Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Juan’

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Arsenal – Alexandre Pato (A-Milan) – Não sei como faria para encaixá-lo ao lado de Van Persie, mas é evidente que o brasileiro tem qualidade e merece mais espaço do que tem no Milan atualmente.

Chelsea – Higuaín (A-Real Madrid) – O argentino finalmente tem dado certo na Europa e possui características para se destacar no futebol inglês.

Liverpool – Leandro Damião (A-Inter) – Pode formar uma dupla matadora com Luis Suárez e ser a solução para o ataque do Liverpool, setor que é o principal problema do time inglês atualmente.

Manchester United – Khedira (V-Real Madrid) – O time inglês já tem várias boas opções para a posição, mas o alemão traria uma agressividade diferente para o meio-campo, com uma chegada melhor ao ataque.

Milan – Fernando Torres (A-Chelsea) – A passagem do espanhol pelo Chelsea tem sido vergonhosa, mas ele tem condições de se recuperar e dar certo no futebol italiano.

Milan – Keita (V-Barcelona) – O volante do Barça tem evoluído e precisa de um time que lhe dê mais chances para mostrar como pode ser útil.

TANTO FAZ…

Chelsea – Gary Cahill (Z-Bolton) – O time precisa de um zagueiro, já que Alex está de saída, mas Cahill chegaria para ser reserva mesmo.

Chelsea – Jack Rodwell (M-Everton) – É um jovem de qualidade, mas está longe de ser a solução para o meio-campo pouco criativo do Chelsea.

Inter de Milão – Lucas (MA-São Paulo) – O são paulino ainda não parece pronto para o futebol europeu, mas, caso consiga se adapatar, pode trazer uma velocidade que o ataque da Inter precisa.

Juventus – Rhodolfo (Z-São Paulo) – O são paulino ainda não provou ser uma opção melhor que Bonucci ou Barzagli, mas também não é pior que eles.

CAI FORA!

Inter de Milão – Juan (Z-Inter) – Ainda não é um zagueiro pronto para o futebol europeu e a Inter nem precisa tanto de um jogador para esta posição.

Real Madrid – Chivu (Z-Inter de Milão) – Pode ser útil como zagueiro, mas não é a solução ideal. Como lateral seria apenas mais um reserva.

Real Madrid – De Jong (V-Manchester City) – Faz pouco sentido contratar um volante tão pouco técnico para um meio-campo que precisa de mais qualidade na saída de bola.

NÃO ENXERGAM?

Gourcuff (M-Lyon) – Passou da hora do talentoso meia francês ser testado de verdade em um grande campeonato da Europa. Mas por enquanto poucos boatos indicam que isso vá acontecer…

VEJA TAMBÉM

Anúncios

Read Full Post »

Após três jogos, a seleção brasileira de Mano Menezes já parece ter uma base, uma espinha dorsal: Daniel Alves, Thiago Silva, André Santos, Lucas, Ramires, Robinho e Alexandre Pato são jogadores que devem constar em quase todas convocações futuras.

Até aqui foram três vitórias, alguns momentos de futebol bonito e muita organização tática. Mas o verdadeiro teste só acontecerá contra a Argentina. E para esse jogo até o próprio Mano já admite que pode mudar a sua base: “É uma situação que talvez faça você pensar em algumas peças novas”.

Agora fica a questão: quais serão essas novas peças? Abaixo tento adivinhar e analisar algumas delas, posição por posição:

Goleiros: Júlio César e Gomes?
Um dos melhores goleiros do mundo, Júlio César precisa voltar ao time. Goleiro é uma posição de confiança, e Mano precisa começar a criar esse elo.

O reserva deve ser Victor e, caso continue a ser chamado um terceiro nome, Gomes aparece como favorito, já que tem até a experiência de participação em uma Copa do Mundo.

Zagueiros: Lúcio e Juan?
Thiago Silva e David Luiz tem tudo para formar uma boa dupla, mas será que Mano vai querer a volta de Lúcio ou Juan ao time? Eu aposto que não. Ambos já têm mais de 30 anos e a renovação até aqui tem sido radical, o que é correto, já que de fato não há necessidade de apelar para jogadores mais velhos nessa posição. Estamos bem servido com os jovens.

Caso queira jogadores com mais passagens pela Seleção, mas que tenham mais condições de ir para a Copa de 2014, Mano pode optar, por exemplo, por Alex (Chelsea, 28 anos), Naldo (Werder, 28 anos) ou Alex Silva (São Paulo, 25 anos). Dentre esses três, aposto que pelo menos um será convocado para o jogo contra a Argentina.

