Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Inter de Milão’

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Barcelona – Filipe Luís (LE-La Coruña) – Seria ótimo para o time espanhol, que teria uma opção para fortalecer seu apoio ofensivo pelo lado esquerdo.

Bayern de Munique – Fábio Coentrão (LE-Benfica) – O custo de Coentrão está alto demais, mas, caso ele vá para a Alemanha, o time de Munique teria uma das melhores duplas de laterais do mundo.

Chelsea – Ramires (V-Benfica) – O esquema tático do time inglês pode precisar de três volantes em campo, então o brasileiro poderia teria e usaria sua velocidade para dar certo no rápido futebol inglês.

Chelsea – Schweinsteiger (V-Bayern de Munique) – Fez uma Copa do Mundo impressionante e certamente seria uma ótima contratação para qualquer clube do mundo.

Juventus – Dzeko (A-Wolfsburg) – Pode até não brilhar tanto quanto na Alemanha, mas provavelmente seria melhor do que Amauri e Iaquinta.

Manchester City – Daniel Alves (LD-Barcelona) – É muito superior a Zabaleta e Micah Richards. Mesmo se for caro, deve fazer valer o dinheiro investido.

Manchester United – Neuer (G-Schalke 04) – É jovem, mostrou talento na Copa e pode ser preparado para substituir Van der Saar no futuro.

Manchester United – Sneijder (M-Inter de Milão) – Foi um dos melhores jogadores da última temporada na Europa e, mesmo que saia caro, vale a pena, pois poderia ser peça fundamental para o time inglês voltar aos títulos.

Milan – Ibrahimovic (A-Barcelona) – O sueco não brilhou no futebol espanhol, mas está mais do que acostumado a fazer a diferença na Itália.

Milan – Luis Fabiano (A-Sevilla) – O time italiano poderia investir em alguém mais novo, mas o brasileiro deve dar conta do recado.

Real Madrid – Khedira (V-Stuttgart) – O time já tem uma boa dupla de volantes, com Lass e Xabi Alonso, mas o jovem alemão sabe marcar e chegar ao ataque como poucos, podendo até virar titular.

TANTO FAZ…

Arsenal – Wright Phillips (M-Manchester City) – Os Gunners já têm Arshavin e Nasri, que podem jogar pelas pontas, mas contar com mais uma boa opção de velocidade seria razoável.

Barcelona – Luis Suárez (A-Ajax) – Chegaria para ser reserva e teria que provar que pode se destacar em um campeonato mais difícil do que o Holandês.

Barcelona – Van der Wiel (LD-Ajax) – É bom jogador, mas só seria reserva de Dani Alves.

Juventus – Elano (M-Galatasaray) – No máximo pode ser um bom coadjuvante na reconstrução do elenco da Juventus.

Liverpool – Van der Vaart (M-Real Madrid) – O holandês está longe de ser um jogador decisivo, mas pode completar bem o elenco do time inglês.

Manchester City – Donovan (M-LA Galaxy) – Fez uma boa Copa do Mundo e está no auge, mas só conseguiria ser uma boa opção no banco de reservas.

Milan – Robinho (A-Santos) – Não consigo acreditar que o brasileiro daria certo no futebol italiano, mas ele  tem talento e pode aproveitar chances na nova equipe do técnico Allegri.

CAI FORA!

Arsenal – Felipe Melo (V-Juventus) – A sorte do time inglês é que lá já existem volantes de qualidade que certamente fariam o “queridinho de Dunga” jogar com menos frequência.

Barcelona – Alexandre Pato (A-Milan) – Não seria bom para nenhum dos dois lados, já que o clube gastaria para trazer um atacante que provavelmente ficaria no banco de reservas, mesmo com a possível saída de Ibrahimovic.

Liverpool – Gago (V-Real Madrid) – Só faria algum sentido se realmente Mascherano sair do time, mas ainda assim seria uma queda de qualidade.

Manchester City – Balotelli (A-Inter de Milão) – É temperamental demais e não vale a pena, principalmente pelo valor que tem sido especulado: 40 mi de euros.

Manchester City – Podolski (A-Colônia) – Ele não fez uma Copa tão boa e o time inglês não precisa tanto de mais opções para o ataque.

NÃO ENXERGAM?

Honda (M-CSKA Moscou) – O versátil japonês brilhou na Copa e já tinha feito bons jogos na Rússia. Pode ser uma boa opção para  completar o elenco de vários times grandes da Europa.

Read Full Post »

Em março deste ano, fiz um post aqui no qual destaquei a grande emoção que era esperada para a reta final dos principais campeonatos europeus. Também fiz meus palpites, como de costume.

