Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Kléber Pereira’

Nem tudo são flores no mercado da bola do futebol brasileiro. Como já mostrado aqui, existem equipes que acertaram nas contratações durante a Copa. Mas também sobram aquelas que apostaram em reforços que não vão melhorar o time na prática. Talvez até piorem a situação.

Segue abaixo a lista dos 11 piores negócios durante a pausa para a Copa do Mundo entre os times que disputam o Brasileirão 2010:

1º) Jean (Flamengo)
Antes de chegar ao Rubro-Negro, atuou por São Paulo, Grêmio e Corinthians sem convencer em nenhum desses times. Ou seja, o ponto forte dele é mesmo… o empresário.

2º) Kléber Pereira (Goiás)
Alguém lembra que ele estava no Inter no 1º semestre? Alguém cita algo de útil que ele tenha feito pelo Santos em 2009? Não há porque crer que no Esmeraldino essa realidade vá mudar. Foi um bom atacante, mas já está em decadência há anos.

3º) Eli Sabiá (Atlético-PR)
Foi uma aposta do Santos que deu errado em 2009. Não acreditava que mais alguém quisesse errar com ele em 2010.

4º) André Luis (Fluminense)
É grosso, mas soube disfarçar bem essa limitação no Brasileirão 2009. O Flu vai ter que torcer para ele fazer isso de novo. Mas não dá pra acreditar que o raio cairá duas vezes no mesmo campeonato…

5º) Marquinhos (Flamengo)
Ficou 1 ano e meio no Palmeiras e não fez nada de útil. É jovem e ainda pode se recuperar no Fla, mas sem dúvidas é uma aposta arriscada do time carioca.

6º) Bobadilla (Corinthians)
Não dá pra entender como o alvinegro paulista perdeu o goleiro Felipe. Agora o time vai ter que se contentar com um paraguaio já um tanto velho e pouco confiável, que ainda pode quebrar um galho, mas por curto prazo.

7º) Val Baiano (Flamengo)
É o típico centroavante grosso que depende de uma boa fase ser útil ao time. Quem vivia com Adriano e Vágner Love vai demorar para se adaptar a um atacante desse tipo.

8º) André Lima (Grêmio)
Sabe dar trabalho para as defesas adversárias, mas também dá trabalho para a própria torcida, pois costuma errar uma infinidade de chutes e passes fáceis.

9º) Apodi (Guarani)
Tem velocidade e só. É um lateral-direito que pouco marca e se manda para o ataque, mas lá também não ajuda sempre, já que lhe falta técnica nos fundamentos mais básicos.

10º) Guerrón (Atlético-PR)
O atacante só irritou a torcida do Cruzeiro nos últimos meses. Até tem alguma qualidade, é veloz, mas está longe de ser aquele jogador diferenciado que pareceu ser na Copa Libertadores de 2008, pela LDU.

11º) Reinaldo (Atlético-MG)
Passou por uma fase razoável no Grêmio em 2008, mas desde então sumiu. É muito pouco para que ele se credencie a buscar vaga no concorrido ataque do Galo.

São complicadas as situações de Flamengo e Atlético-PR, que resolveram arriscar demais nas suas contratações. Para piorar o time carioca perdeu jogadores importantes e o Furacão está perto demais da zona de rebaixamento. Eram times que não podiam correr riscos. Mas fizeram exatamento o contrário quando precisavam de apostas mais seguras. Ou seja…

ATUALIZAÇÃO ÀS 17h50: Graças ao amigo Júlio Simões fui informado que a contratação de Joilson não foi confirmada pelo Atlético-PR. O lateral chegou a ser anunciado, mas o resultado dos exames médicos o vetaram.

Dessa forma, ele saiu da lista e Guerrón, outra contratação do Atlético-PR, entrou em seu lugar. Não é um negócio tão ruim quanto seria a chegada de Joilson, mas também gera desconfiança.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Maicosuel (M-Hoffenheim) – Os botafoguenses precisam lembrar que ele só se destacou em um Campeonato Carioca. Ainda assim, seria uma opção melhor para o meio do que Lúcio Flávio, Edno ou Renato Cajá.

Fluminense – Edinho (V-Palmeiras) – Não tem sido nada excepcional no time paulista, mas o tricolor carioca precisa melhorar suas opções defensivas, tanto na zaga quanto no meio-campo.

