Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Grêmio-SP’

O ORGULHO DA TORCIDA

Flamengo – Finalmente o time venceu um jogo importante, praticamente colocando o Guarani na Série B de 2011 e ficando bem longe do risco de rebaixamento.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Corinthians – Mais uma vez em um jogo polêmico, o agora vice-líder do Brasileirão sentiu a falta de Ronaldo, caiu de produção e poderia até ter saído com uma derrota de Salvador.

TROFÉU HERÓI

Neymar – Impressionou mais uma vez ao marcar três gols, decidir a vitória do Santos e decretar de vez o rebaixamento do Goiás.

TROFÉU VILÃO

Xandão e Richarlyson – Foram expulsos de maneiras patéticas contra o Fluminense, tornando fácil a vida do novo líder do Brasileirão.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Muriel – Fechou o gol no jogo contra o Botafogo e de quarto reserva pode até virar titular do Inter no Mundial de Clubes.

VALEU O INGRESSO

Renato Augusto – O jovem volante do Vasco acertou um chute cruzado impressionante na derrota do Vasco para o Cruzeiro.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Grêmio 3 x 1 Atlético-PR – A briga quente por uma possível vaga na próxima Copa da Libertadores proporcionou um jogo animado, de técnica razoável e, como não poderia deixar de ser, com polêmica. Valeu a pena!

Fico imaginando como o Brasileirão perderia se não existisse a possibilidade do G4…

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Ceará 1 x 1 Grêmio-SP – Os times jogaram para menos de mil torcedores e mostraram porque buscam poucos objetivos nessa reta final do Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

São Paulo – Carpegiani escalou o São Paulo sem volantes dessa vez. Para 2011 ele precisa rever esse seu conceito de ofensividade exagerada, que é preocupante para um time que corre o risco de perdeu seu principal zagueiro, Miranda, no começo do ano que vem.

DETALHE DO TÉCNICO

Vágner Benazzi – O técnico do Avaí acertou em cheio ao arriscar na substituição do volante Rudnei pelo meia Jéferson, que fez dois gols na vitória do Avaí contra o Atlético-GO.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-PR prejudicado – Sálvio Spíndola enxergou um pênalti inexistente a favor do Grêmio, que foi convertido por Douglas e decidiu o jogo.

E a rodada não parou por aí nos erros de arbitragem, como de praxe.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Internacional e Santos – Dois times que pouco se preocupam no Brasileirão venceram seus jogos e quebraram a cara de gente que os considerava os adversários mais fáceis dessa reta final, como eu mesmo.

PAPO RETO

Palmeiras,

E agora?

E se o Goiás te eliminar da Copa Sul-Americana? Vai voltar a jogar com os titulares no Brasileirão ou os reservas entrarão em campo mesmo assim para possivelmente prejudicar o rival Corinthians?

ACRÉSCIMOS

Torcidas unidas – Acho graça de ver o torcedor do São Paulo torcer para a vitória do Fluminense para o seu time. Futebol é feito disso também.

Mas é fato que a CBF precisaria pensar em algo para evitar situações desse tipo em campeonatos futuros. Mas é melhor não esperar por qualquer atitude dessa entidade para isso…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Fluminense – Com todas suas dificuldades já conhecidas e suas limitações já escancaradas, conseguiu uma difícil vitória no clássico contra o Vasco e se manteve na liderança do Brasileirão 2010.

Quando Corinthians e Cruzeiro venceram, jogaram uma pressão enorme para o time de Muricy Ramalho, que dessa vez reagiu bem e permaneceu na briga pelo título, mesmo sendo o mais fraco dos três candidatos.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

São Paulo – Saiu extremamente decepcionado pela derrota no clássico diante do Corinthians, que mostrou como o time de Carpegiani tinha sonhado alto demais após alguns poucos bons resultados.

Dessa forma, deixou o rival se empolgar e manter a boa fase, em arrancada que parece ser a mais segura rumo ao título.

TROFÉU HERÓI

Neymar – A estrela do Santos brilhou no aguardado reencontro com Dorival Júnior. Fez dois gols e assim impediu a derrota do Santos contra o Atlético-MG.

TROFÉU VILÃO

Heleno – O volante do Ceará foi foi expulso por uma entrada violenta em André Lima e facilitou a vida do Grêmio, que conseguiu uma impressionante goleada por 5 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Leandro Damião – O centrovante fez um dos gols do Inter no empate contra o Atlético-GO e, mais do que isso, tem mostrado que pode ser o centroavante do Colorado no Mundial de Clubes, em dezembro.

VALEU O INGRESSO

Douglas – Não concordo com sua convocação para a Seleção Brasileira, mas é preciso admitir que ele está jogando demais. Dessa vez marcou até um golaço em cobrança de falta…

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Atlético-MG 2 x 2 Santos – Com os clássicos pouco empolgantes da rodada, o duelo entre alvinegros foi o jogo mais emocionante da rodada, ainda mais tendo sido completado por algumas boas atuações individuais e indefinição até o final da partida.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Palmeiras 1 x 0 Guarani – Felipão escalou reservas para poupar seu elenco, focado na Copa Sul-Americana, e o Bugre não conseguiu se aproveitar disso em um jogo no qual os dois times pareciam estar com a cabeça em outro lugar, em outra competição, em outro mundo…

DETALHE TÁTICO

Cruzeiro no 3-6-1 – Cuca tirou o centroavante, escalou um zagueiro e assim conseguiu, com sustos, bater o Vitória e seguir na luta pelo título. Porém, parece uma tática arriscada para os próximos jogos.