Resultado após o final da temporada no Velho Continente: acertei ao imaginar que teríamos grandes jogos pela frente. Já os palpites… errei feio. Vamos voltar às análises:

Campeonato Inglês
Campeão: Chelsea
Meu palpite: Manchester United

Arrisquei em um momento em que tudo parecia complicado para o Chelsea, já que o time sofria com lesões e necessidades de mudanças táticas. Além disso, Rooney voava no Manchester United.

No entanto, veio a lesão do atacante inglês e o técnico Carlo Ancelloti exibiu competência para comandar seu time para um título mais do que justo. Seu trabalho tático foi brilhante e a força que seu ataque exibiu foi impressionante. Admito: eu não esperava mesmo por isso…

Os destaques negativos ficam por conta do Arsenal, que mais uma vez decepcionou quando era necessário, e principalmente do Liverpool. Foi vergonhoso o trabalho de Rafa Benítez, que também tinha um elenco limitado demais em mãos, é verdade. Mantenho minha opinião dada em novembro do ano passado: os Reds precisam de uma reformulação completa urgentemente, mas o atual técnico não é o homem certo para comandar isso.

Campeonato Espanhol
Campeão: Barcelona
Meu palpite: Real Madrid

Resolvi arriscar na zebra e me dei mal. Como eu já tinha escrito, era muito mais óbvio apostar que o Barcelona, um time mais pronto e em ótima fase, fosse o campeão. Porém, o foco do time catalão poderia se voltar para a Liga dos Campeões, abrindo espaço para o título merengue. Não foi o que aconteceu.

A eliminação do Barça na semifinal da Liga dos Campeões só evidenciou a diferença entre os dois times que disputavam o título espanhol. Enquanto um dependia de lampejos do craque Cristiano Ronaldo, o outro dava todas as condições para que o craque Messi brilhasse.

A campanha do Barcelona foi impressionante na Espanha
A campanha do Barcelona foi impressionante na Espanha

O que resta é pensar em 2010/2011 e agora tudo indica que ninguém menos do que José Mourinho vai para o Real Madrid. Do outro lado, Villa já se apresentou e Fàbregas deve chegar. Tudo isso só mostra que a briga pelo título da próxima temporada tem tudo para ser ainda melhor e mais indefinida. Droga! Vou errar outro palpite…

Campeonato Italiano
Campeão: Inter de Milão
Meu palpite: Inter de Milão

Acertei o mais óbvio. Afinal, por mais que Milan e principalmente a Roma tenham se esforçado de uma forma bonita, era evidente que a grande equipe da temporada europeia seria a Inter de Milão.

A emoção existiu até o último jogo, mas o título foi mesmo decidido por um impressionante Diego Milito. Aliás, as conquistas da Inter ficaram marcadas por grandes contratações, como a do argentino. Será que Milan, Juventus e Roma conseguirão se reforçar tão bem para a próxima temporada? Precisam muito!

Aliás, a Juventus merece um parágrafo à parte. Foi terrível a campanha da Vecchia Signora! Não tem um time tão ruim para fazer tão feio assim, mas precisa melhor bastante se quiser acabar com a sequência impressionante de títulos nacionais da Inter.

Campeonato Alemão
Campeão: Bayern de Munique
Meu palpite: Schalke 04

“Aqui é a competição mais difícil de palpitar”, foi o que eu escrevi em março. Não era nada fácil mesmo. Resolvi acreditar na competência do técnico Félix Magath, mas o comando de Louis Van Gaal foi ainda melhor no Bayern.

Enquanto o destaque positivo fica para as grandes atuações de Robben, o principal fato negativo foi o declínio do Bayer Leverkusen. Invicto, o time dominou a ponta da tabela, mas, quando começou a perder, decepcionou de vez. E justificou o apelido de Bayer Neverkusen.

Outros
Acertei com Benfica e Twente em Portugal e na Holanda, respectivamente. Foram times que se reforçaram bem e mostraram, desde o início da temporada, que poderiam levantar o troféu.

Twente
Após o vice em 2009, o Twente foi campeão nacional pela 1ª vez

Só errei na França, com a aposta no Bordeaux. Confesso que nem passou pela minha cabeça apostar no tradicional Olympique de Marselha.

Palpites errados à parte, o importante é que foram 12 brilhantes meses de futebol europeu. Agora é a vez de acompanhar o mercado com a seção “Dizem por aí” e torcer para que toda essa história se repita. Com umasapostas melhores daminha parte, é claro!

