Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Marquinhos’

Depois de uma longa negociação, Kleber finalmente foi apresentado no Grêmio. É o primeiro reforço do time gaúcho e há vários motivos para acreditar que ele dará certo no Olímpico. Além do Grêmio precisar mesmo de um atacante, seu estilo raçudo combina com o que a torcida espera de qualquer jogador.

Porém, é preciso fazer uma ressalva: o Grêmio precisa de mais do que um Kleber para se tornar um time forte no ano que vem. Vale lembrar: com um elenco apenas razoável, o time chegou a correr risco de rebaixamento no começo do Brasileirão 2011. Celso Roth conseguiu um padrão de jogo que acabou com esse perigo, mas não dá para contar só com isso para 2012.

O trio de meias, por exemplo, precisa melhorar para que o “Gladiador” tenha chances de fazer seus gols. Se nem Douglas é tão confiável assim, imagine então Marquinhos e Escudero. Há ainda a possibilidade de um dos três saírem do time titular para que André Lima forme dupla com Kleber. Seria uma mudança mais profunda no time. Arriscado!

E há ainda problemas óbvios com a defesa, que passou por diversas mudanças ao longo do ano e continua insegura. Saimon, Rafael Marques, Edcarlos, Vilson e até o improvisado Gilberto Silva não conseguiram se acertar por enquanto.

É preciso também lembrar que Kleber se tornou um jogador superestimado. Trata-se de um atacante muito bom, acima da média da maioria dos jogadores da posição no Brasil, mas que tem um currículo modesto, não é jovem e está caro demais.

Portanto, com tudo isso, fica evidente que não há tantos motivos para comemorar a contratação de Kleber. Apesar de tudo indicar que ele será um bom reforço, é preciso entender que ainda há muito chão para que o Grêmio faça um 2012 diferente de 2011. O primeiro passo é não se iludir.

Kleber no Grêmio

Pra que esse capacete?

Read Full Post »

Há poucas novidades para destacar sobre o título do Santos na Copa do Brasil. Todos sabem que as conquistas do time no 1º semestre foram mais do que justas. É óbvio que se trata do melhor time brasileiro de 2010. até aqui É desnecessário repetir os elogios ao legado ofensivo que o Peixe já deixou.

O que é realmente importante é discutir o que será desse Santos daqui pra frente. Infelizmente, no Brasil, ter um time de bons garotos não significa futuro garantido. Pelo contrário. Agora o Peixe deve perder jogadores importantes e até mais do que isso: ficará também sem a condição de favorito para o título do Brasileirão 2010.

André vai embora e quem deve substituí-lo é Keirrison. É uma boa aposta da diretoria, mas trata-se de um jogador que ainda precisa ser testado. Foi bem demais no Coritiba, mas saiu criticado de um time maior, o Palmeiras.

Robinho é outro que não deve ficar. Ele não virou o craque do time, como era esperado, mas fará falta. Pela experiência, pela dedicação e pela liderança. A possível saída de Wesley pode ser ainda pior: além de não ter um outro volante com a qualidade dele, o Santos perderia boa parte da sua velocidade de jogo.

O esquema tático talvez tenha que ser alterado. Para mantê-lo Mádson teria que virar titular no lugar de Robinho. É mais fácil o meia Marquinhos ganhar a vaga. Ou seja…

Rafael; Pará, Durval, Edu Dracena, Léo (Maranhão); Arouca, Rodriguinho, Paulo Henrique Ganso e Marquinhos; Neymar e Keirrison.

Esse pode ser o time base para o Santos daqui pra frente. E é melhor nem imaginar como ficaria se Neymar fosse para o Chelsea…

A diretoria do Peixe vai ter que se mexer. Além de contratar substitutos, seria bom trazer um zagueiro mais rápido e seguro que Durval.

O que não dá é pra esperar que o raio caia três vezes no mesmo lugar. Há uma nova geração de “Meninos da Vila” (Alan Patrick, Breitner, Zezinho, Dimba, etc…), mas é cedo para que ela repita os excelentes feitos de Neymar, Ganso e companhia. Parabéns, Santos! Mas atenção, Santos!

Read Full Post »

Nem tudo são flores no mercado da bola do futebol brasileiro. Como já mostrado aqui, existem equipes que acertaram nas contratações durante a Copa. Mas também sobram aquelas que apostaram em reforços que não vão melhorar o time na prática. Talvez até piorem a situação.

