Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Léo’

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – Mesmo desfalcado, bateu o Atlético-PR em um jogo importante e subiu na tabela, se firmando na briga por uma vaga na Copa Libertadores.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – É inacreditável que o Galo tenha perdido para o Botafogo, por 2 a 0, em casa. Não jogou mal, mas voltou para a zona de rebaixamento e parece que vai ficar nessa disputa até a última rodada mesmo.

TROFÉU HERÓI

Conca – O Fluminense nem jogou bem, mas conseguiu a vitória contra o Grêmio graças ao seu meia argentino, que fez os dois gols do jogo.

TROFÉU VILÃO

Márcio – Sofreu um frango feio demais que tirou do Atlético-GO uma vitória contra o Ceará, no jogo que terminou com um empate de 1 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Tinga – O meia do Palmeiras, que tem virado titular do time recentemente, comprovou sua evolução com um bom jogo contra o Goiás, fazendo inclusive um belo gol na vitória do seu time por 3 a 2.

VALEU O INGRESSO

Léo – O zagueiro do Cruzeiro chutou do meio da rua e marcou um impressionante golaço na importante vitória da Raposa contra o Grêmio-SP.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vitória 4 x 2 Vasco – Não foi uma rodada de grandes jogos, então fico com a opção do jogo mais especial, cheio de gols e lances curiosos.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Avaí 1 x 0 Guarani – O time de Campinas esteve apático e não conseguiu se aproveitar da fragilidade do seu adversário, que desperdiçou muitas chances de gol. Agora ambos ficam na luta contra o rebaixamento…

DETALHE TÁTICO

Flamengo no 4-3-3 – Luxemburgo apresentou essa novidade no jogo contra o Corinthians, mas não conseguiu surpreender, pois o time jogou mal, principalmente no primeiro tempo.

O que não significa que a tática precisa ser dispensada. Pode funcionar no futuro, principalmente em jogos contra equipes menos preparadas.

DETALHE DO TÉCNICO

Joel Santana  – O técnico do Botafogo tirou Lucio Flávio para a entrada do atacante Edno, que participou dos dois gols do Botafogo na vitória contra o Atlético-MG.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santos prejudicado – Contra o Inter, o Peixe teve um pênalti não marcado e ainda viu um gol legítimo ser anulado porque o árbitro não viu que a bola entrou claramente.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Botafogo – Insisto que não acredito no Botafogo como candidato ao título, apesar da diferença de apenas seis pontos para o líder, mas a vitória contra o Atlético-MG mostrou que o time carioca é um dos principais postulantes a conquistar uma vaga na Copa Libertadores de 2011.

PAPO RETO

Internacional e Santos,

Já era.

Vocês não vão mesmo brigar pelo título. A diferença na tabela já é de oito pontos e vocês não parecem ter força para uma reação e uma arrancada. Comecem a se preocupar com a próxima temporada.

ACRÉSCIMOS

Ronaldo – Fez gol contra o Flamengo e mostrou, durante todo o jogo, que ainda é perigoso sim. E ainda há quem ouse duvidar dele. Não faço isso há tempos…

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Renato Silva (Z-São Paulo) – Não resolveria os problemas defensivos do time, mas é melhor do que Wellington e Antônio Carlos, os titulares atualmente.

Flamengo – Belletti (LD-Chelsea) – É um dos jogadores mais subestimados no Brasil. Ele poderia ser útil de várias formas, tanto por causa da sua  versatilidade quanto pela experiência.

Palmeiras – Welliton (A-Spartak Moscou) – Seria o atacante de velocidade que falta para o time titular comandado por Muricy Ramalho.

São Paulo – Ricardo Oliveira (A-Al-Jazira) – Já deu certo uma vez e provavelmente seria um bom negócio o seu retorno. Só não dá pra entender porque ele é um “plano B” da diretoria.

TANTO FAZ…

Atlético-PR – Pedrão (A-Al Shabab) – Sabe fazer gols, mas é só isso. Se ele vier, que o Furacão não espere um jogador para resolver todos seus problemas.

Palmeiras – Pablo Velázquez (A-Libertad) – Com certeza não é o atacante dos sonhos para a torcida, mas pode dar certo. É só uma aposta.