Read Full Post »

Diego Milito estava no pequeno Genoa. Pandev estava na decadente Lazio. Sneijder estava no banco de reservas do Real Madrid. Lúcio foi dispensado pelo técnico Van Gaal, do Bayern de Munique. Eto’o tinha sido desprezado e desvalorizado no Barcelona.

Há um ano atrás, essa era a realidade de alguns dos principais jogadores da Inter de Milão 2009/ 2010. Essa Inter de Milão do José Mourinho. Essa Inter de Milão duas vezes campeã nacional em um ano. Essa Inter de Milão campeã da Europa. Essa Inter de Milão que contratou tão bem nesta temporada.

É claro que não se trata de um time baseado só em ótimos reforços. Existe uma base formada há anos, com Júlio César, Zanetti, Samuel, Cambiasso e outros jogadores que sabem vencer e conhecem o caminho do título. Com as ótimas compras recentes, o time ficou pronto para ser campeão de tudo.

A vitória contra o Bayern de Munique foi decidida não só na individualidade impressionante de Milito (não ver ser titular na Copa, Maradona? Tem certeza?). Mas também na aplicação tática de jogadores que sabiam a importância de conquistar um título com tanto valor como esse.

Parabéns para a Inter de Milão! A vitória na Liga dos Campeões coroa um trabalho excelente com um título esperado por mais de 40 anos. É mais do que justo. É impressionante!

* Com esse post, o Opiniões em Campo abre a semana especial de resumos e balanços sobre a temporada europeia, encerrada neste sábado. Aguardem!

Após essa semana europeia, virão outros sete dias com outro assunto dominante: as prévias da Copa do Mundo. Afinal, não adianta só colocar as opiniões em campo depois que a bolar rolar logo ali, na África do Sul.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Chelsea – Kaká (M-Real Madrid) – Tem sido criticado na Espanha, mas tem talento mais do que suficiente para se recuperar no futebol inglês.

Inter de Milão – Tévez (A-Manchester City) –  O argentino quer ficar, mas, se a Inter levá-lo, com certeza vai fazer um ataque super forte, com Eto’o, Milito e o próprio Carlitos.

Manchester City – Di María (M-Benfica) – Conseguiu um grande destaque no futebol português e é um dos principais jogadores da seleção argentina. O City não precisa tanto dele, mas sem dúvidas é uma ótima aposta.

Manchester United – Modric (V-Tottenham) – Já comentei aqui que o croata estava sendo esquecido mesmo com o bom futebol apresentado pelo Tottenham. Agora parece ter sido muito bem achado pelos Red Devils.

Milan – Fernando Torres (A-Liverpool) – El Niño já provou na Inglaterra que tem qualidade pra ser um dos principais centroavantes do mundo.

Milan – Ivanovic (Z-Chelsea) – Fez uma boa temporada na Inglaterra e reforçaria duas posições carentes do time italiano: a defesa e a lateral.

Real Madrid – Rooney (A-Manchester United) – É um dos melhores jogadores da atual temporada europeia e obviamente seria excelente para qualquer time.

TANTO FAZ…

Arsenal – Bojan (A-Barcelona) Ainda não me convenceu totalmente, mas pode ser uma boa opção ofensiva para completar o elenco do time inglês.

Arsenal – David Luiz (Z-Benfica) – O brasileiro tem impressionado na atual temporada, mas chegaria para ser reserva de Gallas e Vermaelen nos Gunners.

Juventus – Robinho (A-Santos) – Não creio que o atacante se daria bem no fuebol italiano, mas o reencontro com Diego poderia fazer com que ele surpreendesse.

Manchester United – Steven Defour (M-Standard Liege) – A princípio o meia seria só mais uma aposta de Ferguson, mas pode representar uma boa mudança no meio-campo do time.

Real Madrid – Alexandre Pato (A-Milan) – Mais um atacante não é o que o Real precisa, mas ele pode ser uma opção interessante na montagem do elenco.

Real Madrid – Evra (LE-Manchester United) Confiar em Marcelo seria uma opção melhor, mas, como o braisleiro joga no meio-campo às vezes, seria interessante não tem que improvisar o mediano Arbeloa na esquerda.

CAI FORA!

Arsenal – René Adler (G-Bayer Leverkusen) É bastante desncessário, já que o titular Almunia não tem ido mal.

Inter de Milão – Ballack (M-Chelsea) – Foi-se o tempo em que o meia alemão era realmente diferenciado. Agora seria só mais em um time que já tem boas opções para jogar na sua posição.

Manchester United – Lass Diarra (M-Real Madrid) Os Red Devils precisam renovar seus volantes, mas seria melhor fazer isso com jogadores mais técnicos e não só com marcadores.