Segue abaixo a lista dos 11 piores negócios durante a pausa para a Copa do Mundo entre os times que disputam o Brasileirão 2010:

1º) Jean (Flamengo)
Antes de chegar ao Rubro-Negro, atuou por São Paulo, Grêmio e Corinthians sem convencer em nenhum desses times. Ou seja, o ponto forte dele é mesmo… o empresário.

2º) Kléber Pereira (Goiás)
Alguém lembra que ele estava no Inter no 1º semestre? Alguém cita algo de útil que ele tenha feito pelo Santos em 2009? Não há porque crer que no Esmeraldino essa realidade vá mudar. Foi um bom atacante, mas já está em decadência há anos.

3º) Eli Sabiá (Atlético-PR)
Foi uma aposta do Santos que deu errado em 2009. Não acreditava que mais alguém quisesse errar com ele em 2010.

4º) André Luis (Fluminense)
É grosso, mas soube disfarçar bem essa limitação no Brasileirão 2009. O Flu vai ter que torcer para ele fazer isso de novo. Mas não dá pra acreditar que o raio cairá duas vezes no mesmo campeonato…

5º) Marquinhos (Flamengo)
Ficou 1 ano e meio no Palmeiras e não fez nada de útil. É jovem e ainda pode se recuperar no Fla, mas sem dúvidas é uma aposta arriscada do time carioca.

6º) Bobadilla (Corinthians)
Não dá pra entender como o alvinegro paulista perdeu o goleiro Felipe. Agora o time vai ter que se contentar com um paraguaio já um tanto velho e pouco confiável, que ainda pode quebrar um galho, mas por curto prazo.

7º) Val Baiano (Flamengo)
É o típico centroavante grosso que depende de uma boa fase ser útil ao time. Quem vivia com Adriano e Vágner Love vai demorar para se adaptar a um atacante desse tipo.

8º) André Lima (Grêmio)
Sabe dar trabalho para as defesas adversárias, mas também dá trabalho para a própria torcida, pois costuma errar uma infinidade de chutes e passes fáceis.

9º) Apodi (Guarani)
Tem velocidade e só. É um lateral-direito que pouco marca e se manda para o ataque, mas lá também não ajuda sempre, já que lhe falta técnica nos fundamentos mais básicos.

10º) Guerrón (Atlético-PR)
O atacante só irritou a torcida do Cruzeiro nos últimos meses. Até tem alguma qualidade, é veloz, mas está longe de ser aquele jogador diferenciado que pareceu ser na Copa Libertadores de 2008, pela LDU.

11º) Reinaldo (Atlético-MG)
Passou por uma fase razoável no Grêmio em 2008, mas desde então sumiu. É muito pouco para que ele se credencie a buscar vaga no concorrido ataque do Galo.

São complicadas as situações de Flamengo e Atlético-PR, que resolveram arriscar demais nas suas contratações. Para piorar o time carioca perdeu jogadores importantes e o Furacão está perto demais da zona de rebaixamento. Eram times que não podiam correr riscos. Mas fizeram exatamento o contrário quando precisavam de apostas mais seguras. Ou seja…

ATUALIZAÇÃO ÀS 17h50: Graças ao amigo Júlio Simões fui informado que a contratação de Joilson não foi confirmada pelo Atlético-PR. O lateral chegou a ser anunciado, mas o resultado dos exames médicos o vetaram.

Dessa forma, ele saiu da lista e Guerrón, outra contratação do Atlético-PR, entrou em seu lugar. Não é um negócio tão ruim quanto seria a chegada de Joilson, mas também gera desconfiança.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Flamengo – Rafael Sóbis (A-Al Jazira) – Tem sofrido com lesões no Oriente Médio, mas se voltar recuperado deve desequilibrar jogos para o Rubro-Negro.

Inter – Émerson (A-Al-Ain) – O “Sheik” sabe fazer gols e o Colorado precisa mesmo de alguém que brigue por posição com Alecsandro.

São Paulo – Ilsinho (LD-Shakhtar) – Como Cicinho não tem dado certo e ainda pode voltar para Roma, o Tricolor precisa mesmo de um outro bom ala ofensivo.

TANTO FAZ…

Flamengo – Deivid (A-Fenerbahçe) – Quase não jogou na última temporada turca, mas é bom jogador e pode se recuperar.