CAI FORA!

Atlético-MG – Filipe Bastos (V-Benfica) – Ele saiu cedo do Brasil e não se firmou em Portugal. Seria uma aposta, mas o Galo nem precisa tanto de mais volantes.

Cruzeiro – Fábio Santos (V-sem clube) – Foi um fracasso no São Paulo e no Fluminense. É difícil acreditar que ele vá se recuperar na Raposa, que já tem tantos volantes de qualidade.

Flamengo – Denílson (A-sem clube) – Está sem jogar desde o meio do ano passado, quando fracassou no Itumbiara. Pior: faz ainda mais tempo que ele não mostra qualidade para ser importante em um clube tão grande.

Flamengo – Léo (LE-Santos) – As suas freqüentes lesões fazem não valer a pena o investimento.

Santos – Eltinho (LE-Avaí) – Nem se destacou tanto assim no Avaí, imaginem como será em um time maior…

São Paulo – Val Baiano (A-Barueri) – Se é pra ter um centroavante grosso na reserva, é melhor seguir com o Roger, que custa menos.

NÃO ENXERGAM?

Mádson (M-Santos) – Com a ascenção de Neymar, a volta de Wesley e a possível chegada de Robinho, o meia-atacante está sem espaço no Peixe, mas poderia ser até titular em várias outras equipes do Brasil.

Read Full Post »

Após os retornos bem sucedidos de Ronaldo, Adriano e Fred ao Brasil, a grande moda no país é tentar repatriar jogadores que estão em times europeus.

O boato que mais ganha força agora é o da volta de Robinho ao Santos. Mal no Manchester City, o atacante pode tentar se recuperar no clube que o revelou.

Mas é preciso cautela: nem todos jogadores que voltam da Europa conquistam o sucesso facilmente por aqui. Não é preciso voltar muito no tempo para lembrar de jogadores repatriados que viraram um fracasso:

1) Daniel Carvalho
Saiu do CSKA pra transformar o Inter em favorito no Brasileirão 2008, mas, fora de forma, só conseguiu esquentar o banco de reservas e voltou ao frio da Rússia.

2) Vágner Love
Vai receber uma segunda chance no Flamengo, mas a decepção com a camisa do Palmeiras foi grande demais para ser esquecida.

3) Émerson
O experiente volante saiu do Milan e, sob a proteção de Luxemburgo, chegou para brilhar no Santos. Fora de forma, as lesões logo vieram e impediram que ele conseguisse atuar regularmente no time. Agora está sem clube.

4) Mozart
Saiu do Reggina, da Itália, para reforçar o Palmeiras, mas praticamente não jogou e, com a mudança de treinador no time, logo voltou à Europa.

5) Eduardo Costa
Trata-se de um fracasso duplo: primeiramente ele foi para o Grêmio e não deu certo. O São Paulo tentou novamente e ele voltou a acumular atuações fracas. No final das contas ele foi negociado com o Monaco, da França, e rendeu um bom retorno financeiro. Já em campo…

6) Léo
Veio do Benfica para o Santos com toda a idolatria possível, gerada pelos títulos do passado. Só que a idade pesou, as lesões atrapalharam e ele não jogou com frequência na campanha discreta do Peixe no Brasileirão 2009.

7) Edmílson
Era para ser um dos líderes do Palmeiras no ano passado, mas sua forma física e a lentidão atrapalharam. Ficou esquecido no planejamento para 2010 e acertou a rescisão do seu contrato. Agora procura um novo destino.

8) Maxi López
Saiu do FC Moscou, fez seus gols e chegou a ser querido pela torcida, mas saiu pela porta dos fundos, sem títulos e sequer uma campanha decente no Brasileirão 2009.

9) Edu
O ex-são paulino fez sucesso no Bétis por algum tempo, então era esperado que no Inter ele chegasse para fazer a diferença. Só que, também atrapalhado por uma lesão, ele não conseguiu virar titular. Pode se recuperar em 2010, mas vai ter trabalho para recuperar o prejuízo.

