Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Petkovic’

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Mostrou entusiasmo e empolgação desde o começo para bater o Santos em um clássico animado e com muita rivalidade.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Em casa, perdeu feio para o Fluminense, mesmo tendo saído na frente do placar logo no começo do jogo.

TROFÉU HERÓI

Romerito – Com dois gols, o meia do Goiás, que estava apagado ultimamente, decidiu o clássico contra o Atlético-GO.

TROFÉU VILÃO

Valencia – O jogo do Atlético-PR contra o Inter já estavam bastante comprometido, mas o volante complicou de vez as coisas quando foi expulso. Resultado: goleada do Colorado por 4 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bernardo – O meia já tinha mostrado que tinha potencial no Cruzeiro, mas foi negociado após os estaduais e agora conseguiu fazer um bom jogo pelo Goiás.

VALEU O INGRESSO

Petkovic – Contra o Grêmio, dominou com a bola com a perna direita, chutou forte com a esquerda e deixou o goleiro Victor imobilizado e sem ação.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Corinthians 4 x 2 Santos – Foi um clássico da forma que tem que ser um jogo assim: muitos gols, alguma polêmica, boas atuações individuais, provocações e rivalidade. A atuação fraca do Peixe não desvaloriza a grande partida que aconteceu no Pacaembu.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 0 São Paulo – O Tricolor jogou com um time misto e não conseguiu manter a boa fase, enquanto o Bugre segue seu processo de evolução para tentar fugir do rebaixamento. Dessa forma, o jogo ficou equilibrado em um nível fraco e teve pouca emoção.

DETALHE TÁTICO

Corinthians no 4-4-2 – Sem um centroavante típico e com dois meias de armação, o time criou jogadas com uma frequência maior e venceu o clássico contra o Santos.

Caso o jovem Bruno César mantenha esse nível alto de atuação, o esquema tático pode se tornar o ideal para o time de Mano Menezes

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – Contra o Atlético-MG, Alan foi colocado em campo no lugar de Rodriguinho e foi decisivo na vitória do Fluminense: fez um gol e deu o passe para outro na vitória surpreendente por 3 a 1.

O FUTEBOL É INJUSTO

Botafogo 1 x 1 Vasco – Difícil é definir quem saiu prejudicado, já que a arbitragem de Simon foi horrível no clássico carioca.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Mesmo no Castelão, era esperado que o Cruzeiro impusesse mais dificuldades para o Vovô, que venceu e agora é o vice-líder do Brasileirão.

PAPO RETO

Dorival Júnior,

E o sistema defensivo do Santos?

Os times já entenderam que o melhor jeito de combater o Peixe é atacá-lo, já que a marcação é realmente fraca. Mas você, Dorival, tem ignorado isso, confiando nos seus talentosos atacantes. Contudo, nem sempre eles vão resolver. É bom pensar nisso!

ACRÉSCIMOS

Empates – A curiosidade da rodada foi o predomínio de resultados iguais. O pior é que vários foram bem fracos, como São Paulo 0 x 0 Gaurani, Palmeiras x Grêmio-SP e Avaí 0 x 0 Vitória.

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Fluminense – Araújo (A-Al-Gharafa) – Faria uma dupla goleadora com Fred. Ou até seria uma boa reposição, caso ex-atacante do Lyon resolva sair em breve

Fluminense – Júlio Baptista (M-Roma) – Ele não se destaca na Europa há um bom tempo, mas, sem dúvidas, seria um “diferenciado” no Brasil. Ainda mais ao lado de Conca, Fred e companhia…

TANTO FAZ…

Inter – Fernandão (A-Goiás) – O Colorado já disse que não tentará nada agora, mas o fato é que o atacante está em decadência e já não é tão melhor que Alecsandro. Dá na mesma.

Palmeiras – Ariel (A-Coritiba) – Não seria muito diferente de Robert: é limitado com a bola nos pés, forte no cabeceio e depende de boas fases para ser artilheiro. Enfim, dá na mesma também.

Santos – Tinga (M-Ponte Preta) – Ele fez um bom Campeonato Paulista e seria uma boa aposta, mas é sempre  é preciso esperar para ver como se sairá um jovem em um grande clube.

CAI FORA!

Corinthians – Trezeguet (A-Juventus) – É claro que essa contratação mais parece brincadeira por enquanto, mas é melhor que o boato não seja levado a sério. Atualmente, prefiro até o Souza ao francês.

Fluminense – Petkovic (M-Flamengo) – É otimismo demais achar que ele repetiria no Flu, um ano depois, o que ele fez pelo Flamengo em 2009. Eu não confio.

Inter – Palermo (A-Boca Juniors) – Ele já teve seus grandes momentos, mas está em total decadência, assim como seu time na Argentina.