DETALHE DO TÉCNICO

Marcelo Martelotte – Tirou o volante Rodrigo Possebon para colocar o centroavante Marcel, que participou do 2º gol do Santos e evitou a derrota do time contra o Atlético-MG.

O FUTEBOL É INJUSTO

Vasco merecia mais – Mesmo sem objetivos no Brasileirão, o time cruzmaltino fez um bom jogo contra o Fluminense e na verdade merecia conseguir pelo menos um empate.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio-SP – É outro time de poucos objetivos no campeonato, mas ainda assim conseguiu superar o Goiás, que confirmou tudo que já tinha sido decretado aqui depois da última rodada: o time de Jorginho vai disputar a Série B de 2011.

PAPO RETO

Botafogo,

Eu avisei que não era recomendável se empolgar tanto.

Brigar pelo título é improvável. Mas, caso o time faça mais do que fez contra o Avaí, pode se classificar para a próxima Copa Libertadores. Ainda que uma aposta no Grêmio seja mais certeira. E isso apenas no caso de um time brasileiro não ser campeão da Sul-Americana, claro.

ACRÉSCIMOS

Corinthians x Cruzeiro – Mais uma vez fica a grande expectativa para um duelo da próxima rodada. O jogo entre os dois postulantes ao título pode consagrar um deles ou até ajudar o Fluminense a disparar. Será decisivo.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Foi uma vitória suada, o time não jogou tão bem, mas nada disso importa em um clássico de tanta importância. A vitória contra o Palmeiras fez a festa da torcida no Pacaembu e recuperou o time da crise.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Em uma rodada de homenagens ao Pelé, o time da Vila não conseguiu segurar a vantagem que abriu de 2 a 0 contra o Grêmio-SP e sofreu a virada. Pior: não fez gol com dois a mais em campo. Que presente para o Rei!

TROFÉU HERÓI

Obina – Fez três gols no decisivo clássico contra o Cruzeiro, que finalmente tirou o Atlético-MG da zona de rebaixamento.

TROFÉU VILÃO

Ivan González – Fez o pênalti que deu o empate para o Fluminense e tirou uma vitória que seria espetacular para o Atlético-PR, pois colocaria o Furacão até em condições de sonhar com o título.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bernardo – Sofreu e converteu o pênalti que decidiu a vitória do Goiás contra um Avaí que parece não ter o menor poder de reação.

VALEU O INGRESSO

Diego Sacoman – O zagueiro ex-Corinthians acertou um chute inacreditável. Pela direita, ele arriscou com a perna esquerda e a bola entrou no ângulo. Foi um belo lance para simbolizar tudo que o Ceará jogou nessa partida contra o São Paulo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 3 x 4 Atlético-MG – Maior do que importância desse clássico foi a emoção que os mineiros sentiram ao vê-lo, com certeza. A ameaça de reação que a Raposa conseguiu no final quase foi concretizada. Se não fosse o pênalti perdido por Montillo…

Mas é bom lembrar que ainda tivemos outros bons jogos, como tem acontecido com freqüência nessa reta final do Brasileirão. Atlético-PR 2 x 2 Fluminense, Grêmio 2 x 2 Inter e Santos 2 x 3 Grêmio Prudente foram partidas empolgantes.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 1 Atlético-GO – Foi um jogo para os dois times perceberem que precisam jogar mais bola se quiserem fugir do rebaixamento.

DETALHE TÁTICO

Palmeiras – Assim como na Copa Sul-Americana, Felipão tem testado um 4-5-1 parecido com o da Seleção Brasileira na Copa do Mundo por ser torto: um meia mais recuado joga aberto pela direita (Tinga) e um atacante mais avançado fica aberto pela esquerda (Luan)

Caso esses dois ‘armadores’ laterais realmente ajudem o meia central (Valdívia ou Lincoln), pode dar certo. Caso contrário, acontece a repetição do filme do clássico contra o Corinthians.

DETALHE DO TÉCNICO

René Simões – O gol da vitória do Atlético-GO contra o Guarani foi construído após um belo passe de Renatinho para Marcão, que balançou as redes. Os dois jogadores foram colocados pelo técnico durante a partida.

O FUTEBOL É INJUSTO

Vitória merecia mais – A derrota para o Botafogo foi injusta, pois o time carioca santiu a pressão e o medo de sofrer outro empate, permitindo que o time baiano chegasse perto do gol no Engenhão. Foi por pouco…

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio-SP – Foi mais do que surpreendente. Foi inacreditável. Até porque o Santos chegou a sair na frente, abrir vantagem e depois sofreu a virada. Foi uma reação impressionante de um time que ainda acredita em uma reação. Mas só eles acreditam mesmo…

PAPO RETO

Atlético-MG,

Pode comemorar sim!

Aposto que você está livre do rebaixamento. A troca de técnico aconteceu no limite da hora certa e funcionou. Dorival Júnior tem feito mais um bom trabalho e tem contado com a ajuda de muitos outros times que parecem querer a Série B em 2011. Vitória e Avai que o digam!

ACRÉSCIMOS

Rodada corintiana – É até curioso que o Corinthians seja o time mais beneficiado em uma rodada que os times homenagearam Pelé por seus 70 anos. O Rei sempre foi um carrasco do time paulista.

Mas é preciso ter calma e os corintianos têm pouco a comemorar por enquanto. Vários times já tiveram suas rodadas até agora e ninguém se firmou depois disso. Fato é que o Brasileirão só será decidido na última rodada mais uma vez!

