Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Fiorentina’

Não faltam jeitos de tentar explicar a elminação vergonhosa da Itália na Copa do Mundo de 2010. Concordo com quase tudo que foi escrito… O óbvio é acusar Marcello Lippi pelo fracasso. O próprio técnico admitiu toda a culpa após o jogo.

Como Lédio Carmona escreveu, Lippi “apostou no que não tinha mais futuro” desde a convocação. Pior: durante o jogo, ficaram evidentes falhas táticas na defesa, como bem enxergou Vitor Birner. E as mudanças também falharam, pois “não fizeram a equipe jogar de forma ofensiva”, como observou PVC.

Algumas análises foram mais simplistas e diretas ao ponto, mas nem por isso menos verdadeiras: “na verdade, esse time italiano é muito fraco”, resumiu Alberto Helena Jr. Outros foram mais longe: “o fracasso da Itália reflete o que o país é hoje no futebol”, comentou Cassiano Gobbet acertadamente. Teve até quem dissesse que a Itália não é uma “seleção grande”, como Caio Maia – neste caso eu discordo, claro.

Itália do futuro
Se só pode sentir vergonha do seu presente, por outro lado, a Itália tem como esperar algo do seu futuro. Diferentemente do que escreveu Lédio Carmona, não creio que o futebol italiano está “sem renovação e sem sinais da mesma”. O cenário não é tão devastador assim.

Cesare Prandelli é quem vai assumir a Azzurra a partir de agora (aliás, foi outro erro anunciar sua contratação antes da Copa começar). Trata-se de um técnico de qualidade, que vinha comandando a Fiorentina com pulso e talento, e que terá pilares interessantes para convocar a Itália daqui pra fente.

Como goleiro, ele provavelmente ainda terá Buffon, que hoje tem 32 anos e ainda pode suportar 4 anos em bom nível. Na defesa contará com Chiellini, que se salvou na Copa, para ser a voz da experiência. Bonucci, Ranocchia e Bocchetti são zagueiros com menos de 23 anos que devem evoluir. Pelas laterais, eu apostaria em Santon e insistiria em Criscito.

O setor de meio-campo tem um problema maior. De Rossi poderia ser o grande nome, mas falhou contra a Eslováquia e pode ser queimado. Marchisio também decepcionou. Por outro lado, Montolivo correspondeu. Aqueles que podem surgir para o futuro são Candreva e talvez Giovinco.

No ataque, Prandelli pode dar um jeito de contar com os problemáticos Cassano e Balotelli, dar mais chances para Giuseppe Rossi, além de continuar a usar os já rodados Pazzini e Quagliarella.

Fica evidente que falta um grande craque, mas também é preciso não esquecer que novas revelações devem surgir ao longo dos próximos quatro anos. O futebol italiano não pode ser rebaixado por causa de uma Copa vergonhosa. O Brasil é logo ali! Com certeza a Copa de 2014 será melhor que a de 2010. Até porque pra ser pior…

Anúncios

Read Full Post »

Já virou rotina na atual temporada do Milan: Ronaldinho Gaúcho acerta seguidas assistências para Alexandre Pato decidir jogos e mais jogos para o time. Foi assim nesta quarta, por exemplo, contra a Fiorentina.

Esse cenário só traz alívio para Leonardo enquanto gera dor de cabeça para outro técnico, Dunga, o comandante da Seleção Brasileira. Como ele vai fazer pra justificar a ausência de ambos na Copa do Mundo?

É realmente uma pena que Ronaldinho e Pato fiquem fora da Seleção na África, mas é isso que deve acontecer. E há uma explicação simples para isso: nenhum dos dois aproveitaram bem suas chances com a amarelinha.

Enquanto Ronaldinho tem o filme queimado na Seleção desde a Copa do Mundo de 2006, Pato só tem perdido espaço desde os vários jogos ruins feitos durante a Olimpíada de 2008, em Pequim.

Por outro lado, Robinho, Nilmar e Júlio Baptista, mesmo sem tanto sucesso em seus clubes, jogaram bem sob o comando de Dunga e hoje os três têm o passaporte carimbado para a África do Sul. É esse o raciocínio de Dunga. É essa sua justificativa. Sabem o que é pior? Faz algum sentido.

Não dá pra questionar a coerência de Dunga. O que dá pra criticar é o seu critério. Mas isso cada um tem o seu. Só dá pra respeitar a decisão dele, infelizmente. Respeitar e lamentar.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Fiorentina – Nani (M-Manchester United) – Só fortaleceria ainda mais um time em alta e que pode surpreender mais se fizer boas contratações como essa.

Inter de Milão – Gerrard (M-Liverpool) – É a peça que falta para deixar o time mais preparado para grandes jogos e conquistas de títulos maiores.

Manchester City – Ibrahimovic (A-Barcelona) – Não sei como o sueco entraria no time, mas sempre há espaço para um grande talento como esse.