Laterais: Maicon e Filipe Luís?
Aqui aparentemente os titulares já estão definidos. Pela direita, Daniel Alves teve atuações decisivas e se garantiu. André Santos também brilhou, especialmente contra os EUA, e mesmo antes já tinha a confiança de Mano.

Dentro da proposta de convocar mais jogadores experientes, é possível que Maicon finalmente volte, mesmo que seja para ser reserva. Já do outro lado é mais difícil achar nomes com rodagem pela Seleção, mas Filipe Luís, por exemplo, pode ser lembrado. É uma pena que Marcelo tenha queimado seu filme com Mano recentemente…

Volantes: Felipe Melo?
É a posição que Mano mais tem acertado, com Lucas, Sandro e Ramires sempre convocados. Fica apenas a dúvida para um quarto nome, que teoricamente seria disputado por Hernanes, Jucilei e Elias. Eu daria preferência para o primeiro e arrisco dizer que Mano fará o mesmo.

Porém, ele pode preferir um jogador mais rodado para a posição. Dentre aqueles que normalmente eram convocados por Dunga, apenas Felipe Melo pode surgir como opção, já que vive uma fase mais “zen” na Juventus. Porém, duvido que Mano vá fazer essa aposta de alto risco agora. Talvez só em um futuro distante. Assim espero…

Meias: Diego e 2 Alexs?
Mano ainda não encontrou o substituto ideal de Ganso. Por causa disso tem faltado um melhor toque de bola para a Seleção. Entendo que a solução para isso não passa pelos jogadores já convocados. Diego, Alex (Fenerbahçe) e Alex (Spartak) seriam opções melhores para o setor. Dentre os já chamados, Giuliano é o único que talvez resolva.

Atacantes: Nilmar e Vágner Love?
As vagas de Alexandre Pato e Robinho ninguém tira. Resta saber, por exemplo, quem seria o outro atacante de velocidade: Neymar e Philipe Coutinho podem ficar com a vaga, mas seria mais inteligente Mano apostar no já experiente Nilmar, que tem feito por merecer uma nova chance como titular do Brasil.

Já para ser o reserva de Pato a situação é mais delicada: André ainda é novo demais. Luis Fabiano talvez seja velho demais. E Adriano ainda não jogou de verdade pela Roma. Olhando para quem Mano já convocou, pode ser novamente a vez de Hulk ou Diego Tardelli. Mas uma aposta em Vágner Love, que tem feito boas atuações em 2010, também seria válida e compreensível.

Read Full Post »

Com grande festa, Robinho foi apresentado, nesta segunda-feira, no Santos. Ele chega com algumas certezas: fracassou na Europa, mas seu retorno ao Brasil tem tudo para dar certo, fazendo com que ele vá à Copa do Mundo.

O problema é o grande número de críticas feitas sobre o atacante nos últimos dias. A sua atitude de forçar mais uma transferência preocupa, já que só alimenta a imagem ruim do jogador brasileiro no futebol europeu.

Como bem escreveu Mauro Betting, Robinho “poderia ter feito menos força para deixar o Santos. Poderia ter forçado menos a saída do Real Madrid. Poderia ter conduzido melhor a situação no Manchester City”. É toda uma carreira realmente mal conduzida.

Mas é claro que não dá pra generalizar. Não são poucos os exemplos de jogadores brasileiros que foram para a Europa e, mesmo enfrentando as dificultades de adaptação, estão por lá há um longo tempo. Dentre os 4 grandes centros europeus, é possível fazer uma lista enorme. Veja o que estão no Velho Continente há mais tempo (**):

1º) Dedê (12 anos) *
O eterno lateral-esquerdo do Borussia Dortmund já faz parte da história do time alemão. Construiu uma carreira segura na Europa e uma identificação com o clube que confiou em seu futebol. Tanto que poucas vezes a sua volta ao Brasil chegou a ser especulada. Aprende, Robinho!

2º) Bordon (11 anos) *
Outro exemplo que vem do futebol germânico. O zagueiro ex-São Paulo era criticado no Brasil, mas foi para o Stuttgart e começou a dar certo. Com a transferência para o Schalke 04, time em que está até hoje, conquistou títulos e mostrou um profissionalismo ímpar.

3º) Sylvinho (11 anos) *
Robinho deveria ter ouvido os conselhos do lateral nos últimos meses, já que ambos estavam juntos no Manchester City. Antes de ir para o futebol inglês, Sylvinho passou por Barcelona, Celta e Arsenal. Muitas vezes ele amargou o banco de reservas, mas nunca se rebelou e sempre entrou bem quando os times precisavam dele.

