Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Bolívar’

Há quem acredite que “não tem mais bobo no futebol”. Essas pessoas provavelmente não viram o Bolívar ser goleado por 8 a 0 pelo Santos, nesta quinta-feira. Mas o time da altitude foi o último bobo a ser eliminado. Agora só sobraram times espertos, gigantes e com potencial para alcançar o título. Não tem mais bobo na Copa Libertadores.

A começar pelos quatro times brasileiros que seguem vivos. Fluminense, Santos, Corinthians e Vasco comprovaram a boa fase que vivem desde o Campeonato Brasileiro do ano passado. São de fato os melhores times do País e agora querem ser o melhor da América. Mas Boca Juniors, Libertad, Universidad de Chile e Vélez Sarsfield estão quase no mesmo nível e com a mesma intenção.

O Fluminense vai encontrar novamente o Boca Juniors, um time que cresce em decisões e tem um elenco forte. Tem Bombonera, pressão, tradição e Riquelme. Difícil, mas não impossível. Já aprendi a não duvidar desse elenco. Para o bem e para o mal, o Fluminense é capaz de feitos incríveis.

O Santos aparece como principal favorito entre todos. Tem dois craques, tem experiência e tem um grande técnico. Mas não pode pensar que o Vélez é um Bolívar. Tem que manter a seriedade. “Quando o Santos joga, não tem pra ninguém”, disse Neymar. É verdade. Mas e quando o Santos não joga? O Vélez tem chances…

Há ainda o Corinthians e seu trauma – nunca venceu a Libertadores, o que gera pressão e ansiedade. Mas também gera vontade e superação. E esse time do Tite sabe se superar como poucos. Mostrou isso para o Vasco no Brasileirão de 2011. E tem tudo para mostrar isso de novo na Libertadores 2012. Mais inseguro e bagunçado, o time carioca não parece pronto para avançar além das quartas.

Por fim, existe um confronto sem brasileiros: Universidad de Chile, o time do genial Sampaoli, vai encarar a equipe que menos impressionou na Libertadores até agora. Mesmo assim, o Libertad está longe de ser bobo. Tem feito boas campanhas na competição em todas temporadas. Não vai vender fácil a classificação da “La U”, mas tudo tem seu preço…

Que esses quatro duelos confirmem minha expectativa: antes da competição começar, apostei que seria a melhor Libertadores dos últimos anos. Está tudo pronto para que isso se confirme. Não tem mais bobo e nem favorito. São oito grandes times, então que venham oito grandes jogos.

Read Full Post »

Não tem jeito: no período de férias do futebol brasileiro os boatos tomam conta do noticiário. Nas últimas duas semanas quase todos jogadores foram especulados em quase todos times.

Mas também é inevitável imaginar o que acontecerá se algumas dessas contratações realmente acontecerem. Por isso veja abaixo análises dos principais boatos que surgiram recentemente no futebol brasileiro…

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Andrezinho (M-Internacional) – É um jogador que precisa mudar de time, pois merece mais chances, uma posição mais destacada, uma grande sequência de jogos como titular, etc…

Corinthians – Willians (V-Flamengo) – Se estiver focado, consegue colocar Ralf na reserva facilmente e melhorar ainda mais o forte meio-campo corintiano.

Flamengo – Bolívar (Z-Internacional) – Apesar de ter feito uma fraca temporada no Sul, ele é experiente e ainda tem lenha para queimar.

Fluminense – Anderson (Z-Atlético-GO) – É um zagueiro experiente que fez bons trabalhos no Brasileirão, tanto pelo Ceará quanto pelo Atlético-GO.

Grêmio – Carlos Eduardo (MA-Rubin Kazan) – Foi prematuramente para a Europa e ainda assim conseguiu algum sucesso. Caso volte para o time que o revelou, tem tudo para reencontrar seu futebol de habilidade e velocidade.

