Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Caio’

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Conseguiu vencer o Goiás e se livrou de uma vez por todas do rebaixamento, como esperado por esse blog há tempos.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Flamengo – Em casa, perdeu para o Cruzeiro de virada e só se livrou do rebaixamento por causa de outros resultados.

TROFÉU HERÓI

Caio – A grande novidade do Avaí no campeonato foi esse meia habilidoso e objetivo, que fez três gols na vitória contra o Santos, livrando o Leão da Ressacada de vez do rebaixamento.

TROFÉU VILÃO

Ronaldo – O jogador do Guarani fez um pênalti decisivo na derrota do seu time contra o Goiás. Dessa forma, o Bugre foi rebaixado para a série B.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas Zen – Olho nele! É um jovem que jogou na vitória do Botafogo contra o Grêmio-SP e pode atuar tanto de volante como de zagueiro, sendo importante para o time futuramente, em 2011.

VALEU O INGRESSO

Caio – O meia do Avaí fez um dos gols mais bonitos do Brasileirão ao driblar três jogadores do Santos e finalizar com precisão.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Flamengo 1 x 2 Cruzeiro – A reação do time mineiro movimentou a partida, que teve emoção de sobra.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Inter 1 x 1 Vitória – Nem o desespero do time baiano fez o jogo ser mais atraente, já que a partida praticamente não teve 1º tempo e só melhorou por pouco na 2ª etapa.

DETALHE TÁTICO

Corinthians e Cruzeiro com 2 meias – Os dois candidatos ao título, que costumam jogar com 3 volantes, adotaram táticas mais ofensivas e conseguiram seus resultados. E se tivessem feito isso antes?

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – O técnico do Fluminense foi bem ao colocar Tartá em campo para substituir Deco. O jovem fez o gol decisivo do jogo contra o Palmeiras.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-GO merecia mais – Só um empate contra o São Paulo não foi justo. Com mais disposição, naturalmente, os rubro-negros mereceram a vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Mesmo com pouca ambição no campeonato, o Vovô conseguiu um empate que acabou com o objetivo do Atlético-PR e se classificou para a Copa sul-Americana de 2011.

PAPO RETO

Flamengo,

Não se iluda.

Você se livrou do rebaixamento, mas precisa reformular seu elenco se quiser escapar de novo no ano que vem.

ACRÉSCIMOS

Última rodada – Botafogo x Grêmio e Vitória x Atlético-GO serão como verdadeiros mata-matas. Que jogaços!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Botafogo – Venceu o Atlético-GO por 3 a 2 e agora sonha até com o título. É realmente surpreendente, mas ainda não me convenceu. Deve ficar apenas com a quarta posição até o fim do Brasileirão. O que não é pouco para esse time…

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Goiás – Perdeu em casa para o Grêmio, por 2 a 0, e agora já está praticamente rebaixado. Normal. Quando Jorginho assumiu o time, isso já ficou evidente, como sempre opinei aqui.

TROFÉU HERÓI

Ricardo Berna – O goleiro, que até outro dia era a 3ª opção de Muricy Ramalho, evitou uma derrota do Fluminense contra o Internacional, com defesas incríveis.

TROFÉU VILÃO

Robinho e Emerson – Os jogadores do Avaí foram expulsos e facilitaram para que Ronaldo e Dentinho se consagrassem.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Caio – É uma revelação que merecia aparecer aqui até por tudo que ele fez no 1º semestre.

É um bom jogador, de boa técnica e muita velocidade, que marcou um dos gols da vitória do Botafogo contra o Atlético-GO.

VALEU O INGRESSO

Bruno César – Impressionou a precisão do chute que o meia do Corinthians acertou para abrir o placar no jogo contra o Avaí.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Ceará 2 x 2 Flamengo – A expectativa para o jogo era grande, pois poderia colocar o time vencedor em uma situação muito traquila.

Com o empate, ninguém se deu bem, mas a partida não decepcionou, com 4 gols e emoção até o final.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 0 Atlético-MG – Os dois times exibiram total falta de técnica, mostrando claramente o que os colocou na luta contra o rebaixamento.

DETALHE TÁTICO

Cruzeiro e São Paulo ofensivos – Foi interessante ver o jogo no qual os dois times resolveram arriscar, partiram para cima e buscaram a vitória.