4º) Amauri (10 anos) *
O centroavante da Juventus praticamante começou sua carreira já na Europa. Nem sempre se destacou, mas nunca voltou ao Brasil. Pelo contrário, pensa até em se naturalizar italiano. Enquanto isso não acontece, ele serve para pelo menos ser um exemplo para Robinho.

5º) Lúcio (10 anos) *
O atual capitão da Seleção Brasileira construiu sua carreira no Bayern de Munique. Jogou tão bem por lá que, quando saiu, mesmo criticado por Van Gaal, acertou uma transferência para um time ainda maior, a Inter de Milão.

6) Fábio Aurélio (10 anos) *
Foi revelado prematuramente no São Paulo e saiu do Brasil para deixar de ser uma jovem revelação e virar uma realidade: no Valencia, chegou a ser Campeão Espanhol. Agora está no Liverpool, em uma fase não tão boa, mas deveria estar nos planos da Seleção Brasileira mesmo assim.

7º) Ronaldinho Gaúcho (9 anos) *
Não é exatamente um exemplo de profissionalismo, mas tem resistido bem à tentação de voltar ao Brasil, apesar das suas más fases. Conseguiu títulos e prêmios individuais na Europa, mas corre permanente risco de sair dessa lista para entrar no “time” de Robinho em breve.

8º) Ewerthon (9 anos) *
O atacante ex-Corinthians não tem uma carreira das mais brilhantes fora do Brasil, mas superou até um rebaixamento na Espanha para seguir tentando fazer sucesso no Velho Continente. Tem qualidades e sua volta sempre é especulada, mas por enquanto nada foi confirmado

9º) Maxwell (9 anos) *
É outro que nem sempre foi titular, tendo passado por Ajax, Empoli, Inter de Milão e Barcelona. Mesmo assim, é respeitado na Europa, especialmente no futebol italiano.

10º) Belletti (8 anos) *
Nunca se destacou muito, tanto no Brasil quanto na Europa, mas é disciplinado, esforçado e tem algum talento. Tudo isso foi reconhecido nos clubes em que passou, Villareal, Barcelona e Chelsea. Seu retorno foi especulado no Flamengo recentemente, mas ele não forçou a barra e só deve voltar quando seu contrato acabar. Entendeu como faz, Robinho?

11º ) Juan (8 anos) *
Merecia até passar por times melhores da Europa, mas suas lesões sempre o atrapalharam. Mesmo assim, nunca precisou voltar ao Brasil para garantir seu lugar na Seleção Brasileira e participar de pelo menos uma Copa do Mundo.

* A quantidade de anos que o jogador está na Europa é um valor aproximado.
** Foram excluídos da lista os brasileiros que se naturalizaram por outro país.

Outros exemplos, também com aproximadamente 8 anos de Europa, são as carreiras de Dida, Taddei e Mancini. Sem falar de Kaká, Júlio Baptista, Renato, Maicon, etc… Todos eles deveriam ter conversado um pouco com Robinho.

De qualquer forma, fica a expectativa boa de ver o novo reforço do Santos em gramados brasileiro. Certamente ele vai brilhar no Peixe e voltará à Europa em breve. E dessa vez que seja para repetir outras histórias de sucesso com brasileiros na futebol europeu!

Read Full Post »

Após quase encerrar a carreira, Petkovic levou apenas 6 meses para conseguir sua redenção. Foi contratado mais uma vez pelo Flamengo no final de maio, decidiu jogos na reta final do Brasileirão 2009 e foi campeão brasileiro. Ele sofreu e agora merece comemorar.

Após crises e problemas pessoais gravíssimos, Adriano levou apenas 7 meses para conseguir a sua redenção. Foi o craque do Brasileirão 2009, faturou o título e agora já desperta o interesse de clubes europeus. Ele sofreu e agora merece comemorar.

Após críticas e questionamentos, Andrade levou mais de 5 anos para conseguir sua redenção, desde que foi técnico do Fla pela 1ª vez. Comandou um time em reconstrução e o fez crescer nos momentos decisivos, como contra São Paulo, Palmeiras e Atlético-MG. Ele sofreu e agora merece comemorar.

Zé Roberto, Juan e Ronaldo Angelim também são exemplos de quem se recuperou após algumas dificuldades. Eles sofreram e agora merecem comemorar.

Após decepções e lamentações, a nação rubro-negra levou 17 anos para conseguir sua redenção. Ela chorou, mas dessa vez foi de alegria. Ela desabafou, mas dessa vez foi com alívio. Ela gritou, mas dessa vez pra festejar.