Grêmio – Ederson (M-Lyon) – Interessante que o Grêmio saiba que precisa reforçar seu meio-campo. O meia do Lyon é bastante técnico, por isso traria um diferencial interessante para o time gaúcho.

Palmeiras – Giuliano (M-Dnipro) – Surgiu como um meia diferenciado, mas ainda precisa comprovar essa condição. Conseguir isso no sempre conturbado Palmeiras seria realmente um grande feito.

TANTO FAZ…

Botafogo – Jorge Wagner (M-Kashiwa Reysol) – Seria interessante vê-lo cruzar bolas para o bom cabeceador Loco Abreu, mas o Botafogo teria que mudar seu estilo de jogo para isso.

Corinthians – Gil (Z-Valenciennes) – Era útil no Cruzeiro e pode até ser titular no Corinthians, mas não é muito melhor que Castán, Paulo André, Chicão, etc…

Corinthians – Guilherme (V-Portuguesa) – Parece ser uma boa opção para o time paulista manter sua tradição de bons volantes. Só é difícil saber se ele dará conta da pressão de um time grande.

Cruzeiro – Osvaldo (A-Ceará) – Um atacante de velocidade é o que o Cruzeiro mais precisa. Resta saber se ele mostrará o mesmo bom futebol em um time maior. É bom desconfiar.

Fluminense – Thiago Neves (MA-Flamengo) – É claro que trata-se de um grande jogador, mas depois de tudo que aconteceu, parece absurdo o Flu ainda aceitá-lo de volta. A torcida não deve aceitar…

Vasco – Kleber (LE-Internacional) – É um bom nome, até porque o Vasco não tem ninguém para essa posição. Mas é preciso entender que ele piorou bastante nos últimos anos.

Vasco – Rodolfo (Z-Grêmio) – O Vasco precisa mesmo de um jogador para a posição. Quando surgiu no Fluminense, Rodolfo parecia ser um zagueiro de alto nível. Mas há tempos não comprova essa condição.

CAI FORA!

Botafogo – Tanaka (Z-Nagoya Grampus) – Seria folclórico e interessante, mas pouco útil. O brasileiro naturalizado japonês não é tão bom e ainda teria que se adaptar. Difícil dar certo.

Corinthians – Neto Coruja (V-Vitória) – É um jogador versátil, mas seria reserva e acrescentaria pouco ao elenco.

Flamengo – Rafa Márquez (Z-New York Red Bull) – A experiência dele não justifica. Trata-se de um defensor mediano que não joga em bom nível há muito tempo.

São Paulo – Edson Silva (Z-Figueirense) – É verdade que ele fez um bom Brasileirão, mas parece ser só mais um zagueiro comum que viveu boa fase.

NÃO ENXERGAM?

Roger Carvalho (Z-Figueirense) – Estão indo atrás do zagueiro errado do Figueirense. Roger é mais técnico e está de saída para a Europa. Um time brasileiro deveria tentar mantê-lo no país.

LEIA TAMBÉM

Read Full Post »

Celso Roth é subestimado no Brasil. Ele conhece de futebol, mas o fato de seus trabalhos terem pouco tempo de validade e não resultarem em títulos faz com que ele seja duramente criticado. Mas na verdade trata-se de um bom técnico.

Seu novo desafio é comandar o Inter no Brasileirão 2010 e principalmente na Copa Libertadores. Ainda não aposto que ele será campeão de qualquer uma das duas competições, mas é preciso reconhecer que seu trabalho no Colorado tem sido acima da média e pode o levar a isso. A vitória contra o Atlético-MG nesta quarta-feira fortaleceu essa minha opinião.

A equipe de Celso Roth foi escalada em um 4-2-3-1, tática utilizada por muitas seleções na Copa de 2010. O recém-chegado Tinga armou o time pelo meio, protegido por dois volantes e auxiliado por D’Alessandro na direita e Taison na esquerda. Como na imagem abaixo, retirada do ótimo blog Preleção.

