Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Náutico’

Os estaduais são cada vez mais inúteis para o futebol brasileiro. Servem mais para queimar a pré-temporada, iludir times grandes e causar demissões de treinadores. Nesta temporada não foi diferente e por isso o Opiniões em Campo teve poucas análises destas competições. Prefiro fazer agora um balanço geral do que aconteceu com cada time e assim se preparar para o campeonato que importa: que venha o Brasileirão!

Troféu do Brasileirão/ Alexandre Battibugli

Por ordem de favoritismo ao título, segue rápidas análises dos 20 times abaixo:

Santos e os favoritos da Vila
Desempenho no Estadual: tricampeão paulista
Condição no Brasileirão 2012: principal favorito ao título
Elogiar Neymar é desnecessário. Exaltar a categoria rara de Ganso é repetição. Mas o Santos tem ido além dos seus craques. Ao contrário de 2011, o time agora parece ter também um jogo coletivo que funciona. A equipe está mais forte, mais preparada e mais entrosada. Tem defeitos na defesa, mas para superar isso existem… Neymar e Ganso, é claro.

Corinthians e sua Titeabilidade
Desempenho no Estadual: eliminado nas quartas
Condição no Brasileirão 2012: favorito ao título
É impossível olhar para o Corinthians atual e não lembrar do seu treinador. Afinal, ele conseguiu fazer um time organizado taticamente como poucos no Brasil. Não há brilho, não há show, não há espetáculo. Mas há eficiência e é isso que importa. É verdade que não há uma estrela, um craque, alguém para resolver. Mas em 2011 isso não fez tanta falta…

Fluminense, o melhor elenco do Brasil
Desempenho no Estadual: campeão carioca
Condição no Brasileirão 2012: favorito ao título
Não há um time no Brasil com tantos reservas de qualidade. Rafael Sóbis, Rafael Moura, Wagner e Jean, por exemplo, são jogadores que poderiam ser titulares na maioria dos clubes da Série A. Além disso, existem muitos atletas experientes. O único problema realmente é a defesa, mas Abel Braga tem qualidade para melhorar esse ponto.

Vasco modificado
Desempenho no Estadual: vice nos dois turnos do Carioca
Condição no Brasileirão 2012: bem, mas em queda
Não é o mesmo time que terminou tão bem o Brasileirão de 2011. O Vasco perdeu parte da sua organização tática, perdeu opções no banco e perdeu confiança. A qualidade ainda existe, é claro, mas o time precisa de um fato novo para se empolgar novamente e entrar nos eixos – pode ser uma contratação ou uma grande vitória. Mas do jeito que está o time não brigará pelo título.

A incógnita Internacional
Desempenho no Estadual: campeão gaúcho
Condição no Brasileirão 2012: mal, mas em possível ascensão
Foi-se o tempo em que o Inter tinha um dos melhores elencos do Brasil. Atualmente, depende demais do trio Oscar, D’Alessandro e Leandro Damião. Como os três não tiveram um bom começo de temporada, por um motivo ou outro, o Inter está uma verdadeira bagunça. Porém, se todos se recuperarem, Dorival tem potencial para colocar o time em ordem e fazê-lo brigar pelo título.

A hora do São Paulo
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: mal, mas em possível ascensão
Foi um começo de ano conturbado para o São Paulo, com lesões, mudanças e crises, mas o time sobreviveu do jeito que pôde. Agora chegou a hora de arrumar a casa e há potencial para que o time deslanche. Do meio para frente existem talentos como Lucas e Luís Fabiano, mas Leão ainda precisa definir melhor se vai jogar dois ou três atacantes. E o pior é resolver a defesa, de preferência com contratações.

Iludidos do Atlético-MG
Desempenho no Estadual: campeão mineiro invicto
Condição no Brasileirão 2012: deve brigar por vaga na Libertadores
É preciso tomar cuidado para não se iludir com o resultado do Campeonato Mineiro. De fato o time de Cuca evoluiu em relação ao ano passado e pode ir longe se souber reconhecer suas limitações, mas ainda não está entre os melhores do Brasil. O fracasso na Copa do Brasil, contra o Goiás, mostrou que o time ainda tem muitos problemas.