Fluminense – Renan (G-Xérez) – Rafael ainda não inspira confiança, enquanto Renan é um dos melhores goleiros que o futebol brasileiro revelou recentemente.

Palmeiras – Diogo (A-Olympiacos) – Ele se destacou na Série B e na Grécia. Brilhar em um time grande do Brasil seria mais difícil, é claro, mas ele é jovem e pode ser um bom repatriamento do Palmeiras.

Santos – Zé Roberto (M-Hamburgo) – Poderia desempenhar a função que hoje é de Marquinhos e certamente aumentaria ainda mais a qualidade do Peixe.

TANTO FAZ…

Ceará – Dodô (A-Vasco) – É uma aposta de risco. De fato, falta um bom cetroavante para o “Vovô”, mas daí acreditar que Dodô é a solução é outra história…

Palmeiras – Dayro Moreno (A-Once Caldas) – O jogador conseguiu se destacar na primeira fase da Copa Libertadores, mas seria necessário esperar para ver como ele se adaptaria ao Brasil.

Santos – Édson Bastos (G-Coritiba) – Não é um goleiro de alto nível, mas é mais experiente e pode se tornar mais confiável do que o jovem Felipe.

CAI FORA!

Atlético-MG – Kléber Pereira (A-Inter) – Não joga nada há mais de um ano e ainda seria só mais um reserva no Galo, que já tem várias opções para o ataque.

Palmeiras – Edu (A-Inter) – O time de Palestra Itália precisa de mais opções para o ataque, mas Edu não está bem no Colorado e não seria a melhor opção.

NÃO ENXERGAM?

Anderson (M-Manchester United) – Está machucado, mas não faz parte dos planos de Alex Ferguson. Poderia ser procurado por clubes brasileiros para se recuperar no 2º semestre.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Atlético-MG – Mancini (A-Inter de Milão) – Não está bem na Europa há um longo tempo, mas teria tudo para dar a volta por cima no time que o revelou.

Cruzeiro – Roger (M-Qatar SC) – Não parece ser mais o jogador problemático de outros tempos e tem qualidade de sobra pra brilhar na Raposa.

TANTO FAZ…

Goiás – Jonas (A-Grêmio) – Fez um Brasileirão 2009 surpreendente e poderia dar certo, mas enfrentaria a concorrência da boa dupla formada atualmente por Felipe e Fernandão.

Grêmio – Angeleri (LD-Estudiantes) – Sempre é preciso esperar para ver a adaptação de um estrangeiro no Brasil, mas pode ser uma boa solução para a lateral-direita do time.

Inter – Thiago Carleto (LE-Elche) – Até surgiu bem no Santos, mas foi mal na Europa e só seria um reserva razoável no Colorado.

Santos – Dênis Marques (A-Flamengo) – A passagem decpecionante pelo Flamengo gera ressalvas, mas o Peixe precisa de um centroavante, então ele chegaria com espaço e poderia dar certo.

Santos – Vanderlei (G-Coritiba) – Eu apostaria no jovem Felipe, mas ele tem qualidades e pode sim ser uma boa opção.

CAI FORA!

Atlético-MG – Edmílson (V-Palmeiras) – A sua lentidão e seus problemas físicos já atrapalharam demais sua vida no Palmeiras. Não acredito que seria muito diferente no Galo.

Fluminense – Kléber Pereira (A-Santos) – Seria só reserva de luxo e provavelmente ainda cobraria um alto salário pra isso. Não vale a pena.

Goiás – Marcão (Z-Palmeiras) – Nunca foi um jogador de técnica apurada, mas seu vigor físico e empenho compensavam. Atualmente isso não acontece mais.

NÃO ENXERGAM?

Caio (M-Frankfurt) – O meia-atacante ex-Palmeiras é um canhoto habilidoso e de forte chute. Ele até teve bons momentos na Alemanha, mas não está bem agora. Foi pra lá há mais de dois anos e deve querer voltar. Basta algum time daqui lembrar dele.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Ariel (A-Coritiba) – É limitado, mas é jovem e sabe fazer gols. Pode dar certo se o time for arrumado da forma adequada.

Cruzeiro – Alex Silva
(Z-Hamburgo) – Quando saiu do Brasil, era jogador de Seleção Brasileira. Não há razões para desconfiar do seu futebol.

Grêmio – Alan Bahia (V-Vissel Kobe) – Não sei como ele está no Japão, mas apresentava um futebol seguro no Atlético-PR e sempre mereceu uma chance em um time grande.

