Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Fernandinho’

Assim que virou presidente da CBF, José Maria Marin fez uma afirmação que foi mal interpretada e gerou polêmica: “o desempenho na Olimpíada vai ser fundamental para o futuro da Seleção Brasileira”. Acharam que ele estava apenas pressionando o técnico Mano Menezes, indicando que ele sairá do cargo se não for campeão em Londres.

Calma, Mano, não é bem assim...

Calma, Mano, não é bem assim…

Pode até ser que essa tenha sido a intenção de Marin. Mas o importante é que essa frase é verdadeira por outras razões: o time olímpico realmente vai trazer observações fundamentais para a Seleção Brasileira. É algo que vai influenciar demais a Copa do Mundo de 2014 e não apenas pelo resultado, mas principalmente pelo desempenho de alguns jogadores.

Listo a seguir as sete principais questões que precisam ser observadas na Olimpíada e que serão fundamentais para a Copa de 2014:

Tática definida?
Mano Menezes ainda não conseguiu sequer definir qual é o esquema tático ideal da Seleção Brasileira. Sua tendência é escalar a equipe em um 4-3-3, o que deve ser feito na Olimpíada. Se funcionar, será mantido para a equipe principal. O importante é manter um padrão para os jogadores não ficarem ainda mais perdidos do que estão.

Temos um substituto do Ganso?
É uma questão que tem atrapalhado Mano Menezes desde o começo do seu trabalho. Ele aposta no camisa 10 santista, mas as lesões do meia insistem em aparecer. Diversos jogadores já foram testados na função dele, como meia central. Mas agora, principalmente nos amistosos, teremos um teste importante: Oscar vai jogar na posição e tem potencial para dar conta do recado. Já começou bem contra a Dinamarca…

Neymar é craque?
Não se trata de discutir a genialidade de Neymar. Mas ainda é preciso medir o quanto ele é decisivo. No Santos ele já provou que realmente é um craque, mas falhou em sua única missão de verdade pela Seleção, a Copa América de 2011. Contra jogadores olímpicos ele terá mais facilidade, mas a responsabilidade e a pressão também será maior. Caso aguente tudo isso, será um bom sinal de que Neymar está pronto para a Copa de 2014.

Lucas é Seleção?
Mano Menezes tem uma clara má vontade com o meia-atacante do São Paulo. Lucas já foi convocado pelo técnico dez vezes, mas jogou poucos minutos em todas estas oportunidades. Como foi discreto contra a Dinamarca, deve ir para o banco de reservas. Porém, na Olimpíada a tendência é que ele seja titular. Resta saber se ele convencerá Mano de que essa é a escolha certa.

Temos goleiros e volantes?
São as duas posições que temos mais carência na Seleção principal, pois não há um nome que seja indiscutível. Entre os goleiros, resta saber se Jefferson será convocado entre os três jogadores acima de 23 anos. Ele é o goleiro que mais recebeu convocações de Mano Menezes e parece ter a confiança do treinador. Mas se ele não for para Londres, a bomba estará com Rafael, do Santos, que parece pronto para o desafio, mas ainda não foi testado de verdade.

Já entre os volantes a situação é mais complicada. Sandro, Rômulo e Casemiro não aparentam ter a maturidade necessária para serem titulares da Seleção principal. Fernando, do Grêmio, que vive grande fase no Grêmio e ainda pode ser chamado, tem o mesmo problema. Mas quem não tem? Mano tem escalado Lucas Leiva e Fernandinho, mas é uma dupla que não inspira confiança e ainda deve mudar até 2014. Resta saber se os olímpicos farão parte dessa mudança.