O curioso é que o fator decisivo do jogo foi a defesa. Os zagueiros do São Paulo estiveram bem demais e deram a segurança necessária para o time atacar bem.

DETALHE DO TÉCNICO

Sérgio Soares – Colocou os sempre criticados atacantes Marcelo e Nieto em campo e eles fizeram a jogada do único gol da vitória do Atlético-PR contra o Palmeiras.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro prejudicado – O árbitro Nielson Nogueira Dias foi até afastado após errar em um lance que até um jogador do São Paulo, Ricardo Oliveira, admitiu que foi apitado incorretamente.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

São Paulo – Apesar do erro de arbitragem, é preciso reconhecer o tanto que o time tem evoluído desde a chegada de Carpegiani. Tem usado uma tática arriscada, mas que pode dar certo e colocá-lo na Copa Libertadores de 2011.

PAPO RETO

Palmeiras,

Incrível como foi acertada sua decisão de se concentrar na Copa Sul-Americana.

Pelo Brasileirão, com esse futebol abaixo do razoável, vai ser difícil conseguir até ficar na parte de cima da tabela. Já em um mata-mata tudo pode acontecer.

ACRÉSCIMOS

Corinthians x São Paulo – Que clássico ficou desenhado para a próxima rodada! Desde já, fica a expectativa para esse grande jogo, que com certeza será uma das principais partidas dessa reta final, seja qual for o resultado.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Avaí – Contou com a ajuda das expulsões de Paulão e Carlos Eduardo, do Grêmio-SP, para conseguir uma goleada por 6 a 1 na Ressacada.

Mesmo assim, o Leão não pode se iludir. Foi um jogo atípico e a realidade do time ainda é lutar contra o rebaixamento.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Inter – Provou que seu elenco não é tão bom ao perder, com um time misto, em pleno Beiro-Rio, para um Cruzeiro também cheio de reservas.

TROFÉU HERÓI

Victor – Com defesas impressionantes, o goleiro do Grêmio salvou o seu time de uma grande derrota contra o Atlético-GO

TROFÉU VILÃO

Neto e Paulo Baier – Ambos foram expulsos e devem levar a culpa pela derrota do Atlético-PR no Pacaembu. Junto com o árbitro Marcelo de Lima Henrique, é claro.

DESTAQUE PARA A REVELAÇÃO

Misael – Polêmica à parte no jogo contra o Fluminense, o atacante do Ceará mostrou que pode ser um dos jovens de destaque do Campeonato Brasileiro, pois tem habilidade e sabe ser objetivo.

VALEU O INGRESSO

Caio – Dentro da área, o jogador aplicou um belo corte no adversário e chutou de esquerda no ângulo. Vale citar aqui também o golaço de Souza, contra o Atlético-PR.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Botafogo 3 x 3 Santos – Mesmo com muitos reservas em campo, os times fizeram um jogo emocionante, principalmente por causa das falhas de suas defesas.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 1 x 0 Goiás – Os dois times fizeram um mau começo de ano e não dava para esperar algo mais do que um jogo ruim entre eles.

Foi uma vitória magra de um Bugre completamente reformulado para a disputado Brasileirão 2010. Incrível mesmo como a base titular do time da Campinas mudou completamente com a chegada do Vágner Mancini!

DETALHE TÁTICO

Vasco – O time parece perdido taticamente e mostrou isso na derrota contra o Atlético-MG. Gaúcho escalou Élton e Dodô juntos no ataque, o que não parece uma boa opção nunca.

DETALHE DO TÉCNICO

Rogério Lourenço – Contra o São Paulo, o treinador errou na escalação do time misto do Flamengo, mas corrigiu no 2º tempo: Michael entrou no lugar de Fernando e acertou uma assistência para Dênis Marques logo depois

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará 1 x 0 Fluminense – O árbitro Paulo César Oliveira decidiu cedo o jogo: viu um pênalti inexistente de Cássio em Geraldo, expulsou o jogador do Flu e ainda mandou a cobrança voltar depois.

Dessa forma, o juiz “fabricou” o gol do Ceará e decretou o fim de jogo.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Cruzeiro – O jogo foi entre times mistos, mas não era esperado que o elenco da Raposa se mostrasse tão mais forte que o do Colorado a ponto de vencer no Beira-Rio.