Inter – Vitor (LD-Goiás) – Esteve entre os melhores do Brasileirão por dois anos seguidos e é outro que merece a chance em um time grande.

Palmeiras – Léo (Z-Grêmio) – Virou reserva durante o Brasileirão 2009, mas jogou bem no ano anterior e pode ter um bom recomeço no clube alviverde.

Vasco – Daniel Carvalho (M-CSKA) – A sua passagem decepcionante pelo Inter em 2008 gera desconfiança, mas tem futebol para sobrar no Brasil.

Vasco – Rafael Carioca (V-Spartak Moscou) – Foi uma das principais revelações do Brasileirão 2008 e o time cruzmaltino precisa mesmo de um volante mais confiável.

TANTO FAZ…

Botafogo – Marcelo Cordeiro (LE-Inter) – Não faria muita diferença em relação ao atual titular do time, Diego.

Flamengo – Michael (LE-Botafogo) – Não tem encontrado seu melhor futebol desde que saiu do Palmeiras, mas é polivalente e pode ser útil para completar o elenco do Rubro-Negro.

Fluminense – Júlio César (LE-Goiás) – Tem qualidades, mas terminou mal o ano e o time nem precisa tanto de um jogador para essa posição.

Grêmio – Marquinhos (M-Avaí) – Acumula uma passagem ruim por outro time grande, o São Paulo, mas o sucesso em 2009 pode inspirá-lo a dar a volta por cima em outro tricolor.

Vasco – Herrera (A-Grêmio) – É limitado demais, mas a sua raça ainda pode contribuir com o time de alguma forma.

Vasco – Reinaldo (A-Botafogo) – As lesões o atrapalham desde sempre, mas ainda tem futebol para compôr bem o elenco.

CAI FORA!

Botafogo – Nunes (A-Santo André) – Não conseguiu fazer os gols que o Ramalhão precisava para não ser rebaixado. Por que daria certo em um time maior agora?

Grêmio – William (A-Avaí) – Ele até pode ter evoluído com o tempo, mas é preciso lembrar de seus tempos no Santos, quando mostrava várias deficiências.

Cruzeiro – Kléber Pereira (A-Santos) – O tempo dele acabou. Fez um Brasileirão 2009 decepcionante e é muito difícil acreditar que ele vá se recuperar agora.

NÃO ENXERGAM?

Leandro Domingues (M-Vitória) – Só o Corinthians chegou a mostrar interesse, mas deve ter desistido, já que Danilo e Tcheco foram contratados. O meia foi um dos melhores jogadores do 1º turno, caiu de produção, mas está de saída e merece uma nova chance em um clube grande.

Leia também:

Read Full Post »

TOP 11

O Brasileirão 2009 pode ser considerado o campeonato das surpresas, tanto em relação aos times quanto no que diz respeito a atuação de alguns jogadores.

Teve um pouco de tudo. Craques esquecidos voltaram à tona, mas também aconteceu o inverso com frequência: atletas que chegaram com grandes expectativas em seus times e não conseguiram corresponder em campo.

Relembre todos na lista que mostra as maiores decepções do ano:

1º) Vágner Love (Palmeiras)
Quando chegou, podia ser a solução para o maior ponto fraco do seu time, o ataque. O alviverde era líder do Brasileirão, mas ele não fez sua parte, entrou em polêmicas e deixou de ser ídolo para ser vilão.

2º) Fernandão (Goiás)
Também chegou a um time alviverde que sonhava com o título, mas, fora de forma, provou que está longe de ser o meia-atacante decisivo de outro tempos.

3º) Taison (Inter)
Talvez tenha sido a principal revelações dos estaduais, mas fez pouco pelo Colorado no Brasileirão, virando até reserva em alguns jogos da reta final.

4º)
Ricardinho (Atlético-MG)
Chegou ao Galo para resolver os problemas de criação do time e até fez bons jogos. Só que veio a campanha decadente na reta final e ele chegou a esquentar o banco de reservas também.

5º) Borges (São Paulo)
Foi decisivo no título de 2008 e era esperado que ele repetisse a dose dessa vez. Mas foi exatamente o contrário, pois ele arrumou confusões desnecessárias e sairá do tricolor paulista sem deixar muitas saudades.

6º) Kléber Pereira (Santos)
Em 2008, chegou a levar o Peixe nas costas. Em 2009, passou longe disso, sem gols e com muitas vaias na Vila Belmiro.

