Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Dênis’

TOP 11

Não é fácil apontar as principais revelações do Brasileirão 2009. Dessa vez, infelzimente, não é pelo excesso de opções, muito pelo contrário.

Poucos jogadores foram realmente revelados no campeonato até agora. Até temos ótimos talentos jovens em campo, como Willians, Ganso, Sandro, Adilson, Thiago Humberto e outros. Mas a maioria foi revelada já nos campeonatos estaduais.

Mesmo assim, o Opiniões em Campo se esforçou e conseguiu lembrar de 11 jogadores que começaram a se destacar no Brasileirão desse ano e merecem atenção para o 2º turno:

1º) Fernandinho (Barueri)
É o grande jogador de uma das surpresas do campeonato. No Barueri, joga pela ponta esquerda, se aproveita dos fracos laterais-direitos do Brasil e faz a festa. Já é disputado por quase todos clubes grandes do Brasil.
Leia: “Olho na revelação do Brasileirão”

2º) Felipe Menezes (Goiás)
Outro talento revelado em um time surpreendente. O jovem meia do Goiás ainda apresenta irregularidades, mas empolga quando joga bem é, com bons chutes e boa visão de jogo.
Leia “Dois lados de um jovem”

3º) Jucilei (Corinthians)
O jogador do Corinthians não tem atuado como rende melhor, mas mesmo assim conseguiu destaque. Ele jogou poucas vezes como 2º volante, chegou a atuar na lateral-direita, mas impressiona com sua força física, velocidade e boa chegada no ataque.
Leia também “O ‘novo Elias?'”

4º) Souza (Palmeiras)
O jovem volante foi lançado em um jogo decisivo de Copa Libertadores. Mostrou personalidade e ganhou espaço rapidamente. Já recebeu elogios de Muricy e Luxemburgo, que realmente se justificam em campo.
Leia também “O ‘novo Ferrugem'”

5º) Giuliano (Inter)
Era um meia a ser observado para o futuro desde que saiu do Paraná, mas demorou a se firmar. O sucesso surgiu nas últimas rodadas, nas quais ele tem convecido Tite a não usar 3 volantes no time novamente. Será que ele continuará em alta?
Leia também: “Olho em mais um jovem colorado”

6º) Augusto (Avaí)
Coincidência ou não, o time de Silas não perdeu sequer um jogo desde que o jovem zagueiro estreou. Contratado junto ao Young Boys, da Suíça, ele é um dos pilares da evolução surpreendente do Leão da Ressacada no Brasilerão.

7º) Diego (Corinthians)
Corre o risco de ser queimado por causa insistência de Mano Menezes em improvisá-lo como lateral. Ele não tem a menor capacidade para atuar nessa posição, mas pode ser um importante zagueiro que faz o simples muito bem.
Leia “O feijão com arroz corintiano”

8º) Dênis (São Paulo)
Com as lesões de Bosco e Rogério Ceni, o ex-goleiro da Ponte Preta teve suas chances e mostrou que, apesar de ainda não estar pronto e cometer algumas falhas, pode realmente ser importante para o futuro.

9º) Diego Renan (Cruzeiro)
Trata-se de um polivalente jogador realmente interessante, daqueles que recebem oportunidades em momentos difíceis e mostram personalidade. Ainda deve crescer muito de rendimento no 2º turno.

10º) Kieza (Fluminense)
Não é fácil se destacar em um time tão ruim. Mesmo assim, ele já conseguiu fazer 5 gols e mostrou qualidades. Com a volta de Fred, ele pode ir para o banco, mas é preciso ter calma com essa decisão. Roni é tão melhor que ele? Será?

11º) Rafael Tolói (Goiás)
Ainda é um tanto inconstante e precisa evoluir até fisicamente. Mas tem apenas 18 anos e já é uma peça importante na boa campanha do Goiás até aqui. Tem seu valor, mas ainda pode crescer nesse Brasileirão.

Fiquem à vontade para discordar bastante. Listas servem para isso. Esqueci de algum nome?

Read Full Post »