Palmeiras – Paulo Henrique (A-Heerenven) – O jogador nunca fez sucesso no Brasil e nem na Holanda. É difícil acreditar que ele chegaria no Palestra Itália para brilhar ou ser útil de alguma forma.

NÃO ENXERGAM?

Ceará (LD-PSG) – Não é nenhum grande talento, mas poderia render bem. Não faltam times brasileiros que precisam de um lateral-direito seguro e experiente. Ceará está na Europa há quase três anos e pode querer voltar ao Brasil em breve.

Read Full Post »

As recentes polêmicas entre Petkovic e Flamengo trouxeram à tona uma velha ideia surgida após o Brasileirão 2009, quando os “vovôs” estiveram em alta por causa do sucesso do sérvio. Nesse momento, vários outros times apostaram alto em quem já estava pensando em se aposentar.

Só que agora é hora de conferir como eles estão. Alguns deram certo, outros não. Relembremos:

Dodô (Vasco), 35 anos

Já viveu todos extremos possíveis, do céu ao inferno em poucos meses. Com a mudança de treinador, pode ser que o time evolua e ele volte a brilhar, mas ainda é uma grande incógnita no time cruzmaltino

Edílson (Bahia), 39 anos
O “capetinha” não joga com frequência no time, sendo poupado às vezes pelo técnico Renato Gaúcho. O tricolor está bem no estadual, mas, quando ele entra em campo, é discreto: fez só 1 gol, contra o Feirense, em oito jogos.

Giovanni (Santos), 38 anos
Há quem garanta que a sua presença no elenco santista seja importante, pois ele aconselha os novos “meninos da Vila”. Mas o fato é que, em campo, o “Messias” não tem contribuído em nada para o sucesso do Peixe e só fez 1 gol até agora.

Juninho Paulista (Ituano), 37 anos
Dirigente e jogador, o meia tem visto seu time sofrer no Campeonato Paulista. O Ituano está na luta contra o rebaixamento, apesar do veterano ter contribuído com um gol e algumas boas atuações, como contra o Palmeiras.

Marcelinho Paraíba (São Paulo), 34 anos
Chegou com moral no tricolor paulista, para ser titular mesmo. Entretanto, não rendeu o esperado e agora nem costuma sair do banco de reservas. Nem é sombra do jogador que fez sucesso pelo São Paulo em um passado distante.

Roberto Carlos (Corinthians), 36 anos
Começou extremamente mal, indisciplinado e lento. Agora tem melhorado, feito gols e já há até quem peça por ele na Seleção de volta. Trata-se de um exagero, mas o fato é que ele pode ter sido uma grande contratação corintiana.

Sávio (Avaí), 36 anos
Demorou para estrear no Leão da Ressacada, que tem tropeçado um pouco no Catarinense. Mas já virou titular absoluto do ataque e o time tem evoluído aos poucos. Pode ser útil para o Brasileirão 2010.

Viola (Brusque), 41 anos
O time é fraco demais e só luta contra o rebaixamento no Catarinense. Mesmo com esse problema e com dificuldades por lesões, o tetracampeão já fez 6 gols e tem ajudado bastante o seu time. Ele também despertou o interesse do Londrina, que pretende contratá-lo em breve.

Esqueci de alguém?

Enfim… como é possível perceber, o “efeito Petkovic” não tem sido exatamente benéfico para os clubes. A temporada está só começando, mas poucas situações mudarão daqui pra frente. Fica a lição para o Flamengo e para quem mais pensava em aderir à essa “moda”!

Read Full Post »

Melhor goleiro: Victor (Grêmio)
É um goleiro diferente, que se posiciona melhor do que a maioria. Conseguiu seu espaço garantido na Seleção Brasileira, deve ir à Copa do Mundo e tem mostrado potencial para ser o futuro nº 1 do time nacional.

Outros destaques: Fábio (Cruzeiro), Marcos (Palmeiras) e Jefferson (Botafogo)

Melhor lateral-direito: Jonathan (Cruzeiro)
É o mais completo e o mais regular. Sabe apoiar o ataque, mas também cumpre bem suas funções defensivas. Além disso, contou com o 1º turno ruim de seus principais concorrentes.

Outros destaques: Vitor (Goiás), Léo Moura (Flamengo) e Apodi (Vitória)

Melhores zagueiros: Miranda (São Paulo) e Danilo (Palmeiras)
O zagueiro tricolor dispensa comentários. Mesmo longe da sua melhor fase, sobra entre os beques no Brasil. Já o defensor alviverde conseguiu se destacar mesmo em um sistema defensivo que se desintegrou ao longo do campeonato, sempre com liderança e técnica.

Outros destaques: André Dias (São Paulo), Álvaro (Flamengo) e Réver (Grêmio)

Melhor lateral-esquerdo: Júlio César (Goiás)
É uma pena que ele tenha piorado no 2º turno, juntamente com seu time. Mesmo assim, é preciso lembrar de suas ótimas atuações, com forte presença ofensiva, em boa parte do Brasileirão.