7º) Emerson (Santos)
Dono de uma carreira invejável e respeitado na Europa, o volante teria tudo para sobrar no Brasil. Quando chegou, envolveu-se em uma polêmica. Enquanto jogou, não fez nada demais. Depois ainda veio uma lesão e o fim do seu contrato.

8º) Dentinho (Corinthians)
Foi um dos maiores exemplos de falta de motivação do seu time. No final, ainda perdeu lugar para Defederico e deve começar o centenário corintiano fora do time titular.

9º) Dênis Marques (Flamengo)
Chegou para ser o companheiro de Adriano no ataque, mas logo mostrou que não conseguiria fazer, em um time grande, o que tinha feito no Atlético-PR.

10º) Léo (Grêmio)
Foi um dos melhores zagueiros do Brasileirão 2008, mas virou reserva de Rafael Marques com a adoção do 4-4-2 de Paulo Autuori durante a temporada de 2009. Agora deve ser negociado com outro time brasileiro.

11º) Madson (Santos)
Com um time mais arrumado, conseguiu se destacar no estadual. O problema é que no Brasileirão ele caiu de produção, junto com todo o elenco do Peixe.

E agora, quem vai dar a volta por cima? Será que, em 2010,  algum deles vai sair dessa lista ingrata e brilhar na relação de melhores do ano? Não duvide! Afinal, o Brasileirão sempre nos traz muitas surpresas…

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

São Paulo – Marquinhos Paraná (V-Cruzeiro) – O time deve perder volantes no final do ano e fazer a reposição com um jogador experiente seria ideal.

São Paulo – Maxi López (A-Grêmio) – Aparentemente o  elenco do tricolor paulista vai ficar recheado de atacantes velozes e de movimentação, mas precisa mesmo de um centroavante típico.

Vasco – Ronaldinho Gaúcho (A-Milan) – É difícil acreditar, mas ninguém duvida que seria excepcional.

TANTO FAZ…

Corinthians – Guti (M-Real Madrid) – Um reforço internacional é sempre interessante, mas o espanhol nunca me convenceu com seu futebol mediano.

Cruzeiro – Kieza (A-Fluminense) – Não chegaria para ser uma solução para a Raposa, mas tem qualidades para completar bem o elenco.

Grêmio – Borges (A-São Paulo) – Pode reencontrar seu melhor futebol em Porto Alegre, mas não está bem e é um risco a ser assumido.

Santos – Caíque (M-Guarani) – Teve bons momentos na Série B, mas jogar em time grande é diferente, então é necessário ter cautela e não se empolgar.

São Paulo – Júnior Dutra (M-Santo André) – Não sabe ainda se é atacante, meia ou 2º volante, o que é estranho. Mas tem talento e pode dar certo.

São Paulo – Keirrison
(A-Benfica) – Está mal em Portugal e a sua passagem irregular pelo Palmeiras só gerou desconfiança.

Vasco – Léo Gago (V-Avaí) – Tem feito bons jogos no Brasileirão 2009, mas jogar em time grande é diferente sempre.

CAI FORA!

Avaí – Marcinho Guerreiro (V-Real Murcia) – Marca sempre com muita raça, mas não sabe fazer absolutamente nada quando tem a posse de bola.

Santos – André Luis (Z-Barueri) –  Até pode funcionar em um esquema tático com 3 zagueiros, como é no Barueri, mas não dá pra confiar e fazer o time jogar de um jeito por causa dele.

Santos – Renê (G-Barueri) – Nem é um goleiro tão bom, mas acima de tudo é preciso lembrar que o Peixe já tem Fábio Costa e Felipe para a posição.

Vasco – Kléber Pereira (A-Santos) – Após um ano terrível e já com a idade avançada, não dá pra acreditar mais que ele vá reencontrar seu bom futebol.

NÃO ENXERGAM?

Henrique (Z-Racing-ESP) – O ex-palmeirense até tem jogado na Espanha, mas não está bem e o seu time só luta contra o rebaixamento. Seria ótimo, tanto para um clube brasileiro quanto para ele mesmo, que uma negociação acontecesse e acelerasse seu repatriamento.

Leia também

Read Full Post »

E SE FOR VERDADE?

A cada dia parece que Fernandão está mais perto de voltar para jogar no Brasil.  O retorno de um centroavante como ele seria uma ótima notícia para o nosso futebol.