Até a Seleção Brasileira usou um esquema tático parecido na Copa de 2010
Até a Seleção Brasileira usou um esquema tático parecido na Copa

Como Eduardo Cecconi destacou, não foi uma invenção de Celso Roth. Nada mais é do que a continuação do trabalho que já vinha sendo feito com esse esquema, mas com Giuliano na equipe titular. Aliás, a ida do jovem meia para o banco de reservas é um pecado. Mais: é preciso arrumar espaço para Rafael Sóbis nesse time. Boa dor de cabeça para Roth!

A grande questão do momento, diga-se, é exatamente essa: como encaixar as boas novas peças contratadas pelo Inter? “Roth deve manter a estrutura apenas encaixando Sóbis no lugar de Taison”, como André Rocha escreveu? De fato a sugestão é boa, mas não seria uma mudança fácil de fazer, já que Taison tem reencontrado seu bom futebol nesse começo de Brasileirão.

O grande segredo para resolver essas dúvidas é fazer tudo com calma. Para a Libertadores o ideal é nem mexer mais na tática. Para o futuro o time  até pode ser alinhado no 4-3-1-2 simples, desenhado por André Rocha como abaixo:

A saída de Sandro para o Tottenham pode prejudicar a utilização dessa tática no futuro. Quem jogaria na cabeça de área?
A saída de Sandro para o Tottenham pode prejudicar a utilização dessa tática no futuro. Quem jogaria na cabeça de área?

Porém, é evidente que o Inter não é feito só de pontos fortes: no jogo contra o Atlético-MG, por exemplo, a velocidade de Neto Berola incomou os pesados zagueiros do Colorado, Bolívar e Índio. Com os velozes Dagoberto e Marlos, o caminho do São Paulo rumo à final da Copa Libertadores pode ser por ali.

Isso se o bom Celso Roth não prevenir esse problema com antecedência. É melhor temer, pois ele não é “burro”. Longe disso. O recado está dado!

Veja também:

Read Full Post »

A Fase de Grupos da Copa Libertadores 2010 começa nesta quarta-feira para os times brasileiros. São Paulo e Cruzeiro, que vivem situações diferentes em seus grupos, vão para campo em busca desse título tão valorizado.

Como feito na Liga dos Campeões (aqui e aqui), vou palpitar sobre quem se classificará em cada grupo. Segue a análise chave por chave e fica a promessa de conferir essas apostas depois que tudo estiver definido:

GRUPO 1
Corinthians, Racing (URU), Cerro Porteño (PAR) e Independiente (COL)
Palpites: Corinthians e Cerro Porteño

O time de Mano Menezes ainda está em contrução, mas deve sobrar no grupo. Aposto no tradicional time paraguaio na briga pela 2ª vaga, mas a equipe colombiana, atual campeã nacional, também pode surpreender.

GRUPO 2
São Paulo, Nacional (PAR), Once Caldas, Monterrey
Palpites: São Paulo e Once Caldas

O tricolor paulista é outro time brasileiro que está passando por várias mudanças, mas não deve ser abalado por isso e conseguirá uma vaga nas oitavas de final.

O resto do grupo já é mais equilibrado, por contar com dois atuais campeões nacionais (Nacional e Monterrey) e um time que já faturou a Copa Libertadores.

Apostaria no Monterrey, mas eles pouparão jogadores em sua estreia, o que mostra uma falta de comprometimento com a competição, típica dos times mexicanos. Sendo assim, aposto no reforçado Once Caldas, de Cárdenas, Castrillon e outros bons talentos.

GRUPO 3
Estudiantes, Bolívar, Alianza Lima e Juan Aurich
Palpites: Estudiantes e Bolívar

O atual campeão tirou a sorte grande no sorteio, caindo no mesmo grupo de dois times peruanos e um boliviano. Além disso, o time de Verón manteve a sua base e ainda contratou o bom volante Sosa (ex-Bayern) e o goleiro Orión (ex-San Lorenzo)

O Estudiantes deve se classificar facilmente e só encontrará dificuldades na altitude do jogo contra o Bolívar, que deve se garantir em 2º lugar no grupo.