Milan – Benzema (A-Real Madrid) – Não é um centroavante muito melhor que Boriello, e o Milan pecisa se preocupar mais com outras posições do elenco.

Milan – Máxi Lopez (A-Catania) – Realmente se destacou demais em seis meses pelo Catania, mas isso ainda é pouco para credenciá-lo para ser contratado por um dos maiores times da Europa.

Milan – Trezeguet (A-Juventus) Não serve nem pra Juventus mais. Por que seria útil para o Milan? Parece piada…

NÃO ENXERGAM?
 
Fletcher (V-Manchester United) – O volante evoluiu nos últimos pelo time inglês, que agora mostra disposição em negociá-lo, já que novos reforços devem chegar para essa posição.

Read Full Post »

Bayern de Munique e Lyon que me desculpem, mas o foco das semifinais da Liga dos Campeões estará em Barcelona x Inter de Milão. Não é um final antecipada, isso não existe em uma competição desse nível. Mas os atrativos para o jogo entre espanhóis e italianos são incontáveis.

Messi é o maior deles, já que tem feito história nos últimos dois anos. Do outro lado, Snejder é quem tem comandado as ações ofensivas da Inter e pode continuar brilhando. Mas há um duelo que chama a atenção de forma especial: Ibrahimovic x Eto’o.

Barça e Inter fizeram uma troca entre eles no começo da atual temporada e ficou uma pergunta no ar: quem levou a melhor com o negócio? Uma enquete foi feita aqui e 71% dos leitores preferiram o sueco.

Mas na prática a semifinal da Liga dos Campeões é que será um bom parâmetro pra responder isso. Agora é que chegou a hora de ver quem pode ser mais decisivo. O grande duelo só começa nesta terça, às 15h45, mas antes é possível tentar fazer uma prévia de quem levará a melhor:

  • Confronto direto: Os dois times já se enfrentaram na atual temporada, pela frase de grupos da Liga dos Campeões. O primeiro jogo, com os dois atacantes em campo, ficou 0 a 0. O segundo teve a vitória do Barcelona, apesar da ausência de Ibrahimovic. Mesmo assim, ponto para o sueco.
  • Número de gols: Ibrahimovic também leva a melhor no número de gols marcados na atual temporada. Ele fez 20, enquanto Eto’o anotou só 15.
  • Forma física: Eto’o está melhor, já que Ibra ficou de fora de jogos importantes recentemente, após uma lesão muscular. O atacante do Barça vai jogar contra a Inter, mas se recuperou há pouco tempo.
  • Companheiros: eles não vão resolver sozinhos, então precisam que outros jogadores também estejam em alta. Ibrahimovic tem o melhor parceiro possível, Messi. Como bônus, ainda tem Xavi para lhe dar assistências. Eto’o conta com os passes de Snejder, os cruzamentos de Maicon e a qualidade de Milito. É ótimo, mas os amigos do sueco ainda estão em um nível superior.
  • Momento do time: O Barcelona está com a confiança em alta após a vitória no clássico contra o Real Madrid. Enquanto isso, a Inter sofre para superar a Roma na tabela do Italiano. Ponto para Ibra de novo.

Sendo assim, não é difícil concluir que o momento é mais favorável para que Ibrahimovic faça os torcedores da Inter de Milão sentirem muito a sua falta.

Ibrahimovic na Inter? Agora só nos sonhos dos torcedores italianos...

Só que eu prefiro não duvidar de Eto’o, ainda mais em Liga dos Campeões. O camaronês cresce demais nessa competição e também pode fazer a torcida do Barça, que tanto comemorou seus gols decisivos, sofrer dessa vez.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Inter de Milão – Miguel Veloso (V-Sporting) – O português é bom de bola e seria uma opção interessante entre os reservas do time italiano.

Lyon – João Moutinho (M-Sporting) – O português se encaixaria bem no esquema do time francês, que precisa de meias criativos e marcadores.

Manchester City – Buffon (G-Juventus) – Seria uma contratação tão impressionante que fica até difícil acreditar nesse boato.

TANTO FAZ…

Inter de Milão – Hugo Lloris (G-Lyon) – Não é dó mesmo nível de Buffon, é claro, mas tem mostrado muito potencial pelo Lyon.

Juventus – Michel Bastos (M-Lyon) – É difícil saber se o brasileiro já está pronto para brilhar em um grande centro europeu, mas, pelo que tem feito na França, é justo que ele receba essa chance.

Manchester United – Benzema (A-Real Madrid) – Foi ofuscado por Higuaín no Real, mas pode ser uma opção melhor que Berbatov no time inglês.