Mas seria melhor ainda pra quem exatamente? Ou seja, qual time interessado em seu futebol precisa mais de um jogador como ele? Vejamos…

No Inter
Quando Nilmar foi para a seleção, Alecsandro, bom jogador, não deu conta do recado. Agora Nilmar foi vendido e não acredito que a situação mudará. O Colorado precisa de Fernandão.

No Palmeiras
Obina está em grande fase, ok. Mas dá para confiar? Eu não consigo. O ataque alviverde precisa de um “algo a mais” ou o sonho do título pode ir por água abaixo. O Palmeiras precisa muito de Fernandão.

No Santos
Kléber Pereira tem muitas qualidades, mas está em má fase faz tempo. O time praticamente não tem outras opções pra posição. O Peixe precisa bastante de Fernandão.

No São Paulo
Borges e Washington até marcam seus gols, mas nunca conseguem convencer totalmente o técnico e a torcida. Então o time precisa, mas nem tanto, de Fernandão.

A tendência é que ele acerte mesmo com o Inter, por causa de sua bela história já construída em Porto Alegre.

Mas fica bem claro que o Palmeiras é quem mais precisa fazer grandes esforços para mudar o provável destino de Fernandão.

Read Full Post »

TOP 11

A revista Placar divulgou neste mês o ranking dos salários do futebol brasileiro.

Trata-se de uma reportagem interessante, mas com uma lista cheia de absurdos. É até difícil acreditar que alguns times paguem tanto para certos jogadores.

Para deixar claro como estes salários são inacreditáveis, o Opiniões em Campo fez um levantamento dos jogadores com os piores custo-benefícios da atualidade:

1º) Leandro Amaral – Fluminense (280 mil)
De longe, o pior. A reportagem mesmo diz: “cada jogo dele em 2009 custou 200 mil”.

2º) Edmílson – Palmeiras (240 mil)
Outro que pouco joga para fazer jus ao seu salário.

3º) Washington – São Paulo (220 mil)
Recebe apenas 10 mil a menos que o ídolo Rogério Ceni

4º) Léo – Santos (200 mil)
Mais um que recebe tudo isso para ficar no departamento médico.

5º) Fábio Costa – Santos (200 mil)
Ganha o mesmo que Ceni e Marcos para causar confusões nos vestiários

6º) Souza – Corinthians (175 mil)
Direto da reportagem: “Cada gol dele custou 437 mil”.

7º) Kléber Pereira – Santos (174 mil)
Há quem diga que ele recebe 300 mil. Tudo isso para perder inúmeros gols na cara do goleiro.

8º) Mozart – Palmeiras (140 mil)
Jogou pouco, mas já mostrou que não vale tudo isso.

9º) Acosta – Náutico (120 mil)
O pior é que o Corinthians ainda paga 62,5 mil para ele jogar em Recife.

10º) Alex Mineiro – Grêmio (120 mil)
Quando não está lesionado, apenas esquenta o banco.

11º) Obina – Palmeiras (110 mil)
Pouco importa se chegou agora. Mostrou que não merece tudo isso desde os tempos de Flamengo.

E a reportagem ainda traz outros casos absurdos sobre os salários de técnicos (Dorival Júnior ganha mais do que o Muricy Ramalho) e de jogadores fora do Brasil (Ronaldinho Gaúcho recebe o mesmo que Gerrard).

Passou da hora dos clubes reverem seus conceitos sobre custo-benefício.

Read Full Post »

BR 2009!

SANTOS

“O Santos vive no meu coração
É o motivo de todo o meu riso
De minhas lágrimas e emoção”

QUEM JOGA?
Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller, Triguinho; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Paulo Henrique, Madson e Neymar; Kléber Pereira

COMO FOI EM 2008?
15º – Escapou do rebaixamento por muito pouco.

COMO SERÁ EM 2009?
Não fará feio, na zona da degola, mas também não visitará o topo da tabela.

COMO VAI GARANTIR OS 3 PONTOS?
Com muita velocidade e juventude, sustentadas pelo trio de meias-atacantes jovens.

O QUE FALTA MELHORAR?
O elenco. O time titular é competitivo realmente, mas faltam reservas na maioria das posições. Isto fará falta no Brasileirão.

QUEM VAI DECIDIR?
Kléber Pereira tem que fazer gols ou o time não vai para frente, mesmo com as boas atuações de Madson e Neymar.