10) Fabinho
Estava no Toulouse, da França, quando o Corinthians resolveu repatriá-lo. Chegou para ser titular na Série B, mas nem isso conseguiu, pois Cristian logo lhe roubou a vaga. Foi para o Cruzeiro e também continua no banco, sem grandes chances para brilhar em 2010.

11) André Lima
Fez sucesso no Botafogo em 2007, despertando o interesse do Hertha Berlim imediatamente. Não foi bem na Alemanha, mas o São Paulo ainda confiou no jogador. Ele voltou para ser campeão brasileiro em 2008, mas sendo pouco utilizado. Ainda voltou para o Botafogo, só que não reencontrou mais a boa fase de outros tempos.

A lista não pára por aí, mas esses são os casos recentes mais emblemáticos. Em 2010, uma nova safra de jogadores tentarão não engrossar ainda mais essa relação de repatriados que fracassaram no Brasil: Roberto Carlos, Edinho e Rafael Carioca são alguns exemplos.  Veremos o que eles farão!

Read Full Post »

TOP 11

O Papai Noel do futebol não espera o dia 25 de dezembro e começa a trabalhar cedo. Nem bem acabou o Brasileirão e vários torcedores já receberam vários presentes de Natal.

Veja a lista de quem se comportou bem em 2009 e já pode comemorar o bom o planejamento para 2010 por causa das contratações já confirmadas:

1º) Danilo (Corinthians)
Com experiência em Copa Libertadores, ele estava em boa fase no Japão. Se a torcida tiver paciência, pode entrar perfeitamente no time do centenário.

2º) Pedro Ken (Cruzeiro)
Fez seguidas boas temporadas pelo Coritiba e a Raposa precisava mesmo de um meia para fazer uma dupla de destaque com Gilberto.

3º) Gustavo (Vasco)
A sua passagem pelo Cruzeiro foi atrapalhada por uma lesão, mas teve um bom desempenho pelo Palmeiras em 2008 e deve voltar a mostrar um bom futebol.

4º) Léo (Palmeiras)
É outro zagueiro que já mostrou talento no passado, caiu de produção e agora precisa se recuperar. Ao lado de Danilo e Maurício Ramos, pode fazer uma forte linha defensiva no alviverde paulista.

5º) Fernandinho (São Paulo)
Foi uma das principais revelações do Brasileirão 2009 e agora terá que mostrar qualidade em um time maior, mas chega com moral e expectativa.

6º) Nei (Inter)
Deve ser uma peça útil no elenco do Colorado em 2010. É seguro como lateral-direito e pode atuar como zagueiro também.

7º) Márcio Araújo (Palmeiras)
Não deve ser titular, mas com certeza acrescenta mais qualidade ao elenco deficiente comandado por Muricy Ramalho.

8º) Thiago Humberto (Inter)
Vai enfrentar uma complicada concorrência no meio-campo do Colorado, mas, se repetir o que fez pelo Barueri, pode virar titular.

9º) Léo Gago (Vasco)
Foi um grande achado do surpreendente Avaí em 2009. Agora vai encarar uma responsabilidade maior, pois o time cruzmaltino precisa de um meio-campo mais consistente na 1ª divisão.

10º) Bruno Rodrigo (Santos)
Ao lado de Edu Dracena, deve melhorar consideravelmente o nível da defesa do Peixe, que não sentirá saudades de Fabão, Eli Sabiá, Adaílton, etc…

11º) Augusto (Goiás)
Mais um bom achado do Avaí. Foi um dos pilares da ascenção do Leão em 2009 e agora deve formar uma boa dupla jovem ao lado de Rafael Tolói.

Outros bons presentes foram, por exemplo, Rafael Coelho (Vasco), Vandinho (Avaí) e Iarley (Corinthians).

A lista não para por aí. As torcidas ainda podem esperar surpresas do Papai Noel. Às vezes ele também chega atrasado.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Ariel (A-Coritiba) – É limitado, mas é jovem e sabe fazer gols. Pode dar certo se o time for arrumado da forma adequada.

Cruzeiro – Alex Silva
(Z-Hamburgo) – Quando saiu do Brasil, era jogador de Seleção Brasileira. Não há razões para desconfiar do seu futebol.