Flamengo – Jóbson (A-Brasiliense) – Ele merece uma 2ª chance para provar que não vai ser só mais um jovem a desperdiçar seu talento por questões extra-campo.

Flamengo – Renato Abreu (M-Al Shabab) – Não chegaria para desequilibrar, mas seria uma boa opção para o meio-campo do Fla, queprecisa de reforços urgentemente.

Flamengo – Walter Montillo (A-Universidad do Chile) – Tem brilhado na Copa Libertadores, mas sempre é melhor segurar a empolgação com estrangeiros, já que eles podem não se adaptar.

Grêmio – Éder Luis (A-Benfica) – Fez um bom Brasileirão 2009 pelo Atlético-MG, mas é limitado eo Tricolor nem precisa de mais um atacante. Seria melhor continuar a dar chances para seus jovens talentos.

Palmeiras – Fabio Aurélio (LE-Liverpool) – Ele convive com problemas por lesões frequentemente, mas, em forma, é um dosm elhores laterais-esquerdos brasileiros.

Vasco – Marquinhos (M-Palmeiras) – Foi um fiasco no Palmeiras, mas pode recuperar seu bom futebol dos tempos de Vitória caso mude de time.

CAI FORA!

Atlético-PR – Eli Sabiá (Z-Paulista) – Ele teve uma passagem fraca pelo Santos e já mostrou que não tem qualidades para se destacar na 1ª divisão.

Fluminense – Cléber Santana (M-São Paulo) – Não conseguiu mostrar um bom futebol desde que saiu do Santos para a Espanha, em 2007. É uma aposta arriscada demais.

Santos – Lauro (G-Inter) – Até costuma fazer boas defesas, mas é extremamente irregular, exatamente como Felipe, que hoje já irrita tanto os santistas.

Vasco – George Lucas (LD-Santos) – Ele até começou bem no Santos, mas logo virou reserva do mediano Pará. O time de Celso Roth até precisa de um lateral-direito melhor que Élder Granja ou o sempre contundido Fágner, mas esse está longe de ser o ideal.

NÃO ENXERGAM?

Álvaro (Z-Flamengo) – O experiente zagueiro arrumou a defesa do Flamengo campeão no ano passado e, à parte suas lesões, seria um reforço interessante para a maioria das equipes brasileiras.

Read Full Post »

Nada como um jogaço como Santos 3 x 4 Palmeiras para render boas discussões táticas e levantar até outras questões que vão além disso.

Entre os comentaristas esportivos, teve muita gente que preferiu não analisar esquemas e justificou a derrota do Peixe por questões psicológicas (PVC), más atuações individuais (Benjamin Back) e até porque o sucesso teria subido na cabeça dos jogadores (Gustavo Hofman).

Mas também teve quem optou por uma visão mais tática do jogo. O esquema ofensivo do Santos, no 4-3-3 com dois meias ofensivos, gera discussões sobre como Dorival Jr. deve escalar o time daqui pra frente.

De um lado, não faltou quem criticasse a ousadia tática do técnico santista. “Acho que o Santos carece de consistência no meio-campo e de uma zaga melhor”, argumentou Cassiano Gobbet.

“Ter apenas um jogador para marcar no meio é pouco. Talvez um outro volante ou até um terceiro zagueiro, dependendo da situação, possam ajudar”, pediu Lédio Carmona. A “segurança defensiva” também foi citada por Paulo Calçade.

Outros veem a situação de forma diferente e aceditam que, apesar da derrota, o time pode jogar assim futuramente. André Rocha, por exemplo, escreveu que “o 4-3-3 ultraofensivo é mais que viável, porém o time santista precisa saber manter a bola no ataque afastando o oponente de sua própria área”.

Vitor Sérgio completou: “Fica claro que o Santos pode vencer e conquistar títulos priorizando o ataque. Mas para isso precisa jogar “pro gol” os 90 minutos”.

Eu prefiro ficar com a primeira turma citada, pois acredito que um volante a mais deveria ser encaixado nesse time, no lugar de Marquinhos, sem problema algum. Mas o importante mesmo é valorizar a grande partida que o Santos fez contra o Palmeiras. Como Lédio escreveu, trata-se de um jogo que “merecia virar DVD”.

