Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Henrique’

Na verdade pouco importa o título do Brasil no Mundial sub-20. Como todos sabem, ou pelo menos deveriam, o importante em um time de base é o legado que ele deixa. Ou seja, a grande utilidade dessa seleção sub-20 seria ajudar na montagem do time que vai disputar a Olimpíada já em 2012, em Londres, em busca da medalha de ouro – essa sim uma conquista que seria importante, até por ser inédita.

O problema é que esse legado da seleção sub-20 não é tão grande. Apesar do título, o time não é tão forte e consistente. Tem problemas principalmente na defesa. Existem sim bons jogadores que até podem ir para a Olimpíada, mas provavelmente serão reservas.

A Seleção Brasileira sub-23 mais forte que imagino tem apenas um jogador da sub-20 como titular: Casemiro ou Danilo, como segundo volante. Contando que todos os principais jogadores conseguiriam a liberação com seus clubes, o que é difícil, a formação ideal seria essa: Rafael; Rafael da Silva, Breno, Manoel, Fábio da Silva; Sandro, Danilo (Casemiro), Ganso, Lucas, Neymar e Pato.

E vale lembrar que o time seria esse sem acrescentar os três jogadores acima de 23 anos que podem ser convocados. Seria importante, por exemplo, colocar Thiago Silva no lugar de Breno, já que realmente faltam zagueiros jovens de qualidade. Um goleiro mais experiente e seguro também seria interessante, apesar que atualmente está difícil encontrar isso no Brasil.

Oscar/ EFE

Não chora, Oscar, eu deixo você ser reserva na Olimpíada

O elenco poderia ser recheado por jogadores campeões com a Seleção sub-20, como o goleiro ainda irregular Gabriel, o decisivo e amadurecido Oscar, a grata surpresa Fernando, os promissores laterais Allan e Gabriel Silva, os pontas Dudu e Negueba e até o Bola de Ouro Henrique, por merecimento.

Mas na verdade o principal legado desse time de Ney Franco tem que ser a vontade e a raça que os jogadores mostraram. Eles queriam muito o título e isso era perceptível para quem os via jogar. Acima de todas essas mudanças de um jogador por outro, está a importância de manter esse espírito em Londres 2012. Mas não é uma tarefa fácil para Ney Franco e Mano Menezes…

Read Full Post »

A janela de contratações internacionais foi fechada nesta quarta-feira para os times brasileiros. A oportunidade de buscar bons reforços fora do país acabou e nem foi tão bem aproveitada por vários clubes.

Mas houve quem se mexeu bastante e conseguiu peças importantes para a disputa do segundo semestre. As dez melhores contratações internacionais para a reta final do Brasileirão foram…

10º) André (Bordeaux-Atlético-MG)
É um jogador supervalorizado, principalmente por causa das convocações para a Seleção Brasileira, quando Mano Menezes se importava mais com o projeto olímpico do que com o seu emprego.

Ele não é tudo que pintaram, mas pode sim fazer uma dupla perigosa com Guilherme. O problema é que o Atlético-MG não tem um time tão forte para abastecer essa parceria.

André

André pode dar certo mesmo sem Neymar e Ganso?

9º) Iván Piris (Cerro Porteño-São Paulo)
Jean quebrava bem o galho na lateral-direita, mas o São Paulo ainda precisava de um jogador de origem para a posição.

É preciso ter cautela com Piris, afinal ele ainda corre o risco de não se adaptar. Mas trata-se de um jogador de qualidade, com características mais defensivas, mas que pode ser muito útil para reforçar o elenco do São Paulo.

8º) Cícero (Wolfsburg-São Paulo)
É um jogador versátil, que sabe chegar no ataque, mas também costuma voltar bem para a marcação. Tudo isso pode ajudar para que Cícero logo se torne importante no São Paulo.

O problema é a forte concorrência. O jovem Casemiro, por exemplo, tem características parecidas. Na armação de jogadas a disputa com Rivaldo e Lucas é complicada. Mas Adilson Batista conhece o jogador e saberá usá-lo.

7º) Renato (Sevilla-Botafogo)
Não é a solução do Botafogo, como chegou a ser propagado em General Severiano. Mas é um volante bastante interessante, já que pode até ajudar o time na armação de jogadas.