PAPO RETO

Arbitragem,

Nem bem começou o Brasileirão e já tivemos pelo menos dois jogos com erros e muita polêmica. Algo precisa ser feito para que o nível do apito não seja tão ruim quanto foi na competição nacional do ano passado!

ACRÉSCIMOS

Defesa fraca do Santos – O Peixe, sem dúvidas, é um dos favoritos para o título do Brasileirão, mas precisa acordar para seus problemas defensivos.

Como se não bastassem alguns jogadores fracos na marcação, o goleiro Felipe tem se mostrado cada vez mais inseguro.

Read Full Post »

A seção “Olho Nele” deste blog esteve ausente durante a maior parte do tempo de realização dos estaduais. Ela costuma apontar as principais revelações do futebol brasileiro, mas não fez isso durante o primeiro semestre.

Agora chegou a hora de corrigir essa falha: não faltaram jovens jogadores que surgiram bem nos últimos cinco meses. Eles ainda terão que provar suas qualidades no Brasileirão 2010, é claro, mas vale o alerta para que todos fiquem de olho nesses novos talentos brasileiros:

1º) Caio (Botafogo)
Ele foi um dos poucos comentados separadamente aqui no blog, porque realmente impressionou. Com velocidade, faro de gol e habilidade, foi essencial para que o Botafogo conquistasse o título do Campeonato Carioca.

O problema é que Caio ainda é reserva e seu time deve sofrer no Brasileirão, caso não se reforçe. Então ele terá a responsabilidade de evoluir ainda mais para evitar que suas atuações brilhantes não fiquem limitadas ao 1º semestre.

2º) Philippe Coutinho (Vasco)
O talento do meia-atacante de apenas 17 anos foi descoberto muito cedo pela Inter de Milão, mas só foi revelado aos brasileiros agora. Ele até participou de poucos jogos na Série B no ano passado, mas foi em 2010 que realmente virou um dos principais jogadores do seu time, ainda mais com a lesão de Carlos Alberto.

Agora as expectativas sobre o garoto já estão altas e alguns já o criticam por ter caído de produção nos últimos jogos. É preciso cautela. Ele já mostrou que tem qualidades, mas precisa que todos também tenham paciência.

3º) André (Santos)
Ganso e Neymar já eram velhos conhecidos da torcida santista, mas André participou de apenas 10 jogos do time em 2009. Com a saída de Kléber Pereira, o Peixe correu atrás de um centroavante, mas achou o jogador ideal em suas categorias de base mesmo. Entrosado com os outros “Meninos da Vila”, ele fez gols com técnica e oportunismo.

André só virou reserva nos últimos jogos, nos quais Dorival Jr. quis ser mais cauteloso em jogos decisivos. Se o técnico continuar a optar pelo esquema tático com apenas dois atacantes, André terá que torcer para que Robinho realmente volte para a Inglaterra no 2º semestre. Caso contrário, virará apenas uma boa opção no banco de reservas.

4º) Neto (Atlético-PR)
Galatto foi para o futebol búlgaro e certamente deixou os torcedores do Furacão preocupados. Mas a tranquilidade veio das categorias de base do time: Neto teve uma boa seqüência nesse começo de ano e, mesmo com apenas 20 anos, virou o goleiro de confiança do time, situação que não deve mudar durante o Brasileirão 2010.

5º) Wellington Silva (Fluminense)
O atacante é outro que ganhou um post de destaque neste blog após seus primeiros jogos na temporada. Ele quase se firmou como o substituto de Maicon, por causa de sua ousadia e habilidade, mas logo virou reserva de outro jovem, um pouco mais experiente, o Alan.

Wellington já está contratado pelo Arsenal, o que dificulta a situação do Flu: por um lado, é preciso ter calma com o atacante, já que ele é jovem e já mostrou inconsistência. Por outro, seria necessário aproveitá-lo no time principal enquanto é tempo. Trata-se de um grande problema que Muricy Ramalho terá que resolver.

6º) Reniê (Vitória)
As tradicionais categorias de base do time baiano não param de revelar bons zagueiros recentemente. Wallace e Anderson Martins saíram de lá e agora formam a atual dupla titular de defesa. Com a lesão do último, Reniê foi exigido e correspondeu, sendo importante para o título baiano conquistado neste domingo.