Quem será nosso centroavante?
Não vejo a situação dos nossos centroavantes com tanto pessimismo quanto outras pessoas. Confio mais em Leandro Damião, mas também acho que o único problema do Alexandre Pato é físico. Entre os olímpicos, realmente não há mais ninguém de nível, mas Fred pode assumir a camisa 9 na Seleção principal. Portanto, o problema nem é a falta de nomes, mas sim a falta de definição sobre quem será o titular. A Olimpíada pode ajudar com isso

Mano tem que ficar?
É impossível não pensar que o cargo do técnico está sob risco. Mas ele terá que se esforçar demais para perdê-lo. Acima de tudo, porque a Seleção caiu em um grupo fácil na Olimpíada. Mas também porque este time tem qualidade e muito potencial para conquistar o primeiro ouro olímpico do Brasil. Se for para apostar, coloco meu ouro no título tupiniquim em Londres. E, portanto, Mano Menezes como técnico da Seleção até 2014.

Anúncios

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – O Tricolor Paulista conseguiu se impor no Morumbi e bateu o Vitória por 2 a 0 com autoridade na estreia de Carpegiani.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Fluminense – Perder por 3 a 0 para o Santos é mais um claro sinal que o time de Muricy Ramalho não está pronto para ser campeão brasileiro. Resultados como esse me fazem desacreditar no Tricolor Carioca na briga pelo título.

TROFÉU HERÓI

Jonas – Fez três gols e ainda participou de outro na vitória do Grêmio sobre o Grêmio-SP por 3 a 0. É impressionante o que ele tem jogado! Só não dá pra considerar surpreendente…

TROFÉU VILÃO

Zé Carlos – O goleiro do Avaí fez um pênalti infantil, foi expulso e consagrou Valdívia, que teve uma boa atuação na vitória do Palmeiras por 4 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Gabriel Silva – Acostumado a jogar também na lateral-direita, inclusive durante a Copa São Paulo de 2010, o canhoto do Palmeiras fez um golaço com a perna “errada” e mostrou porque tem virado titular no time de Felipão, apesar de seus defeitos como defensor.

VALEU O INGRESSO

Fernandinho – Driblou um defensor do Vitória, passou fácil pelo goleiro e finalizou com o gol aberto em uma linda jogada de velocidade, o que é esperado dele.

E a rodada ainda teve outros bonitos gols com chutes de longa distância, como os de Jonas (Grêmio), Valdívia, Gabriel Silva (ambos do Palmeiras) e Heleno (Ceará).

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 0 x 3 Santos – Apesar do resultado apontar para um massacre do Peixe, não foi isso que aconteceu no jogo. A partida foi realmente muito disputada, o que só valoriza a atuação de Zé Eduardo, que fez três gols e foi capaz de decidir uma grande partida como essa.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Ceará 1 x 0 Internacional – O Colorado estava muito desfalcado e sofreu para conseguir mostrar alguma criatividade, o que o Ceará normalmente já não possui. Portanto, o jogo foi sem graça e pouco atrativo.

DETALHE TÁTICO

Goiás no 3-6-1 – Jorginho tem insistido em utilizar esquemas táticos com três zagueiros, mas já deveria ter percebido que isso não vai funcionar.

Trocar um atacante por um meia, saindo do 3-5-2 para o 3-6-1, também só trouxe mais problemas para um acanhado Goiás na derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro.

DETALHE DO TÉCNICO

Vanderlei Luxemburgo – O técnico do Flamengo reestreou no time com a sua enorme estrela, como antigamente. Val Baiano e Diego Maurício saíram do banco de reservas para resolver a vitória do Rubro-Negro por 2 a 0.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-PR merecia mais – O Furacão apenas empatou com o Vasco por 0 a 0, mas foi o único time que realmente buscou a vitória na Arena da Baixada.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Atlético-MG – Não acreditava na vitória do Galo contra o Corinthians, mesmo com o jogo acontecendo em Minas Gerais. A vitória por 2 a 1 é um sinal fraco de alívio para a equipe de Dorival, mas uma mostra forte de que o time paulista precisa se preocupar.

PAPO RETO

Adilson Batista,

E a defesa do Corinthians?

O time tem sofrido mais gols do que nunca em 2010, mas você insiste em minimizar essa questão. É melhor você perceber logo que seu meio-campo não tem protegido os zagueiros e que Thiago Heleno não é um beque com a qualidade que você tem comentado.

