Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Edu’

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Maicosuel (M-Hoffenheim) – Os botafoguenses precisam lembrar que ele só se destacou em um Campeonato Carioca. Ainda assim, seria uma opção melhor para o meio do que Lúcio Flávio, Edno ou Renato Cajá.

Fluminense – Edinho (V-Palmeiras) – Não tem sido nada excepcional no time paulista, mas o tricolor carioca precisa melhorar suas opções defensivas, tanto na zaga quanto no meio-campo.

Fluminense – Renan (G-Xérez) – Rafael ainda não inspira confiança, enquanto Renan é um dos melhores goleiros que o futebol brasileiro revelou recentemente.

Palmeiras – Diogo (A-Olympiacos) – Ele se destacou na Série B e na Grécia. Brilhar em um time grande do Brasil seria mais difícil, é claro, mas ele é jovem e pode ser um bom repatriamento do Palmeiras.

Santos – Zé Roberto (M-Hamburgo) – Poderia desempenhar a função que hoje é de Marquinhos e certamente aumentaria ainda mais a qualidade do Peixe.

TANTO FAZ…

Ceará – Dodô (A-Vasco) – É uma aposta de risco. De fato, falta um bom cetroavante para o “Vovô”, mas daí acreditar que Dodô é a solução é outra história…

Palmeiras – Dayro Moreno (A-Once Caldas) – O jogador conseguiu se destacar na primeira fase da Copa Libertadores, mas seria necessário esperar para ver como ele se adaptaria ao Brasil.

Santos – Édson Bastos (G-Coritiba) – Não é um goleiro de alto nível, mas é mais experiente e pode se tornar mais confiável do que o jovem Felipe.

CAI FORA!

Atlético-MG – Kléber Pereira (A-Inter) – Não joga nada há mais de um ano e ainda seria só mais um reserva no Galo, que já tem várias opções para o ataque.

Palmeiras – Edu (A-Inter) – O time de Palestra Itália precisa de mais opções para o ataque, mas Edu não está bem no Colorado e não seria a melhor opção.

NÃO ENXERGAM?

Anderson (M-Manchester United) – Está machucado, mas não faz parte dos planos de Alex Ferguson. Poderia ser procurado por clubes brasileiros para se recuperar no 2º semestre.

Anúncios

Read Full Post »

Eu confesso: o Inter é o time brasileiro no qual eu mais aposto para o título da Copa Libertadores. Só que sofreu para vencer o Emelec nesta quarta, ainda não apresentou um futebol empolgante na atual temporada e eu começo a rever meu palpite.

A vitória desta terça foi importante para o Colorado, é claro, mas não veio fácil e não pode iludir seus torcedores. Até porque o time ainda terá outro adversário complicado pela frente na fase de grupos, o Cerro, do Uruguai.

E os problemas vão além, pois envolvem desde questões táticas até problemas técnicos de alguns jogadores. Explico…

Respeito muito o trabalho de Jorge Fossati e a sua presença no comando do Inter é um dos motivos para eu apontar o time como favorito ao título. Entretanto, eu não escalaria o time no 3-5-2. Com meias talentosos e laterais que podem ser defensivos, um simples 4-4-2 poderia dar certo tranquilamente.

Outros problemas são encontrados na escalação, desde o goleiro Pato Abbondanzieri, que não transmite segurança nenhuma e já falhou em sua estreia (sem maiores consequências), até o ataque, que não se encontra mais, seja com Alecsandro, Taison ou Edu.

Dessa forma, com tantos problemas, fica difícil não desconfiar. Ainda mantenho meu palpite, mas prefiro não me iludir. Que Fossati e os colorados sigam o mesmo raciocínio!

Read Full Post »

Após os retornos bem sucedidos de Ronaldo, Adriano e Fred ao Brasil, a grande moda no país é tentar repatriar jogadores que estão em times europeus.

O boato que mais ganha força agora é o da volta de Robinho ao Santos. Mal no Manchester City, o atacante pode tentar se recuperar no clube que o revelou.

Mas é preciso cautela: nem todos jogadores que voltam da Europa conquistam o sucesso facilmente por aqui. Não é preciso voltar muito no tempo para lembrar de jogadores repatriados que viraram um fracasso:

1) Daniel Carvalho
Saiu do CSKA pra transformar o Inter em favorito no Brasileirão 2008, mas, fora de forma, só conseguiu esquentar o banco de reservas e voltou ao frio da Rússia.

2) Vágner Love
Vai receber uma segunda chance no Flamengo, mas a decepção com a camisa do Palmeiras foi grande demais para ser esquecida.

3) Émerson
O experiente volante saiu do Milan e, sob a proteção de Luxemburgo, chegou para brilhar no Santos. Fora de forma, as lesões logo vieram e impediram que ele conseguisse atuar regularmente no time. Agora está sem clube.