Ele deve voltar a ser reserva em breve, mas agora o técnico Ricardo Silva sabe que tem um reserva mais confiável do que Vilson para completar sua defesa.

7º) Fabricio (Flamengo)
Os problemas defensivos do Rubro-Negro no começo do ano recaíram sobre os zagueiros, principalmente sobre Ronaldo Angelim. Ele foi para o banco de reservas e Fabrício assumiu a titularidade. O jovem não demorou para mostrar qualidades e se destacar.

No entanto, logo ele se machucou e não conseguiu se firmar no time. Outro bom jovem, David, também recebeu chances e correspondeu. Agora Fabrício já está perto de se recuperar completamente, mas é difícil saber quem será escalado daqui pra frente. Até porque o Flamengo sequer escolheu seu técnico ainda…

8º) Walter (Inter)
Ele se destacou não só por seu bom futebol. Envolveu-se em polêmicas por faltar em treinos e depois acabou virando a solução do ataque colorado, que sofria com Taison ou Edu ao lado de Alecsandro.

O Inter ainda não se acertou e nem Walter é uma unanimidade por enquanto, mas, com seus chutes fortes e bom posicionamento, ele tem aproveitado as chances que recebeu, e pode ser titular no Brasileirão 2010.

9º) Erick Flores (Ceará)
O jovem meia-atacante de apenas 21 anos até chegou ao jogar bem no estadual do ano passado, quando ainda defendia o Flamengo. Porém, logo caiu no esquecimento e praticamente não participou da campanha do hexa. Foi emprestado ao Ceará no começo do ano e rapidamente virou um dos principais destaques do time.

Agora chegou a hora dele mostrar que a história de 2009 não vai se repetir em 2010. Apesar da derrota do Ceará na final do estadual, Erick Flores finalmente se revelou para o futebol brasileiro e precisa provar isso no Brasileirão 2010.

10º) Neuton (Grêmio)
Essa foi uma revelação de última hora: com a lesão de Fábio Santos, Silas apostou em um jovem de 20 anos e não se decepcionou. Neuton, que é zagueiro, jogou apenas partidas decisivas como lateral-esquerdo e mostrou que pode ser uma opção interessante no tricolor gaúcho.

Provavelmente ele voltará ao banco de reservas quando o titular voltar à ativa. Mas, se continuar a mostrar o talento e a personalidade que exibiu até agora, pode até brigar por posição futuramente com Fábio Santos.

11º) Bruno Mezenga (Flamengo)
Já é um velho conhecido da torcida flamenguista, mas só agora ele passou a receber chances no time carioca. Basta ver que, em 2010, ele já jogou em mais partidas do que durante todo o ano de 2009. E correspondeu razoavelmente bem, com quatro gols.

Não dá para esperar que Bruno se torne um craque, mas é possível acreditar que ele será um centroavante útil para a disputa do Brasileirão 2010. Ainda mais se for lembrado que são grandes as chances de Adriano e Vágner Love saírem do Fla no meio do ano.

Read Full Post »

Caio

Clube: Botafogo
Posição: Atacante
Idade: 19 anos
Altura: 1,76 m
Peso: 70 Kg

A principal revelação dos estaduais pelo Brasil, por enquanto, vem do banco de reservas: o atacante Caio tem entrado bem nos jogos do Botafogo e foi essencial para a conquista da Taça Guanabara de 2010

Com o que ele chama de “sorte de artilheiro”, marcou um gol decisivo contra o Flamengo, na semifinal, o que foi só um reflexo de tudo que esse jovem tem mostrado em campo: velocidade, bom posicionamento e personalidade.

Mesmo assim, com toda essa empolgação gerada ultimamente, a real preocupação alvinegra é de baixar a bola do jovem atacante. Joel Santana confirma: “É um garoto promissor, mas o Botafogo é um grupo”. Está certo. Caio tem talento, mas pode e precisa evoluir, por exemplo, no fato de ser “cai-cai”.

Outra questão é a falta de espaço para Caio no time titular: Herrera, seu concorrente direto por vaga, tem sido útil com sua tradicional raça argentina. El Loco Abreu, mesmo com toda sua limitação, também tem ajudado o time, essencialmente nas jogadas aéreas.