ACRÉSCIMOS

Cruzeiro – Chegou à vice-liderança do Brasileiro e entrou de vez na briga pelo título do Brasileirão. Está em uma fase melhor do que Fluminense e Corinthians, podendo ser campeão e finalmente fazer justiça ao técnico Cuca, que entende bastante de futebol, mas, por motivos diversos, ainda não ganhou um título que comprovasse isso. Ele merece!

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Deco (M-Chelsea) – É tão bom que fica até difícil acreditar.

Corinthians – Rafinha (LD-Schalke 04) – É titular absoluto no futebol almeão há muito tempo e certamente também se destacaria no Brasil.

Flamengo – MacNelly Torres (M-Colo Colo) – Entraria perfeitamente no esquema tático montado por Andrade, jogando no lugar de Zé Roberto.

Grêmio – Douglas (M-Al Wasl) – É um meia mais parecido com Tcheco do que Hugo, portanto aliviaria a saudade da torcida e seria uma boa opção.

Grêmio – Vitor (LD-Goiás) – O tricolor gaúcho precisa urgentemente contratar um lateral de ofício. Nada melhor do que o jogador que tem sido um dos melhores na posição nos últimos Brasileirões.

Inter – Ewerthon (A-Zaragoza) – Finalmente alguém lembrou do ex-corintiano, que certamente seria uma opção melhor que Alecsandro, centroavante titular do time atualmente.

Palmeiras – Marcelo Moreno (A-Werder Bremen) – É outro time que precisa reforçar seu ataque e certamente esse seria um bom começo.

Santos – Maxi López (A-Grêmio) – Substituiria Kléber Pereira colocando ainda mais qualidade no elenco do Peixe.

Santos – Ramón (LE-Vasco) – Léo decepcionou em sua volta ao Brasil e precisa de um bom reserva, pois tem se machucado constantemente.

Vasco – Juninho Pernambucano (M-Al Gharafa) – É um negócio para o futuro e serviria para arrumar de vez o time cruzmaltino.

TANTO FAZ…

Botafogo – Morais (M-Corinthians) – Um retorno ao Rio de Janeiro pode lhe fazer bem, já que, em São Paulo, acumulou atuações discretas apenas.

Botafogo – Perea (A-Grêmio) – É bom jogador, mas, por ser menos badalado, não chegaria para ser titular a princípio.

Inter – Itamar (A-Tigres) – Nunca foi brilhante e não deve ter mudado agora. Apesar disso, pode ser uma boa opção para Fossati.

Santos – Fernandão (A-Goiás) – Tem qualidade técnica, mas a condição física dele está em xeque depois de ter feito um segundo semestre ruim em 2009.

Santos – Nuno Gomes (A-Benfica) – Há tempos não consegue brilhar, mas seria interessante ver um português tentar a sorte por aqui.

Vitória – Triguinho (LE-Santos) – Não foi bem no Peixe, mas o time precisa de um lateral-esquerdo e a experiência de Triguinho pode ajudar.

CAI FORA!

Botafogo – Jancarlos (LD-Cruzeiro) – Não foi bem no Cruzeiro, não foi bem no São Paulo… por que iria bem no Botafogo?

Botafogo – Wagner Diniz (LD-São Paulo) – Consegue ser uma opção pior do que Jancarlos para resolver a lateral-direita do Glorioso.

Palmeiras – Val Baiano (A-Barueri) – Não é de um atacante do estilo de Obina que o time precisa para esquecer o fracasso de 2009.

Vitória – Adaílton (Z-Santos) – O time não precisa de zagueiros. É melhor concentrar os esforços em outras posição carentes no elenco.

NÃO ENXERGAM?

Fernandinho (M-Cruzeiro) – Conseguiu destaque em 2008, jogando como lateral-esquerdo. Depois se machucou, mas está recuperado, é polivalente e está sem espaço na Raposa. Poderia ser útil em muitos elencos do Brasil.

Read Full Post »

TOP 11

O Papai Noel do futebol não espera o dia 25 de dezembro e começa a trabalhar cedo. Nem bem acabou o Brasileirão e vários torcedores já receberam vários presentes de Natal.