Read Full Post »

A Copa São Paulo de 2010 já começou e, apesar de seus problemas, pode ser útil para observarmos quem deve surgir no futebol brasileiro em breve.

Uma prova disso foi a edição do ano passado. Ela destacou alguns bons jogadores que apareceram com frequência durante o resto do ano. Mas também não dá pra ignorar que outros destaques da competição acabaram esquecidos posteriormente. Relembremos:

Deu certo
Manoel, Raul (ambos do Atlético Paranaense), Wellington, Oscar (ambos do São Paulo), Neymar (Santos), Boquita (Corinthians) e Marquinhos (Inter) se destacaram na Copinha e jogaram com frequência entre os profissionais dos seus times posteriormente.

Os jogadores do Furacão e o meia do Corinthians até exibiram qualidades e alcançaram a titularidade no time em alguns momentos. Os jovens do tricolor foram apenas boas opções para o banco de reservas. E o meia-atacante do Colorado mostrou talento e foi uma boa revelação do Brasileirão 2009.

Agora é aguardar o que eles farão em 2010. Eu aposto no maior sucesso de Manoel, Wellington e Marquinhos.

É preciso esperar

A lista é grande de jogares que foram bem na Copa São Paulo de 2008 mas não conseguiram chances no time profissional. A oportunidade pode vir agora, em 2010, mas não com todos.

Os goleiros Santos (Atlético Paranaense) e André Dias (Corinthians), por exemplo, precisarão ter muita paciência ainda. Os zagueiros Bruno Uvini (São Paulo) e Raphael (Fluminense), e os volantes Bruno Formigoni (São Paulo), Willian (Atlético Paranaense) e Mateus (Cruzeiro) seguem o mesmo caminho.

Já o lateral-esquerdo Ânderson Planta (Santos), o meia Wellington (Fluminense) e o atacante Henrique (São Paulo) devem começar a aparecer nas futuras escalações dos seus times.

Não deu certo
O sucesso na Copa São Paulo às vezes atrapalha. Empolgados com o desempenho dos jovens, alguns técnicos lançam jogadores, que não estão prontos, entre os profissionais.

Bruno Bertucci (Corinthians), por exemplo, chegou a ser apontado como solução para a lateral-esquerda do time depois da saída de André Santos. Não deu certo, claro. Era muita pressão e ele não correspondeu.

Medina (Avaí), Bernardo (Cruzeiro), Marcelinho (Corinthians) são outros exemplos de jogadores que tiveram chances, não aproveitaram e agora não devem aparecer no time novamente. Eles são provas vivas que a Copa SP pode ser também um perigo para a carreira de quem se destaca nela.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Ariel (A-Coritiba) – É limitado, mas é jovem e sabe fazer gols. Pode dar certo se o time for arrumado da forma adequada.

Cruzeiro – Alex Silva
(Z-Hamburgo) – Quando saiu do Brasil, era jogador de Seleção Brasileira. Não há razões para desconfiar do seu futebol.

Grêmio – Alan Bahia (V-Vissel Kobe) – Não sei como ele está no Japão, mas apresentava um futebol seguro no Atlético-PR e sempre mereceu uma chance em um time grande.

Inter – Vitor (LD-Goiás) – Esteve entre os melhores do Brasileirão por dois anos seguidos e é outro que merece a chance em um time grande.

Palmeiras – Léo (Z-Grêmio) – Virou reserva durante o Brasileirão 2009, mas jogou bem no ano anterior e pode ter um bom recomeço no clube alviverde.

Vasco – Daniel Carvalho (M-CSKA) – A sua passagem decepcionante pelo Inter em 2008 gera desconfiança, mas tem futebol para sobrar no Brasil.

Vasco – Rafael Carioca (V-Spartak Moscou) – Foi uma das principais revelações do Brasileirão 2008 e o time cruzmaltino precisa mesmo de um volante mais confiável.

TANTO FAZ…

Botafogo – Marcelo Cordeiro (LE-Inter) – Não faria muita diferença em relação ao atual titular do time, Diego.

Flamengo – Michael (LE-Botafogo) – Não tem encontrado seu melhor futebol desde que saiu do Palmeiras, mas é polivalente e pode ser útil para completar o elenco do Rubro-Negro.

Fluminense – Júlio César (LE-Goiás) – Tem qualidades, mas terminou mal o ano e o time nem precisa tanto de um jogador para essa posição.