Dessa forma, Caio tem tudo para crescer com tranquilidade no Botafogo. Saindo do banco de reservas, jogandos aos poucos e sempre se destacando. A primeira revelação dos estaduais pode ir além de uma Taça Guanabara, mas, por enquanto, fica os parabéns para ele e para o Botafogo.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Atlético-MG – Mancini (A-Inter de Milão) – Não está bem na Europa há um longo tempo, mas teria tudo para dar a volta por cima no time que o revelou.

Cruzeiro – Roger (M-Qatar SC) – Não parece ser mais o jogador problemático de outros tempos e tem qualidade de sobra pra brilhar na Raposa.

TANTO FAZ…

Goiás – Jonas (A-Grêmio) – Fez um Brasileirão 2009 surpreendente e poderia dar certo, mas enfrentaria a concorrência da boa dupla formada atualmente por Felipe e Fernandão.

Grêmio – Angeleri (LD-Estudiantes) – Sempre é preciso esperar para ver a adaptação de um estrangeiro no Brasil, mas pode ser uma boa solução para a lateral-direita do time.

Inter – Thiago Carleto (LE-Elche) – Até surgiu bem no Santos, mas foi mal na Europa e só seria um reserva razoável no Colorado.

Santos – Dênis Marques (A-Flamengo) – A passagem decpecionante pelo Flamengo gera ressalvas, mas o Peixe precisa de um centroavante, então ele chegaria com espaço e poderia dar certo.

Santos – Vanderlei (G-Coritiba) – Eu apostaria no jovem Felipe, mas ele tem qualidades e pode sim ser uma boa opção.

CAI FORA!

Atlético-MG – Edmílson (V-Palmeiras) – A sua lentidão e seus problemas físicos já atrapalharam demais sua vida no Palmeiras. Não acredito que seria muito diferente no Galo.

Fluminense – Kléber Pereira (A-Santos) – Seria só reserva de luxo e provavelmente ainda cobraria um alto salário pra isso. Não vale a pena.

Goiás – Marcão (Z-Palmeiras) – Nunca foi um jogador de técnica apurada, mas seu vigor físico e empenho compensavam. Atualmente isso não acontece mais.

NÃO ENXERGAM?

Caio (M-Frankfurt) – O meia-atacante ex-Palmeiras é um canhoto habilidoso e de forte chute. Ele até teve bons momentos na Alemanha, mas não está bem agora. Foi pra lá há mais de dois anos e deve querer voltar. Basta algum time daqui lembrar dele.

Read Full Post »

no fim do mundo header

Caio estava em um ótimo momento no Palmeiras quando resolveu ir para o futebol alemão. Normal. O problema é que ele foi se “esconder” em um clube de pouca visibilidade, o Eintracht Frankfurt, no começo de 2008. Desde então ele pouco apareceu para os brasileiros.

Caio é um meia-atacante de talento interessante. Quando ainda jogava pelo Brasil, já mostrava qualidades, como uma ótima finalização, bons chutes de fora de área e uma força física realmente útil.

Muitas vezes o seu problema era apenas uma questão de maturidade, pois ele esquecia de ser objetivo e exagerava nos dribles. Mas quando ele pensava no gol era fatal: chegou a ser o artilheiro do Palmeiras em 2007.

Na Alemanha veio a maturidade e o sucesso não foi diferente: o  primeiro gol dele pelo Frankfurt, junto de uma bela atuação, renderam até comparações com Ballack e Raí. De acordo com o site da Bundesliga, ele seria um “mix” dos 2 jogadores. Um exagero que mostra como ele já foi bem visto por lá.

Caio chegou a decepcionar posteriormente. Perdeu espaço na equipe, que também não fez boa campanha nos recentes campeonatos nacionais. Entretanto, na nova temporada, o brasileiro fez um  gol, porém não evitou o empate contra o Nuremberg por 1 a 1 na 2ª rodada do Alemão.

Ele pode não ser um Raí. Nem um Ballack. Mas menos que isso já ajudaria muito o Frankfurt...

Ele pode não ser um Raí. Nem um Ballack. Mas mesmo assim ainda pode ajudar muito o Frankfurt...

Caio mostra que ainda precisa evoluir, amadurecer mais ainda, ser menos atrapalhado por lesões e mostrar mais regularidade. Além disso, seria interessante não se “esconder” tanto. Afinal, tem talento para, quem sabe, se destacar longe do fim do mundo.

Read Full Post »