Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Jean’

O Fluminense contratou Wagner, o Grêmio trouxe Kleber, o Botafogo se reforçou com Andrezinho, mas um dos times que mais tem evoluído para a temporada de 2012 é o São Paulo.

Ainda desconfio que Emerson Leão pode atrapalhar demais, mas, pelas movimentações do mercado da bola, o torcedor são paulino pode ficar otimista. Explico…

Veja lista com os melhores reforços do São Paulo e entenda:

11º) Paulo Miranda
Entre os contratados, é o que tem mais chances de dar errado. Não era sequer o melhor zagueiro do Bahia, que fez campanha ruim no Brasileirão 2011. Mas ele tem força e pode ser útil como um reserva seguro.

10º) Saída do Thiago Carleto
Essa é uma transferência que faz pouca diferença, já que Carleto era quarto reserva. Mas o São Paulo fica bem só por não correr o risco dele jogar.

9º) Saída do Dagoberto
Mesmo com a boa temporada que fez em 2011, Dagoberto não conseguiu agradar a torcida. Os problemas eram sua irregularidade e por vezes sua displicência. Se ele for bem no Inter, talvez a torcida sinta mais saudades, mas por enquanto a maioria faz festa por sua saída.

Dagoberto no Internacional
Aposto que Dagoberto vai dar certo no Internacional

8º) Saída do Jean
Era um volante de qualidade, mas um lateral limitadíssimo. Sem espaço no meio-campo do São Paulo, ele só servia para complicar o time quando tinha que jogar improvisado. Sem ele, ainda falta contratar um reserva para Piris, mas é melhor até apostar em alguém das categorias de base.

7º) Fabrício
É um volante limitado. Todos sabem daquilo que ele é capaz. Nada de mais, nada de menos. Talvez sua raça ajude, como a diretoria espera, mas é preciso ver se ele não vai ficar mais tempo no departamento médico do que em campo. Ou no banco de reservas mesmo…

6º) Edson Silva
Fez um bom Brasileirão 2011, é verdade, mas não inspira confiança por enquanto. Vai brigar por posição com João Filipe é provável que ganhe essa disputa.

5º) Maicon
O grande problema para ele é a concorrência no meio-campo. Mas trata-se de um jogador interessante, que sabe marcar e criar. Se não sentir o peso da camisa, será uma opção útil.

4º) Saída do Xandão
Era uma zagueiro que assustava a torcida até quando passou a ficar mais tempo na reserva. Se um titular se machucava, já era um perigo. Vai ser importante para o São Paulo se livrar de um zagueiro tão desengonçado.

Xandão, ex-São Paulo, no Sporting
Eu tenho pena do Sporting…

3º) Saída do Marlos
É outro que só saía do banco de reservas, mas isso já era suficiente para atrapalhar bastante o time. Ele até tem alguma habilidade e velocidade, mas não sabe usar isso de forma inteligente. Causa espanto o Metalist ter pago 10 milhões de reais por ele.

2º) Bruno Cortês
Pode não dar certo, mas é uma boa contratação do São Paulo. Afinal, ele foi mesmo um dos melhores laterais do Brasileirão 2011 e o time precisava de alguém para essa função. Pior do que Juan ele não será…

1º) Saída do Rivaldo
A saída de um jogador que derrubou dois técnicos só pode ser comemorada. Rivaldo estreou bem pelo São Paulo e enganou muita gente, mas depois mostrou que não tem mais condições de jogar profissionalmente.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Avaí – Diante de seus torcedores, o Leão da Ressacada contou com as boas atuações de Caio e Roberto para bater o Palmeiras, mesmo com um a menos desde o 1º tempo.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Perdeu importante jogo para o Fluminense por 1 a 0 e ainda viu aumentarem os boatos sobre um possível ambiente ruim no elenco.

TROFÉU HERÓI

Bruno César – A revelação que já está virando realidade decidiu o jogo contra o Atlético-MG. Contou com a ajuda da sorte, é verdade, mas ele é talentoso e isso é o que importa.

TROFÉU VILÃO

Chico e Eli Sabiá – Foram expulsos contra o Vasco ainda no 1º tempo e acabaram com as chances do Atlético-PR no jogo. Até concordo que a atuação do árbitro Nielson Nogueira Dias também foi ruim, mas os jogadores também erraram feio.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Jonathan – O jovem atacante fez um gol e sofreu um pênalti na vitória do Vasco por 3 a 1 contra o Atlético-PR.

VALEU O INGRESSO

Jean – A tabela rápida com Marlos e o chute com a perna esquerda salvaram uma rodada pobre em lances bonitos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Avaí 4 x 2 Palmeiras – Não foi exatamente uma partida bonita, mas foi animada pela raça e briga que as duas equipes mostraram em campo.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Grêmio-SP 2 x 0 Grêmio – O duelo entre xarás deixou a desejar dessa vez, com um futebol fraco e jogadores pouco empolgados.

DETALHE TÁTICO

Grêmio-SP no 4-4-2 – O time de Toninho Cecílio tem jogado com dois meis bem abertos pelas pontas, praticamente com duas linhas de quatro, esquema tático pouco comum nessas terras.

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – Técnico colocou Alan em campo duarante o jogo, ele decidiu a vitória contra o Santos e mais uma vez mostrou que pode ser útil para o time.

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará foi prejudicado – Giuliano se jogou dentro da área, mas o árbitro Alicio Pena Júnior viu pênalti de Michel no lance. O gol fez diferença na vitória do Colorado por 2 a 1.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Guarani – O Botafogo está cheio de problemas, é verdade, mas não era esperado que ele teria tantas dificuldades com o Bugre a ponto de sair do Engenhão apenas com o empate por 1 a 1.

PAPO RETO

Vasco,

Não se iluda.

Você ainda precisa melhorar muito. A vitória tranquila contra o Atlético-PR só aconteceu por causa de fatos isolados, principalmente em erros. Tanto do adversário quanto da arbitragem.

ACRÉSCIMOS

Grêmio – A demissão de Silas já está desenhada. O ideal seria esperar, ter paciência, já que a equipe tende a crescer, mas é compreensível que a diretoria do time fique assustada com a entrada do time na zona do rebaixamento.

Read Full Post »

Nem tudo são flores no mercado da bola do futebol brasileiro. Como já mostrado aqui, existem equipes que acertaram nas contratações durante a Copa. Mas também sobram aquelas que apostaram em reforços que não vão melhorar o time na prática. Talvez até piorem a situação.

Segue abaixo a lista dos 11 piores negócios durante a pausa para a Copa do Mundo entre os times que disputam o Brasileirão 2010:

1º) Jean (Flamengo)
Antes de chegar ao Rubro-Negro, atuou por São Paulo, Grêmio e Corinthians sem convencer em nenhum desses times. Ou seja, o ponto forte dele é mesmo… o empresário.

2º) Kléber Pereira (Goiás)
Alguém lembra que ele estava no Inter no 1º semestre? Alguém cita algo de útil que ele tenha feito pelo Santos em 2009? Não há porque crer que no Esmeraldino essa realidade vá mudar. Foi um bom atacante, mas já está em decadência há anos.

3º) Eli Sabiá (Atlético-PR)
Foi uma aposta do Santos que deu errado em 2009. Não acreditava que mais alguém quisesse errar com ele em 2010.

4º) André Luis (Fluminense)
É grosso, mas soube disfarçar bem essa limitação no Brasileirão 2009. O Flu vai ter que torcer para ele fazer isso de novo. Mas não dá pra acreditar que o raio cairá duas vezes no mesmo campeonato…

5º) Marquinhos (Flamengo)
Ficou 1 ano e meio no Palmeiras e não fez nada de útil. É jovem e ainda pode se recuperar no Fla, mas sem dúvidas é uma aposta arriscada do time carioca.

6º) Bobadilla (Corinthians)
Não dá pra entender como o alvinegro paulista perdeu o goleiro Felipe. Agora o time vai ter que se contentar com um paraguaio já um tanto velho e pouco confiável, que ainda pode quebrar um galho, mas por curto prazo.

7º) Val Baiano (Flamengo)
É o típico centroavante grosso que depende de uma boa fase ser útil ao time. Quem vivia com Adriano e Vágner Love vai demorar para se adaptar a um atacante desse tipo.

8º) André Lima (Grêmio)
Sabe dar trabalho para as defesas adversárias, mas também dá trabalho para a própria torcida, pois costuma errar uma infinidade de chutes e passes fáceis.

9º) Apodi (Guarani)
Tem velocidade e só. É um lateral-direito que pouco marca e se manda para o ataque, mas lá também não ajuda sempre, já que lhe falta técnica nos fundamentos mais básicos.

10º) Guerrón (Atlético-PR)
O atacante só irritou a torcida do Cruzeiro nos últimos meses. Até tem alguma qualidade, é veloz, mas está longe de ser aquele jogador diferenciado que pareceu ser na Copa Libertadores de 2008, pela LDU.

11º) Reinaldo (Atlético-MG)
Passou por uma fase razoável no Grêmio em 2008, mas desde então sumiu. É muito pouco para que ele se credencie a buscar vaga no concorrido ataque do Galo.

São complicadas as situações de Flamengo e Atlético-PR, que resolveram arriscar demais nas suas contratações. Para piorar o time carioca perdeu jogadores importantes e o Furacão está perto demais da zona de rebaixamento. Eram times que não podiam correr riscos. Mas fizeram exatamento o contrário quando precisavam de apostas mais seguras. Ou seja…

ATUALIZAÇÃO ÀS 17h50: Graças ao amigo Júlio Simões fui informado que a contratação de Joilson não foi confirmada pelo Atlético-PR. O lateral chegou a ser anunciado, mas o resultado dos exames médicos o vetaram.

Dessa forma, ele saiu da lista e Guerrón, outra contratação do Atlético-PR, entrou em seu lugar. Não é um negócio tão ruim quanto seria a chegada de Joilson, mas também gera desconfiança.

Read Full Post »

Ricardo Gomes começou a preparar o São Paulo de 2010 e promoveu uma mudança tática importante: o 3-5-2, tão usado nos últimos 4 anos, pode ser deixado de lado. O técnico quer testar o 4-4-2, já que foram contratados tantos meias e atacantes de qualidade para o elenco.

Como Carlos Pizzatto bem disse em seu post sobre o assunto, “a ideia, a meu ver, é interessantíssima”. O problema é que talvez a experiência não dure muito. Basta olhar para as peças do time para achar vários problemas para que essa mudança realmente aconteça com sucesso.

A primeira questão: André Dias não será líbero. Com 3 zagueiros, ele jogava na sobra e se destacava, pois só tinha que fazer a cobertura. Agora ele terá que se adaptar.

Entretanto, como bem destaca Thiago Quini em sua análise tática sobre o São Paulo, “Agora com os treinamentos na pré-temporada, o comandante poderá educar a defesa em uma linha de quatro”. Será que ele consegue?

A segunda questão: os laterais. Ricardo Gomes escalou Jean e Jorge Wagner nos primeiros treinos. Ambos são meio-campistas e jogarão improvisados. No máximo já atuaram como alas. A defesa pode sofrer pelos flancos.

A terceira questão: falta um 1º volante mais marcador. Por mais que Richarlyson tenha suas qualidades, ele costuma subir pro ataque demais. Jean seria um nome ideal, mas por enquanto ele tem que jogar na lateral-direita.

A quarta questão: o time jogará praticamente com 3 atacantes. Marcelinho Paraíba não jogou de meia pelo Coritiba com frequência, mas será escalado assim no São Paulo. Se Dagoberto não voltar pra ajudar na marcação, o time pode ficar frágil demais.

Além dessas dificuldades, outra questão é se o meio-campo do time será colocado no formato de quadrado ou de losango. Veja os desenhos das opções:


À esq.: o meio quadrado, desenhado por Carlos Pizzatto, no Blog do Carlão. À dir.: o meio em losango, ilustrado por Thiago Quini, no Comente Futebol.

Mesmo com todas essas dúvidas e problemas para resolver, Ricardo Gomes deve agradar Alberto Helena Jr., que também opinou sobre essas questões táticas e deu a entender que espera ver o São Paulo de 2010 escalado mesmo no 4-4-2. “na última leva de contratações, veio uma legião de meio-campistas e atacantes, e é preciso abrir espaços para essa turma, que diabo!”, esbravejou.

Eu também quero observar essas mudanças, mas é bom aproveitar: tudo isso não deve durar muito tempo… Logo logo o 3-5-2 estará de volta!

Read Full Post »

APITO FINAL!

Acabou Grêmio 1 x 1 São Paulo. No importante duelo de tricolores, o time paulista tem pouco a lamentar, a não ser a burrice de Borges, Dagoberto e Jean. Foram 3 expulsos e o mais irônico é que o Grêmio ainda pode reclamar da arbitragem por causa de um pênalti não marcado.

Todos eles serão desfalques para o próximo jogo, mas o elenco do São Paulo tem como substituí-los à altura: na lateral-direita, Adrián Gonzalez costuma entrar bem. Washington tem sido o titular do ataque e deve ganhar a companhia de Hugo, que está mal, mas às vezes ainda faz bons jogos.

Se o torcedor são paulino quiser ser ainda mais otimista, entenderá que o ponto conquistado em Porto Alegre pode lhe render a liderança isolada. Basta uma vitória do Fluminense, em casa, contra o Palmeiras e um empate entre Atlético-MG e Flamengo em BH. Nada muito difícil de acontecer.

Grêmio 1 x 1 São Paulo foi um jogo cheio de más notícias para o São Paulo. Mas talvez não precise ser tão lamentado assim. Pelo menos por enquanto.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Grêmio – Mauro Boselli (A-LDU) – Seria uma reposição interessante caso Maxi López saia mesmo, como tem sido especulado por aí.

Santos – Álvaro (Z-Inter) – O time precisa de algo melhor do que Fabão, Domingos, Eli Sabiá e companhia.

Santos – Vágner Love (A-CSKA Moscou) – É difícil acreditar, mas é a contratação que levaria o time a um outro nível no Brasileirão.

