Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Mádson’

Há poucas novidades para destacar sobre o título do Santos na Copa do Brasil. Todos sabem que as conquistas do time no 1º semestre foram mais do que justas. É óbvio que se trata do melhor time brasileiro de 2010. até aqui É desnecessário repetir os elogios ao legado ofensivo que o Peixe já deixou.

O que é realmente importante é discutir o que será desse Santos daqui pra frente. Infelizmente, no Brasil, ter um time de bons garotos não significa futuro garantido. Pelo contrário. Agora o Peixe deve perder jogadores importantes e até mais do que isso: ficará também sem a condição de favorito para o título do Brasileirão 2010.

André vai embora e quem deve substituí-lo é Keirrison. É uma boa aposta da diretoria, mas trata-se de um jogador que ainda precisa ser testado. Foi bem demais no Coritiba, mas saiu criticado de um time maior, o Palmeiras.

Robinho é outro que não deve ficar. Ele não virou o craque do time, como era esperado, mas fará falta. Pela experiência, pela dedicação e pela liderança. A possível saída de Wesley pode ser ainda pior: além de não ter um outro volante com a qualidade dele, o Santos perderia boa parte da sua velocidade de jogo.

O esquema tático talvez tenha que ser alterado. Para mantê-lo Mádson teria que virar titular no lugar de Robinho. É mais fácil o meia Marquinhos ganhar a vaga. Ou seja…

Rafael; Pará, Durval, Edu Dracena, Léo (Maranhão); Arouca, Rodriguinho, Paulo Henrique Ganso e Marquinhos; Neymar e Keirrison.

Esse pode ser o time base para o Santos daqui pra frente. E é melhor nem imaginar como ficaria se Neymar fosse para o Chelsea…

A diretoria do Peixe vai ter que se mexer. Além de contratar substitutos, seria bom trazer um zagueiro mais rápido e seguro que Durval.

O que não dá é pra esperar que o raio caia três vezes no mesmo lugar. Há uma nova geração de “Meninos da Vila” (Alan Patrick, Breitner, Zezinho, Dimba, etc…), mas é cedo para que ela repita os excelentes feitos de Neymar, Ganso e companhia. Parabéns, Santos! Mas atenção, Santos!

Anúncios

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Renato Silva (Z-São Paulo) – Não resolveria os problemas defensivos do time, mas é melhor do que Wellington e Antônio Carlos, os titulares atualmente.

Flamengo – Belletti (LD-Chelsea) – É um dos jogadores mais subestimados no Brasil. Ele poderia ser útil de várias formas, tanto por causa da sua  versatilidade quanto pela experiência.

Palmeiras – Welliton (A-Spartak Moscou) – Seria o atacante de velocidade que falta para o time titular comandado por Muricy Ramalho.

São Paulo – Ricardo Oliveira (A-Al-Jazira) – Já deu certo uma vez e provavelmente seria um bom negócio o seu retorno. Só não dá pra entender porque ele é um “plano B” da diretoria.

TANTO FAZ…

Atlético-PR – Pedrão (A-Al Shabab) – Sabe fazer gols, mas é só isso. Se ele vier, que o Furacão não espere um jogador para resolver todos seus problemas.

Palmeiras – Pablo Velázquez (A-Libertad) – Com certeza não é o atacante dos sonhos para a torcida, mas pode dar certo. É só uma aposta.

CAI FORA!

Atlético-MG – Filipe Bastos (V-Benfica) – Ele saiu cedo do Brasil e não se firmou em Portugal. Seria uma aposta, mas o Galo nem precisa tanto de mais volantes.

Cruzeiro – Fábio Santos (V-sem clube) – Foi um fracasso no São Paulo e no Fluminense. É difícil acreditar que ele vá se recuperar na Raposa, que já tem tantos volantes de qualidade.

