Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Mesut Ozil’

O Werder Bremen ficou pequeno para Mesut Özil. O meia alemão de apenas 21 anos destacou-se demais na Copa do Mundo. Agora o talento da sua ágil perna esquerda é desejado por alguns dos principais times da Europa.

O clube alemão já admitiu que vai aceitar negociá-lo, mas a demora para que algum acerto seja anunciado dá a impressão de que tudo não passa de boatos.

Mas… e se todas propostas especuladas foram feitas de fato? Para qual time Özil deveria ir? Em qual elenco ele se encaixaria melhor? Nas próximas linhas tento ajudá-lo a resolver essa questão…

Arsenal: o time inglês, que tanto gosta de contratar jovens talentos, pensa em trazer o alemão caso Fábregas vá para o Barcelona. Se for assim, tudo bem. Özil não teria problemas para substituir o espanhol.

Barcelona: Com inúmeras opções, ainda é difícil saber como Guardiola vai armar sua equipe para a próxima temporada. Mas com qualquer tática ficará difícil arrumar espaço para Özil jogar, pois sobram meio-campistas de qualidade no time espanhol.

Inter de Milão: A função desempenhada por Sneijder poderia ser feita também po Özil. Como o holandês não vai sair da equipe, só sobrariam duas opções para o jovem alemão: jogar pelos lados do campo, como já fez no passado pelo Werder, ou então torcer para que Rafa Benítez mude a tática que era usada por Mourinho. Difícil…

Manchester United: Özil é a peça que falta nos Red Devils para o time voltar a ser perigoso. Afinal, durante a última temporada, Rooney jogou melhor quando estava isolado no ataque e só faltava um meia para criar melhor e chegar com perigo de trás. Exatamente como Özil fez pela Alemanha na Copa de 2010 e deixou Klose com 4 gols.

Real Madrid: Özil provavelmente chegaria para brigar por vaga com Di María, mas teria que jogar pelos lados do campo, onde o argentino aparenta estar mais acostumado.

RESPOSTA FINAL: O grande negócio para Özil seria ir para o Manchester United. Nos outros clubes ele enfrentaria dificuldades para ser titular ou para jogar na posição ideal. A não ser que Fábregas saia do Arsenal e deixe um espaço vago para ele comandar o meio-campo do time.

Veja também:

Anúncios

Read Full Post »

Prazer, eu sou um dos principais candidatos ao prêmio de Melhor Jovem da Copa do Mundo de 2010, como já tinha sido previsto aqui. Eu também sou uma das melhores revelações do futebol alemão. E fui o melhor jogador da Alemanha na goleada contra a Austrália. Aliás, isso gerou uma série de falsas verdades sobre minha carreira no twitter e até na transmissão da Rede Globo.

É preciso esclarecer: eu não sou o substituto de Michael Ballack no time titular da Alemanha na Copa do Mundo, como foi dito na TV. Esse papel coube ao Khedira, do Stuttgart. Eu seria titular de qualquer forma, pois conquistei essa vaga com minhas atuações no Mundial Sub-21 de 2009, em que fui campeão, e no Werder Bremen, time que defendo atualmente.

Também não foi eu quem barrou Diego no Werder Bremen, como o portal Globoesporte.com colocou em seu twitter. Nós dois chegamos a atuar juntos e até ganhamos uma Copa da Alemanha. No entanto, quando ele saiu para a Juventus, assumi o papel de principal articulador no meio-campo do time.

Agora algumas “verdades verdadeiras” sobre minha carreira: tenho ascendência turca, apenas 21 anos e comecei no Schalke 04. Logo me destaquei e fui vendido ao Werder por 4 milhões de euros, clube ao qual me adaptei rapidamente, principalmente após um jogo contra o Freiburg, que terminou 6 a 0 – eu fiz um gol e quatro assistências. Conseguimos uma vaga na Liga dos Campeões na última temporada europeia, em que fiz 17 assistências.

Jogo pela seleção alemã desde os 17 anos, nas categorias de base. Entre os profissionais, minha estreia só aconteceu em fevereiro de 2009, após tentativas da federação turca, que queria me naturalizar.

Sou um meia-atacante canhoto de grande habilidade e movimentação. Procuro sempre usar minha criatividade e dar assistências. Essas qualidades já geraram boatos sobre uma possível transferência minha para Arsenal, Bayern de Munique ou variados times italianos.

Fui eu que fiz o passe para o gol de Klose que garantiu a vaga alemã na Copa do Mundo. Quero ter essa mesma participação decisiva em toda a competição. Comecei bem, mas não vou parar por aqui. Prazer, eu sou Mesut Özil e ainda posso dar muito trabalho na África do Sul.

"Quero ouvir todo mundo falar de mim na Copa"
“Quero ouvir todo mundo falar de mim na Copa”

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Liverpool – Van der Vaart (M-Real Madrid) – O time precisa de qualquer um que seja um pouco melhor que Riera, Benayoun, Babel, etc…

Real Madrid – Sagna (LD-Arsenal) – O setor defensivo do time espanhol precisa de mais opções para que os galáticos possam finalmente funcionar.

TANTO FAZ…

Arsenal – Mesut Ozil (M-Werder Bremen) – É bom jogador, mas vai ter pouco espaço no time inglês, tão recheado de meias talentosos.

Barcelona – David Silva (M-Valencia) – Ainda vai precisar provar que realmente pode jogar bem em um time gigante do futebol europeu.

Liverpool – Lass Diarra (V-Real Madrid) – O ideal seria uma volante com mais qualidade na saída de bola, mas ele pode roubar o lugar de Lucas e fazer uma dupla forte com Mascherano.

CAI FORA!

Arsenal – Maicosuel (M-Hoffenheim) – O time já tem outros atletas com características parecidas e o brasileiro ainda não se adaptou completamente ao futebol europeu.

Manchester City – Di María (M-Benfica) – Até pode vir a ser um jogador de destaque no futuro, mas não é o que o time precisa atualmente, longe disso.

Manchester United – Edin Dzeko (A-Wolfsburg) –  – Não é muito melhor que Berbatov e o time já tem Macheda como reserva do centroavante búlgaro.

NÃO ENXERGAM?

Gago (V-Real Madrid) – Não é um primor de qualidade, mas sabe jogar, tem certa experiência e está louco para sair da Espanha. O argentino pretende ir à Copa e não tem jogado comfrquência nos merengues.

Read Full Post »