Read Full Post »

O Brasileirão 2010 segue com uma incrível média de quase uma mudança de técnico por rodada. Marcelo Rospide, ex-Grêmio-SP, foi o último demitido – nem deveria ter sido contratado, claro. Agora o Flamengo tem indicado que Silas pode ser a próxima vítima dessa situação alarmante, na qual todos treinadores parecem interinos em seus cargos.

Elaborei uma lista das piores trocas de técnicos que aconteceram durante o Brasileirão. Não foi fácil, pois as opções negativas eram muitas. Pensei em usar o aproveitamento de pontos com cada técnico para fazer isso, mas creio que estatísticas são insuficientes para isso. É preciso levar em conta questões complexas dos contextos de cada caso. Com esses critérios e essas análises, fiz a lista abaixo:

11º) São Paulo – saiu Ricardo Gomes. Sérgio Baresi assumiu interinamente.
Realmente o time precisava muito de uma mudança de técnico, mas era algo que precisava ter sido melhor pensado. Baresi tem trazido novidades interessantes para o São Paulo, principalmente na revelação de jogadores, mas claramente ele não está pronto para ficar no cargo. E o pior: o Tricolor Paulista perdeu a chance de contratar Dorival Júnior.

10º) Vasco – saiu Celso Roth. PC Gusmão assumiu.
O time carioca não poderia ter perdido o técnico que depois virou campeão da Copa Libertadores. É claro que o trabalho de PC Gusmão também tem dado algum resultado, mas a equipe segue lutando contra o rebaixamento, sendo que poderia estar em uma situação melhor.

9º) Flamengo – Rogério Lourenço. Silas assumiu.
A crise enfrenta pelo Rubro-Negro atualmente é resultado de uma troca que foi justificada da pior maneira possível: Zico deixou claro que só fez isso por causa da torcida. Ora, se ele vai deixar os flamenguistas comandarem o time dessa maneira, é melhor pedir demissão e entregar seu cargo de uma vez.

8º) Vasco – Gaúcho saiu. Celso Roth assumiu.
É claro que Gaúcho não era o nome certo para comandar o Vasco no Brasileirão, mas os erros aqui foram outros: em primeiro lugar, o elenco do Vasco era muito fraco no começo da competição e não houve tempo para que os reforços estreassem sob o comando de Gaúcho. E a própria sucessão também foi um erro, como já comentado acima.

7º) Goiás – Leão saiu. Jorginho assumiu.
Difícil é saber o que foi pior: ter dado a chance para que Leão ficasse no cargo por tanto tempo ou contratar um técnico ainda inexperiente para consertar toda a bagunça que foi deixada. Jorginho chegou há pouco tempo e até conseguiu alguns poucos bons resultados, mas não deve fazer o time escapar do rebaixamento.

6º) Ceará – PC Gusmão saiu. Estevam Soares assumiu.
Aqui os resultados são implacáveis: com um técnico, o time estava organizado defensivamente e até estava no alto da tabela. Com outro treinador, já era esperada uma queda de rendimento, mas Estevam desorganizou o time, que já virou candidato ao rebaixamento novamente.

5º) Atlético-GO – Geninho saiu. Roberto Fernandes assumiu.

O time de Goiás tentou aproveitar a pausa para a Copa do Mundo e mudou seu treinador, mas rapidamente teve que admitir que fez a escolha errada: Roberto Fernandes ficou no cargo apenas por quatro rodadas, fazendo o time desperdiçar um bom período que teve para treinamentos.

4º) Grêmio-SP – Toninho Cecílio saiu. Antônio Carlos Zago assumiu.

Não era hora para uma aposta. E Zago por enquanto é apenas só isso. O time de Presidente Prudente errou demais ao substituir um técnico que, se não era o ideal, pelo menos estava conseguindo surpreender. Com a reposição mal feita, a entrada na zona do rebaixamento foi uma questão de tempo.

3º) Ceará – Estevam Soares saiu. Mário Sérgio assumiu.
Se tudo já tinha ficado ruim com a saída de PC Gusmão, imagine quando chegou um técnico que há anos só tem acumulado trabalhos ruins. Ele quis fazer uma grande reformulação no elenco, mas durou apenas um mês no cargo e só piorou a situação do Ceará.

2º) Grêmio-SP – Antônio Carlos Zago saiu. Marcelo Rospide assumiu.
Aqui é necessária a utilização dos números: 15 pontos foram disputados desde que essa mudança foi efetuada no time prudentino,  mas nenhum foi conquistado. Após cinco derrotas seguidas, Rospide pediu demissão e provou que nem deveria ter sido contratado.

1º) Vitória – Ricardo Silva saiu. Toninho Cecílio assumiu.
Não havia um motivo para a demissão de Ricardo Silva, que tinha levado o time à final da Copa do Brasil. Mesmo assim, a troca aconteceu e só serviu para piorar a situação do time baiano na tabela, com crises e derrotas vexatórias. Após 9 rodadas, Toninho foi demitido e a diretoria do Vitória admitiu seu erro ao voltar com Ricardo Silva no comando da equipe.

É claro que existem casos nos quais o resultado foi inverso: um novo técnico chegou e mudou para melhor a situação do time. Foi assim com Carpegiani no Atlético-PR, e com Renato Gaúcho no Grêmio, só para citar dois exemplos. Mas a cautela nesse tipo de decisão deve sempre prevalecer. O que não tem ocorrido de maneira nenhuma no Brasileirão 2010 ultimamente.

