Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Cleiton Xavier’

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Cruzeiro – Cleiton Xavier (M-Palmeiras) – Um dos melhores meio-campistas de 2009 seria bem-vindo em qualquer clube.

Inter – Nei (LD-Atlético-PR) – É um jogador versátil e com muita raça, que pode se encaixar bem no time colorado.

Vasco – Gustavo (Z-Cruzeiro) – O time cruzmaltino precisa melhorar sua defesa e essa contratação seria um bom começo.

TANTO FAZ…

Flamengo – Vágner Love (A-Palmeiras) – Tem futebol para formar uma ótima dupla com Adriano ou até para substituí-lo, mas é preciso ver se ele não vai se entregar à noite carioca.

Santos – Keirrison (A-Benfica) – O Peixe precisa de um centroavante para 2010, mas não dá pra dizer que o jogador ex-Palmeiras é a melhor opção.

São Paulo – Fernandão (A-Goiás) – Foi uma das principais decepções do Brasileirão, mas pode reencontrar seu bom futebol em um time maior.

São Paulo – Léo Lima (M-Goiás) – Não dá pra confiar, mas tem futebol para completar bem o elenco tricolor.

Vasco – França (A-Kashiwa Reysol) – Já jogou muita bola, mas o tempo passou e é preciso esperar para ver qual é a sua condição física.

CAI FORA!

Corinthians – Moacir (LD-Sport) – Seja como lateral ou volante, não apresenta qualidades que realmente chamem a atenção.

Cruzeiro – Armero (LE-Palmeiras) – Tem força e velocidade, mas falta técnica e inteligência. Além disso, a Raposa não precisa de um titular para a posição, já que tem o bom jovem Diego Renan.

Grêmio – Marquinho (M-Fluminense) – Seria uma contratação discreta demais para substituir Tcheco, tão adorado no tricolor gaúcho.

Palmeiras – Triguinho (LE-Santos) – Com a camisa do Peixe, provou que não é jogador de time grande e que já passou da sua melhor fase há tempos.

São Paulo – Xandão (Z-Barueri) – Não inspira confiança. O tricolor paulista precisa de defensores que cheguem para jogar e chamar a responsabilidade, pois corre o risco de perder Miranda e André Dias.

Santos – Maranhão (LD-Guarani) – O time já tem o bom George Lucas e é preciso sempre lembrar que jogar em um time grande é diferente de se destacar em uma Série B de baixo nível técnico.

NÃO ENXERGAM?

Dênis Marques (A-Flamengo) – Decepcionou demais no Rubro-Negro, mas pode reencontrar seu bom futebol dos tempos de Atlético-PR. Basta que algum time olhe para ele e deposite confiança.

Leia também:

Read Full Post »

Respeito demais a premiação Bola de Prata, organizada pela revista Placar. É um eficiente método para escolher os melhores e mais regulares jogadores dos Campeonatos Brasileiros.

Entretanto, mesmo com toda essa admiração, vou me permitir discordar levemente da Bola de Prata. Veja abaixo a seleção deles até o final do 1º turno e também o meu time:

GOLEIRO
Bola de Prata:
Fábio
Opiniões em Campo: Marcos
O goleiro do Cruzeiro foi sensacional na Copa Libertadores, mas menos espetacular no Brasileirão. Já o palmeirense tem transformado uma zaga instável em uma das melhores do Brasileirão. Graças à sua liderança e aos seus “milagres”, é claro.

LATERAL DIREITO
Bola de Prata: Apodi
Opiniões em Campo: Apodi
O jogador era quase um ponta no esquema de Carpegiani e realmente conseguiu se destacar. Com Vágner Mancini, deve ter que jogar com menos liberdade e pode cair de produção. Veremos…

ZAGUEIROS
Bola de Prata: André Dias e Réver
Opiniões em Campo: André Dias e Réver
Como líbero, o zagueiro do São Paulo tem se destacado mais uma vez. E o defensor do Grêmio conseguiu jogar bem até como volante nas últimas rodadas.

LATERAL ESQUERDO
Bola de Prata:
Júlio César
Opiniões em Campo: Júlio César
Aqui a falta de concorrentes é absurda. O jogador do Goiás se aproveitou disso, foi o destaque do time em várias partidas com assistências e gols, e é quase unanimidade em qualquer seleção do campeonato até aqui.

VOLANTES
Bola de Prata: Guiñazu e Pierre
Opiniões em Campo: Pierre e Willians
O palmeirense é indiscutível, um monstro nos desarmes. Já o volante do Inter foi mais irregular, assim como seu time. Enquanto isso, o jovem flamenguista Willians manteve um bom nível na maioria dos jogos.

