Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Lionel Messi’

Lionel Messi

O prêmio de melhor do mundo de 2011 já está garantido

A temporada europeia de 2010/2011 acabou no último final de semana. Foi um período histórico, principalmente pelos feitos do Barcelona, mas também pelas muitas surpresas nos campeonatos nacionais, como o Borussia Dortmund campeão na Alemanha ou o Napoli e a Udinese como 3º e 4º lugares na Itália.

E foi também uma temporada cheia de destaques individuais – não é preciso mais elogiar Messi. E há ainda Cristiano Ronaldo e seus recordes, a segurança de Thiago Silva, a afirmação de Özil e muitos gols de artilheiros de qualidade.

Por isso não é fácil escolher uma seleção da temporada europeia. Mesmo assim, resolvi arriscar. Os melhores jogadores de 2010/2011 no Velho Continente seguem alinhados abaixo no 4-2-3-1:

MELHOR GOLEIRO: Van der Saar

Claro que a segurança de Casillas merece ser citada, assim como os milagres de Neuer, os reflexos de Cech e a evolução de Joe Hart. Há ainda Hélton, o brasileiro capitão do impressionante Porto.

Mas Van der Saar juntou um pouco de todas essas qualidades e misturou com sua tradicional regularidade. Além disso, é também uma homenagem para o ex-goleiro do Manchester United, que saiu do futebol para ficar na história como um dos melhores jogadores da posição em todos os tempos.

MELHOR LATERAL-DIREITO: Daniel Alves

Ele foi muito bem, mas provavelmente nem foi a melhor temporada do brasileiro no Barcelona. Mas dessa vez faltaram concorrentes na posição.

Sergio Ramos, Philip Lahm e também brasileiro Maicon são outros eternos destaques da posição, mas nenhum brilhou tanto quanto Daniel Alves.

Daniel Alves

Daniel Alves superou Maicon na temporada e na Seleção Brasileira

MELHOR ZAGUEIRO: Thiago Silva e Vidic

Incrível como dessa vez não foi fácil escolher os melhores dessa posição. Além dos dois escolhidos, sobraram outros beques, como Ricardo Carvalho, que foi fundamental para a melhora defensiva do Real Madrid; ou Piqué, que teve que se virar sem Puyol frequentemente; ou Hummels, um dos destaques do Borussia no título alemão. Há ainda Lúcio, Ferdinand, Kompany, Dawson e Nesta.

Mas a temporada de Thiago Silva foi impressionante, já que ele chegou a se destacar até como volante. E Vidic se firmou como uma liderança do Manchester United com segurança e precisão nos desarmes.

MELHOR LATERAL-ESQUERDO: Ashley Cole

O lateral do Chelsea não é mais aquele do Arsenal, time no qual viveu seu auge. Mas hoje saber usar sua experiência a favor e ser fundamental para o Chelsea tanto na defesa quanto no apoio.

E ele também contou com a falta de concorrência, já que Evra, Schmelzer, Marcelo e Abidal até tiveram seus bons momentos, mas não foram tão regulares e constantes quanto Cole.

VOLANTES: Busquets e Xavi

Xavi e Busquets

Eles se entendem

Eles até são discretos, mas com um pouco de atenção dá para perceber o quanto são fundamentais para o Barcelona. Isso porque facilitam tanto a marcação sobre pressão que o time exerce como também dão qualidade na saída de bola do time catalão. Um marca mais, o outro passa melhor, mas eles se completam perfeitamente.

Difícil achar algum concorrente com tanta eficiência. Seedorf, que por vezes teve que jogar mais recuado que o normal no Milan, poderia ser um rival à altura. O jovem Wilshere, do Arsenal, mostrou que no futuro pode alcançá-los. Sahin, ex-Borussia e agora no Real, também foi um grande nome da posição. Posso ainda incluir Carrick, Modric, Schweinsteiger e Lucas na disputa. Mas fato é que Busquets e Xavi sobraram.

MEIA: Özil

Aqui a escolha é difícil por causa de um grande duelo entre o alemão do Real e Iniesta, do Barça. Mas este último já teve temporadas mais decisivas e por pouco perdeu a disputa dessa vez. Pelo menos nessa posição.

Além deles, é preciso mencionar as boas temporadas de Van der Vaart, Kevin Prince Boateng, Yaya Touré, Kagawa e Hernanes.

PONTAS (WINGERS): Cristiano Ronaldo e Iniesta

O primeiro deles é mais fácil escolher: Cristiano Ronaldo, mesmo que tenha jogado mais centralizado às vezes, sabe se destacar como poucos quando faz jogadas pelas laterais em direção ao gol. Quebrou diversos recordes, foi o artilheiro do Campeonato Espanhol, decidiu a Copa do Rei contra o Barcelona e só não levantou mais títulos porque o Real Madrid ainda é um time em formação.

Na outra ponta, poderia estar o veterano Giggs, mas ele jogou centralizado muitas vezes e nem sempre foi titular. Gareth Bale foi uma das grandes revelações da temporada, mas se machucou demais. Nani seria outra opção, mas ainda falta a ele ser mais decisivo, mais craque. Aliás, este é o mesmo problema de Nasri. É preciso lembrar ainda dos bons Hulk, Alexis Sánchez, Robinho, Di María e David Silva – todos fizeram boas temporadas, não mais do que isso.

Mas vou me permitir um improviso aqui: Iniesta, que é meia, mas já jogou pelas pontas diversas vezes pelo Barcelona e até na Copa de 2010, vai ser o escolhido para esta posição. Ele merece!

CENTROAVANTE: Messi

Poderia até ser complicado ter que tirar dessa seleção Alexandre Pato, Cavani, Eto’o, Falcao, Ibrahimovic, Lucas Barrios, Mario Gomez, Tévez e Chicharito – todos são grandes goleadores que vivem ótimas fases na temporada.

Mas por motivos óbvios é preciso optar por Messi, mesmo que ele não seja um típico centroavante. Ele joga centralizado, mas recua quase como um meia e chega de frente para o gol para finalizar. E é exatamente por essa movimentação que ele se diferencia dos mortais e caminha aceleradamente para se tornar uma lenda.

Portanto, o time dos melhores da temporada europeia 2010/ 2011 fica assim escalado por mim:

Van der Saar; Daniel Alves, Thiago Silva, Vidic e Ashley Cole; Busquets, Xavi e Özil; Iniesta, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Anúncios

Read Full Post »