Real Madrid – Alexandre Pato (A-Milan) – Seria mais uma boa opção ofensiva do time, tanto para jogar centralizado como mais aberto pela direita.

Real Madrid – Fàbregas (M-Arsenal) – Teria que jogar mais recuado e brilharia menos do que no Arsenal, mas com certeza levaria o time para outro nível.

Real Madrid – Vidic (Z-Manchester United) – É um dos melhores zagueiros do mundo sem dúvidas, então seria ótimo para os merengues.

TANTO FAZ…

Arsenal – Higuaín (A-Real Madrid) – Enquanto Van Persie está lesionado, ele joga. Depois será mais difícil encaixá-lo e suas características não combinam com as do time.

Inter de Milão – Júlio Baptista (M-Roma) – Seria só uma opção interessante no banco de reservas de José Mourinho.

Inter de Milão – Kolarov (LE-Lazio) – O time precisa mesmo de um lateral como ele, mas ainda é uma aposta para um time grande como a Inter.

Liverpool – Maxi Rodriguez (M-Atlético de Madrid) – Não seria a solução do time, mas é um bom começo pra reformular o elenco.

Manchester United – Bruno Alves (Z-Porto) – Não é melhor do que os atuais titulares do time. Seria um bom reserva e só.

Milan – Cassano (A-Sampdoria) – Não dá pra contestar o seu futebol, mas é obrigatório desconfiar de seu temperamento explosivo.

Milan – Krasic (M-CSKA Moscou) – Tem se destacado na Rússia, mas jogar na Itália é diferente e seria arriscado acreditar que ele daria certo rapidamente.

CAI FORA!

Juventus – Ledesma
(V-Lazio) – O time realmente precisa de um volante, mas o argentino não é o nome ideal para melhorar a situação do time.

Juventus – Guti (V-Real Madrid) – Não é à toa que o espanhol tem tido poucas chances em um Real Madrid melhorado e com boas opções.

Liverpool – Van Nistelrooy (A-Real Madrid) – Praticamente não joga há muito tempo e o time precisa de soluções mais rápidas e confiáveis.

Manchester City – Verón (M-Estudiantes) – O veterano funciona bem na Argentina porque o time gira em torno dele. Isso seria diferente na Inglaterra, ainda mais em um time com tantas opções para sua posição.

Milan – Diamanti (A-West Ham) – Tem tido um bom começo de temporada realmente, mas ainda não está credenciado para voltar com moral ao futebol italiano.

NÃO ENXERGAM?

Aaron Lennon (M-Tottenham) – A velocidade e a habilidade do meia inglês poderia ser fundamental na maioria dos times europeus.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Manchester United – Frey (G-Fiorentina) – O time precisa se mexer logo para encontrar o substituto de Van Der Saar e essa é uma ótima opção.

TANTO FAZ…

Arsenal – Bojan Krkic (A-Barcelona) – Surgiu como grande promessa, tem talento, mas ainda precisa evoluir para corresponder às expectativas.

Inter de Milão – Luca Toni (A-Bayern) – Só teria espaço como titular enquanto Eto’o estiver disputando a Copa das Nações Africanas.

Real Madrid – David Luiz (Z-Benfica) – O brasileiro tem se destacado em Portugal e pode se encaixar bem nos merengues, mas é preciso cautela.

CAI FORA!

Fiorentina – Taddei (M-Roma) – O brasileiro evoluiu na Itália, é verdade, mas ainda é pouco para ser visto como grande reforço de um time que já está tão bem montado e em boa fase.

Lazio – Maxi López (A-Grêmio) – É bom, mas não é a solução. O time precisa de jogadores melhores para sair da péssima situação em que está.

Manchester City – Balotelli (A-Inter de Milão) – Também é bom jogador, mas o time não precisa de atacantes, ainda mais um tão polêmico como esse.

Real Madrid – Ivanovic (LD-Chelsea) – Não costuma jogar como zagueiro no Chelsea e é fraco quando ataca pela lateral.

NÃO ENXERGAM?

Marek Hamšík (M-Napoli) – O jovem eslovaco tem colecionado boas atuações no Campeonato Italiano e pode ser uma das boas surpresas da Copa. Algum time grande da Europa poderia antecipar tudo isso e contratá-lo.

Read Full Post »

Header Eu sou

Prazer, eu sou o segundo melhor jogador jovem do futebol internacional atualmente. Pelo menos foi isso que mostrou a eleição do Golden Boy 2009, prêmio do jornal italiano “Tuttosport”, em que o Alexandre Pato saiu como vencedor. Aliás, apesar de ser montenegrino, é aqui na Itália que eu tenho brilhado na atual temporada, com a camisa da Fiorentina.

Tenho marcado gols, sempre com habilidade, inteligência e velocidade. Atuo como um meia-atacante e também facilito a vida do centroavante Gilardino quando me desloco pelas pontas para fazer assistências.