Zebra da Bahia
Desempenho no Estadual: campeão baiano
Condição no Brasileirão 2012: possível surpresa
É a principal novidade do ano. Depois da saída de Joel Santana, a chegada de Falcão mudou a equipe. O Bahia foi campeão com um futebol interessante, de criatividade e boas jogadas. Ainda falta mais confiabilidade, principalmente na defesa, mas com certeza vai dar trabalho para times grandes.

O limitado Botafogo
Desempenho no Estadual: vice-campeão carioca
Condição no Brasileirão 2012: se melhorar, briga pela Libetadores
Não há palavra que defina melhor o Botafogo atualmente: “limitado”. O time é assim, o elenco é assim e dessa forma será a campanha do time no Brasileirão. Se não vierem contratações de impacto, é difícil ver o time evoluir. E ainda há o risco de Oswaldo ser demitido por causa da Copa do Brasil…

Desequilíbrio gremista
Desempenho no Estadual: vice do 2º turno
Condição no Brasileirão 2012: se melhorar, briga pela Libetadores
Há um grande desequilíbrio no elenco do Grêmio. Enquanto algumas posições estão bem servidas, outras têm carências graves. Mas a qualidade ofensiva deve ajudar o time a não fazer feio no Brasileiro. Ir além disso depende de contratações, de desempenhos individuais e do próprio treinador Luxemburgo, que atualmente só gera desconfiança.

O mediano Coritiba
Desempenho no Estadual: campeão paranaense
Condição no Brasileirão 2012: vai surpreender se brigar pela Libetadores
É um time seguro, mas não mais do que isso. Não vai lutar contra o rebaixamento, mas vai surpreender se conseguir mais do que isso. O melhor setor do time é a defesa, algo raro nos times brasileiros. Mas no ataque falta brilho para o time ir além.

Flamengo e suas crises
Desempenho no Estadual: no máximo semifinalista de um turno
Condição no Brasileirão 2012: medo de lutar contra o rebaixamento
O time até tem estrelas e alguma qualidade para sonhar com algo maior no Brasileirão. Porém, o conturbado ambiente da Gávea só atrapalha. Não creio que a chegada de Zinho irá resolver algo e ter que lutar contra o rebaixamento não seria uma surpresa.

Palmeiras e sua crise eterna
Desempenho no Estadual: eliminado nas quartas
Condição no Brasileirão 2012: medo de lutar contra o rebaixamento
Vive situação parecida com a do Flamengo, com o agravante de que a crise interna parece ser ainda pior. A possível queda de Felipão pode complicar ainda mais o time, que já flertou com o rebaixamento na temporada passada e pode correr riscos novamente.

O rebaixado Cruzeiro
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
O Cruzeiro esqueceu que não caiu em 2011. Apesar de ter corrido sérios riscos, o time se livrou. Porém, montou um time ainda pior e ainda ficou sem técnico antes do início do Brasileirão. Mesmo que chegue Pep Guardiola para treinar a Raposa, terá dificuldades para salvar o time do rebaixamento.

Figueirense sob nova direção
Desempenho no Estadual: vice-campeão
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
Assim como fez em 2011, tinha tudo para surpreender novamente nesta temporada. Porém, deixou o Estadual lhe atrapalhar – após a derrota na final do Catarinense, saiu o técnico Branco e entrou Argel no comando. Não parece ser alguém pronto para comandar o time no momento, então prevejo dificuldades nesse começo de Brasileirão.

Sport sem comando
Desempenho no Estadual: vice-campeão
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
O técnico Mazola Junior nunca me convenceu. Neste ano, ele exagerou nos teste e mudanças, por isso acabou demitido e deixou uma herança complicada para quem assumir a equipe. O começo do Sport no Brasileirão deve ser ruim e isso deve gerar um prejuízo complicado.

Uma Ponte irregular
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
Aesar da boa campanha no Paulista, a Ponte não convenceu. Foi extremamente irregular e tem jogadores que não devem aguentar a pressão da Série A. Além disso, ainda deve perder peças importantes. Portanto, com uma reconstrução durante o campeonato, o bom treinador Gilson Kleina terá trabalho para manter o time na primeira divisão.