Grêmio – Marquinhos (M-Avaí) – Acumula uma passagem ruim por outro time grande, o São Paulo, mas o sucesso em 2009 pode inspirá-lo a dar a volta por cima em outro tricolor.

Vasco – Herrera (A-Grêmio) – É limitado demais, mas a sua raça ainda pode contribuir com o time de alguma forma.

Vasco – Reinaldo (A-Botafogo) – As lesões o atrapalham desde sempre, mas ainda tem futebol para compôr bem o elenco.

CAI FORA!

Botafogo – Nunes (A-Santo André) – Não conseguiu fazer os gols que o Ramalhão precisava para não ser rebaixado. Por que daria certo em um time maior agora?

Grêmio – William (A-Avaí) – Ele até pode ter evoluído com o tempo, mas é preciso lembrar de seus tempos no Santos, quando mostrava várias deficiências.

Cruzeiro – Kléber Pereira (A-Santos) – O tempo dele acabou. Fez um Brasileirão 2009 decepcionante e é muito difícil acreditar que ele vá se recuperar agora.

NÃO ENXERGAM?

Leandro Domingues (M-Vitória) – Só o Corinthians chegou a mostrar interesse, mas deve ter desistido, já que Danilo e Tcheco foram contratados. O meia foi um dos melhores jogadores do 1º turno, caiu de produção, mas está de saída e merece uma nova chance em um clube grande.

Leia também:

Read Full Post »

TOP 11

Assim que acabou o 1º turno, me esforcei para fazer uma lista de 11 revelações do Brasileirão 2009 até ali. Como eu disse no texto final, não foi fácil, pois não tínhamos boas opções até então.

Poucou nomes surgiram desde então, mas a lista mudou bastante no final das contas (se quiser comparar, clique aqui). Alguns melhoraram, outros caíram de produção e teve até quem foi vendido no meio do ano.

Então segue abaixo a lista atualizada e corrigida dos jovens que foram realmente revelados no Brasileirão 2009. Não valem aqueles que já surgiram desde os estaduais, como Willians, Ganso, Sandro, Adilson, T. Humberto, Werley e outros.

1º) Giuliano (Inter)
Não foi à toa que ele chegou no Mundial Sub-20 com a camisa 10 e a braçadeira de capitão. Fez poucas grandes atuações no Egito, mas costuma brilhar com frequência no Inter com belas jogadas e passes certeiros. É um meia raro e deve ter um ótimo futuro pela frente

Relembre: “Olho em em mais um jovem colorado” 

2º) Fernandinho (Barueri)
Era a principal reveleção até o final do 1º turno. Por questões contratuais e depois por conta de uma lesão, pouco participou do 2º turno. Agora vai para o São Paulo tentar provar que realmente é um jovem de grande talento.

Relembre: “Olho na reveção do Brasileirão”

3º) Diego Renan (Cruzeiro)
O jovem destro da Raposa foi mais um grande achado de Adílson Baptista. Ele chegou a jogar até no meio-campo assim que surgiu, mas mostrou que pode ser diferenciado mesmo na lateral-esquerda, tendo sido um dos melhores da posição no Campeonato.

Relembre: “O novo ‘Nonato'” 

 4º) Souza (Palmeiras)
Assim que Pierre teve uma contusão séria, o jovem volante teve que substituí-lo e foi muito bem em um primeiro momento, mostrando muita personalidade. Caiu de produção junto com o time e agora terá que provar que isso foi só uma irregularidade normal de quem começou a carreira recentemente.

Relembre: “O ‘novo Ferrugem'”

5º) Jucilei (Corinthians)
Contratado sem grande destaque no começo do ano, apenas para compôr elenco, o volante aproveitou a saída de Cristian e Douglas para fazer várias funções no meio-campo de Mano Menezes. Chegou a jogar até como lateral e não foi mal, mas pode ser importante no centenário alvinegro se for escalado em sua posição de origem.

Relembre: “O ‘novo Elias'”

6º) Rafael Tolói (Goiás)
A campanha surpreendente do time esmeraldino não durou muito tempo, mas trouxe à tona alguns bons jovens jogadores. Tolói é um deles. Conseguiu destaque a ponto de ter sido titular da Seleção no Mundial Sub-20. Olho nele!