A experiência de Renato também se tornará fundamental, já que o Botafogo, com seus jovens talentosos, como Elkeson e Lucas Zen, tem mostrado bastante irregularidade no Brasileirão.

6º) Denílson (Arsenal-São Paulo)
Teve apenas uma temporada realmente brilhante no Arsenal, mas sempre foi um volante seguro, que sabe fazer o simples com ou sem a bola.

É preciso que o torcedor saiba que ele não vai fazer a diferença. Mas junto com os bons volantes do São Paulo ele pode ajudar bastante a proteger uma defesa que ainda dá sinais de insegurança.

5º) Ibson (Spartak-Santos)
O único problema dessa contratação é o preço: 9 milhões de reais por um jogador que talvez nem seja titular imediatamente é um exagero.

Porém, com a saída de Ganso em breve, Ibson deve se tornar fundamental para o Santos, já que é um meio-campista de bom passe e experiente.

Ibson

A camisa 10 deve ser de Ibson em um futuro não tão distante

4º) Juninho Pernambucano (Al Gharafa-Vasco)
Ele não vai poder jogar sempre e sequer será tão letal quanto foi na sua estreia, mas certamente vai trazer algo de especial para o Vasco.

Além da ajuda em campo, com cobranças de faltas e muita raça, é uma grande contratação simbólica. Afinal, ter um ídolo em um time é sempre importante.

3º) Henrique (Racing-Palmeiras)
Surgiu tão bem no próprio Palmeiras que fica difícil entender porque ele não deu certo na Europa. Poderia ter sido melhor aproveitado até no próprio Barcelona…

Porém, com o sistema defensivo forte que Felipão já montou no Palmeiras, Henrique deve sobrar. Tem potencial para ser um dos melhores zagueiros do Brasileirão.

2º) Aírton (Benfica-Flamengo)
A dupla de volantes que ele tem feito com Williams já se tornou uma das melhores do Brasileirão, principalmente pelo grande poder de desarme deles.

É tudo que o Flamengo precisava para acertar melhor sua defesa e se firmar como um dos candidatos ao título do Brasileirão.

1º) Alex (Spartak-Corinthians)
Deu azar por ter chegado logo no momento em que Danilo cresceu de produção demais. Fora de posição, Alex será pouco útil.

Porém, Danilo deve cair de produção quando os jogos no meio de semana acontecerem com mais frequência. E é nesse momento que Alex pode ser decisivo para o Corinthians.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Reassumiu a liderança do Brasileirão 2010 após vitória por 3 a 1 contra o Guarani, jogo que foi decidido pela expulsão de Aílson e por mais uma boa atuação de Bruno César

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Goiás – De fato o Atlético-PR tem mostrado uma reação surpreendente, mas a equipe esmeraldina não poderia ter perdido para ele por 2 a 0, em casa.

TROFÉU HERÓI

Henrique – O subestimado volante do Cruzeiro tem muita qualidade, tanto que fez os dois gols do time no duelo contra o Grêmio, salvando a Raposa de pagar um mico em casa.

TROFÉU VILÃO

Róbston – Bateu um pênalti inacreditavelmente nas mãos do goleiro Fernando Prass e acabou de vez com qualquer esperança do Atlético-GO contra o Vasco.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Taison – Reencontrou seu bom futebol de outros tempos desde que foi posicionado por Celso Roth na ponta-esquerda. Contra o Flamengo, ele fez um golaço que decidiu a vitória colorada no Beira-Rio.

VALEU O INGRESSO

Nilton – Acertou um petardo indefensável e abriu o placar na vitória do Vasco por 2 a 0 contra o Atlético-GO.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Botafogo 1 x 1 Fluminense – Foi um jogo nervoso e cheio de oportunidades de gols. Até por causa do gramado ruim não teve tanta técnica ou habilidade, mas o que vale mais em clássico é a emoção. Isso não faltou.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Santos 1 x 0 São Paulo – Péssima hora para acontecer o SanSão. Os times estavam focados em outras competições e fizeram um clássico desanimado.

DETALHE TÁTICO

Corinthians – Mano voltou a escalar o time com 3 volantes (Paulinho, Jucilei e Elias), como no começo do ano. É uma tática que Adilson Batista sempre usou no Cruzeiro e, portanto, deve virar comum no Alvinegro Paulista.