Atlético-GO abaixo da média
Desempenho no Estadual: vice-campeão
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
Apesar do título no Estadual não ter acontecido, foi um bom começo de ano para o Atlético-GO. Aparentemente, Adilson Batista está bem no comando do time e não deve se perder, como fez em outros trabalhos. O problema realmente é a limitação do elenco. Falta qualidade para o Atlético-GO sonhar com algo mais além de permanecer na Série A

Náutico em reforma
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: rebaixado
Após um péssimo começo de temporada, Alexandre Gallo é o técnico responsável por tentar a recuperação do Náutico para o Brasileirão. Ele nunca mostrou competência para ter sucesso em uma missão tão árdua quanto essa. Vai ser um time que vai alternar altos e baixos, sem nunca conseguir se livrar de verdade da zona de rebaixamento

A rebaixada Portuguesa
Desempenho no Estadual: rebaixado para a segunda divisão
Condição no Brasileirão 2012: rebaixado
É impossível ter outra expectativa da Portuguesa a não ser a queda para a segunda divisão nacional. Após cair para a Série A2 no Estadual, será difícil demais o time recuperar a confiança e surpreender no Brasileirão. Para piorar, o técnico escolhido para essa missão, Geninho, parece cada vez mais antiquado

Anúncios

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Atlético-MG – Felipe Menezes (M-Benfica) – Foi uma das principais revelações de 2009 e sua saída para Portugal foi uma pena. Seria interessante vê-lo de volta desde já.

Inter – Ricardo Oliveira (A-Al-Jazira) – Não tem brilhado longe do Brasil, mas fez sucesso na última vez que voltou, pelo São Paulo.

Palmeiras – Éverton (M-Flamengo) – O time precisa de um canhoto no meio-campo e ele ainda pode jogar bem na lateral-esquerda.

TANTO FAZ…

Atlético-PR – Bruno Mineiro (A-Náutico) – Soube fazer gols em 2009, tanto pelo América-MG quanto pelo Timbu. Fica a desconfiança natural: será que era só uma boa fase ou ele tem talento mesmo?

Cruzeiro – Leandro Guerreiro (V-Botafogo) – Só raça não resolve tudo. É versátil e pode ser útil, mas nem seria titular da Raposa.

Flamengo – Edno (M-Corinthians) – Teoricamente pode substituir Zé roberto à altura, mas precisa reencontrar o futebol dos tempos de Portuguesa.

Palmeiras – Andrezinho (M-Inter) – Terá pouco espaço no time se Diego Souza e Cleiton Xavier ficarem, mas é bom jogador e daria qualidade ao elenco.

Palmeiras – Kléberson (M-Flamengo) – Se aguentar jogar como 2º volante, seria bom, mas só vinha atuando como meia no Rubro-Negro.

CAI FORA!

Avaí – Róbson (M-Santos) – Tem pouca técnica para realmente contribuir com a reconstrução do time.

Botafogo – Wilson (A-Sport) – É limitado demais. O Glorioso precisa ter mais ambição na hora de fazer suas contratações.

Cruzeiro – Ayala (Z-Zaragoza) – Só experiência não resolve tudo. O argentino já foi um grande jogador, mas agora a idade já deve pesar em suas pernas.

Flamengo – Sávio (M-sem clube) – É um risco muito grande apostar que ele repetirá os feitos recentes de Petkovic.

Santos – Giovanni (M-sem clube) – Não foi mal no Mogi Mirim em 2009, mas jogar no Peixe é outra história. Além disso, o time nem precisa de mais um jogador para essa posição.

Santos – Souza (A-Corinthians) – Até uma possível manutenção de Kléber Pereira no time irritaria menos a torcida do que essa contratação.

NÃO ENXERGAM?

Thiago Feltri (LE-Atlético-MG) – Fez um bom Brasileirão pelo Galo e agora está sem espaço e nem contrato no Galo. Não faltam times por aí que precisam de laterais-esquerdos de qualidade. Essa é uma boa dica.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O Opiniões em Campo cobriu o Campeonato Brasileiro de 2009 principalmente através da seção Boletim BR. Nela, foram premiados times e jogadores em algumas categorias, rodada por rodada.

