Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘final’

A bonita vitória da Espanha na Copa do Mundo de 2010 e toda a emoção gerada pela competição não inspirou tanto os comentaristas esportivos.

Sobraram textos semelhantes analisando que o resultado final na África do Sul “fez bem ao futebol”. O que não deixa de ser uma verdade, claro, mas prefiro indicar para a leitura textos que apresentaram algum diferencial.

  • Em poucas palavras, Luiz Augusto Lima destacou vários momentos e fatos que vão deixar saudades após 30 dias de Copa. Faz todo sentido. Clique aqui e leia mais.
  • Maurício Noriega antecipou no sábado os elogios que todos fizeram sobre a Espanha depois da decisão do domingo. Então vale o reconhecimento. Clique aqui e leia mais.
  • Rodolfo Rodrigues trouxe números interessantes que justificaram todo o merecimento da Espanha na Copa. Clique aqui e leia mais.
  • Sérgio Xavier apresentou bons critérios para avaliar a qualidade da Copa e deu uma nota justa para ela. Clique aqui e leia mais.
  • Vitor Sergio destacou tudo que a Espanha fez para se preparar rumo ao seu primeiro título mundial, o que só comprova como foi justo esse resultado na Copa. Clique aqui e leia mais.

Read Full Post »

Chamar de vitória justa é pouco. Foi mais do que isso. A Espanha não fez só uma Copa brilhante. Brilhou nas Eliminatórias. Brilhou na Eurocopa. E o resultado não poderia ser outro se não o título da Copa do Mundo de 2010.

Chamar de vitória bonita é pouco. Foi mais do que isso. A Espanha deixou um verdadeiro legado para as próximas gerações: não se ganha só com raça. Não se ganha só com violência. O que mais decide é a técnica, o toque de bola e o talento. A seleção que tem tudo isso só poderia ficar com o título da Copa do Mundo de 2010.

Chamar de vitória emocionante é pouco. Foi mais do que isso. A Espanha mostrou que não era só frieza e paciência. Mostrou isso através da camiseta de Iniesta, em homenagem a Jarque. Através da camiseta de Sergio Ramos, em homenagem a Puerta. E também mostrou no choro de Casillas ao levantar o troféu da Copa do Mundo de 2010.

Chamar de vitória sofrida é pouco. Foi mais do que isso. A Espanha precisou se superar desde o primeiro jogo, após a zebra suíça. Precisou melhorar a cada partida. E conseguiu. Superou todas críticas,  contou com boas intervenções do técnico Vicente Del Bosque, venceu todos jogos do mata-mata por 1 a 0 e faturou o título da Copa do Mundo de 2010.

Chamar de vitória histórica é pouco. Foi mais do que isso. A Espanha perdeu sua virgindade, quebrou recordes, tabus e clichês. Foi além: conquistou um respeito que poucos tinham com ela. Agora poderá aproveitar todos os benefícios do título da Copa do Mundo de 2010.

Foi uma vitória justa, bonita, emocionante, sofrida e histórica. E foi mais do que isso. Difícil é definir. Fácil é admirar. Parabéns, Espanha!

Read Full Post »

Virgindade é um assunto delicado, complexo. Chega a ser um tabu para alguns. Gera nervosismo. Gera sonhos. Sonhos estes que nem sempre são realizados. Afinal, nem sempre tudo acontece como e quando queríamos. E pouco adianta planejar. A perda da virgindade pode ser uma caixinha de surpresas.

Virgindade é tema polêmico. Há quem nunca vai perdê-la, por motivos diferentes. Alguns nunca conseguirão mesmo, por falta de capacidade. Mas existe até quem não se importe com isso.

É lógico que também há quem já tenha superado esse assunto há anos. Também não foi fácil para eles, mas agora esse assunto faz parte do passado. Para esses a perda da virgindade pode parecer algo banal. Mas na verdade trata-se de um momento certamente inesquecível.

Holanda ou Espanha. Uma das duas vai perder virgindade em títulos de Copa do Mundo. Será no próximo domingo, dia 11 de julho de 2010. Ambas queriam que isso tivesse acontecido antes. Talvez em 1974. Afinal, é melhor quando se está em forma. Talvez em 1982. Afinal, em casa fica mais fácil.