Flamengo – Denílson (A-sem clube) – Está sem jogar desde o meio do ano passado, quando fracassou no Itumbiara. Pior: faz ainda mais tempo que ele não mostra qualidade para ser importante em um clube tão grande.

Flamengo – Léo (LE-Santos) – As suas freqüentes lesões fazem não valer a pena o investimento.

Santos – Eltinho (LE-Avaí) – Nem se destacou tanto assim no Avaí, imaginem como será em um time maior…

São Paulo – Val Baiano (A-Barueri) – Se é pra ter um centroavante grosso na reserva, é melhor seguir com o Roger, que custa menos.

NÃO ENXERGAM?

Mádson (M-Santos) – Com a ascenção de Neymar, a volta de Wesley e a possível chegada de Robinho, o meia-atacante está sem espaço no Peixe, mas poderia ser até titular em várias outras equipes do Brasil.

Read Full Post »

TOP 11

O Brasileirão 2009 pode ser considerado o campeonato das surpresas, tanto em relação aos times quanto no que diz respeito a atuação de alguns jogadores.

Teve um pouco de tudo. Craques esquecidos voltaram à tona, mas também aconteceu o inverso com frequência: atletas que chegaram com grandes expectativas em seus times e não conseguiram corresponder em campo.

Relembre todos na lista que mostra as maiores decepções do ano:

1º) Vágner Love (Palmeiras)
Quando chegou, podia ser a solução para o maior ponto fraco do seu time, o ataque. O alviverde era líder do Brasileirão, mas ele não fez sua parte, entrou em polêmicas e deixou de ser ídolo para ser vilão.

2º) Fernandão (Goiás)
Também chegou a um time alviverde que sonhava com o título, mas, fora de forma, provou que está longe de ser o meia-atacante decisivo de outro tempos.

3º) Taison (Inter)
Talvez tenha sido a principal revelações dos estaduais, mas fez pouco pelo Colorado no Brasileirão, virando até reserva em alguns jogos da reta final.

4º)
Ricardinho (Atlético-MG)
Chegou ao Galo para resolver os problemas de criação do time e até fez bons jogos. Só que veio a campanha decadente na reta final e ele chegou a esquentar o banco de reservas também.

5º) Borges (São Paulo)
Foi decisivo no título de 2008 e era esperado que ele repetisse a dose dessa vez. Mas foi exatamente o contrário, pois ele arrumou confusões desnecessárias e sairá do tricolor paulista sem deixar muitas saudades.

6º) Kléber Pereira (Santos)
Em 2008, chegou a levar o Peixe nas costas. Em 2009, passou longe disso, sem gols e com muitas vaias na Vila Belmiro.

7º) Emerson (Santos)
Dono de uma carreira invejável e respeitado na Europa, o volante teria tudo para sobrar no Brasil. Quando chegou, envolveu-se em uma polêmica. Enquanto jogou, não fez nada demais. Depois ainda veio uma lesão e o fim do seu contrato.

8º) Dentinho (Corinthians)
Foi um dos maiores exemplos de falta de motivação do seu time. No final, ainda perdeu lugar para Defederico e deve começar o centenário corintiano fora do time titular.

9º) Dênis Marques (Flamengo)
Chegou para ser o companheiro de Adriano no ataque, mas logo mostrou que não conseguiria fazer, em um time grande, o que tinha feito no Atlético-PR.

10º) Léo (Grêmio)
Foi um dos melhores zagueiros do Brasileirão 2008, mas virou reserva de Rafael Marques com a adoção do 4-4-2 de Paulo Autuori durante a temporada de 2009. Agora deve ser negociado com outro time brasileiro.

11º) Madson (Santos)
Com um time mais arrumado, conseguiu se destacar no estadual. O problema é que no Brasileirão ele caiu de produção, junto com todo o elenco do Peixe.