Brasileirão 2009 marcou a volta por cima para mais de 35 milhões de flamenguistas

O Brasileirão 2009 trouxe a redenção rubro-negra dividida em partes, mas será festejada por todos os 35 milhões de fanáticos que fazem do Fla o “Mais Querido” do Brasil. Torcedores que levaram seu time a também ser o mais talentoso, o mais competente, o mais brigador. Enfim… o mais feliz.

Agora Adriano, Pet, Andrade, Zé Roberto, Juan, Ronaldo Angelim e toda a nação rubro-negra poderá cantar mais forte seu lindo hino. “Uma vez Flamengo…”. Poderá entoar todos seus belos gritos. “Tu és time de tradição”. Poderão fazer ecoar uma frase simples e tradicional. “É campeão”.

E, além de tudo isso, eles poderão cantar um antigo e conhecido samba de Paulo Vanzolini que se encaixa perfeitamente com a história do título flamenguista:

“Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava!”

Parabéns, Flamengo! Você sofreu e agora merece comemorar!


Read Full Post »

E SE FOR VERDADE?

As especulações são antigas, mas vieram com mais força agora: Wagner Vilaron deu como certas, no programa Arena Sportv, as idas de Iarley e Tcheco para o Corinthians, além da negociação avançada com o lateral Juan.

A única má notícia de verdade é o acerto com o meia do Grêmio, Tcheco. Ele está longe de viver a sua melhor fase, não costuma ir bem longe de Porto Alegre e a idade atrapalha. Chegaria para ser titular, por falta de opções, mas não dá pra esquecer que, em 2008 mesmo, ele já pensava em se aposentar. Relembre.

A idade também um problema para Iarley. É um bom jogador que fez um ótimo Brasileirão, sem dúvida. Mas tem limitações físicas claras. O que ajuda é que ele apenas completaria o elenco, ou seja, seria reserva. Jorge Henrique, Dentinho, Defederico e Edno já são boas opções para o ataque do time de Mano Menezes.

Já a possível ida de Juan ao Corinthians pode ser vista com bons olhos. O time precisa de um substituto de André Santos até hoje. O lateral do Flamengo não fez uma boa temporada no Rio de Janeiro, mas tem qualidades e ainda pode reencontrar seu bom futebol em São Paulo.

Sendo assim, o corintiano pode ficar triste ou comemorar. Uma notícia é boa, outra é mediana e a terceira é ruim mesmo. Pessimistas e otimistas que se entendam!

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

A principal novidades nas análises sobre a vitória da Seleção Brasileira foi a crítica direcionada para a defesa do time de Dunga.

Depois dela estar tão bem nas Eliminatórias, foram três gols sofridos e alguns sustos. Ficou claro que há algum problema ali. O difícil é entender exatamente o que aconteceu.

Caio Maia citou a falta de concentração como motivo, mas também perguntou “Foi só isso?”.

PVC lamentou que não aconteceram os milagres de Júlio César, mas será que é cabível esperar sempre isso dele?

Mauro Cezar Pereira foi mais além e concluiu até que “falta mais cuidado com quem vem pela frente”.

Não dá para discordar completamente destas análises, mas o problema parece mais simples: Lúcio e Juan são bons zagueiros, então o defeito só pode estar ao redor deles.

Ou seja, Gilberto Silva não desarmana ninguém, Kléber é irritantemente discreto até na defesa, e Daniel Alves marca menos que Maicon, com quem o time está mais entrosado.

Só dá para ficar com pena dos zagueiros e de Júlio César. Que Dunga sinta o mesmo, reveja esta situação e corrija. Os comentaristas de futebol estão de olho!

Read Full Post »

NO SEU TIME

Com novo recorde de votos, Borges foi eleito o melhor atacante do São Paulo HOJE.

Muricy Ramalho parece não concordar com isso às vezes, e também tem insistido demais em Washington.

Com certeza uma evolução no futebol do São Paulo para este ano pode acontecer se Muricy Ramalho concordar com os leitores que votaram no Borges.

Nova enquete
A lateral esquerda é a posição que estám ais aberta na Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2010.

André Santos foi a novidade da última escalação, mas poucos confiam que ele será a grande solução para o setor.

Além do corintiano, Dunga também tem chamado Marcelo, Kléber e Juan. E tem ainda Fábio Aurélio como opção sempre comentada.

Então opine e cornete o técnico da Seleção na enquete ao lado: qual lateral esquerdo você escolheria primeiro?

Read Full Post »

Older Posts »