Agora foi feita a contagem de quem mais se destacou e o resultado final serve como um balanço do Brasileirão. Confira:

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – A arrancada que o tricolor paulista conseguiu no meio do campeonato lhe rendeu a vitória nessa categoria, mas de forma injusta.

É claro que o Flamengo deveria ser o principal orgulho de sua torcida.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Coritiba e Botafogo – Não é à toa que os dois times penaram até a última rodada para fugir do rebaixamento. Pior para o Coxa, que volta à Série B tão pouco tempo depois de ter voltado de lá.

TROFÉU HERÓI

Adriano – Não podia ser diferente. É o craque do campeonato e pelo menos 4 vezes resolveu um jogo sozinho para o Fla, ganhando destaque nessa categoria.

TROFÉU VILÃO

Rogério Ceni e Eduardo Martini – As falhas dos goleiros sempre aparecem mais, então era esperado que eles ganhassem essa categoria.

O capitão do tricolor paulista falhou contra Atlético-PR e Coritiba, enquanto o arqueiro do Avaí errou contra Botafogo e Fluminense.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Inter – É o time que mais participou de jogos animados, emocionantes ou com alta qualidade técnica. Acima de tudo, o clube merece respeito por ter brigado tanto e conseguido uma boa campanha.

DETALHE TÁTICO

Inter – O Colorado também vence nessa categoria, o que não é nada bom. O time mudou demais durante a competição, tendo jogado tanto em um defensivo 3-6-1 quanto em um ofensivo 4-1-4-1.  Tantas alterações táticas podem ter atrapalhado o time, que poderia ter conquistado o título do Brasileirão 2009.

O FUTEBOL É INJUSTO

Botafogo, Goiás e Náutico – Vale lembrar que aqui não são comentados apenas polêmicas com a arbitragem, mas também jogos em que alguns times foram melhor, mas não venceram.

Não é preciso muito esforço para lembrar de vários jogos em que isso aconteceu com esses 3.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Avaí – Foi além das expectativas em pelo menos 10 rodadas das 38 do Campeonato Brasileiro.

Todos já ouviam falar do bom trabalho de Silas e era possível saber que o time tinha alguns bons talentos, mas a 6ª posição não era esperada, com certeza.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Arbitragem – Questionamentos sobre a escolha de juízes ou outras questões polêmicas realmente envolveram vários jogos, mas é bom frisar que isso não decidiu o Campeonato Brasileiro.

ALARME

São Paulo – Foi um dos times que mais chamou a atenção, com certeza, seja por fatores positivos ou negativos. Afinal, o atual campeão esteve em baixa, botou medo nos outros candidatos ao título e só conseguiu uma vaga na Copa Libertadores no final.

Tudo isso só prova porque o time mereceu tantos avisos e alertas.

VALEU O INGRESSO

Marcelinho Paraíba – Acertou pelo menos 4 golaços que ficaram eternizados.

Teve um pouco de tudo: cobrança de escanteio perfeita, chute forte de fora da área e até dribles em velocidade para fazer fila no time adversário.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Flamengo – É O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2009. Parabéns!

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Palmeiras – Perdeu para o Botafogo e ficou fora da zona de classificação para a Copa Libertadores. Para quem esteve tão perto do título, é um grande vexame.

O pior é que não é a primeira e nem a segunda vez que o time fracassa na última rodada do Brasileirão.

TROFÉU HERÓI

Washington – Fez três gols e colocou o São Paulo na Libertadores, contando com uma boa parceria com Dagoberto.

Agora o tricolor paulista é o único time brasileiro com 15 participações na competição sul-americana, um recorde.

TROFÉU VILÃO

Diego Tardelli – Desperdiçou pênalti, não inciou a reação do Atlético-MG contra o Corinthians e perdeu a chance de ser artilheiro isolado do Brasileirão.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Flamengo 2 x 1 Grêmio – O jogo do título foi animado, nervoso e emocionante. O tricolor claramente não entregou o jogo, deu trabalho, mas a reação rubro-negra aconteceu e a partida entrou para a história.