Grêmio – Alan Bahia (V-Vissel Kobe) – Não sei como ele está no Japão, mas apresentava um futebol seguro no Atlético-PR e sempre mereceu uma chance em um time grande.

Inter – Vitor (LD-Goiás) – Esteve entre os melhores do Brasileirão por dois anos seguidos e é outro que merece a chance em um time grande.

Palmeiras – Léo (Z-Grêmio) – Virou reserva durante o Brasileirão 2009, mas jogou bem no ano anterior e pode ter um bom recomeço no clube alviverde.

Vasco – Daniel Carvalho (M-CSKA) – A sua passagem decepcionante pelo Inter em 2008 gera desconfiança, mas tem futebol para sobrar no Brasil.

Vasco – Rafael Carioca (V-Spartak Moscou) – Foi uma das principais revelações do Brasileirão 2008 e o time cruzmaltino precisa mesmo de um volante mais confiável.

TANTO FAZ…

Botafogo – Marcelo Cordeiro (LE-Inter) – Não faria muita diferença em relação ao atual titular do time, Diego.

Flamengo – Michael (LE-Botafogo) – Não tem encontrado seu melhor futebol desde que saiu do Palmeiras, mas é polivalente e pode ser útil para completar o elenco do Rubro-Negro.

Fluminense – Júlio César (LE-Goiás) – Tem qualidades, mas terminou mal o ano e o time nem precisa tanto de um jogador para essa posição.

Grêmio – Marquinhos (M-Avaí) – Acumula uma passagem ruim por outro time grande, o São Paulo, mas o sucesso em 2009 pode inspirá-lo a dar a volta por cima em outro tricolor.

Vasco – Herrera (A-Grêmio) – É limitado demais, mas a sua raça ainda pode contribuir com o time de alguma forma.

Vasco – Reinaldo (A-Botafogo) – As lesões o atrapalham desde sempre, mas ainda tem futebol para compôr bem o elenco.

CAI FORA!

Botafogo – Nunes (A-Santo André) – Não conseguiu fazer os gols que o Ramalhão precisava para não ser rebaixado. Por que daria certo em um time maior agora?

Grêmio – William (A-Avaí) – Ele até pode ter evoluído com o tempo, mas é preciso lembrar de seus tempos no Santos, quando mostrava várias deficiências.

Cruzeiro – Kléber Pereira (A-Santos) – O tempo dele acabou. Fez um Brasileirão 2009 decepcionante e é muito difícil acreditar que ele vá se recuperar agora.

NÃO ENXERGAM?

Leandro Domingues (M-Vitória) – Só o Corinthians chegou a mostrar interesse, mas deve ter desistido, já que Danilo e Tcheco foram contratados. O meia foi um dos melhores jogadores do 1º turno, caiu de produção, mas está de saída e merece uma nova chance em um clube grande.

Leia também:

Read Full Post »

TOP 11

O Brasileirão 2009 pode ser considerado o campeonato das surpresas, tanto em relação aos times quanto no que diz respeito a atuação de alguns jogadores.

Teve um pouco de tudo. Craques esquecidos voltaram à tona, mas também aconteceu o inverso com frequência: atletas que chegaram com grandes expectativas em seus times e não conseguiram corresponder em campo.

Relembre todos na lista que mostra as maiores decepções do ano:

1º) Vágner Love (Palmeiras)
Quando chegou, podia ser a solução para o maior ponto fraco do seu time, o ataque. O alviverde era líder do Brasileirão, mas ele não fez sua parte, entrou em polêmicas e deixou de ser ídolo para ser vilão.

2º) Fernandão (Goiás)
Também chegou a um time alviverde que sonhava com o título, mas, fora de forma, provou que está longe de ser o meia-atacante decisivo de outro tempos.

3º) Taison (Inter)
Talvez tenha sido a principal revelações dos estaduais, mas fez pouco pelo Colorado no Brasileirão, virando até reserva em alguns jogos da reta final.

4º)
Ricardinho (Atlético-MG)
Chegou ao Galo para resolver os problemas de criação do time e até fez bons jogos. Só que veio a campanha decadente na reta final e ele chegou a esquentar o banco de reservas também.