Que não só o Flamengo siga esse receita, mas Ceará, Santos, São Paulo e Avaí também tomem cuidado. Todos estão sem técnicos efetivados no momento e podem se complicar com essa importante decisão. Quem vai querer engrossar a lista acima?

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Vitória – Bateu o Avaí por 3 a 0 e mostrou que, com Ricardo Silva no comando técnico de volta, pode se livrar do rebaixamento com mais tranquilidade.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Goiás – Perdeu até para o Atlético-GO e segue comprovando que a escolha por Jorginho foi extremamente arriscada. O rebaixamento etá cada vez mais nítido.

TROFÉU HERÓI

Jucilei e Elias – É impressionante o que essa dupla tem feito pelo Corinthians. Difícil é dissociá-los e eleger quem está melhor no Brasileirão 2010. Foram fundamentais em todos sentidos na vitória por 3 a 2 contra o Santos.

TROFÉU VILÃO

Fábio Costa – Sua enésima falha em um gol de Carlinhos abriu espaço para a goleada do Fluminense, que resultou na esperada demissão de Vanderlei Luxemburgo.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Elkeson – O meia-atacante do Vitória fez um belo gol e, mesmo jogando mais recuado às vezes, foi importante no jogo contra o Avaí. É uma da boas revelações desse Brasileirão 2010.

VALEU O INGRESSO

Carlinhos – Coroou sua excelente atuação com um gol de velocidade e habilidade na goleada contra o Atlético-MG.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Santos 2 x 3 Corinthians – Foi uma partida cheia de reviravoltas, bons duelos táticos e interessantes destaques individuais. E praticamente excluiu mais um candidato ao título. Que jogo!

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Grêmio-SP 0 x 1 Palmeiras – Juntos, os times tiveram apenas duas chances de gol no 1º tempo. É claro que não melhorou muito na 2ª etapa, fazendo o jogo ser um dos mais entediantes desse Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

Goiás no 4-3-3 – Jorginho apostou em um estilo ofensivo para enfrentar o Atlético-GO, mas deixou a equipe toda torta e bagunçada em campo. Resultado: derrota por 3 a 1 que só gera mais preocupações no Esmeraldino.

DETALHE DO TÉCNICO

Sergio Baresi – Promoveu a entrada de Ricardo Oliveira no 2º tempo e, em um lance de oportunismo, o atacante decretou a vitória apertada do São Paulo contra o Guarani.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santos prejudicado – Houve um impedimento no lance decisivo do clássico contra o Corinthians. É um lance que precisa ser registrado, mas não dá para condenar o árbitro ou seu assistente pelo engano.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Flamengo – Não imaginava que o Flamengo arrancasse sequer um empate contra o Grêmio, no Olímpico. Ainda mais com gols de Kléberson e Petkovic

PAPO RETO

Luxemburgo,

Fica tranquilo.

Você caiu fora, mas deixou seu tão falado “projeto” de colocar o Galo na Série B bem encaminhado.

ACRÉSCIMOS

Atlético-PR – Estou realmente surpreso com a campanha do Furacão.

Era uma das minhas apostas para o rebaixamento, mas, com um táticas simples e jovens jogadores, o time está perto de chegar até no G3. Não confio que irá tão longe, mas não duvido mais do Atlético-PR.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – Mesmo sem um futebol tão convincente, conseguiu uma vitória no clássico contra o Palmeiras e afastou uma crise que parecia voltar.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Teve um jogador a mais que o Vitória desde a metade do primeiro tempo, quando perdia por 2 a 0. Até conseguiu empatar, mas sofreu um gol depois e pagou mico em casa.

TROFÉU HERÓI

Rodriguinho – Fez dois gols contra o Flamengo e evitou que o Fluminense perdesse um clássico no dia que perdeu a liderança do Brasileirão para o Corinthians. Sem ele, os problemas do Tricolor Carioca seriam ainda maiores.

TROFÉU VILÃO

Harlei – Sofreu um frango e, apesar do Goiás ter empatado o jogo, seu erro foi cruel para um time que precisava demais da vitória contra o Ceará.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Marcelinho, o agora chamado Lucas – Impressionou a forma como ele chamou a responsabilidade no 2º tempo do clássico entre São Paulo e Palmeiras, fazendo um gol e uma assistência.

Tiro o chapéu para ele. Só não me peçam para me acostumar rapidamente com essa sua boba mudança de nome.

VALEU O INGRESSO

Elias – A tabela perfeita dentro da área, com direito a um passe de calcanhar, foi perfeito e com certeza é um lance raro de se ver. Por isso foi o escolhido.

Mas sobraram golaços como poucas vezes nesse Brasileirão: Renato Abreu, Daniel Carvalho, Rodriguinho, Jonas, Alessandro, Montillo e Wellington Monteiro fizeram bonitas pinturas em campo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Flamengo 3 x 3 Fluminense – O grande clássico do Rio de Janeiro foi cheio de gols e  emoção, como costuma acontecer nos Fla-Flus.

Ficaram evidentes os problemas defensivos dos dois times, mas o importante é que isso porporcionou um belo espetáculo no Engenhão.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 0 Santos – Não foi um jogo com grandes oportunidades de gol e o pior é que o resultado não foi bom para nenhuma das equipes.

DETALHE TÁTICO

3-5-2 do Avaí – Antônio Lopes testou essa tática nos dois últimos jogos do time, saindo com um empate fraco contra o Vitória e uma derrota terrível, em casa, contra o Grêmio.