Veja a lista de quem se comportou bem em 2009 e já pode comemorar o bom o planejamento para 2010 por causa das contratações já confirmadas:

1º) Danilo (Corinthians)
Com experiência em Copa Libertadores, ele estava em boa fase no Japão. Se a torcida tiver paciência, pode entrar perfeitamente no time do centenário.

2º) Pedro Ken (Cruzeiro)
Fez seguidas boas temporadas pelo Coritiba e a Raposa precisava mesmo de um meia para fazer uma dupla de destaque com Gilberto.

3º) Gustavo (Vasco)
A sua passagem pelo Cruzeiro foi atrapalhada por uma lesão, mas teve um bom desempenho pelo Palmeiras em 2008 e deve voltar a mostrar um bom futebol.

4º) Léo (Palmeiras)
É outro zagueiro que já mostrou talento no passado, caiu de produção e agora precisa se recuperar. Ao lado de Danilo e Maurício Ramos, pode fazer uma forte linha defensiva no alviverde paulista.

5º) Fernandinho (São Paulo)
Foi uma das principais revelações do Brasileirão 2009 e agora terá que mostrar qualidade em um time maior, mas chega com moral e expectativa.

6º) Nei (Inter)
Deve ser uma peça útil no elenco do Colorado em 2010. É seguro como lateral-direito e pode atuar como zagueiro também.

7º) Márcio Araújo (Palmeiras)
Não deve ser titular, mas com certeza acrescenta mais qualidade ao elenco deficiente comandado por Muricy Ramalho.

8º) Thiago Humberto (Inter)
Vai enfrentar uma complicada concorrência no meio-campo do Colorado, mas, se repetir o que fez pelo Barueri, pode virar titular.

9º) Léo Gago (Vasco)
Foi um grande achado do surpreendente Avaí em 2009. Agora vai encarar uma responsabilidade maior, pois o time cruzmaltino precisa de um meio-campo mais consistente na 1ª divisão.

10º) Bruno Rodrigo (Santos)
Ao lado de Edu Dracena, deve melhorar consideravelmente o nível da defesa do Peixe, que não sentirá saudades de Fabão, Eli Sabiá, Adaílton, etc…

11º) Augusto (Goiás)
Mais um bom achado do Avaí. Foi um dos pilares da ascenção do Leão em 2009 e agora deve formar uma boa dupla jovem ao lado de Rafael Tolói.

Outros bons presentes foram, por exemplo, Rafael Coelho (Vasco), Vandinho (Avaí) e Iarley (Corinthians).

A lista não para por aí. As torcidas ainda podem esperar surpresas do Papai Noel. Às vezes ele também chega atrasado.

Read Full Post »

TOP 11

Assim que acabou o 1º turno, me esforcei para fazer uma lista de 11 revelações do Brasileirão 2009 até ali. Como eu disse no texto final, não foi fácil, pois não tínhamos boas opções até então.

Poucou nomes surgiram desde então, mas a lista mudou bastante no final das contas (se quiser comparar, clique aqui). Alguns melhoraram, outros caíram de produção e teve até quem foi vendido no meio do ano.

Então segue abaixo a lista atualizada e corrigida dos jovens que foram realmente revelados no Brasileirão 2009. Não valem aqueles que já surgiram desde os estaduais, como Willians, Ganso, Sandro, Adilson, T. Humberto, Werley e outros.

1º) Giuliano (Inter)
Não foi à toa que ele chegou no Mundial Sub-20 com a camisa 10 e a braçadeira de capitão. Fez poucas grandes atuações no Egito, mas costuma brilhar com frequência no Inter com belas jogadas e passes certeiros. É um meia raro e deve ter um ótimo futuro pela frente

Relembre: “Olho em em mais um jovem colorado” 

2º) Fernandinho (Barueri)
Era a principal reveleção até o final do 1º turno. Por questões contratuais e depois por conta de uma lesão, pouco participou do 2º turno. Agora vai para o São Paulo tentar provar que realmente é um jovem de grande talento.

Relembre: “Olho na reveção do Brasileirão”

3º) Diego Renan (Cruzeiro)
O jovem destro da Raposa foi mais um grande achado de Adílson Baptista. Ele chegou a jogar até no meio-campo assim que surgiu, mas mostrou que pode ser diferenciado mesmo na lateral-esquerda, tendo sido um dos melhores da posição no Campeonato.

Relembre: “O novo ‘Nonato'” 

 4º) Souza (Palmeiras)
Assim que Pierre teve uma contusão séria, o jovem volante teve que substituí-lo e foi muito bem em um primeiro momento, mostrando muita personalidade. Caiu de produção junto com o time e agora terá que provar que isso foi só uma irregularidade normal de quem começou a carreira recentemente.

Relembre: “O ‘novo Ferrugem'”

5º) Jucilei (Corinthians)
Contratado sem grande destaque no começo do ano, apenas para compôr elenco, o volante aproveitou a saída de Cristian e Douglas para fazer várias funções no meio-campo de Mano Menezes. Chegou a jogar até como lateral e não foi mal, mas pode ser importante no centenário alvinegro se for escalado em sua posição de origem.

Relembre: “O ‘novo Elias'”

6º) Rafael Tolói (Goiás)
A campanha surpreendente do time esmeraldino não durou muito tempo, mas trouxe à tona alguns bons jovens jogadores. Tolói é um deles. Conseguiu destaque a ponto de ter sido titular da Seleção no Mundial Sub-20. Olho nele!

Acesse a ficha técnica de Rafael Tolói

7º) Felipe Menezes (Goiás)
O meia é outro importante talento que veio de Goiânia. É uma pena que os diretores tenham entendido que não precisavam dele após a chegada de Fernandão. Felipe foi para o Benfica e os esmeraldinos caíram de produção. Não foi à toa.

Relembre: “Dois lados de um jovem”

8º) Jóbson (Botafogo)
Rápido e habilidoso, vai ficar marcado pelos gols que fez contra São Paulo e Palmeiras, já nas rodadas finais do Brasileirão. Precisa melhorar em alguns fundamentos, mas os tentos anotados recentemente mostraram que ele tem evoluído na finalização pelo menos. Vai para o Cruzeiro em 2010.

Relembre: “O novo ‘capetinha'”

9º) Marquinhos (Inter)
A ascenção do meia-atacante aconteceu no momento errado, quando o Inter já passava por uma fase irregular. A troca de técnico o atrapalhou ainda mais, mas ele mostrou que pode sair do banco de reservas, ser útil para o Colorado e confirmar as grandes expectativas formadas pelo seu futebol desde as categorias de base.

Relembre: “Olho na surpresa do Inter”

10º) Neto Berola (Vitória)
Dribles eficientes e muita velocidade renderam ao atacante até uma comparação com Nilmar. Pode ser um exagero, claro, mas ele teve boas atuações e já virou alvo da Traffic, apesar de ter sido reserva em algumas das últimas rodadas do Brasileirão 2009.

Relembre: “O ‘novo Nilmar'”

11º) Augusto (Avaí)
Foi só ele chegar na Ressacada pro time do Avaí subir de produção. A estreia do jovem zagueiro foi um dos pilares da arracanda do seu time no Brasileirão e mostrou qualidades para concretizar a surpreendente campanha do Leão da Ressacada.

Relembre: “Olho no jovem do Leão” 

Outros bons nomes que apareceram, mas sem tanto destaque, foram Oscar e Dênis (ambos do São Paulo), Dalton e Dieguinho (ambos do Fluminense), Kieza e Maicon (ambos do Fluminense), Manoel (Atlético-PR), Mário Fernandes (Grêmio) e Douglas (Goiás). Olho em todos eles!!!

Read Full Post »

TABELINHA

Fernandinho, do Barueri, vai assinar nesta quinta-feira com o São Paulo. A informação é de Benjamin Back, divulgada no programa Estádio 97 (97.7 FM São Paulo), e já era especulada desde a semana passada.

O jogador, que pertence à Traffic, assinará por 4 quatro anos depois de ser dispensado por Muricy Ramalho no Palmeiras e quase acertar sua transferência para o Cruzeiro. É claro que se trata de uma ótima aposta, mas é preciso também fazer algumas ressalvas.

Basta lembrar, por exemplo, de outras grandes revelações do Brasileirão que não deram certo em grandes clubes. Marquinhos, ex-Vitória, é o exemplo mais recente disso. Foi para o Palmeiras e não vingou.

Há quem diga também que o atacante tenha uma cabeça fraca, o que teria o atrapalhado na carreira recentemente: vaidoso, demorou a renovar seu contrato com o Barueri e quase ficou sem clube para jogar no 2º semestre.

Um último cuidado do São Paulo é sobre como encaixar Fernandinho no seu time de 2010. Trata-se de um jogador da posição de Dagoberto, que tem sido um dos poucos destaques do time neste ano e, caso não seja vendido, não merece simplesmente ir para o banco de reservas.

À parte estes detalhes, fica claro que o São Paulo já começa o planejamento para o ano que vem com muita força. Com as possíveis ascenções de alguns jovens, como Oscar, Diogo e Wellington, o time pode crescer ainda mais. 2010 já começou!

Atualização às 19h15: o portal Lance!Net já divulgou mais detalhes sobre a negociação. Clique aqui e leia mais.

Read Full Post »

Respeito demais a premiação Bola de Prata, organizada pela revista Placar. É um eficiente método para escolher os melhores e mais regulares jogadores dos Campeonatos Brasileiros.

Entretanto, mesmo com toda essa admiração, vou me permitir discordar levemente da Bola de Prata. Veja abaixo a seleção deles até o final do 1º turno e também o meu time:

GOLEIRO
Bola de Prata:
Fábio
Opiniões em Campo: Marcos
O goleiro do Cruzeiro foi sensacional na Copa Libertadores, mas menos espetacular no Brasileirão. Já o palmeirense tem transformado uma zaga instável em uma das melhores do Brasileirão. Graças à sua liderança e aos seus “milagres”, é claro.

LATERAL DIREITO
Bola de Prata: Apodi
Opiniões em Campo: Apodi
O jogador era quase um ponta no esquema de Carpegiani e realmente conseguiu se destacar. Com Vágner Mancini, deve ter que jogar com menos liberdade e pode cair de produção. Veremos…

ZAGUEIROS
Bola de Prata: André Dias e Réver
Opiniões em Campo: André Dias e Réver
Como líbero, o zagueiro do São Paulo tem se destacado mais uma vez. E o defensor do Grêmio conseguiu jogar bem até como volante nas últimas rodadas.

LATERAL ESQUERDO
Bola de Prata:
Júlio César
Opiniões em Campo: Júlio César
Aqui a falta de concorrentes é absurda. O jogador do Goiás se aproveitou disso, foi o destaque do time em várias partidas com assistências e gols, e é quase unanimidade em qualquer seleção do campeonato até aqui.

VOLANTES
Bola de Prata: Guiñazu e Pierre
Opiniões em Campo: Pierre e Willians
O palmeirense é indiscutível, um monstro nos desarmes. Já o volante do Inter foi mais irregular, assim como seu time. Enquanto isso, o jovem flamenguista Willians manteve um bom nível na maioria dos jogos.

MEIAS
Bola de Prata: Cleiton Xavier e Marcelinho Paraíba
Opiniões em Campo: Cleiton Xavier e Leandro Domingues
O meia do Vitória comandou um time fraco em ótimos momentos. Caiu de produção nas rodadas mais recentes, é verdade, mas tem talento para se recuperar. Já o meia palmeirense é indiscutivelmente muito importante para o líder do Brasileirão até aqui.

ATACANTES
Bola de Prata: Fernandinho e Dagoberto
Opiniões em Campo: Fernandinho e Diego Tardelli
O jogador do Barueri é incontestável. Ao lado dele, prefiro escalar quem se destacou por um tempo maior, mas não duvido que o atacante do São Paulo ganhe a posição com o tempo.

No final do Brasileirão 2009 veremos as mudanças nos dois times, que, desconfio, não serão poucas.

Read Full Post »

Older Posts »