5º) Borges (São Paulo)
Foi decisivo no título de 2008 e era esperado que ele repetisse a dose dessa vez. Mas foi exatamente o contrário, pois ele arrumou confusões desnecessárias e sairá do tricolor paulista sem deixar muitas saudades.

6º) Kléber Pereira (Santos)
Em 2008, chegou a levar o Peixe nas costas. Em 2009, passou longe disso, sem gols e com muitas vaias na Vila Belmiro.

7º) Emerson (Santos)
Dono de uma carreira invejável e respeitado na Europa, o volante teria tudo para sobrar no Brasil. Quando chegou, envolveu-se em uma polêmica. Enquanto jogou, não fez nada demais. Depois ainda veio uma lesão e o fim do seu contrato.

8º) Dentinho (Corinthians)
Foi um dos maiores exemplos de falta de motivação do seu time. No final, ainda perdeu lugar para Defederico e deve começar o centenário corintiano fora do time titular.

9º) Dênis Marques (Flamengo)
Chegou para ser o companheiro de Adriano no ataque, mas logo mostrou que não conseguiria fazer, em um time grande, o que tinha feito no Atlético-PR.

10º) Léo (Grêmio)
Foi um dos melhores zagueiros do Brasileirão 2008, mas virou reserva de Rafael Marques com a adoção do 4-4-2 de Paulo Autuori durante a temporada de 2009. Agora deve ser negociado com outro time brasileiro.

11º) Madson (Santos)
Com um time mais arrumado, conseguiu se destacar no estadual. O problema é que no Brasileirão ele caiu de produção, junto com todo o elenco do Peixe.

E agora, quem vai dar a volta por cima? Será que, em 2010,  algum deles vai sair dessa lista ingrata e brilhar na relação de melhores do ano? Não duvide! Afinal, o Brasileirão sempre nos traz muitas surpresas…

Read Full Post »

TOP 11

A revista Placar divulgou neste mês o ranking dos salários do futebol brasileiro.

Trata-se de uma reportagem interessante, mas com uma lista cheia de absurdos. É até difícil acreditar que alguns times paguem tanto para certos jogadores.

Para deixar claro como estes salários são inacreditáveis, o Opiniões em Campo fez um levantamento dos jogadores com os piores custo-benefícios da atualidade:

1º) Leandro Amaral – Fluminense (280 mil)
De longe, o pior. A reportagem mesmo diz: “cada jogo dele em 2009 custou 200 mil”.

2º) Edmílson – Palmeiras (240 mil)
Outro que pouco joga para fazer jus ao seu salário.

3º) Washington – São Paulo (220 mil)
Recebe apenas 10 mil a menos que o ídolo Rogério Ceni

4º) Léo – Santos (200 mil)
Mais um que recebe tudo isso para ficar no departamento médico.

5º) Fábio Costa – Santos (200 mil)
Ganha o mesmo que Ceni e Marcos para causar confusões nos vestiários

6º) Souza – Corinthians (175 mil)
Direto da reportagem: “Cada gol dele custou 437 mil”.

7º) Kléber Pereira – Santos (174 mil)
Há quem diga que ele recebe 300 mil. Tudo isso para perder inúmeros gols na cara do goleiro.

8º) Mozart – Palmeiras (140 mil)
Jogou pouco, mas já mostrou que não vale tudo isso.

9º) Acosta – Náutico (120 mil)
O pior é que o Corinthians ainda paga 62,5 mil para ele jogar em Recife.

10º) Alex Mineiro – Grêmio (120 mil)
Quando não está lesionado, apenas esquenta o banco.

11º) Obina – Palmeiras (110 mil)
Pouco importa se chegou agora. Mostrou que não merece tudo isso desde os tempos de Flamengo.

E a reportagem ainda traz outros casos absurdos sobre os salários de técnicos (Dorival Júnior ganha mais do que o Muricy Ramalho) e de jogadores fora do Brasil (Ronaldinho Gaúcho recebe o mesmo que Gerrard).

Passou da hora dos clubes reverem seus conceitos sobre custo-benefício.

Read Full Post »

Older Posts »