É melhor o Delegado repensar essa mudança.

DETALHE DO TÉCNICO

Ricardo Silva – Teve coragem de manter o Vitória em campo com um centroavante e fez bem ao trocar Júnior por Schwenck, que deu a assistência para o gol decisivo de Henrique na vitória por 3 a 2 contra o Galo.

O FUTEBOL É INJUSTO

Vasco merecia mais – O Inter até foi bem ao resistir à pressão do adversário, mas a verdade é que o time carioca jogou melhor e poderia tranquilamente ter voltado com pontos de Porto Alegre.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio – Após vacilar em casa, não dava para imaginar que o time gaúcho reagiria tão bem. Pois bateu o Avaí por 3 a 0 em plena Ressacada, mostrou um futebol bonito e ressurgiu no Brasileirão.

PAPO RETO

Atlético-GO e Grêmio-SP,

Vocês já estão rebaixados.

É incrível como, mesmo tão cedo, está cada vez mais claro o quanto vocês são inferiores aos outros times do Brasileirão. Tomem cuidados apenas para não passarem tanta vergonha. A Série B de 2011 os espera!

ACRÉSCIMOS

Felipão e Luxemburgo – É curioso notar como esses dois técnicos, que até outro dia eram os melhores do Brasil, têm errado constantemente.

O técnico do Palmeiras inventou Márcio Araújo como ala-direito no jogo contra o São Paulo. Já Luxa tentou jogar com Diego Tardelli e Obina, dois centroavantes. É claro que nada disso deu certo.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Goiás – Aplicou a principal goleada da rodada, jogando bem contra um Botafogo que tem surpreendido no Brasileirão, pelo menos por enquanto.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Grêmio – Em casa, perdeu para o Palmeiras por 2 a 1 e estragou a festa do próprio aniversário.

TROFÉU HERÓI

Jucilei – Teve uma atuação brilhante, destacada por todos, logo no principal jogo da rodada. Fez gol e foi decisivo para a vitória do Corinthians contra o Fluminense, por 2 a 1.

TROFÉU VILÃO

Neymar – Errou feio ao discutir com seu técnico e seus companheiros, fazendo com que a vitoria bonita do Santos fosse esquecida.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Diego Maurício – Fez um gol fundamental para a vitória do Flamengo contra o Grêmio-SP e acabou com o jejum dos atacantes do time carioca.

Mas outros jovens também foram bem na rodada, como Alan Patrick (Santos), Bernardo (Goiás), Wallyson e Rafael (ambos do Cruzeiro)

VALEU O INGRESSO

Jucilei – O passe de Elias foi perfeito e a domínio no peito foi feito de uma maneira que poucos conseguiriam. A importância do gol só o deixa mais bonito.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 4 x 2 Guarani – O normal seria uma vitória tranquila do Cruzeiro após a expulsão de Mazola.

Mas o time mineiro se complicou, o goleiro Douglas, do Guarani, fez milagres e sobrou emoção em campo. O jovem arqueiro Rafael, do Cruzeiro, também teve que trabalhar e assim a vitória da Raposa foi confirmada, mas com sufoco.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Ceará 0 x 0 Vitória – Os times exibiram em campo o porquê de serem grandes candidatos ao rebaixamento no Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

Guarani no 3-5-2 – Pelas características do elenco, até é interessante a alternativa que Vágner Mancini experimentou no jogo contra o Cruzeiro.

Mas uma alteração radical na forma do time jogar, a essa altura do campeonato, pode fazer com que a boa campanha do Bugre seja estragada.

DETALHE DO TÉCNICO

René Simões – Perdeu em campo, mas compensou com tudo que ele disse sobre e para o Neymar. De fato René até pode ter exagerado em algo, mas alguém precisava ser duro de verdade com esse “monstro”.

O FUTEBOL É INJUSTO

Grêmio-SP prejudicado – Independentemente da polêmica expulsão de Adriano Pimenta, a vitória do Flamengo por 2 a 1 não refletiu o que aconteceu no Prudentão.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Inter – Conseguiu uma vitória imponente contra o São Paulo, no Morumbi, quando era esperado que o time paulista se recuperasse.

O Tricolor Paulista não podia ter se iludido com um pequeno bom momento que viveu recentemente. Eu avisei sobre isso aqui, na 20ª rodada.

PAPO RETO

Corinthians,

Calma!

Alguns discursos de seus jogadores foram excessivamente empolgados. A vitória contra o Fluminense foi importante, mas evidentemente não decidiu nada.

ACRÉSCIMOS

Alta média de gols e bons jogos – O balanço geral da rodada foi excelente. Tivemos pelo menos cinco bons jogos e 3,5 gols por jogo. O Brasileirão começa a empolgar…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Grêmio – O bom volante Willian Magrão, vestindo estranhamente a camisa 9, fez os dois gols do Tricolor Gaúcho na vitória contra o Goiás, resultado que tirou o time da zona de rebaixamento.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Grêmio-SP – O Vasco tem evoluído demais, é verdade, mas o time prudentino não pode parar de crescer assim e perder um jogo desses em casa.

TROFÉU HERÓI

Diego Tardelli – Em um jogo no qual o Atlético-MG ainda tomou algum sufoco do Guarani, o atacante do Galo fez dois gols e decidiu a partida.

TROFÉU VILÃO

Chicão – Foi vaiado pelos torcedores do Avaí por causa da sua passagem pelo Figueirense e parece que isso o afetou.