E agora, quem vai dar a volta por cima? Será que, em 2010,  algum deles vai sair dessa lista ingrata e brilhar na relação de melhores do ano? Não duvide! Afinal, o Brasileirão sempre nos traz muitas surpresas…

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Grêmio – Mesmo sem ambições no campeonato, venceu o Palmeiras e segue sem perder em casa há mais de um ano.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Perdeu para o Inter em casa, desperdiçou a chance de voltar ao G-4 e ainda deu moral para o Colorado nas rodadas finais.

TROFÉU HERÓI

Meninos da Vila – Madson, Neymar e Paulo Henrique Ganso tiveram atuações de encher os olhos contra o Coritiba.

TROFÉU VILÃO

Maurício e Obina – A briga entre os jogadores do Palmeiras foi ridícula e só comprovou que o grande problema do time atualmente é psicológico.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Botafogo 3 x 2 São Paulo – O jogo teve um pouco de tudo: uma atuação impressionante de Jóbson, chances de gols para todos os lados, coragem para atacar nos dois times, expulsões e emoção até o final.

Foi uma das melhor partidas do Brasileirão, sem dúvida.

DETALHE TÁTICO

Solução no Inter – A entrada de Marquinhos como titular arrumou o time.

A jovem revelação colorada joga aberta pela esquerda, dá liberdade para o D’Alessandro, deixa o time mais compacto e competitivo na hora certa da competição.

O FUTEBOL É INJUSTO

Náutico ajudado – O Timbu venceu o Corinthians com um pênalti que aconteceu, na verdade, fora da área.

E assim foi mantida a regularidade da arbitragem brasileira, com pelo menos um erro bizarro por rodada.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Goiás – Ninguém esperava que o supostamente desmotivado time esmeraldino acabasse com a empolgação rubro-negra em pleno Maracanã lotado.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Polêmica da mala branca – Após o empate contra o Goiás, Ronaldo Angelim voltou a falar desse assunto chato e acusou o São Paulo.

O que isso muda de verdade no rumo do Brasileirão 2009? É muita hipocrisia e leviandade para uma competição que já está tão cheia de polêmicas.

ALARME

Times mineiros – Cruzeiro e Atlético-MG vacilaram na rodada e agora a conquista de uma vaga na Copa Libertadores ficou mais difícil.

VALEU O INGRESSO

Jóbson – A jovem revelação do Botafogo acertou um chute impressionante no primeiro gol marcado contra o São Paulo.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Vitória – Em casa, tem ido bem contra os líderes.

O time baiano superou o Palmeiras na rodada passada e agora venceu o Inter.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Corinthians – Todos esperavam que o time de Mano Menezes ia entrar na briga pelo título, mas definitivamente não foi isso que aconteceu: 4 a 1 para o Goiás em pleno Pacaembu.

TROFÉU HERÓI

Souza – Com um gol e meio (Adeílson praticamente marcou contra), comandou o Grêmio na goleada contra o Fluminense por 5 a 1.

TROFÉU VILÃO

Diego – O bom jovem zagueiro do Corinthians perdeu todas para Fernandão e Iarley. Foi vaiado desde o 1º tempo do jogo contra o Goiás.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vitória 2 x 0 Inter – A rodada não teve grandes jogos, então a partida menos pior foi um confronto equilibrado entre dois times que fazem boa campanha.

DETALHE TÁTICO

3-5-2 do Corinthians – Para que o Mano abriu mão dos 3 atacantes para usar os 3 zagueiros jogando em casa?

Nem ele entendeu, pois admitiu, logo após o jogo, que realmente errou na escalação para o jogo contra o Goiás.

O FUTEBOL É INJUSTO

Sport merecia mais – O Atlético-PR fez um gol no começo e só segurou o resultado, enquanto o Leão dominou o jogo depois e podia ter empatado.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Santo André – Não dava para imaginar que o time ia complicar o jogo para o São Paulo, mostrar que está vivo na luta contra o rebaixamento e ajudar o Palmeiras a ficar na liderança do Brasileirão 2009 por enquanto.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Mádson no banco – Luxemburgo escalou Róbson no meio, com Neymar no ataque, mas “esqueceu” do principal jogador do Santos.