Acesse a ficha técnica de Rafael Tolói

7º) Felipe Menezes (Goiás)
O meia é outro importante talento que veio de Goiânia. É uma pena que os diretores tenham entendido que não precisavam dele após a chegada de Fernandão. Felipe foi para o Benfica e os esmeraldinos caíram de produção. Não foi à toa.

Relembre: “Dois lados de um jovem”

8º) Jóbson (Botafogo)
Rápido e habilidoso, vai ficar marcado pelos gols que fez contra São Paulo e Palmeiras, já nas rodadas finais do Brasileirão. Precisa melhorar em alguns fundamentos, mas os tentos anotados recentemente mostraram que ele tem evoluído na finalização pelo menos. Vai para o Cruzeiro em 2010.

Relembre: “O novo ‘capetinha'”

9º) Marquinhos (Inter)
A ascenção do meia-atacante aconteceu no momento errado, quando o Inter já passava por uma fase irregular. A troca de técnico o atrapalhou ainda mais, mas ele mostrou que pode sair do banco de reservas, ser útil para o Colorado e confirmar as grandes expectativas formadas pelo seu futebol desde as categorias de base.

Relembre: “Olho na surpresa do Inter”

10º) Neto Berola (Vitória)
Dribles eficientes e muita velocidade renderam ao atacante até uma comparação com Nilmar. Pode ser um exagero, claro, mas ele teve boas atuações e já virou alvo da Traffic, apesar de ter sido reserva em algumas das últimas rodadas do Brasileirão 2009.

Relembre: “O ‘novo Nilmar'”

11º) Augusto (Avaí)
Foi só ele chegar na Ressacada pro time do Avaí subir de produção. A estreia do jovem zagueiro foi um dos pilares da arracanda do seu time no Brasileirão e mostrou qualidades para concretizar a surpreendente campanha do Leão da Ressacada.

Relembre: “Olho no jovem do Leão” 

Outros bons nomes que apareceram, mas sem tanto destaque, foram Oscar e Dênis (ambos do São Paulo), Dalton e Dieguinho (ambos do Fluminense), Kieza e Maicon (ambos do Fluminense), Manoel (Atlético-PR), Mário Fernandes (Grêmio) e Douglas (Goiás). Olho em todos eles!!!

Read Full Post »

TABELINHA

Fernandinho, do Barueri, vai assinar nesta quinta-feira com o São Paulo. A informação é de Benjamin Back, divulgada no programa Estádio 97 (97.7 FM São Paulo), e já era especulada desde a semana passada.

O jogador, que pertence à Traffic, assinará por 4 quatro anos depois de ser dispensado por Muricy Ramalho no Palmeiras e quase acertar sua transferência para o Cruzeiro. É claro que se trata de uma ótima aposta, mas é preciso também fazer algumas ressalvas.

Basta lembrar, por exemplo, de outras grandes revelações do Brasileirão que não deram certo em grandes clubes. Marquinhos, ex-Vitória, é o exemplo mais recente disso. Foi para o Palmeiras e não vingou.

Há quem diga também que o atacante tenha uma cabeça fraca, o que teria o atrapalhado na carreira recentemente: vaidoso, demorou a renovar seu contrato com o Barueri e quase ficou sem clube para jogar no 2º semestre.

Um último cuidado do São Paulo é sobre como encaixar Fernandinho no seu time de 2010. Trata-se de um jogador da posição de Dagoberto, que tem sido um dos poucos destaques do time neste ano e, caso não seja vendido, não merece simplesmente ir para o banco de reservas.

À parte estes detalhes, fica claro que o São Paulo já começa o planejamento para o ano que vem com muita força. Com as possíveis ascenções de alguns jovens, como Oscar, Diogo e Wellington, o time pode crescer ainda mais. 2010 já começou!

Atualização às 19h15: o portal Lance!Net já divulgou mais detalhes sobre a negociação. Clique aqui e leia mais.

Read Full Post »

OLHO NELE

Marquinhos

Marquinhos

Clube: Inter
Posição: Meia
Idade: 19 anos
Altura: 1,73 m
Peso: 70 Kg

Quase todos estranharam a escalação do ataque do Inter na última rodada. O recém-chegado Edu foi colocado ao lado de Marquinhos, uma nova promessa das categorias de base do time.