Jogou mal demais na Ressacada e até fez um gol contra.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bruno César – Apesar da derrota do Corinthians para o Avaí, ele assumiu a artilharia do Brasileirão 2010 e tem impressionado demais.

Mas a rodada foi repleta de jovens promissores que brilharam: Neuton (Grêmio), Casemiro (São Paulo), Henrique (Vitória, ex-São Paulo), Tinga e Fabrício (ambos do Palmeiras).

VALEU O INGRESSO

Zé Eduardo – Acertou um belo petardo cruzado, com a perna esquerda, apesar da derrota do Santos contra o Vitória.

Além dele, João Vitor (Grêmio-SP) fez outro gol bonito e a curiosidade ficou por conta de Ewerthon e Diego Tardelli, que fizeram gols extremamente bonitos, mas ilegais por pouco.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

São Paulo 2 x 2 Cruzeiro – Foi eletrizante do começo ao fim, teve boas atuações individuais e mostrou que os dois times ainda devem subir na tabela do Brasileirão 2010.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Palmeiras 2 x 0 Atlético-PR – Poucas oportunidades de gol foram criadas e a grande quantidade de erros de passe impressionou.

DETALHE TÁTICO

Grêmio no 3-6-1 – Renato Gaúcho nem bem chegou e já começou a implantar o esquema tática que gosta.

É praticamente o mesmo sistema que deu certo no Fluminense de 2008. Não gosto dessa tática e nem acho que ela é a ideal para time gaúcho, mas pode render novamente.

DETALHE DO TÉCNICO

Felipão – Tirou Luan e colocou Ewerthon, que deveria ter sido titular, e decretou a primeira vitória do técnico desde que ele voltou ao Palmeiras.

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará prejudicado – Mais uma vez o time nordestino foi injustiçado pela arbitragem. O pênalti em Willians, que decidiu o jogo contra o Flamengo, não existiu, mas o juiz Wagner Reway apitou.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Botafogo – Tenho que parar de me surpreender com os micos dos Atlético-GO, mas nesse jogo eu ainda imaginava que o Dragão conseguiria vencer em casa.

Mais surpreendente ainda é ver o time do Joel Santana no G4 do Brasileirão. Não deve ficar por muito tempo ali, mas tem superado as expectativas realmente.

PAPO RETO

Dorival Jr.,

A culpa não é sua, mas eu avisei aqui.

Logo depois do título da Copa do Brasil, ficou evidente que o Santos deveria se preocupar com seu futuro. Pelo jeito esse futuro chegou rápido e a derrota para o Vitória por 4 a 2 já foi um sinal disso.

ACRÉSCIMOS

Times goianos – Goiás e Atlético-GO ocupam as duas últimas posições na tabela do Brasileirão. E ainda tem o Vila Nova-GO fazendo uma campanha vergonhosa na Série B. É crise no estado!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Botafogo – Em casa, conseguiu uma vitória expressiva, por 3 a 0, contra um Atlético-MG que demora para se encontrar no Brasileirão 2010.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Ceará – Não conseguiu vencer sequer o Atlético-GO em casa.

Segue sem vitória desde a pausa para a Copa de 2010, está fazendo hora extra no G4 e não deve demorar a cair na tabela do Brasilerão.

TROFÉU HERÓI

Elias – Ninguém se destacou demais individualmente, mas vale o destaque para quem fez um golaço e decidiu o clássico contra o Flamengo, mesmo fazendo uma função que não é a ideal.

TROFÉU VILÃO

André Lima – De forma absurda, perdeu um gol que poderia ter dado pelo menos um empate para o Grêmio contra o Fluminense.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Mazola – Tem se destacado desde que o Brasileirão 2010 começou e já poderia ter aparecido nessa seção.

Agora corrijo a injustiça: contra o Avaí, ele fez gol e mostrou que o São Paulo pode pensar em aproveitá-lo em 2011 Passou da hora do Tricolor paulista dar mais espaço para seus bons talentos vindos das categorias de base.

VALEU O INGRESSO

Maikon Leite – Ganhou uma dividida, aplicou um belo drible e chutou muito forte, de esquerda, sem dar chances para Rogério Ceni sequer pular.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Guarani 4 x 1 Avaí – Foi uma goleada do Bugre, mas o jogo foi quente desde o começo e o Leão da Ressacada ainda desperdiçou um pênalti, que poderia ter colocado ainda mais fogo na partida.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 0 x 0 Grêmio-SP – Em um jogo sem tantas chances de gols e de pouca emoção, a marcação chata do time paulista anulou fácil a pouca criatividade da equipe de Cuca.

DETALHE TÁTICO

Atlético-MG – Não há time que aguente tantas invenções táticas.

Luxemburgo tem alterado jogo por jogo – e às vezes até durante as partidas – o sistema tático do Galo. Nessa rodada, ele tentou algo parecido com um 4-3-1-2, mas o ttime está claramente perdido.

DETALHE DO TÉCNICO

Émerson Leão – É outro técnico que tem errado demais nas escalações iniciais, mas dessa vez pelo menos foi bem ao colocar Otacílio Neto e Felipe em campo durante o jogo. Este segundo, aliás, nem deveria ser reserva do time.

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará merecia vencer – Pressionou demais o Atlético-GO e não conseguiu a vitória por pouco.

O empate por 0 a 0 resultou na apressada demissão de Estevem Soares, o que deve atrapalhar ainda mais a situação do time.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

São Paulo – Era esperado que a eliminação do time na Copa Libertadores e a saída de Ricardo Gomes fossem mais traumáticas.