Outros destaques: Diego Renan (Cruzeiro), Márcio Careca (Barueri) e Thiago Feltri (Atlético-MG)

Melhor 1º volante: Pierre (Palmeiras)
Era um dos pilares do Palmeiras favorito ao título do Brasileirão. Quando se machucou, ficou difícil achar um substituto para ele, já que é difícil achar alguém com características tão boas quanto as suas para defender e desarmar.

Outros destaques: Sandro (Inter), Valencia (Atlético-PR) e Maldonado (Flamengo)

Melhor 2º volante: Hernanes (São Paulo)
Demorou para achar seu futebol durante todo o ano, mas, quando conseguiu, foi o suficiente para liderar o tricolor paulista rumo à disputa de título e à conquista de uma vaga na Copa Libertadores.

Outros destaques: Willians (Flamengo), Corrêa (Atlético-MG), Léo Gago (Avaí)

Melhores meias: Diego Souza (Palmeiras) e Petkovic (Flamengo)
Nenhum dos dois teve uma regularidade interessante durante toda a competição, mas isso não tira os méritos de cada um. O importante é que ambos tiveram marcantes atuações individuais e às vezes até carregaram sozinhos seus times ao topo da tabela.

Outros destaques: Conca (Fluminense), Giuliano (Inter), Cleiton Xavier (Palmeiras) e Marquinhos (Avaí)

Melhores atacantes: Diego Tardelli (Atlético-MG) e Adriano (Flamengo)
Finalmente tivemos artilheiros que, além de balançar as redes, também participaram bem dos jogos. A dupla técnica e goleadora é presença obrigatória em qualquer lista razoável de melhores do Brasileirão 2009.

Outros destaques: Fred (Fluminense), Fernandinho (Barueri) e Marcelinho Paraíba (Coritiba)

Melhor técnico: Silas (Avaí)
Nenhum outro técnico teria conseguido o que ele fez. Agora é ver se ele vai aguentar a pressão quando assumir um time grande e tiver mais pressão.

Outros destaques: Andrade (Flamengo), Celso Roth (Atlético-MG) e Adilson Batista (Cruzeiro)

Read Full Post »

Após quase encerrar a carreira, Petkovic levou apenas 6 meses para conseguir sua redenção. Foi contratado mais uma vez pelo Flamengo no final de maio, decidiu jogos na reta final do Brasileirão 2009 e foi campeão brasileiro. Ele sofreu e agora merece comemorar.

Após crises e problemas pessoais gravíssimos, Adriano levou apenas 7 meses para conseguir a sua redenção. Foi o craque do Brasileirão 2009, faturou o título e agora já desperta o interesse de clubes europeus. Ele sofreu e agora merece comemorar.

Após críticas e questionamentos, Andrade levou mais de 5 anos para conseguir sua redenção, desde que foi técnico do Fla pela 1ª vez. Comandou um time em reconstrução e o fez crescer nos momentos decisivos, como contra São Paulo, Palmeiras e Atlético-MG. Ele sofreu e agora merece comemorar.

Zé Roberto, Juan e Ronaldo Angelim também são exemplos de quem se recuperou após algumas dificuldades. Eles sofreram e agora merecem comemorar.

Após decepções e lamentações, a nação rubro-negra levou 17 anos para conseguir sua redenção. Ela chorou, mas dessa vez foi de alegria. Ela desabafou, mas dessa vez foi com alívio. Ela gritou, mas dessa vez pra festejar.

Brasileirão 2009 marcou a volta por cima para mais de 35 milhões de flamenguistas

O Brasileirão 2009 trouxe a redenção rubro-negra dividida em partes, mas será festejada por todos os 35 milhões de fanáticos que fazem do Fla o “Mais Querido” do Brasil. Torcedores que levaram seu time a também ser o mais talentoso, o mais competente, o mais brigador. Enfim… o mais feliz.

Agora Adriano, Pet, Andrade, Zé Roberto, Juan, Ronaldo Angelim e toda a nação rubro-negra poderá cantar mais forte seu lindo hino. “Uma vez Flamengo…”. Poderá entoar todos seus belos gritos. “Tu és time de tradição”. Poderão fazer ecoar uma frase simples e tradicional. “É campeão”.

E, além de tudo isso, eles poderão cantar um antigo e conhecido samba de Paulo Vanzolini que se encaixa perfeitamente com a história do título flamenguista:

“Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava!”

Parabéns, Flamengo! Você sofreu e agora merece comemorar!


Read Full Post »

APITO FINAL!

Quando Petkovic foi contratado fiz o post incisivo “Desiste, Flamengo”. Escrevi coisas que hoje são grandes besteiras. Não só eu, é claro. Benjamin Back, Lédio Carmona e outros comentaristas tiveram opiniões parecidas.