 O estranhamento era normal: a revelação colorada tinha jogado apenas uma partida pelo Brasileirão até ali, não foi titular e sequer fez algo que merecesse uma chance repentina, em um jogo tão importante como aquele, contra o Goiás, vice-líder do Brasileirão.

Mas o garoto aproveitou bem a oportunidade, fez um golaço e uma ótima apresentação. Para quase todos era uma grande surpresa. Para quem acompanha as categorias de base do Colorado, nada mais do que o esperado.

Marquinhos tem se destacado desde cedo em Porto Alegre. Foi artilheiro do último Campeonato Brasileiro Sub-20 e um dos melhores jogadores revelados na Copa São Paulo de 2009.

Como meia ou como segundo atacante, ele sempre mostrou um bom faro de gol com sua canhota, com muita habilidade, chutes precisos e inteligência para usar sua força física.

Depois de ter se destacado entre os profissionais no último final de semana, Marquinhos terá que enfrentar uma dura concorrência para receber mais chances. O elenco do Inter tem boas opções, seja no meio-campo ou no ataque. Mas é melhor o Tite ficar de olho nele sempre que quiser surpreender.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Flamengo – Jogou bem, conseguiu uma imponente vitória contra o Santo André e ficou mais longe de qualquer risco de rebaixamento.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Arrancou um empate suado contra o ex-lanterna Sport em casa e ainda tem que comemorar o resultado, pois poderia ser pior.

TROFÉU HERÓI

Roger e Leandro Guerreiro – Vitória e Botafogo perdiam por 3 a 2 em casa, mas eles fizeram belos gols e empataram as partidas.

TROFÉU VILÃO

Defesa do Fluminense – O jovrm goleiro Rafael errou nos 2 gols do Santos.

Mas os outros jogadores sequer tiraram os pés do chão para acabar com as jogadas aéreas do Peixe

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vitória 3 x 3 Cruzeiro e Botafogo 3 x 3 Grêmio – As arbitragens atrapalharam, mas, recheados de gols, foram os jogos de maior destaque.

DETALHE TÁTICO

3-5-2 do Inter e do Cruzeiro – Os dois times mudaram nessa rodada.

No caso do Colorado, o jogo foi totalmente atípico e não dá pra avaliar, mas pode ser uma boa para o futuro.

No caso da Raposa, parece uma mudança desnecessária em um time que já está passando por muitas transformações.

O FUTEBOL É INJUSTO

Expulsão do Fernandão – O árbitro foi exageradamente rigoroso.

Em pleno Beira-Rio, o meia enfrentava seu ex-time, mas sua saída decidiu a partida a favor do Inter.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Sport – Conseguiu mostrar um bom futebol contra o Galo e merecia até sair com a vitória do Mineirão.

ALGUÉM ME EXPLICA?

O que fazer com os árbitros brasileiros? – É absurdo ver que em toda rodada acontecem erros em vários jogos diferentes.

É difícil apontar de onde vem o erro exatamente, mas é inexplicável não acontecer nada para mudar isso.

ALARME

André e Marquinhos – O jovem atacante do Santos e a revelação do Inter chamaram a atenção nessa rodada, com gols e boas atuações. Olho neles!

VALEU O INGRESSO

Jonas – Foi uma rodada cheia de golaços, com belas jogadas concluídas por Carlinhos Bala, Elias, Roger, Marquinhos, Zé Roberto, Leandro Guerreiro, Derlei e outros.

Mas o gol do atacante do Grêmio foi mais engraçado e único. Ele chutou na trave, cabeceou na trave e depois chutou para as redes em um excepcional e bizarro gol chorado.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta
DEMOROU!

Flamengo – Macnelly Torres (M-Colo Colo) – Seria para chegar e fazer diferença. Mas é difícil…

TANTO FAZ…

Botafogo – Marquinhos (A-Palmeiras) – Pode até dar certo, mas nem todo mundo é Maicosuel.

Fluminense – Rosinei (V-Inter) – É melhor do que todos volantes do time, o que não significa muito.

CAI FORA!

Sport – Richarlyson (V-São Paulo) – Jogador que teve uma fase boa apenas.

Coritiba – Thiago Gentil (A-Aris Salonika) – É fraco e nem é da posição que o time mais precisa

NÃO ENXERGAM?

Rafael Sóbis (A-Al Jazira) – Saiu como jogador de Seleção e deve querer recuperar esse status

Read Full Post »

Older Posts »