4) Mozart
Saiu do Reggina, da Itália, para reforçar o Palmeiras, mas praticamente não jogou e, com a mudança de treinador no time, logo voltou à Europa.

5) Eduardo Costa
Trata-se de um fracasso duplo: primeiramente ele foi para o Grêmio e não deu certo. O São Paulo tentou novamente e ele voltou a acumular atuações fracas. No final das contas ele foi negociado com o Monaco, da França, e rendeu um bom retorno financeiro. Já em campo…

6) Léo
Veio do Benfica para o Santos com toda a idolatria possível, gerada pelos títulos do passado. Só que a idade pesou, as lesões atrapalharam e ele não jogou com frequência na campanha discreta do Peixe no Brasileirão 2009.

7) Edmílson
Era para ser um dos líderes do Palmeiras no ano passado, mas sua forma física e a lentidão atrapalharam. Ficou esquecido no planejamento para 2010 e acertou a rescisão do seu contrato. Agora procura um novo destino.

8) Maxi López
Saiu do FC Moscou, fez seus gols e chegou a ser querido pela torcida, mas saiu pela porta dos fundos, sem títulos e sequer uma campanha decente no Brasileirão 2009.

9) Edu
O ex-são paulino fez sucesso no Bétis por algum tempo, então era esperado que no Inter ele chegasse para fazer a diferença. Só que, também atrapalhado por uma lesão, ele não conseguiu virar titular. Pode se recuperar em 2010, mas vai ter trabalho para recuperar o prejuízo.

10) Fabinho
Estava no Toulouse, da França, quando o Corinthians resolveu repatriá-lo. Chegou para ser titular na Série B, mas nem isso conseguiu, pois Cristian logo lhe roubou a vaga. Foi para o Cruzeiro e também continua no banco, sem grandes chances para brilhar em 2010.

11) André Lima
Fez sucesso no Botafogo em 2007, despertando o interesse do Hertha Berlim imediatamente. Não foi bem na Alemanha, mas o São Paulo ainda confiou no jogador. Ele voltou para ser campeão brasileiro em 2008, mas sendo pouco utilizado. Ainda voltou para o Botafogo, só que não reencontrou mais a boa fase de outros tempos.

A lista não pára por aí, mas esses são os casos recentes mais emblemáticos. Em 2010, uma nova safra de jogadores tentarão não engrossar ainda mais essa relação de repatriados que fracassaram no Brasil: Roberto Carlos, Edinho e Rafael Carioca são alguns exemplos.  Veremos o que eles farão!

Read Full Post »

OLHO NELE

Marquinhos

Marquinhos

Clube: Inter
Posição: Meia
Idade: 19 anos
Altura: 1,73 m
Peso: 70 Kg

Quase todos estranharam a escalação do ataque do Inter na última rodada. O recém-chegado Edu foi colocado ao lado de Marquinhos, uma nova promessa das categorias de base do time.

 O estranhamento era normal: a revelação colorada tinha jogado apenas uma partida pelo Brasileirão até ali, não foi titular e sequer fez algo que merecesse uma chance repentina, em um jogo tão importante como aquele, contra o Goiás, vice-líder do Brasileirão.

Mas o garoto aproveitou bem a oportunidade, fez um golaço e uma ótima apresentação. Para quase todos era uma grande surpresa. Para quem acompanha as categorias de base do Colorado, nada mais do que o esperado.

Marquinhos tem se destacado desde cedo em Porto Alegre. Foi artilheiro do último Campeonato Brasileiro Sub-20 e um dos melhores jogadores revelados na Copa São Paulo de 2009.

Como meia ou como segundo atacante, ele sempre mostrou um bom faro de gol com sua canhota, com muita habilidade, chutes precisos e inteligência para usar sua força física.

Depois de ter se destacado entre os profissionais no último final de semana, Marquinhos terá que enfrentar uma dura concorrência para receber mais chances. O elenco do Inter tem boas opções, seja no meio-campo ou no ataque. Mas é melhor o Tite ficar de olho nele sempre que quiser surpreender.

Read Full Post »

BR 2009!

Antes de começar o Brasileirão 2009, a seção “BR 2009″ apresentou os 12 principais times da competição. Agora, no final do 1º turno, veja a comparação daquelas opiniões, daquele tempo, com o que aconteceu por enquanto. Vejamos o que mudou:

FLAMENGO
Como eu tinha previsto, até agora o time não saiu daquela “zona dos que dizem lutar por uma vaga na Copa Sul-Americana”.

O ataque era o principal problema quando Cuca era o técnico. O comando mudou e o problema também: hoje, com Andrade como treinador, a defesa precisa de uma solução e até o meio-campo, sem Ibson e Kléberson (lesionado), fica fraco demais.