QUEM É A ARMA SECRETA?
Gostaria de ver o atacante Tiago Luís voltar a receber chances no time. Ele surgiu bem em 2008, foi comparado com Messi na Espanha (absurdo!), mas depois sumiu.

O QUE ACONTECERÁ NO MEIO DO ANO?
O maior perigo é perder Madson. O novo camisa 10 da Vila é essencial em qualquer jogada do time e pode fazê-lo desandar se for negociado.

ACRÉSCIMOS
Vágner Mancini é um técnico de muito potencial e arrumou o time em um interessante 4-5-1, que tem sido eficiente. Mas também pode se tornar  “manjado” em breve. Será que o time tem outras variações táticas?

Read Full Post »

NO SEU TIME

Entre Keirrison, Kléber Pereira, Ronaldo e Washington, os leitores do Opiniões em Campo ficaram em dúvida entre os atacantes do Palmeiras e do São Paulo.

Confesso que fiquei surpreso pelo “Fenômeno” não ter vencido. Por tudo que ele já fez, achei que levaria a melhor. No entanto, não é esta a minha opinião.

Eu escolheria Keirrison no meu time. Apesar da má fase atual, já  mostrou que tem potencial e é mais jovem que os outros. Pode ir mais longe, portanto. Até financeiramente é uma escolha melhor.

Mas a questão agora é exatamente contrária, sobre jogadores que parecem ter pouco futuro. Dois atletas que já foram craques, esperanças da Seleção, mas agora carregam a desconfiança dos brasileiros: Ronaldinho Gaúcho e Adriano.

Ambos caíram totalmente de desempenho desde 2006 e é difícil achar um jogo em que os dois tenham brilhado recentemente. Mas é inegável que eles sabem jogar bola e poderiam brilhar no Brasil. Mas… no seu time, quem você escolheria primeiro: Ronaldinho Gaúcho ou Adriano?

Votem ao lado e comentem abaixo!

Read Full Post »

NO SEU TIME

Não imaginei que Mano Menezes ganharia de Vanderlei Luxemburgo na enquete da semana passada. Com 71% dos votos, o técnico do Corinthians levou a melhor contra o treinador do seu maior rival.

Nem consigo explicar o porquê deste resultado, até porque discordo. Ainda acho que Mano precisa provar mais para ser reconhecido. Tem potencial, é claro. Mas calma, muita calma…

Mano está cheio de "manos" para ganhar as enquetes

Mano está cheio de "manos" para ganhar as enquetes

Agora, para não sair do Campeonato Paulista, a enquete vai abordar um tema já muito discutido e pouco respondido na imprensa desde a semana passada.

Todos repararam que os 4 times grandes paulistas chegaram nas semifinais do Paulistão com 4 ótimos centroavantes. Mas ninguém disse quem realmente é melhor HOJE.

Então fica a pergunta: No seu time, quem você escolheria primeiro: Keirrison, Kléber Pereira, Ronaldo ou Washington?

Read Full Post »

OLHO NELE

Paulo Henrique "Ganso"

Clube: Santos
Posição: Meia
Idade: 19 anos
Altura: 1,84 m
Peso: 73 Kg

Desde o ano passado o Santos tem procurado contratar vários meias para municiar Kléber Pereira, um artilheiro nato. Molina, Lúcio Flávio e Róbson foram testados, mas não convenceram. O armador que realmente tem conseguido espaço na Vila veio das categorias de base do Peixe.

Paulo Henrique, apelidado de “Ganso”, se destacou já na Copa São Paulo de 2008, ao lado de Thiago Luís, Alemão, Carleto, entre outros que não vingaram naquele ano.

Em 2009, desde a saída de Márcio Fernandes, o meia de 19 anos tem recebido suas chances e aproveitado. Ao lado de Mádson, já virou titular e tem aplicado uma dinâmica de jogo que o Santos não tinha anteriormente.

“Ganso” é canhoto e tem aquele estilo clássico de camisa 10, que às vezes “dorme” e é mais lento. Mas acerta bons passes e lançamentos, além de ótimos chutes de fora de aréa. Lembra mesmo Giovanni, ídolo santista da década de 90, que o indicou para o Santos.

Paulo Henrique contrasta e se encaixa bem com a velocidade de Mádson, dando uma esperança para os santistas e, principalmente, para Vágner Mancini e Kléber Pereira: a armação de jogadas  do Santos pode estar garantida.

Veja a ficha técnica de Paulo Henrique “Ganso”

Read Full Post »