Jogando assim, em casa, não dá pra ganhar sequer do Botafogo mesmo.

ALARME

Flamengo – Venceu mais um jogo e encaixou uma boa arrancada. É um aviso para os rivais de que vai brigar forte por uma vaga na Copa Libertadores.

VALEU O INGRESSO

Adriano – Aproveitou o belo passe de Petkovic para finalizar com um qualidade rara, por cobertura.

Read Full Post »

Ele não tem rosto, não tem corpo e nem tem voz. Sequer tem um nome definido. Mas ele assusta. Ele Aterroriza. E decide.

Em pouco tempo, ele já causou preocupações nas duas maiores torcidas do Brasil: Flamengo e Corinthians sentiram na pele o poder dele. Inter, Cruzeiro, Botafogo e até o “pobre” Barueri já passaram por traumas com ele também. Mas vem muito mais por aí: os líderes do Brasileirão 2009, Atlético-MG e Palmeiras, tremem de medo dele neste momento.

No fundo, todos nós, fãs de futebol, odiamos ele. E o pior: nada podemos fazer.

Olha a tristeza de quem sofreu nas mãos dele

Olha a tristeza de quem sofreu nas mãos dele

Ele é chamado de “mercado da bola”, “janela de tranferências” ou simplesmente “futebol internacional”. Ele é um monstro.

Tardelli, Diego Souza, Cleiton Xavier, Kléber, Madson, Réver, Miranda, Victor, Felipe e outros correm o risco de serem “devorados” por ele em breve.

Por causa dele é difícil analisar o campeonato agora. Não dá para saber quem estará realmente forte ou fraco daqui uma semana.

Sem Tardelli, quem fará os gols do Galo? Sem Diego Souza, quem será o diferencial do Palmeiras? Sem Victor, quem vai evitar os gols sofridos pelo Grêmio?

Complicado. É ele, esse monstro, que vai decidir de verdade quem ganhará o Brasileirão 2009.

Mais uma vez.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Grêmio – Reagiu contra o Santo André e mostrou, diante de um Olímpico cheio, que está vivo no Brasileirão 2009.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-PR – Perdeu para o Avaí e mostrou, diante de uma Arena cheia, que vai sofrer demais nesse Brasileirão 2009.

TROFÉU HERÓI

Obina – 3 gols contra o Corinthians é pra cair de vez na graça da torcida.

TROFÉU VILÃO

Pará – Decidiu o jogo para o Flamengo na Vila Belmiro. Pena, para ele, que é jogador do Santos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Sport 3 x 3 Náutico – Com muito poder de reação, os times pernambucanos chegaram a um resultado ruim pra ambos

DETALHE TÁTICO

3 volantes no Palmeiras – Pierre, Edmílson e Souza foram a surpresa tática de Jorginho para o clássico.

Deu tão certo que Mano tentou imitar, com Moradei no lugar de Ronaldo. Sem treino, não deu certo para os alvinegros.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-MG merecia mais – O Goiás tem seus méritos por saber se defender e contra-atacar como poucos.

Mas o Galo atacou bem e poderia não ter decepcionado seus 50 mil torcedores que estiveram no Mineirão.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Flamengo – Não imaginei que o time reagiria já com Andrade.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Mádson e Neymar – Quem Luxemburgo queria como centroavante nessa dupla de ataque? Falta muito elenco para o Peixe!

ALARME

São Paulo – Eu ainda não confio, mas, depois depois de mais uma vitória, os jogadores estão mais otimistas do que nunca.

Esse princípio de boa fase pode colocar o tricolor paulista pronto para engatar uma reação no campeonato.

VALEU O INGRESSO

Souza – Acertou um belo chute para coroar sua excelente atuação.

Read Full Post »

Older Posts »