Sporting – Diego Souza (M-Palmeiras) – O time português quer contratá-lo para o lugar de João Moutinho. Não daria certo nessa posição, mas pode render se for escalado de outra forma.

CAI FORA!

Juventus – Kuranyi (A-Schalke 04) – O brasileiro naturalizado até pode saber fazer gols, mas está longe de ser o centroavante diferenciado que o time italiano realmente precisa.

Milan – Cacau (A-Stuttgart) – Vou ter que me repetir: o brasileiro naturalizado até pode saber fazer gols, mas está longe de ser o centroavante diferenciado que o time italiano realmente precisa.

NÃO ENXERGAM?

Luka Modric (M-Tottenham) – O meia croata se recuperou bem de uma lesão recentemente e logo voltou a se destacar no duro futebol inglês. Tem habilidade e bom passe para brilhar em outros grandes clubes europeus.

Read Full Post »

É comum ouvir de gente mal informada os seguintes comentários: “só o Campeonato Brasileiro tem emoção” ou “o futebol europeu é muito chato”. São frases vazias e que viraram ainda mais absurdas recentemente.

Explico: os 4 principais campeonatos europeus – Inglês, Espanhol, Italiano e Alemão – prometem muita briga boa para as últimas rodadas. Sem falar de competições piores, como o Francês, Holandês e talvez até o Português, que também serão bastante disputados.

Seguem meus breves comentários sobre eles e alguns palpites. Afinal, não é fácil arriscar em meio a tanta igualdade, mas ficar em cima do muro não é meu direito neste blog:

Campeonato Inglês
A diferença entre Manchester United, Chelsea e Arsenal é de apenas 4 pontos, faltando 6 jogos para cada. O time azul de Londres liderou boa parte da competição, mas, por lesões e questões táticas, caiu de produção.

Enquanto isso, no ritmo de Rooney, os Red Devils assumiram a liderança e seguem em alta, com um futebol extremamente competitivo. Só que ainda precisam manter a atenção com o Arsenal, time que já vacilou demais em grandes jogos e sempre sofre com as lesões de seus atletas, mas tem um elenco forte e joga bonito.

Palpite: Manchester United campeão

Manchester United campeão
Essa cena já virou rotina na Inglaterra. Continuará tudo assim?

Campeonato Espanhol
A boa e velha briga entre Barcelona e Real Madrid está incrível: os dois times estão empatados com exatos 74 pontos.

É claro que o Barça, por ter um time mais pronto e contar com Messi em fase extraordinária, aparece como favorito para disparar em breve.

Só que o Real não disputa mais a Liga dos Campeões, está totalmente concentrado no Espanhol e já arrumou soluções para problemas graves do início de temporada. Ainda faltam 9 jogos e muita coisa pode acontecer.

Palpite: Real Madrid

Campeonato Italiano
Era o campeonato europeu mais decidido até outro dia, mas a Inter, de José Mourinho, vacilou e agora vê Roma e Milan em busca do título.

O time da capital italiana tem impressionado com uma recuperação brilhante em 2010. Com De Rossi e Pizarro em boa fase, Ranieri colocou seus jogadores apenas um ponto atrás da Inter.

O Milan ainda é um time cheio de problemas que não serão facilmente resolvidos pelo seu inexperiente técnico. Mesmo assim, a camisa ainda pode pesar e o talento de Ronaldinho Gaúcho é um ponto forte para o time subir na tabela, mas só se seus adversários vacilarem muito.

Palpite: Inter de Milão

Inter de Milão campeã
Já na Itália essa é a cena que virou rotina. E nada deve mudar…

Campeonato Alemão
Só 5 pontos separam o líder, Schalke 04, do 3º lugar, Bayer Leverkusen. Entre eles, há o poderoso Bayern de Munique. Aqui é a competição mais difícil de palpitar e só faltam 6 rodadas para o fim.

Ultimamente tem acontecido muitas mudanças no topo da tabela e a queda do Bayer foi forte. Enquanto isso, sob o comando do ótimo técnico Felix Magath, o Schalke arrancou na tabela e se aproximou do título.

Entretanto, é preciso respeitar a grandeza do Bayern de Munique, que, mesmo sem um time tão brilhante e com um técnico controverso – Louis van Gaal, que barrou Lúcio no seu elenco -, é extremamente competitivo.

Palpite: Schalke 04

Sem me prolongar ainda mais, ficam meus outros palpites: Bordeaux consegue o bicampeonato na França, o bem reforçado Twente leva na Holanda e o “sul-americano” Benfica se consagra em Portugal.

E tudo isso sem deixar de lado grandes emoções, que definitivamente não estão guardadas só para o Brasileirão 2010.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »