Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Jorge Wagner’

Não tem jeito: no período de férias do futebol brasileiro os boatos tomam conta do noticiário. Nas últimas duas semanas quase todos jogadores foram especulados em quase todos times.

Mas também é inevitável imaginar o que acontecerá se algumas dessas contratações realmente acontecerem. Por isso veja abaixo análises dos principais boatos que surgiram recentemente no futebol brasileiro…

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Andrezinho (M-Internacional) – É um jogador que precisa mudar de time, pois merece mais chances, uma posição mais destacada, uma grande sequência de jogos como titular, etc…

Corinthians – Willians (V-Flamengo) – Se estiver focado, consegue colocar Ralf na reserva facilmente e melhorar ainda mais o forte meio-campo corintiano.

Flamengo – Bolívar (Z-Internacional) – Apesar de ter feito uma fraca temporada no Sul, ele é experiente e ainda tem lenha para queimar.

Fluminense – Anderson (Z-Atlético-GO) – É um zagueiro experiente que fez bons trabalhos no Brasileirão, tanto pelo Ceará quanto pelo Atlético-GO.

Grêmio – Carlos Eduardo (MA-Rubin Kazan) – Foi prematuramente para a Europa e ainda assim conseguiu algum sucesso. Caso volte para o time que o revelou, tem tudo para reencontrar seu futebol de habilidade e velocidade.

Grêmio – Ederson (M-Lyon) – Interessante que o Grêmio saiba que precisa reforçar seu meio-campo. O meia do Lyon é bastante técnico, por isso traria um diferencial interessante para o time gaúcho.

Palmeiras – Giuliano (M-Dnipro) – Surgiu como um meia diferenciado, mas ainda precisa comprovar essa condição. Conseguir isso no sempre conturbado Palmeiras seria realmente um grande feito.

TANTO FAZ…

Botafogo – Jorge Wagner (M-Kashiwa Reysol) – Seria interessante vê-lo cruzar bolas para o bom cabeceador Loco Abreu, mas o Botafogo teria que mudar seu estilo de jogo para isso.

Corinthians – Gil (Z-Valenciennes) – Era útil no Cruzeiro e pode até ser titular no Corinthians, mas não é muito melhor que Castán, Paulo André, Chicão, etc…

Corinthians – Guilherme (V-Portuguesa) – Parece ser uma boa opção para o time paulista manter sua tradição de bons volantes. Só é difícil saber se ele dará conta da pressão de um time grande.

Cruzeiro – Osvaldo (A-Ceará) – Um atacante de velocidade é o que o Cruzeiro mais precisa. Resta saber se ele mostrará o mesmo bom futebol em um time maior. É bom desconfiar.

Fluminense – Thiago Neves (MA-Flamengo) – É claro que trata-se de um grande jogador, mas depois de tudo que aconteceu, parece absurdo o Flu ainda aceitá-lo de volta. A torcida não deve aceitar…

Vasco – Kleber (LE-Internacional) – É um bom nome, até porque o Vasco não tem ninguém para essa posição. Mas é preciso entender que ele piorou bastante nos últimos anos.

Vasco – Rodolfo (Z-Grêmio) – O Vasco precisa mesmo de um jogador para a posição. Quando surgiu no Fluminense, Rodolfo parecia ser um zagueiro de alto nível. Mas há tempos não comprova essa condição.

CAI FORA!

Botafogo – Tanaka (Z-Nagoya Grampus) – Seria folclórico e interessante, mas pouco útil. O brasileiro naturalizado japonês não é tão bom e ainda teria que se adaptar. Difícil dar certo.

Corinthians – Neto Coruja (V-Vitória) – É um jogador versátil, mas seria reserva e acrescentaria pouco ao elenco.

Flamengo – Rafa Márquez (Z-New York Red Bull) – A experiência dele não justifica. Trata-se de um defensor mediano que não joga em bom nível há muito tempo.

São Paulo – Edson Silva (Z-Figueirense) – É verdade que ele fez um bom Brasileirão, mas parece ser só mais um zagueiro comum que viveu boa fase.

NÃO ENXERGAM?

Roger Carvalho (Z-Figueirense) – Estão indo atrás do zagueiro errado do Figueirense. Roger é mais técnico e está de saída para a Europa. Um time brasileiro deveria tentar mantê-lo no país.

LEIA TAMBÉM

Read Full Post »

Ricardo Gomes começou a preparar o São Paulo de 2010 e promoveu uma mudança tática importante: o 3-5-2, tão usado nos últimos 4 anos, pode ser deixado de lado. O técnico quer testar o 4-4-2, já que foram contratados tantos meias e atacantes de qualidade para o elenco.

Como Carlos Pizzatto bem disse em seu post sobre o assunto, “a ideia, a meu ver, é interessantíssima”. O problema é que talvez a experiência não dure muito. Basta olhar para as peças do time para achar vários problemas para que essa mudança realmente aconteça com sucesso.

A primeira questão: André Dias não será líbero. Com 3 zagueiros, ele jogava na sobra e se destacava, pois só tinha que fazer a cobertura. Agora ele terá que se adaptar.

Entretanto, como bem destaca Thiago Quini em sua análise tática sobre o São Paulo, “Agora com os treinamentos na pré-temporada, o comandante poderá educar a defesa em uma linha de quatro”. Será que ele consegue?

A segunda questão: os laterais. Ricardo Gomes escalou Jean e Jorge Wagner nos primeiros treinos. Ambos são meio-campistas e jogarão improvisados. No máximo já atuaram como alas. A defesa pode sofrer pelos flancos.

A terceira questão: falta um 1º volante mais marcador. Por mais que Richarlyson tenha suas qualidades, ele costuma subir pro ataque demais. Jean seria um nome ideal, mas por enquanto ele tem que jogar na lateral-direita.

A quarta questão: o time jogará praticamente com 3 atacantes. Marcelinho Paraíba não jogou de meia pelo Coritiba com frequência, mas será escalado assim no São Paulo. Se Dagoberto não voltar pra ajudar na marcação, o time pode ficar frágil demais.

Além dessas dificuldades, outra questão é se o meio-campo do time será colocado no formato de quadrado ou de losango. Veja os desenhos das opções:


À esq.: o meio quadrado, desenhado por Carlos Pizzatto, no Blog do Carlão. À dir.: o meio em losango, ilustrado por Thiago Quini, no Comente Futebol.

Mesmo com todas essas dúvidas e problemas para resolver, Ricardo Gomes deve agradar Alberto Helena Jr., que também opinou sobre essas questões táticas e deu a entender que espera ver o São Paulo de 2010 escalado mesmo no 4-4-2. “na última leva de contratações, veio uma legião de meio-campistas e atacantes, e é preciso abrir espaços para essa turma, que diabo!”, esbravejou.

Eu também quero observar essas mudanças, mas é bom aproveitar: tudo isso não deve durar muito tempo… Logo logo o 3-5-2 estará de volta!

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Palmeiras – Venceu um confronto direto contra o Inter na briga pelo título e se manteve na liderança do Brasileirão 2009.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Perdeu feio para o Grêmio, que fez uma bela partida.

O pior é que conseguiu apenas 1 vitória em 6 partidas e começa a comprometer a boa campanha feita até aqui.

TROFÉU HERÓI

Wellington Paulista – Fez 3 gols na vitória do Cruzeiro contra o Náutico, que mostrou como a Raposa ainda pode crescer nesse Brasileirão.

TROFÉU VILÃO

Rogério Ceni e Jorge Wagner – Os dois falharam no gol de Paulo Baier, marcado nos minutos finais do jogo contra o Atlético-PR

Dá para perdoar o goleiro, que está sem ritmo de jogo. Mas não é a 1ª vez que o meia erra da mesma maneira nesse ano.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Palmeiras 2 x 1 Inter – Dois dos melhores times do Brasileirão corresponderam às expectativas com bom nível técnico e emoção até o final.

DETALHE TÁTICO

4-2-2-2 do Palmeiras – Esse era o esquema que dava certo com Jorginho.

Muricy Ramalho já escalou o time com 3 volantes, 3 zagueiros e exagerou nas mudanças. Bastou fazer o simples e venceu.

O FUTEBOL É INJUSTO

Corinthians 3 x 3 Botafogo – Era para ser “o show em 90 minutos”.

Mas o árbitro  mostrou que estava totalmente despreparado e estragou o jogaço com gol de mão, pênalti e falta inexistentes e muita polêmica.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Avaí no G4 – Faz tempo que o time de Silas evoluiu e arrancou.

Mas ainda fico impressionado ao ver o time na zona de classificação para a Copa Libertadores. Até quando?

ALGUÉM ME EXPLICA?

Fluminense – Em casa, como não consegue ganhar do Barueri com 2 a mais em campo e ainda comemorar um empate depois?

Não entendo também as mudanças táticas de Renato Gaúcho. Só nos últimos 3 jogos o time já atuou no 3-5-2, no 4-4-2 e no 4-3-3.

ALARME

Flamengo – Cheio de desfalques, provou que não tem elenco mesmo, caiu para a 14ª posição e tem que temer o rebaixamento.

VALEU O INGRESSO

Giuliano – Após uma bela finta, acertou um belo chute de fora da área.

Quem pagou para ver esse lance também viu Diego Souza dar um chapéu em Guiñazu, tocou a bola entre as pernas de Sorondo e quase fez o golaço. Com certeza valeu o ingresso!

Read Full Post »