Mas o time surpreendeu ao chegar perto da vitória inédita na Arena da Baixada, contra o Atlético-PR.

PAPO RETO

Felipão,

Valdívia não vai resolver tudo.

O que acontece com o Palmeiras? O time tem demorado demais a evoluir minimamente sob o seu comando. O elenco ainda parece fragilizado psicologicamente, pois tem complicado jogos fáceis. Além disso, tem tido uma postura defensiva exagerada. E agora, Felipão?

ACRÉSCIMOS

Silas demitido – Até acho que o Grêmio poderia ter tido mais paciência, mas de fato era um técnico que estava errando demais, principalmente taticamente.

O problema é a reposição para o Tricolor gaúcho. Mário Sérgio? Geninho? Renato Gaúcho? Nenhum dos técnicos especulados até agora agradam.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Fluminense – O Cruzeiro merecia pelo menos o empate, mas fato é que o Tricolor do Rio soube se defender e assumiu a liderança do Brasileirão 2010.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Após a derrota em casa para o Inter, a impressão é que nem as várias contratações feitas durante a Copa vão resolver e o time deve ficar mesmo no meio da tabela.

TROFÉU HERÓI

Márcio – Enfrentou um Chicão que estava sem segurança nenhuma para bater o pênalti. Defendeu a cobrança e empolgou o Atlético-GO para definir de vez a vitória contra o ex-líder Corinthians, com boa atuação de Pedro Paulo.

TROFÉU VILÃO

Leão – Técnicos não costumam aparecer nessa categoria, mas dessa vez é justo. Leão começou toda a confusão com a imprensa em Salvador e mostrou que não tem mais condições de ser treinador.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Jóbson – Foi titular no ataque do Botafogo e brilhou contra o Palmeiras de novo.

Só fica a ressalva por ter sido expulso no final do jogo por causa de uma provocação desnecessária.

VALEU O INGRESSO

Ernandes – Foi uma rodada cheia de golaços, mas o do lateral-esquerdo do Ceará impressionou. Ele deixou um adversário no chão antes de acertar um forte chute contra a meta do Guarani.

Pedro Paulo, Jonas e Marcos Assunção também fizeram belos gols.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Atlético-MG 1 x 2 Inter – Minutos antes do jogo começar, avisei no twitter que a expectativa para esse jogo era boa. E a partida correspondeu. Com duelos táticos interessantes e emoção de sobra, dois dos times que mais contrataram durante a Copa duelaram com técnica e disposição. Foi bonito de ver!

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Grêmio 1 x 1 Vasco – São times que estão na zona do rebaixamento atualmente e ainda foram atrapalhados pela forte chuva em Porto Alegre.

DETALHE TÁTICO

4-2-3-1 do Inter – A tática do Colorado foi tão interessante que rendeu mais do que poucas linhas aqui. Virou um post. Clique aqui para entender.

DETALHE DO TÉCNICO

Ricardo Silva – O técnico do Vitória apostou na dupla de ataque formada por Elkeson e Junior, mas tirou o primeiro para colocar Soares durante o 2º tempo.

O reserva nem entrou tão bem, mas fez o gol que empatou o jogo em 2 a 2 e salvou o time baiano de uma derrota em casa para o Goiás.

O FUTEBOL É INJUSTO

Grêmio prejudicado – No final do jogo contra o Vasco, Borges driblou Fernando Prass e chutou a bola, que iria para o gol se não fosse o toque de mão do zagueiro Titi.

Era o lance que provavelmente decidiria a partida, mas o péssimo Héber Roberto Lopes não viu o pênalti.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio-SP – Por pior que esteja a crise do São Paulo não é normal o time de Prudente ir ao Morumbi e arrancar um empate que quase virou vitória. Ricardo Gomes, se continuar como técnico, vai ter muito trabalho pela frente.

PAPO RETO

Santos e Vitória,

E a final da Copa do Brasil?

Vocês não voltaram nada bem depois da pausa para a Copa do Mundo, mas terão uma decisão pra fazer na próxima semana.Peixe, vai sofrer até quando sem concentração e sem um goleiro decente? Vitória, com os novos reforços, qual é o seu time ideal?

Difícil é imaginar quem vai ser menos pior na decisão…

ACRÉSCIMOS

Bola aérea do São Paulo – Uma jogada que até outro dia era uma arma fundamental para o Tricolor Paulista agora virou o ponto fraco na defesa do time. Mas não é difícil explicar as razões disso ter acontecido. Concorda, Ricardo Gomes?

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Avaí – Diante de seus torcedores, o Leão da Ressacada contou com as boas atuações de Caio e Roberto para bater o Palmeiras, mesmo com um a menos desde o 1º tempo.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Perdeu importante jogo para o Fluminense por 1 a 0 e ainda viu aumentarem os boatos sobre um possível ambiente ruim no elenco.

TROFÉU HERÓI

Bruno César – A revelação que já está virando realidade decidiu o jogo contra o Atlético-MG. Contou com a ajuda da sorte, é verdade, mas ele é talentoso e isso é o que importa.

TROFÉU VILÃO

Chico e Eli Sabiá – Foram expulsos contra o Vasco ainda no 1º tempo e acabaram com as chances do Atlético-PR no jogo. Até concordo que a atuação do árbitro Nielson Nogueira Dias também foi ruim, mas os jogadores também erraram feio.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Jonathan – O jovem atacante fez um gol e sofreu um pênalti na vitória do Vasco por 3 a 1 contra o Atlético-PR.

