importantes de qualquer jeito. É bem capaz que o time se enfraqueça muito.

ACRÉSCIMOS
A lateral esquerda é outra incógnita da Raposa: Fernandinho está lesionado, Gérson Magrão tem sido improvisado, e os experientes Sorín e Athirson podem ganhar espaço, se ficarem em forma.

Read Full Post »

OLHO NELE

Bernardo, meia do Cruzeiro

BERNARDO

Clube: Cruzeiro
Posição: Volante/ Meia
Idade: 18 anos
Altura: 1,77 m
Peso: 70 Kg

Bernardo se destacou já na Copa São Paulo deste ano, principalmente no jogo contra o Santos. Adílson Baptista, técnico esperto que é, começou a aproveitar o garoto no time profissional aos poucos.

E ele não tem decepcionado: Ganha cada vez mais espaço, principalmente como armador principal do time, no lugar de Wagner (machucado), que fica protegido por Ramires, Marquinhos Paraná e Fabrício no time base da Raposa até aqui.

A revista Placar já chegou a compará-lo com Hernanes, mas parece que seu destino é se tornar cada vez mais um jogador ofensivo.

No Campeonato Brasileiro, que é o que importa, Bernardo deve receber chances aos poucos, devagar. Talvez nem apareça muito no começo. Mas com certeza vale a pena ficar de OLHO NELE!

Veja a ficha técnica de Bernardo.

Read Full Post »