DETALHE DO TÉCNICO

Paulo César Carpegiani – O técnico do Atlético-PR colocou Maykon Leite em campo e, com um golaço, o jovem atacante mostrou que pode ser titular do Furacão. Resta ver se Carpegiani vai continuar acertando.

O FUTEBOL É INJUSTO

Botafogo merecia mais – Confusão do clássico à parte, fato é que o time de Joel Santana jogou melhor e ficou mais perto da vitória. O empate saiu barato para o Fluminense.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Atlético-PR – Teoricamente o Furacão nem melhorou tanto seu time, mas tem conseguido evoluir na prática. A vitória contra o Goiás, depois de um bom resultado contra o Santos, comprovou isso.

PAPO RETO

Daniel Carvalho,

Vai querer repetir o fracasso de 2008, pelo Inter, ou vai finalmente reencontrar seu bom futebol de outros tempos?

Você jogou bem enquanto esteve em campo contra o Avaí, mas vacilou ao ser expulso e agora ainda terá que cumprir suspensão antes de receber outra chance.

ACRÉSCIMOS

Mano Menezes – Foi bonita a despedida do ex-técnico do Corinthians. Por ser cada vez mais raro ver uma torcida apoiar tanto um treinador, os aplausos corintianos no Pacaembu merecem reconhecimento. Que Mano consiga o mesmo sucesso com a Seleção Brasileira!

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Fluminense – Henrique (Z-Barcelona) – A defesa é o ponto fraco do bom elenco que o Flu está montando. Henrique pode solucionar isso, pois é melhor que todos zagueiros que estão lá e já teve até passagem pela Seleção Brasileira.

TANTO FAZ…

Cruzeiro – Farías (A-Porto) – É limitado e pode não se adaptar, mas a Raposa precisa reforçar suas opções para a posição.

Flamengo – Perea (A-sem clube) – Não joga há um longo tempo, mas tem talento e pode ser útil, já que o Fla sente falta de bons atacantes.

Grêmio – Diogo (LE-São Paulo) – O Tricolor Gaúcho precisa de um lateral-esquerdo titular e apostar em um jovem é arriscado, mas pode dar certo.

Vasco – Álvaro (Z-Flamengo) – É um zagueiro que foi bem no Brasileirão 2009, mas também não entra em cmapo há um longo tempo.

CAI FORA!

Cruzeiro – Edcarlos (Z-Cruz Azul) – A defesa da Raposa é fraca, mas Edcarlos consegue ser pior do que quase todos zagueiros que estão lá.

Flamengo – Betão (Z-Dínamo de Kiev) – No máximo conseguirá o feito de irritar as duas maiores torcidas do Brasil.

Flamengo – Leandro Amaral (A-sem clube) – Não faz nada de útil há 2 anos ou mais. Mostrou que sua reaparição pelo Vasco, em 2007, só enganou.

Flamengo – Rafael Moura (A-Goiás) – Não dá pra acreditar que alguém ainda veja potencial nele para ser a principal referência ofensiva de um time grande.

Grêmio – Thiago Carleto (LE-São Paulo) – Surgiu como boa revelação, mas sequer conseguiu jogar com frequência nos times que passou. Não dá para acreditar mais.

NÃO ENXERGAM?

Geovanni (A-sem clube) – O atacante ex-Cruzeiro está sem clube e até foi especulado no Grêmio, que negou o interesse. É um jogador rápido e técnico, o que falta para muitos times brasileiros.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

São Paulo – Marquinhos Paraná (V-Cruzeiro) – O time deve perder volantes no final do ano e fazer a reposição com um jogador experiente seria ideal.

São Paulo – Maxi López (A-Grêmio) – Aparentemente o  elenco do tricolor paulista vai ficar recheado de atacantes velozes e de movimentação, mas precisa mesmo de um centroavante típico.

Vasco – Ronaldinho Gaúcho (A-Milan) – É difícil acreditar, mas ninguém duvida que seria excepcional.

TANTO FAZ…

Corinthians – Guti (M-Real Madrid) – Um reforço internacional é sempre interessante, mas o espanhol nunca me convenceu com seu futebol mediano.

Cruzeiro – Kieza (A-Fluminense) – Não chegaria para ser uma solução para a Raposa, mas tem qualidades para completar bem o elenco.