VALEU O INGRESSO

Jean – A tabela rápida com Marlos e o chute com a perna esquerda salvaram uma rodada pobre em lances bonitos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Avaí 4 x 2 Palmeiras – Não foi exatamente uma partida bonita, mas foi animada pela raça e briga que as duas equipes mostraram em campo.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Grêmio-SP 2 x 0 Grêmio – O duelo entre xarás deixou a desejar dessa vez, com um futebol fraco e jogadores pouco empolgados.

DETALHE TÁTICO

Grêmio-SP no 4-4-2 – O time de Toninho Cecílio tem jogado com dois meis bem abertos pelas pontas, praticamente com duas linhas de quatro, esquema tático pouco comum nessas terras.

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – Técnico colocou Alan em campo duarante o jogo, ele decidiu a vitória contra o Santos e mais uma vez mostrou que pode ser útil para o time.

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará foi prejudicado – Giuliano se jogou dentro da área, mas o árbitro Alicio Pena Júnior viu pênalti de Michel no lance. O gol fez diferença na vitória do Colorado por 2 a 1.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Guarani – O Botafogo está cheio de problemas, é verdade, mas não era esperado que ele teria tantas dificuldades com o Bugre a ponto de sair do Engenhão apenas com o empate por 1 a 1.

PAPO RETO

Vasco,

Não se iluda.

Você ainda precisa melhorar muito. A vitória tranquila contra o Atlético-PR só aconteceu por causa de fatos isolados, principalmente em erros. Tanto do adversário quanto da arbitragem.

ACRÉSCIMOS

Grêmio – A demissão de Silas já está desenhada. O ideal seria esperar, ter paciência, já que a equipe tende a crescer, mas é compreensível que a diretoria do time fique assustada com a entrada do time na zona do rebaixamento.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Santos – Mesmo desfalcado de alguns dos seus melhores jogadores, como Arouca, Neymar e Robinho, o Peixe contou com boa atuação de André e conseguiu golear o cada vez pior Vasco por 4 a 0.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Tudo bem que o Ceará realmente tem surpreendido com uma defesa forte, mas perder por 1 a 0 no Mineirão mostrou que os problemas do Galo não ficam apenas na defesa, como já comentado aqui no último Boletim BR.

TROFÉU HERÓI

Dagoberto – Teve uma tarde de artilheiro no Morumbi, fez três gols e garantiu a vitória importante do São Paulo contra o Grêmio.

TROFÉU VILÃO

Bruno – O goleiro do Fla errou no gol da vitória do Goiás ao espalmar a bola no pé do estreante Otacílio Neto.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Douglas – O lateral do Goiás já tinha ido bem no Brasileirão 2009 e agora começa a encontrar seu melhor futebol novamente. Foi essencial na vitória contra o Flamengo por 2 a 1.

VALEU O INGRESSO

Lincoln – Márcio Araújo acertou um belo cruzamento na cabeça de Ewerthon, que, de cabeça, ajeitou a bola para o meia acertar um voleio perfeito e fazer um golaço. Bonita tabela!

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Botafogo 2 x 2 Corinthians – O jogo foi animado, com polêmicas e belos lances. Além disso, a pressão corintiana no final, que resultou no gol de Paulo André, também deu emoção para a partida disputada no Egenhão.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani x Grêmio-SP – Foi um duelo cheio de erros de passes e poucas finalizações em que, mais uma vez, assim como contra o Vasco, o Bugre garantiu a vitória nos últimos minutos.

DETALHE TÁTICO

Flamengo no 3-5-2 – Rogério Lourenço tem insistido nessa tática desde que ficou sem Adriano no time. Se os alas jogarem bem, pode até dar certo. Mas talvez o ideal seja parar de insistir em Rogério Lourenço como técnico.

DETALHE DO TÉCNICO

Émerson Leão – É preciso admitir que o técnico foi extremamente feliz em suas substituições dessa vez.

Ele tirou, por exemplo, o meia Bernardo para colocar Hugo, que fez um gol e participou de outro contra o Flamengo. Otacílio Neto também saiu do banco de reservas para decidir a partida.

O FUTEBOL É INJUSTO

Inter merecia a vitória – A covardia do Palmeiras teria que ser punida.

O Colorado, mesmo sem técnico e sem jogadas bem preparadas, pressionou um adversário recuado durante a maior parte do jogo, teve várias oportunidades, mas parou na boa atuação do goleiro Deola e no azar dos seus atacantes.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Bateu o Atlético-MG e agora divide a liderança do Brasileirão 2010 com o Corinthians. Enquanto a Copa do Mundo não acabar, é nessa posição surpreendente que o Vovô estará.

PAPO RETO

Palmeiras e Inter,

E os seus técnicos? Cadê? O jogo entre vocês mostrou como ambos precisam de uma reformulação.

Palmeiras, você precisa de alguém que chegue indicando reforços e arrume o setor ofensivo.

Inter, você mostrou que tem elenco, já que Andrezinho e Taison entraram bem na partida, mas o técnico que você escolher terá muito trabalho pela frente mesmo assim. A equipe não tem nenhum padrão tático, problema causado pelas freqüentes mudanças comandadas por Fossati.

ACRÉSCIMOS

Atlético-MG – Ao final da derrota contra o Ceará, os torcedores do Galo vaiaram o time e gritaram os nomes de Jonílson e Correa, volantes que saíram do time recentemente.

Quer exemplo maior do desespero que a torcida tem sentido por causa da necessidade de reforços?

Read Full Post »

Older Posts »