Existia motivo pra isso: o meia sérvio vinha de péssimas passagens por clubes como Santos e Atlético-MG, além de um longo tempo fora de atividade.

Agora Petkovic decidiu dois jogos essenciais para o Rubro-Negro carioca, contra nada menos do que São Paulo e Palmeiras, e calou a boca de todo mundo. Fazer o quê? Só dá para admitir o erro e pedir desculpas a ele.

O time de Pet está sim na estranha briga pelo título do Brasileirão 2009 e dessa vez eu sou incisivo também ao dizer “Acredita, Flamengo!”.

Read Full Post »

VALE A VISITA

  •  Caio Maia traz uma ótima notícia: confirma que boa parte da equipe da revista Trivela vai trabalhar agora em uma nova publicação, a ESPN The Magazine. Clique aqui e leia mais
  • Marcelo Damato destaca Petkovic, que aos 37 anos, é uma das maiores surpresas do Brasileirão 2009. Com certeza! Clique aqui e leia mais.
  • Maurício Noriega faz uma interessante comparação entre o Dunga de 1994 e o Dunga de 2009. Clique aqui e leia mais
  • PVC traz interessantes dados sobre a artilharia do Brasileirão 2009, que realmente está com números muito baixos. Clique aqui e leia mais.
  • Rogério Andrade conta a história do antigo estádio do Arsenal, que agora virou um condomínio. As fotos divulgadas são espetaculares! Clique aqui e leia mais.

Read Full Post »

TABELINHA

Quando Petkovic foi contratado pelo Fla, escrevi um post no qual eu defendia a tese de que “é difícil acreditar em algumas notícias do jornalismo esportivo”.

Nesta segunda, foi a vez de mais uma notícia inacreditável ser confirmada: Renato Gaúcho voltou ao Fluminense para o lugar de Carlos Alberto Parreira. Como escrevi da outra vez: “Parece piada, erro de algum jornalista, mas não é”.

Não dá para entender a pouca capacidade dos times cariocas de se reinventarem. Eles adoram repetir velhas fórmulas, velhos nomes e, consequentemente, velhos micos. Não é à toa que dois clubes do Rio estão hoje na zona do rebaixamento do Brasileirão 2009.

Da outra vez, eu concluí que era “impossível entender essa contratação do Flamengo”. A notícia até mudou, mas o desfecho é o mesmo.

Read Full Post »

TABELINHA

“Claro que não queríamos perder o Ibson, mas o nosso elenco está preparado”, disparou Kleber Leite, dirigente do Flamengo, nesta segunda.

É incrível como os cartolas brasileiros parecem viver em outro mundo. Como será que ele viu estas opções existentes no elenco atual do Rubro-Negro carioca? Basta analisar quais são elas e perceber que o time precisa contratar alguém urgente. Reparem:

Gonzalo Fierro
Dizem que é o nome mais provável, mas nunca jogou nada. Nem em qualidade e menos em quantidade. Em quase 1 ano, fez pouquíssimos jogos como titular.

Willians
Tem jogado de zagueiro, mas alguém pode entrar na defesa (Fabrício?), e avançá-lo de volta para o meio-campo. Mas o time ficaria defensivo demais.

Petkovic
Seria simplesmente ridículo. O time perde qualidade, ritmo e, principalmente, marcação.

Zé Roberto
Se voltasse a jogar o futebol dos bons tempos de Botafogo, até seria viável. Mas quem acredita nisso?

Éverton
Jovem ainda, talvez seja a aposta mais viável, mas não é mais do que isso: uma aposta. Das mais arriscadas.

Dênis Marques
Jogar com 3 atacantes? Duvido que daria certo. Além disso, Cuca nunca seria tão ousado.

E aí, Kleber Leite? Existem opções mesmo? O time está preparado? Falar é fácil, pensar é difícil.

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

É difícil acreditar em algumas notícias do jornalismo esportivo. Algumas são pouco confiáveis, com fontes estranhas, dados errados, etc… Outras são simplesmente absurdas.

A manhã desta quarta-feira nos “premiou” com um exemplo disto: o Flamengo anunciou o retorno de PetkovicParece piada, erro de algum jornalista, mas não é.

Para entender, o próximo passo é ler a informação completa. O acerto veio por causa de uma dívida? No mínimo, estranho! O contrato é por produtividade?  Não resolve!

Outra tentativa para compreender esta ideia: ler a opinião dos comentaristas. Então encontro: “Pet de volta??? Achei que era como diretor de futebol”, conclui Benjamin Back. “Cuca ganhará um problema a mais”, alerta Lédio Carmona.

Desisto. Não há dúvidas: é impossível entender essa contratação do Flamengo.

Read Full Post »