Independente desse passado frustrante de ambas, o importante é que o presente e o futuro delas são bonitos e promissores. E nada veio à toa: tanto Holanda quanto a Espanha gostam de romantismo. Foram anos de bom trato com a bola para que a Jabulani retribuísse na África do Sul. Foram anos de preliminares feitas com eficiência, o que sempre influencia no prazer final.

E quem vai perder a virgindade primeiro? Sei lá. Por acaso alguém acha que tenho cara de polvo?

Read Full Post »

Caros argentinos,

Vou tentar não ser brasileiro ao escrever esta carta. É difícil, mas é necessário.

Depois do que foi visto nesta quarta-feira, senti uma obrigação de admitir: hermanos, é impressionante a capacidade que vocês vocês têm de reagir na hora certa, no momento mais improvável, quando tudo converge contra… confesso: é invejável!

Não é à toa que, em finais de Copa Libertadores, o placar já está 9 a 3 para vocês. Poucos times brasileiros conseguiram superar a dedicação, a frieza e a concentração que vocês exibem na hora mais importante do jogo.

É incrível como vocês sabem jogar fora de casa, às vezes com times até piores. Enquanto os brasileiros ficam com medo de perder, vocês estampam no rosto a vontade de ganhar. Foi assim no duelo entre Cruzeiro e Estudiantes. E também em tantos outros…

Vocês só possuem um defeito: precisam aprender a fazer tudo isso em uma Copa do Mundo.

Desculpem, argentinos, não consegui deixar de ser brasileiro.

Ass.: um pentacampeão mundial

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

Só um louco diria que o resultado do jogo entre Estudiantes e Cruzeiro foi ruim para a Raposa. Mas ainda é possível discordar sobre o quanto exatamente foi bom este zero a zero em Buenos Aires.

Por um lado, por exemplo, Alex Escobar se empolga e dispara: “Não vejo essa taça longe de BH”.

Ele é apoiado por Mauro Betting: “Baita empate celeste, ainda mais favorito no Mineirão”. E também por Benjamin Back: “O Cruzeiro tem tudo para se tornar mais uma vez campeão da Libertadores”.

Mauro Cezar Pereira e eu preferimos uma cautela maior: “O torcedor do Cruzeiro que não se iluda. Todo cuidado será pouco”, escreve o comentarista.

Esta visão é bem defendida por Vitor Birner: “É hora dos pés ficarem bem grudados no chão. O resultado não garante o título ao Cruzeiro”.

Não se trata de ser pessimista à toa. É apenas um modo de enxergar a real força do time argentino, que ainda pode complicar sim o pequeno favoritismo conquistado pelo Cruzeiro. Ou por Fábio simplesmente.

Read Full Post »

É muito óbvio, mas às vezes parece que não: se você precisa ganhar um jogo, é necessário colocar seu time para frente, no ataque, com tudo, sem medo.

Mano Menezes tem fama de retranqueiro, gosta de colocar um volante no lugar de um atacante para segurar um resultado, recuar o time, se defender.

Já Vanderlei Luxemburgo sempre foi conhecido por arriscar, montar times ofensivos, escalar surpresar e ser arrojado no ataque.

Mas nesta quarta-feira (e nos últimos tempos) esta situação se inverteu: Mano mostrou mais uma vez que sabe ser corajoso. E Luxemburgo provou o quanto está ultrapassado.

Palmeirenses mostraram que sabem quem é o culpado pela eliminação do time

Palmeirenses mostraram que sabem quem é o culpado pela eliminação do time

O Corinthians atacou o Inter com 3 atacantes na maior parte do tempo. O Palmeiras ficou com 3 zagueiros em campo na maior parte do tempo.

O Corinthians atacou o Inter com coragem e organização. O Palmeiras foi para frente com desespero e desordem.

O Corinthians fez marcação por pressão no campo do Inter. O Palmeiras, que fez isso contra o Colo Colo, não usou esta tática tão útil dessa vez.