Grêmio – Borges (A-São Paulo) – Pode reencontrar seu melhor futebol em Porto Alegre, mas não está bem e é um risco a ser assumido.

Santos – Caíque (M-Guarani) – Teve bons momentos na Série B, mas jogar em time grande é diferente, então é necessário ter cautela e não se empolgar.

São Paulo – Júnior Dutra (M-Santo André) – Não sabe ainda se é atacante, meia ou 2º volante, o que é estranho. Mas tem talento e pode dar certo.

São Paulo – Keirrison
(A-Benfica) – Está mal em Portugal e a sua passagem irregular pelo Palmeiras só gerou desconfiança.

Vasco – Léo Gago (V-Avaí) – Tem feito bons jogos no Brasileirão 2009, mas jogar em time grande é diferente sempre.

CAI FORA!

Avaí – Marcinho Guerreiro (V-Real Murcia) – Marca sempre com muita raça, mas não sabe fazer absolutamente nada quando tem a posse de bola.

Santos – André Luis (Z-Barueri) –  Até pode funcionar em um esquema tático com 3 zagueiros, como é no Barueri, mas não dá pra confiar e fazer o time jogar de um jeito por causa dele.

Santos – Renê (G-Barueri) – Nem é um goleiro tão bom, mas acima de tudo é preciso lembrar que o Peixe já tem Fábio Costa e Felipe para a posição.

Vasco – Kléber Pereira (A-Santos) – Após um ano terrível e já com a idade avançada, não dá pra acreditar mais que ele vá reencontrar seu bom futebol.

NÃO ENXERGAM?

Henrique (Z-Racing-ESP) – O ex-palmeirense até tem jogado na Espanha, mas não está bem e o seu time só luta contra o rebaixamento. Seria ótimo, tanto para um clube brasileiro quanto para ele mesmo, que uma negociação acontecesse e acelerasse seu repatriamento.

Leia também

Read Full Post »

Hoje é encerrada a série de apresentações dos principais clubes para o Brasileirão 2009. Por uma questão de justiça, só escrevi sobre aqueles times que acompanhei nos estaduais.

Quem quiser ver todas outras apresentações feitas para os times brasileiros pode clicar aqui ou na imagem abaixo:

BR 2009!

SÃO PAULO

“Tu és forte, tu és grande
Dentre os grandes és o primeiro”

QUEM JOGA?
Rogério Ceni (Bosco); Zé Luis, André Dias, Miranda e Junior Cesar; Jean, Arouca, Hernanes e Jorge Wagner; Borges e Washington

COMO FOI EM 2008?
1º – Um time extremamente competitivo e eficiente conquistou o título com justiça, mesmo sem um futebol bonito.

COMO SERÁ EM 2009?
É favorito mais uma vez. Manteve a base campeã, contratou bons reforços e hoje tem o elenco mais completo do Brasil.

COMO VAI GARANTIR OS 3 PONTOS?
A defesa continua forte e o ataque ganhou melhores opções. Mas, como o meio de campo ainda é pouco criativo, o perigo maior ainda vem das bolas paradas.

O QUE FALTA MELHORAR?
O posicionamento de Hernanes. O melhor jogador do time rendeu muito em 2008 como volante, chegando de trás e chutando de longe. Agora está mais avançado, cria menos em campo e já não surpreende como antes.

QUEM VAI DECIDIR?
A torcida espera muito de Hernanes, claro. Mas quem realmente tem mostrado poder de decisão na hora mais importante é o subvalorizado Borges.

QUEM É A ARMA SECRETA?
Muricy só usa jogadores das categorias de base quando não há outro jeito. Se isto acontecer, o volante Wellington, o meia Oscar e o atacante Henrique podem receber chances para provar que são tão bons quanto pareceram nas categorias de base.

O QUE ACONTECERÁ NO MEIO DO ANO?
Miranda parece estar de saída. Hernanes pode acompanhá-lo. Só estes desfalques já podem fazer o time perder uma considerável força.

ACRÉSCIMOS
Rogério Ceni se machucou gravemente e, mais do que a ausência técnica, sua liderança pode fazer falta no São Paulo. A torcida é para que ele volte logo e reduza as consequências deste problema.

Read Full Post »