GRUPO 4
Blooming, Libertad, Lanús e Universitario
Palpites: Libertad e Lanús

É um dos grupo mais fracos da Libertadores. Curiosamente, conta com dois campeões nacionais (Blooming na Bolívia e Universitario no Peru) que não devem se classificar.

Prefiro acreditar no tradicional Libertad, que já disputa sua oitava Libertadores seguida, e no Lanús, que mantém um time base há um longo tempo, com os talentosos Pelletieri e Salcedo.

GRUPO 5
Inter, Cerro (URU), Deportivo Quito e Newell’s Old Boys ou Emelec (EQU)
Palpites: Inter e Newell’s Old Boys (Ou Cerro)

O jogo que vai decidir o quarto membro desse grupo ainda vai acontecer e é muito importante para definir a situação do grupo.

O Colorado tem um time forte e entrosado, que é favorito para o título, então deve se classificar com facilidades.

Já a outra vaga fica com o uruguaio Cerro apenas se o Newell’s Old Boys não se classificar. O time argentino é tradicional, fez um bom Apertura em 2009 e está reforçado para fazer bonito também em 2010.

GRUPO 6
Cuenca, Nacional (URU), Banfield e Morélia
Palpites: Nacional (URU) e Banfield

Outra chave bastante equilibrada, mas dessa vez com um nível melhor. Todos têm suas armas: O Cuenca tem a altitude, o Nacional  fica com a experiência, o Banfield está empolgado e o Morélia tem Droguett e Gabriel Pereyra para servir o veterano Borghetti.

Não é fácil palpitar, mas aposto nos times que fizeram bonito recentemente, já que o Nacional foi semifinalista da Libertadores em 2009 e o Banfield faturou o Apertura na Argentina.

GRUPO 7
Cruzeiro, Colo Colo, Dep. Itália e Velez Sarzfield
Palpites: Velez Sarzfield e Cruzeiro

A Raposa precisa ficar muito esperta para não pagar mico. Depois de ser finalista no ano passado, o time caiu em um verdadeiro grupo da morte agora.

O Deportivo Itália é zebra, mas o Velez, que foi bem na Argentina em 2009 e ainda se reforçou, deve garantir o 1º lugar na chave.

O Colo Colo, de Macnelly Torres e Jorquera, é o atual campeão chileno e tem tudo para surpreender se o time de Adílson Baptista não se cuidar.

GRUPO 8
Flamengo, Caracas, Universidad do Chile e Universidad Católica
Palpites: Flamengo e Universidad do Chile

O grupo não está fácil para o time brasileiro. O Caracas foi bem na Libertadores 2009 e os times chilenos possuem jogadores que vão disputar a Copa do Mundo na África do Sul. Mesmo assim, aposto que o Fla consegue a classificação. Já a briga pela segunda posição será mais disputada.

Mas o Caracas passou por uma debandada de jogadores e o Universidad Católica mostrou fragilidades na pré-Libertadores, contra o Colón. Sendo assim, fica a aposta na Universidad do Chile.

Vale lembrar que nem todos os segundos colocados em seus grupos vão se classificar para as oitavas de final. Apenas os seis melhores que ficarem nessa posição terão a vaga.  É complicado analisar isso, por isso palpitei sobre os segundos colocados em todos grupos.

Read Full Post »

BR 2009

INTERNACIONAL

“Glória do desporto nacional
Oh, Internacional
Que eu vivo a exaltar”

QUEM JOGA?
Lauro; Bolívar, Índio, Álvaro, Kleber; Sandro, Magrão, Guiñazu, D’Alessandro; Taison e Nilmar

COMO FOI EM 2008?
6º – Não foi mal, mas a expectativa era por algo bem melhor.