DETALHE TÁTICO

Inter sem Guiñazu – Precisando da vitória, o time jogou só com um volante de origem (Sandro) e conseguiu a goleada por 4 a 1 no Beira-Rio.

O FUTEBOL É INJUSTO

Náutico 0 x 1 Avaí – O Timbu fez um jogo digno de vitória, mas o Leão da Ressacada se fechou e terminou bem a sua campanha surpreendente.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Fluminense – Não só pelo empate contra o Coritiba fora de casa, mas por ter consolidado sua reação e escapado do rebaixamento. Eu não esperava.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Confusão em Curitiba – Como o Couto Pereira pôde sediar um jogo tão nervoso sem um nível de segurança adequada?

A invasão que aconteceu no estádio foi ridícula e deve prejudicar demais o Coxa.

ALARME

Adriano fica? – O Imperador admitiu, após o jogo do título, que recebeu propostas de clubes europeus e pode sair do Flamengo em 2010.

Para a carreira dele, o ideal seria ficar pelo menos até a Copa do Mundo. O Fla precisa muito que ele pense assim.

VALEU O INGRESSO

Wellington Paulista – Abriu o placar contra o Santos com um forte, bonito e certeiro chute no ângulo.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Palmeiras – O time passou por uma mudança tática interessante, teve o retorno de jogadores que fizeram muita falta e deu vários motivos para sua torcida comemorar a vitória contra o Atlético-MG no Palestra Itália.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Náutico – Tomou 5 gols do quase rebaixado Santo André e vai ter que disputar a Série B em 2010, junto com o rival Sport.

TROFÉU HERÓI

Darío Conca – Marcou 2 gols contra o Vitória e foi o principal responsável por tirar o Fluminense da zona de rebaixamento. Nada mais justo para quem carregou o time sozinho durante boa parte do Brasileirão 2009.

TROFÉU VILÃO

Vanderlei – O goleiro do Coritiba errou ao não agarrar o chute de Henrique,

Dessa forma, animou os cruzeirenses a buscar a virada ainda no 1º tempo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Goiás 4 x 2 São Paulo – O time esmeraldino não se intimidou diante do ex-líder do Brasileirão, que até começou bem o jogo, depois teve que mostrar garra e tentar reagir até o fim, mas não conseguiu.

DETALHE TÁTICO

Botafogo – Estevam desistiu do 3-5-2 quando percebeu que tinha Jóbson, jovem revelação talentosa que se encaixava melhor no 4-4-2.

Sem ele, suspenso, o time não teve a movimentação necessária e perdeu por 2 a 0 para o Atlético-PR, em um jogo crucial na luta contra o rebaixamento.

O FUTEBOL É INJUSTO

Corinthians 0 x 2 Flamengo – O péssimo Evandro Rogério Roman manchou a vitória do Rubro-Negro, que talvez vencesse até sem qualquer erro de arbitragem, simplesmente na bola.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Goiás – Com um profissionalismo que merece ser exaltado, o time mostrou porque foi uma das sensações do campeonato durante o 1º turno.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Ricardinho e Corrêa no banco – Celso Roth mexeu em peças fundamentais do Atlético-MG e viu seu time ser batido pelo Palmeiras, perdendo qualquer chance de disputar a Copa Libertadores de 2010.

ALARME

São Paulo e Palmeiras – Os dois times paulistas ainda sonham com o título, mas correm o risco de ficar fora até do G4.

O Cruzeiro enfrenta um desmotivado Santos e torce por qualquer tropeço, seja do tricolor contra o Sport, seja do alviverde contra o Botafogo.

VALEU O INGRESSO

Diego Souza – Foi um absurdo de golaço.

É o mais bonito do Campeonato Brasileiro sem dúvidas e, pela dificuldade do lance, com certeza é um dos mais belos que já vi na vida.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

Grêmio – Mesmo sem ambições no campeonato, venceu o Palmeiras e segue sem perder em casa há mais de um ano.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Perdeu para o Inter em casa, desperdiçou a chance de voltar ao G-4 e ainda deu moral para o Colorado nas rodadas finais.

TROFÉU HERÓI

Meninos da Vila – Madson, Neymar e Paulo Henrique Ganso tiveram atuações de encher os olhos contra o Coritiba.