Tudo isso começou quando eu fui um dos destaques do Campeonato Europeu sub-17, em 2006. Com a camisa da antiga Sérvia e Montenegro, eu passei a chamar a atenção de vários times. Eu jogava no Partizan, também tive boas atuações durante a Copa UEFA 2007/2008, fui comprado pela Fiorentina por 8 milhões de euros e agora há quem diga que meu futuro é no Manchester United ou no Real Madrid.

Enquanto isso, no presente, prefiro pensar na campanha surpreendente que a Fiorentina tem feito e que ainda pode ir longe. O meu time superou os gigantes Lyon e Liverpool na fase de grupos, eliminando o time inglês da competição. É claro que eu tenho culpa por isso e espero ir ainda mais longe.

Prazer, eu sou Steven Jovetic
e é melhor você prestar atenção no meu futebol na Itália e principalmente na Liga dos Campeões.

Hoje a camisa é roxa. Amanhã pode ser vermelha. Ou branca...

Read Full Post »

O Liverpool não ganha um Campeonato Inglês desde 1990. Isso significa que o time ainda não conquistou sequer uma Premier League, competição estabelecida em 1992 para definir o campeão nacional na Inglaterra. É um jejum terrível para os Reds.

Apesar disso, o time foi campeão da Liga dos Campeões em 2005 e tem feitos boas campanhas nos últimos anos nesse campeonato continental. Esse é o grande mérito de Rafa Benítez, técnico do time há 5 anos. O problema dele é que agora esse crédito acabou.

O time foi eliminado na primeira fase da Liga de 2009/2010 em um grupo com adversários mais modestos – Fiorentina e Lyon. O título inglês também está distante, já que o Chelsea é o favorito absoluto atualmente. Será que não é a hora de mudar de técnico?

Muitos vão dizer que a culpa não é dele, já que o time é realmente fraco. Concordo em partes, mas é preciso lembrar que Benítez tem muita responsabilidade na montagem desse elenco tão deficiente. Foi ele que, muitas vezes, indicou ou aprovou tantos jogadores medianos que recheiam o time, como Riera, Benayoun, Babel, N’gog e outros.

Outra justificativa que pode surgir vem por causa do excesso de lesões nesse começo de temporada. Dos essenciais Fernando Torres e Gerrard aos bons coadjuvantes Fábio Aurelio, Aquilani e Glen Johnson, todos se machucaram recentemente. O que só prova o que foi dito acima: as peças de reposição deveriam ter sido melhor indicadas pelo técnico.

Rafa Benítez não é um mau treinador. Longe disso. Só deveria entender que já fez o que pôde pelo Liverpool. E não foi pouco, vale lembrar. Só que a diretoria já garantiu que ele vai ficar. Uma pena.

Era a hora do time começar a se preparar para 2010. A disputa na Liga Europa deveria ser esquecida e assim o time começaria um planejamento para pelo menos acabar com o incômodo jejum em seus territórios. Será que Benítez é o homem certo para comandar isso? Não acredito.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Barcelona – Rooney (A-Manchester United) – Talvez encontrasse dificuldade para encaixar seu estilo de jogo com Messi e Ibrahimovic no time, mas os 3 são ótimos e se entenderiam com o tempo.

Liverpool – Carlton Cole (A-West Ham) – O time precisa fazer contratações urgentemente e uma nova opção de velocidade para o setor ofensivo seria ótima.

Manchester City – Yaya Touré (V-Barcelona) – Faria uma dupla excelente com Gareth Barry no meio-campo do time inglês.

Manchester United – Jovetic (A-Fiorentina) – Talvez não chegaria para ser titular, mas o montenegrino fez um ótimo começo de temporada na Itália e já merece a chance de jogar em um clube maior.

TANTO FAZ…

Barcelona – Gregory Van der Wiel (LD-Ajax) – Não dá mais pra jogar com Puyol improvisado quando Dani Alves está fora do time. O elenco dos catalões precisa melhorar e esse seria um bom começo.

Manchester United – Di María (M-Benfica) – O argentino ainda é irregular, mas tem velocidade e habilidade para dar trabalho até no Campeonato Inglês.

CAI FORA!

Inter de Milão – Guti (V-Real Madrid) – Os Nerazzurri têm pelo menos 6 jogadores melhores. Ou seja, não precisa dele nem pra compôr o elenco.

Juventus – Zabaleta (LD-Manchester City) – Só os torcedores do time inglês vão comemorar se esse negócio realmente acontecer.

Manchester City – Ronaldinho Gaúcho (A-Milan) – O brasileiro ainda está se recuperando na Itália e o time não precisa de mais um atacante que jogue aberto pelas pontas.

NÃO ENXERGAM?

Rodallega (A – Wigan) – Já foi comparado a Drogba e, apesar do exagero evidente, tem características parecidas com as do marfinense. O colombiano pode ser uma boa opção para times grandes.

Leia também

Read Full Post »

Older Posts »