COMO SERÁ EM 2009?
É o principal favorito ao título.

COMO VAI GARANTIR OS 3 PONTOS?
O sistema defensivo do time, com 3 volantes e 3 zagueiros, fica equilibrado para deixar o trio de ataque funcionar perfeitamente.

O QUE FALTA MELHORAR?
A lateral direita é o ponto mais fraco, pois carece de apoio no ataque. Além disso, Bolívar deve voltar para o Monaco no meio do ano, deixando a posição sem dono.

QUEM VAI DECIDIR?
Nilmar é a principal referência do time e quem sempre dá um toque de criatividade e velocidade a mais no jogo.

QUEM É A ARMA SECRETA?
Os atacantes Talles e Walter podem seguir o caminho de Taison, mostrando a grande força das categorias de base do Inter. Além deles, o meia Giuliano, contratado junto ao Paraná, também pode surgir.

O QUE ACONTECERÁ NO MEIO DO ANO?
Já é certeza que um ou dois jogadores serão vendidos. Se perder Nilmar e mais um titular, o time pode desandar completamente.

ACRÉSCIMOS
No ponto fraco do time, a lateral direita, os jovens zagueiros Danilo Silva e Arílton já estão sendo treinados para suprir a saída de Bolívar. Será que a diretoria não pensa mesmo em contratar ninguém para a posição?

Read Full Post »

TOP 11

Uma das posições mais valorizadas do futebol brasileiro é a de lateral. Na direita ou na esquerda, a intenção é sempre surpreender os marcadores com jogadas de velocidade.

Porém, ao mesmo tempo, estas funções são muito mal praticadas nos gramados tupiniquins. Especialmente na direita. É incrível a deficiência dos times nesta posição tão importante.

Difícil é saber quem pode se orgulhar do seu lateral ou ala direito!

Para comprovar isto, o Opiniões em Campo traz uma lista dos 11 piores laterais-direito do futebol brasileiro.

1º Fabinho Capixaba (Palmeiras)
Não dá para entender como Luxemburgo deixa ele ser titular do time. E pior: não tem nenhum reserva no elenco alviverde.

2º Luizinho (Santos)
Desde os tempos de Flamengo já mostrava que era fraco. No Peixe, só comprovou esta impressão.

3º Alessandro (Botafogo)
O pior é que ele joga como ala no Botafogo, o que expõe ainda mais seus poucos recursos ofensivos

4º Moacir (Sport)
Muito mal defensivamente, às vezes é preterido pelo grosso zagueiro Igor na posição por isso

5º Paulo Sérgio (Vasco)
Chegou a ser comparado com o Cafu antes de ir para o Palmeiras e mostrar sua ausência de potencial

6º Bolívar (Inter)
É zagueiro e joga improvisado, é verdade. Mas nem por isso merece ser poupado por seus defeitos na posição.

7º Jancarlos (Cruzeiro)
Sabe bater faltas. E só.

8º Zé Luís (São Paulo)
Outro que foi improvisado, quebra um galho, mas na maioria das vezes só consegue fazer um feijão com arroz sem graça

9º Zé Antonio (Atlético-PR)
Em breve vai perder a posição para o jovem Raul, destaque na Copa São Paulo

10º Mariano (Fluminense)
Além de ser ruim em campo, saiu do Atlético-MG dispensado por problemas fora dele

11º Alessandro (Corinthians)
Em alguns jogos do alvinegro, não dá nem pra reparar que ele está em campo. Nem é tão ruim, ms discreto demais.

Pior que estes só os reservas de alguns: Joílson, Wagner Diniz, Jonathan, Eduardo Ratinho, Everton Silva, etc… triste, muito triste.

Pe lo menos para a Seleção temos Maicon e Daniel Alves. E só, praticamente.

Read Full Post »