TANTO FAZ…

Botafogo – Maurício (A-Villareal) – Saiu cedo do Fluminense, então fica difícil avaliar o real potencial, mas pode ser uma boa aposta.

Corinthians – Vera (V-LDU) – Nada de especial, não era um destaque nem no time equatoriano. Será que isso mudaria no Brasil?

Flamengo – Corrêa (V-Dinamo Kiev) – Não é tão ruim como muitos comentam e o meio-campo rubro-negro precisa de reforços mesmo.

Flamengo – Ricardinho (M-Al Rayann) – O problema é a idade, mas pode dar certo no lugar de Ibson, por exemplo.

CAI FORA!

Botafogo – Wilson (A-Sport) – Parece piada, pois é um atacante que não consegue se firmar nem no elenco horrível do time pernambucano.

Corinthians – Roberto Carlos (LE-Fenerbahçe) – É melhor que o desmentido feito pela diretoria seja sincero. Não daria certo.

Santos – Jean (A-Al-Sharjah) A última (péssima) lembrança que deixou foi no rebaixamento do Corinthians em 2007. Vai melhorar agora?

Santos – Amoroso (A-sem clube) – Apenas passou da hora dele aposentar.

NÃO ENXERGAM?

Daniel Carvalho (M-CSKA Moscou) – Chegou a ser ventilado no Palmeiras, mas quem está tentanto mesmo é o Sporting, de Portugal. Mas duvido que ele não queira voltar ao Brasil. Os clubes deveriam apostar e dar mais uma chance para ele, que fracassou no Inter recentemente.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Botafogo – Contra o Avaí, fora de casa, com jogadores gripados, foi um exemplo de raça pra torcedor nenhum botar defeito.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Mesmo no Barradão, sofrer 6 gols é uma humilhação muito engraçada para rival nenhum botar defeito.

TROFÉU HERÓI

Roger – Abriu a goleada contra o Santos e virou artilheiro do Brasileirão, junto com Felipe, do Goiás.

TROFÉU VILÃO

Zé Carlos – Expulsão após falta com 7 segundos de jogo é muita sacanagem com o próprio time

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Atlético-PR 3 x 2 Inter – O Colorado saiu na frente, mas depois reagiu. No final, um gol de Alecsandro ainda deixou a partida mais movimentada e interessante.

DETALHE TÁTICO

Inter com 3 volantes – Não está na hora de mudar isso, Tite?

O time sempre melhora depois que Andrezinho ou Giuliano entram pra ajudar D’Alessandro na armação. Pode ser a solução pra crise!

O FUTEBOL É INJUSTO

São Paulo 2 x 2 Flamengo – Fica até difícil definir quem foi injustiçado diante de tantos erros do juiz Ricardo Marques.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Santo André – Jogou o Flu na zona de rebaixamento

ALGUÉM ME EXPLICA?

Avaí – O que o Leão da Ressacada veio fazer no Brasileirão? Caminha para uma campanha deprimente…

ALARME

Defesa reserva do Corinthians – Diego, Jean e Renato não darão conta das normais saídas de William e Chicão, o que derruba o time de Mano Menezes.

VALEU O INGRESSO

Armero – Conseguiu destaque em uma rodada fraca de golaços.

Foi o melhor do jogo do Palmeiras contra o Náutico, e balançou as redes merecidamente, com uma bela tabela e um chute certeiro.

Read Full Post »

OLHO NELE

Diego

DIEGO

Clube: Corinthians
Posição: Zagueiro
Idade: 22 anos
Altura: 1,84 m
Peso: 79 Kg

“Sou um jogador que dá muita raça e procura fazer o feijão com arroz”. Esta foi a auto definição do zagueiro Diego antes do confronto entre Corinthians e Guaratinguetá pelo Campeonato Paulista.

Ele conseguiu realmente dizer como é o seu futebol em poucas palavras. E depois msotrou que é bom não somente na hora de falar: em campo, mostrou personalidade para provar o que tinha dito.

Diego é o atual reserva imediato na defesa sólida de Mano Menezes. Ele ganhou a vaga de Jean, ex-Grêmio e São Paulo, além de ter superado Renato, outra aposta da categoria de base alvinegra.

Já teve que substituir Chicão até em final de campeonato e não sentiu a pressão. O jovem canhoto tem mostrado segurança para não compremeter no caso de um desfalque repentino.

Ele foi profissionalizado tarde, em 2007, com 20 anos. Chegou a ser emprestado para o Guarani em 2008, mas mostrou qualidade já na Série B, pelo Corinthians, ainda no mesmo ano.

Agora vai enfrentar seu maior desafio no Brasileirão 2009. Precisa provar que pode realmente ser um reserva à altura da boa dupla titular na defesa. Ficar de olho no “feijão com arroz” dele pode valer a pena para o futuro.

Read Full Post »