O Corinthians está muito perto do título da Copa do Brasil e da Libertadores 2010. O Palmeiras está fora da Libertadores 2009 e vai ter que melhorar muito para seguir bem no Campeonato Brasileiro.

Nunca pensei que chegaria esse dia, mas o Mano deu uma aula de ofensividade. Aprendeu, Luxa?


Read Full Post »

Foi uma quarta-feira à noite de grandes jogos em que apenas um time se mostrou gigante: o Inter, que já está classificado para a final da Copa do Brasil.

É até chato ficar elogiando seguidamente o Colorado. Parece exagero, mas não é.

Basta observar o que tem jogado Taison, que já é um dos melhores jogadores do Brasil. É só perceber que Andrezinho, meia-atacante reserva, sempre entra com muita qualidade no time, até para substituir o volante Magrão.

Além disso, o time parece ser capaz de superar até a ausência de Nilmar, mudando seu estilo jogo com Alecsandro, atacante mais fixo na área.

Enquanto isso, o Grêmio mostrava, na Venezuela, que tem sido superestimado. O Cruzeiro e o São Paulo apresentam bagunças táticas. O Corinthians fica incapaz de matar um jogo que poderia ser tranquilo.

Diante de tudo isto, tem como não exaltar este gigante colorado?

Read Full Post »

APITO FINAL!

O Barcelona é o grande campeão da Liga dos Campeões!

Um título que vem com toda a justiça possível. Afinal, um time como este não poderia passar em branco na história do futebol.

Muitos falarão que a final consagra Messi de uma vez por todas como o melhor jogador do mundo. Mas a verdade é que o Barcelona de 2009 é um time cheio de melhores do mundo.

Como não eleger Daniel Alves o melhor do mundo em sua posição?

Como não apontar Iniesta e, principalmente, Xavi Hernandéz, como os melhores meio campistas da atualidade?

Como não falar de Eto’o, que vivia uma má fase até ser essencial na hora que o Barcelona mais precisava?

E ainda tem os gigantes Piqué, Puyol, Touré, Henry, etc…

Messi é “apenas” o auge de toda esta estrutura sensacional, que merecia estar quase inteira na premiação de melhores do mundo da FIFA, no final de 2009.

Está aí o melhor jogador do mundo em 2009

Está aí o melhor jogador do mundo em 2009

Vence o futebol, que viu um dos melhores times da sua história recente se consagrar no Estádio Olímpico.

Em Roma, a “Cidade Eterna”, este Barcelona também virou eterno.

Read Full Post »

UM CONTRA UM

O duelo entre Manchester United e Barcelona pela final da Liga dos Campeões está cheio de atrativos. É tanta expectativa gerada em cima de um jogo que talvez ele não consiga correponder.

Mas tudo bem, o importante é esperar e torcer para que possamos assistir um grande jogo. Para se ter uma ideia de como está tudo pronto para um espetáculo, basta ver os times e tantar compará-los. Percebam:

BARCELONA

Valdes, Puyol, Piquè, Touré e Keita (Sylvinho); Xavi, Busquets e Iniesta; Messi, Eto’o e Henry

MANCHESTER UNITED

Van der Sar, O’Shea, Ferdinand, Vidic e Evra; Carrick e Anderson; Cristiano Ronaldo, Giggs e Park; Rooney

Valdes x Van der Sar
0 x 1 – 100% mais seguro. O holandês decidiu a Liga dos Campeões no ano passado.

Puyol x O’Shea
1 x 1 – Dois defensores natos em uma disputa feia decidida por pouco.

Piqué x Ferdinand
1 x 2 – Hoje o inglês talvez seja o melhor do mundo em sua posição.

Touré x Vidic
1 x 3 – Pelo menos não está improvisado.

Keita (Sylvinho) x Evra
1 x 4 – O francês é melhor do que qualquer opção do Barça.

Xavi x Carrick
2 x 4 – Ambos marcam bem, mas o espanhol cria bem mais.

Busquets x Anderson
2 x 5 – Disputa fraca, mas o brasileiro tem mais experiência pelo menos.

Iniesta x Park
3 x 5 – Mais um meia espanhol em excelente fase.

Messi x Cristiano Ronaldo
3 x 6 – O português já ganhou até em enquete realizada aqui no Opiniões em Campo.

Henry x Giggs
4 x 6 – O francês volta de contusão, o que pode atrapalhar, mas hoje tem mais bola para mostrar.

Eto’o x Rooney
4 x 7 – O camaronês caiu muito de produção no final desta temporada.

Fica evidente que os desfalques do Barcelona, principalmente na defesa, atrapalham bastante.

Meu palpite realmente é que o Manchester United vencerá. Mas o mais importante é que tudo aconteça em um jogo à altura da expectativa criada até agora.

Leia também: “Um contra Um” entre Cruzeiro e São Paulo, que também se enfrentam nesta quarta feira.

Read Full Post »

NO SEU TIME

Pela primeira vez uma enquete do Opiniões em Campo foi decidida com unanimidade, o que me surpreendeu muito.

Imaginava que a ótima fase recente de Maicosuel equilibraria a disputa, mas Juan ficou com 100% dos votos e foi considerado melhor do que o meia do Botafogo HOJE. Mesmo após aquele lance ridículo na final da Taça Rio.

A surpresa fica por conta apenas da unanimidade. Realmente Juan ainda é um jogador mais completo e confiável do que Maicosuel.

Nova enquete
Manchester United e Barcelona farão um dos melhores jogos do ano, talvez do século, não tenho dúvidas disso.

No meio de todo este brilho, dois craques se destacam: Messi e Cristiano Ronaldo farão um duelo para ver quem é mais decisivo.

Auxiliados por Xavi, Iniesta, Rooney, Giggs e tantou outros, eles farão um duelo espetacular. Mas, antes disto, esta disputa vai acontecer aqui no Opiniões em Campo. Basta responder na enquete ao lado: no seu time, HOJE, quem você escolheria primeiro: Cristiano Ronaldo ou Messi?

Read Full Post »

TABELINHA

Na tarde desta segunda-feira o Botafogo confirmou que Maicosuel, lesionado, não poderá jogar a final do Campeonato Carioca contra o Flamengo.

O meia foi o principal jogador do time na competição. Agora, sem ele, o alvinegro perceberá o que já tinha sido alardeado por aqui: falta elenco para o time de Ney Franco.

O substituto de Maicosuel é fraquíssimo: Trata-se daquele  Renato, ex-Atlético-Mg, Corinthians e Vasco. Ele entrou já contra o Flamengo e ouvi comentários de que estaria desligado, fora de ritmo e tudo mais. Complicado!

Que sirva de lição pelo menos para o Brasileirão: do jeito que o Botafogo está, um simples desfalque pode atrapalhar todos planos por falta de opções no banco. Afinal, agora o Flamengo virou  favorito para o título do Campeonato Carioca

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

“Ronaldo simplifica, apresenta uma tranquilidade absurda, que pode ser confundida. Parece que os adversários não querem tocá-lo. O problema é que não conseguem”
por Paulo Calçade

“Seu gol foi algo de genial, de um talento absurdo, ou melhor, foi uma pintura e não é por acaso que seu apelido é Fenômeno”
por Benjamin Back

“Quando ele resolve… ele decide… O que ele fez hoje foi inacreditável”
por Lédio Carmona

Alberto Helena Jr. o chamou de “gênio”. Maurício Teixeira o classificou como “muito acima da média de sua geração”. Vítor Birner brincou até de compará-lo com Pelé. Todos estes, junto com os três acima, estão corretíssimos. Não dá para deixar de louvar Ronaldo após este domingo.

Mas não consegui deixar de pensar em um contraponto para tudo isso: O que seria do Corinthians sem Ronaldo?

É óbvio para todos que o time mudou com a chegada do Fenômeno. Afinal, depender de Souza para fazer gols não é nada agradável.

E o problema é exatamente este: Ronaldo ainda não é confiável fisicamente. Quando ele não puder jogar, o Corinthians sentirá muita falta por não ter um reserva com o mínimo de competência.

O quanto isso deve atrapalhar só as pernas de Ronaldo e os exames dos médicos podem dizer. Mas é um alerta claro para a torcida e os comentaristas conterem a empolgação.

Read Full Post »

Older Posts »