TROFÉU VILÃO

Maurício e Obina – A briga entre os jogadores do Palmeiras foi ridícula e só comprovou que o grande problema do time atualmente é psicológico.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Botafogo 3 x 2 São Paulo – O jogo teve um pouco de tudo: uma atuação impressionante de Jóbson, chances de gols para todos os lados, coragem para atacar nos dois times, expulsões e emoção até o final.

Foi uma das melhor partidas do Brasileirão, sem dúvida.

DETALHE TÁTICO

Solução no Inter – A entrada de Marquinhos como titular arrumou o time.

A jovem revelação colorada joga aberta pela esquerda, dá liberdade para o D’Alessandro, deixa o time mais compacto e competitivo na hora certa da competição.

O FUTEBOL É INJUSTO

Náutico ajudado – O Timbu venceu o Corinthians com um pênalti que aconteceu, na verdade, fora da área.

E assim foi mantida a regularidade da arbitragem brasileira, com pelo menos um erro bizarro por rodada.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Goiás – Ninguém esperava que o supostamente desmotivado time esmeraldino acabasse com a empolgação rubro-negra em pleno Maracanã lotado.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Polêmica da mala branca – Após o empate contra o Goiás, Ronaldo Angelim voltou a falar desse assunto chato e acusou o São Paulo.

O que isso muda de verdade no rumo do Brasileirão 2009? É muita hipocrisia e leviandade para uma competição que já está tão cheia de polêmicas.

ALARME

Times mineiros – Cruzeiro e Atlético-MG vacilaram na rodada e agora a conquista de uma vaga na Copa Libertadores ficou mais difícil.

VALEU O INGRESSO

Jóbson – A jovem revelação do Botafogo acertou um chute impressionante no primeiro gol marcado contra o São Paulo.

Read Full Post »

BOLETIM BR

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – Conseguiu fazer um jogo razoavelmente convincente contra o Vitória e gerou os gritos de “é campeão” no Morumbi.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Cruzeiro – Tinha dois jogadores a mais no Mineirão, mas ainda deixou o Grêmio empatar a partida nos minutos finais.

TROFÉU HERÓI

Adriano – Participou dos 2 gols do Flamengo contra o Naútico.

Ainda contou com a também ótima atuação de Bruno para confirmar a importante vitória do seu time, que segue vivo na briga pelo título.

TROFÉU VILÃO

Benítez – O Atlético-MG poderia ter permanecido no G4 se ele não tivesse feito o pênalti que decidiu a vitória do Coritiba.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Palmeiras x Sport – O jogo não foi bonito, mas o desespero dos times animou a partida e a polêmica sobre o 2º gol do alviverde só deixou tudo ainda mais importante e interessante.

DETALHE TÁTICO

3-5-2 do Sport – Com a saída de de Péricles Chamusca, o time voltou a atuar no esquema tático que lhe deu sucesso até o começo do ano.

A mudança trouxe resultados, já que o Leão da Ilha conseguiu atuar melhor que o Palmeiras na maior parte do jogo.

O FUTEBOL É INJUSTO

Náutico merecia mais – Não fosse por Bruno, o Timbu teria conseguido pelo menos um empate, que seria um reflexo melhor do que aconteceu na partida contra o Flamengo.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Barueri – Mesmo jogando em casa, não dava pra esperar que um time sem grandes motivações vencesse o desesperado Botafogo por 3 a 0.

ALGUÉM ME EXPLICA?

Afastamento do Val Baiano – Por que o Barueri suspendeu um de seus jogadores mais importantes no Brasileirão 2009?

A decisão, tomada após a polêmica da mala branca, foi um grande erro. O atacante fez três gols em sua volta e comprovou isso.

ALARME

Botafogo – A irregularidade do time contrasta com a ascenção do Fluminense, o que pode causar uma mudança de time carioca condenado ao rebaixamento.

VALEU O INGRESSO

Maicon – Conca fez um passe genial e o jovem atacante do Flu conclui com outro belo toque na bola para simbolizar sua ótima atuação em um lance só.

Read Full Post »

Older Posts »