Parece que o time ainda vai se reforçar bastante durante o Brasileirão, o que deixa ele ainda mais imprevisível.

Relembre toda a análise feita no começo do Brasileirão.

FLUMINENSE
Ainda comandado por Parreira, eu chamei o time de “incógnita”, já que estava realmente em transformação. As mudanças aconteceram de todos os lados, desde os jogadores aos dirigentes, e o time só piorou.

É impossível não pensar no tricolor caioca como um dos principais candidatos ao rebaixamento no Brasileirão 2009.

Relembre toda a análise feita no começo do Brasileirão.

GRÊMIO
Mantenho o que escrevi mesmo antes da confirmação de Paulo Autuori como técnico do tricolor gaúcho: “Pode brigar por vaga na Libertadores”.

O elenco ainda precisa se reforçar, o esquema tático talvez precise mudar, mas existe talento para que o time passe a ganhar também fora de casa e suba na tabela. Entretanto, não consigo acreditar em título.

Relembre toda a análise feita no começo do Brasileirão.

INTER
A campanha foi conturbada, mas o Colorado não me decepcionou: eu o coloquei como “principal favorito ao título” e ele segue na briga, podendo ainda ser o campeão do 1º turno.

O time ainda deve crescer com os recém-contratados Edu e Fabiano Eller, a ascenção do jovem meia Giuliano e a possível volta do bom futebol de D’Alessandro.

Dessa forma, não consigo imaginar o Inter fora da disputa pelo título até o fim.

Relembre toda a análise feita no começo do Brasileirão.

Amanhã veremos as análises sobre Palmeiras, Santos e São Paulo. Leia a 1ª parte do Balanço do 1º turno clicando aqui.

Read Full Post »

E SE FOR VERDADE?

Não adianta o Lula pedir: é claro que o Corinthians ainda vai mudar muito para a sonhada Copa Libertadores 2010. Resta saber: para melhor ou pior?

As trocas já estão sendo especuladas. Veja quem pode sair e quem deve chegar até o começo do ano que vem:

Sai Felipe
Entra Dida
Troca ruim. Ambos são naturalmente irregulares, mas a fase do atual goleiro, que deve ir para a Alemanha, é amplamente superior.

Sai Chicão
Entra Diego

Nenhum zagueiro foi especulado, mas o garoto das categorias de base tem talento. É claro que o time perde, mas nem tanto.

Sai André Santos
Entra Sylvinho
O ex-lateral do Barcelona não joga com frequência há um bom tempo. Será que ainda é confiável?

Sai Elias
Entra Edu
Ótimo jogador, mas com o mesmo problema de Sylvinho: a forma física.

Na apresentação, Edu fez questão de dizer que não está em final de carreira. Será?

Na apresentação, Edu fez questão de dizer que não está em final de carreira. Será?

Sai Douglas
Entra Riquelme

Excelente troca. O atual titular destoa do time em tudo. O argentino não tem feito muita coisa, mas é melhor, claro.

Sai Dentinho
Entra Morais

Duvido que Tevez volte, como dizem por aí. Outros atacantes não foram especulados. Então a simples entrada de um reserva seria péssimo.

O time ficaria assim:
Dida; Alessandro, William, Diego e Sylvinho; Cristian, Edu, Morais e Riquelme; Jorge Henrique e Ronaldo.

Tinga e Lucas também foram especulados, mas parecem distantes, pois ainda possuem algum espaço na Europa.

Dessa forma, o elenco perderia qualidade, com apenas uma mudança realmente positiva. Mas uma coisa fica evidente: a diretoria do Corinthians ainda deve ter que correr atrás de muitos reforços para a Copa Libertadores.

Os boatos absurdos só começaram…

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Corinthians – Tinga (V-Borussia Dortmund) – Tem jogado bem na Alemanha, com futebol para sobrar no Brasil.

Flamengo – Valdivia (M-Al Ain) – O chileno é melhor que Ibson, por exemplo.

Santos – Gabriel (LD-Panathinaikos) – Jogou uma boa Libertadores em 2008, pelo Flu.

TANTO FAZ…

Inter – Ibson (M-Flamengo) – Não tem lugar no time titular do Colorado hoje.

CAI FORA!

Atlético-PR – Paulo Baier (M-Sport) – É fraco, muito fraco. Só engana…

Santos – Alex Mineiro (A-Grêmio) – Hoje é pior que seu ex-companheiro Kléber Pereira.

NÃO ENXERGAM?

Edu (A-Bétis) – Rebaixado na Espanha, tem algum mercado na Europa, mas não deve ser tão difícil repatriá-lo.

Read Full Post »

Older Posts »