MEIAS
Bola de Prata: Cleiton Xavier e Marcelinho Paraíba
Opiniões em Campo: Cleiton Xavier e Leandro Domingues
O meia do Vitória comandou um time fraco em ótimos momentos. Caiu de produção nas rodadas mais recentes, é verdade, mas tem talento para se recuperar. Já o meia palmeirense é indiscutivelmente muito importante para o líder do Brasileirão até aqui.

ATACANTES
Bola de Prata: Fernandinho e Dagoberto
Opiniões em Campo: Fernandinho e Diego Tardelli
O jogador do Barueri é incontestável. Ao lado dele, prefiro escalar quem se destacou por um tempo maior, mas não duvido que o atacante do São Paulo ganhe a posição com o tempo.

No final do Brasileirão 2009 veremos as mudanças nos dois times, que, desconfio, não serão poucas.

Read Full Post »

Ele não tem rosto, não tem corpo e nem tem voz. Sequer tem um nome definido. Mas ele assusta. Ele Aterroriza. E decide.

Em pouco tempo, ele já causou preocupações nas duas maiores torcidas do Brasil: Flamengo e Corinthians sentiram na pele o poder dele. Inter, Cruzeiro, Botafogo e até o “pobre” Barueri já passaram por traumas com ele também. Mas vem muito mais por aí: os líderes do Brasileirão 2009, Atlético-MG e Palmeiras, tremem de medo dele neste momento.

No fundo, todos nós, fãs de futebol, odiamos ele. E o pior: nada podemos fazer.

Olha a tristeza de quem sofreu nas mãos dele

Olha a tristeza de quem sofreu nas mãos dele

Ele é chamado de “mercado da bola”, “janela de tranferências” ou simplesmente “futebol internacional”. Ele é um monstro.

Tardelli, Diego Souza, Cleiton Xavier, Kléber, Madson, Réver, Miranda, Victor, Felipe e outros correm o risco de serem “devorados” por ele em breve.

Por causa dele é difícil analisar o campeonato agora. Não dá para saber quem estará realmente forte ou fraco daqui uma semana.

Sem Tardelli, quem fará os gols do Galo? Sem Diego Souza, quem será o diferencial do Palmeiras? Sem Victor, quem vai evitar os gols sofridos pelo Grêmio?

Complicado. É ele, esse monstro, que vai decidir de verdade quem ganhará o Brasileirão 2009.

Mais uma vez.

Read Full Post »

TOP 11

Quando a maioria dos comentaristas aprovaram uma escalação de Dunga, ele resolveu então provar que é mesmo muito ruim.

Convocou Kléberson para o lugar de Anderson, cortado por lesão, e chamou de volta todas as críticas possíveis para si.

O meia do Flamengo não é ruim, mas existe uma lista enorme de jogadores que mereciam mais uma chance do que ele. Eu fiz a minha e divulgo abaixo:

1º Lucas (Liverpool) – Já foi convocado 6 vezes. Se Dunga fosse coerente…
2º Hernanes (São Paulo) – Está em má fase, mas já mostrou que tem futebol acima da média.
3º Renato (Sevilla) – Tem jogado mais avançado na Espanha, mas pode ir bem atrás.
4º Denilson (Arsenal) – Se firmou como titular nesta temporada e merecia este presente.
5º Tinga (Borussia Dortmund) – Repete na Alemanha o bom futebol dos tempor de Inter.
6º Alex (Spartak Moscou) – Outro que costuma ir bem mais à frente, mas também rende bem quando recuado.
7º Tiago Motta (Genoa) – Fez uma temporada tão boa que a Inter de Milão já quer contratá-lo.
8º Elias (Corinthians) – Um pilar fundamental do Corinthians de Mano Menezes.
9º Éderson (Lyon) – O substituto de Juninho Pernambucano tem potencial.
10º Renato Augusto (Bayer Leverkusen) – Foi um dos melhores brasileiros na Alemanha.
11º Cleiton Xavier (Palmeiras) – É essencial no time de Luxemburgo por saber marcar e armar com eficiência.

Claro que nem todos são “convocáveis” de fato, mas é óbvio que mereciam mais chances do que Kléberson atualmente.

E Dunga ainda poderia chamar um meia armador, mais ofensivo, já que tem Ramires, que sabe atuar como volante.

O meia do Flamengo não era sequer titular no começo deste ano. Parabéns, Dunga! Você conseguiu estragar o que tinha feito de bom.

Leia também: o Top 11 de “Injustiçados por Dunga”

Read Full Post »