Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Pierre’

E SE FOR VERDADE?

O Palmeiras precisa de um volante para fazer companhia a Pierre em 2010. Edmílson, Sandro Silva e Souza não mostraram que conseguem fazer bem essa função, o que gera uma série de especulações sobre quem chegará para reforçar o elenco no ano que vem.

A principal delas surgiu nesta segunda e trata de uma possível negociação entre o clube e Edinho, ex-Inter, que joga no Lecce, time da segunda divisão da Itália. Ele está bem por lá, mas é claro que voltar ao Brasil pode ser atraente.

O grande problema é que Edinho não tem características que complementem o estilo de Pierre. Ambos são bons volantes para desarmar, mas pouco criam com a bola nos pés. Ou seja, o que o Palmeiras precisa é de um 2º volante.

Tinga, ex-Inter e ex-Grêmio, atualmente no Borussia Dortmund, se encaixaria muito bem nessa descrição e também tem sido especulado pelos lados do Palestra Itália. Ele tem feito temporadas razoáveis na Alemanha, está com 31 anos e não joga no Brasil há mais de 3.

Só que, além das dificuldades naturais para repatriar um jogador que está no futebol europeu, o Palmeiras ainda terá problemas com essa negociação por causa da concorrência de Grêmio e São Paulo. Os dois tricolores também estão de olho no possível retorno do jogador.

Portanto, se quiser realmente alguém para fazer companhia a Pierre, o Palmeiras precisa ter mais criatividade e ir buscar mais opções no mercado. E o time ainda precisa de atacantes. A Traffic vai ter trabalho!

Read Full Post »

Melhor goleiro: Victor (Grêmio)
É um goleiro diferente, que se posiciona melhor do que a maioria. Conseguiu seu espaço garantido na Seleção Brasileira, deve ir à Copa do Mundo e tem mostrado potencial para ser o futuro nº 1 do time nacional.

Outros destaques: Fábio (Cruzeiro), Marcos (Palmeiras) e Jefferson (Botafogo)

Melhor lateral-direito: Jonathan (Cruzeiro)
É o mais completo e o mais regular. Sabe apoiar o ataque, mas também cumpre bem suas funções defensivas. Além disso, contou com o 1º turno ruim de seus principais concorrentes.

Outros destaques: Vitor (Goiás), Léo Moura (Flamengo) e Apodi (Vitória)

Melhores zagueiros: Miranda (São Paulo) e Danilo (Palmeiras)
O zagueiro tricolor dispensa comentários. Mesmo longe da sua melhor fase, sobra entre os beques no Brasil. Já o defensor alviverde conseguiu se destacar mesmo em um sistema defensivo que se desintegrou ao longo do campeonato, sempre com liderança e técnica.

Outros destaques: André Dias (São Paulo), Álvaro (Flamengo) e Réver (Grêmio)

Melhor lateral-esquerdo: Júlio César (Goiás)
É uma pena que ele tenha piorado no 2º turno, juntamente com seu time. Mesmo assim, é preciso lembrar de suas ótimas atuações, com forte presença ofensiva, em boa parte do Brasileirão.

Outros destaques: Diego Renan (Cruzeiro), Márcio Careca (Barueri) e Thiago Feltri (Atlético-MG)

Melhor 1º volante: Pierre (Palmeiras)
Era um dos pilares do Palmeiras favorito ao título do Brasileirão. Quando se machucou, ficou difícil achar um substituto para ele, já que é difícil achar alguém com características tão boas quanto as suas para defender e desarmar.

Outros destaques: Sandro (Inter), Valencia (Atlético-PR) e Maldonado (Flamengo)

Melhor 2º volante: Hernanes (São Paulo)
Demorou para achar seu futebol durante todo o ano, mas, quando conseguiu, foi o suficiente para liderar o tricolor paulista rumo à disputa de título e à conquista de uma vaga na Copa Libertadores.

Outros destaques: Willians (Flamengo), Corrêa (Atlético-MG), Léo Gago (Avaí)

Melhores meias: Diego Souza (Palmeiras) e Petkovic (Flamengo)
Nenhum dos dois teve uma regularidade interessante durante toda a competição, mas isso não tira os méritos de cada um. O importante é que ambos tiveram marcantes atuações individuais e às vezes até carregaram sozinhos seus times ao topo da tabela.

Outros destaques: Conca (Fluminense), Giuliano (Inter), Cleiton Xavier (Palmeiras) e Marquinhos (Avaí)

Melhores atacantes: Diego Tardelli (Atlético-MG) e Adriano (Flamengo)
Finalmente tivemos artilheiros que, além de balançar as redes, também participaram bem dos jogos. A dupla técnica e goleadora é presença obrigatória em qualquer lista razoável de melhores do Brasileirão 2009.

Outros destaques: Fred (Fluminense), Fernandinho (Barueri) e Marcelinho Paraíba (Coritiba)

Melhor técnico: Silas (Avaí)
Nenhum outro técnico teria conseguido o que ele fez. Agora é ver se ele vai aguentar a pressão quando assumir um time grande e tiver mais pressão.

Outros destaques: Andrade (Flamengo), Celso Roth (Atlético-MG) e Adilson Batista (Cruzeiro)

Read Full Post »

TABELINHA

Sandro  foi confirmado como o substituto de Josué para a Seleção Brasileira. A análise sobre essa convocação é simples: existem alguns jogadores que até podem estar acima dele na preferência de alguns, mas o volante do Inter fez por merecer nessa temporada, tanto pelo Inter como pela Seleção Sub-20.

Além disso, é preciso entender que essa notícia também dá o sinal para várias outras análises. A principal delas é que existem jogadores que definitivamente perderam muito espaço nas listas de Dunga.

Anderson, do Manchester United, e Hernanes, do São Paulo, por exemplo, são dois jogadores que já foram chamados outras vezes, poderiam ter uma chance dessa vez, mas cada vez ficam com menos moral. Não que seja injusto, isso é outra questão. Mas dificilmente eles serão convocados novamente.

Pierre, do Palmeiras, e Denílson, do Arsenal, são outros casos de jogadores que poderiam vestir a amarelinha em breve, mas provavelmente terão que esperar por uma mudança de técnico.

No mais, é parabenizar Dunga por ter convocado o jovem Sandro, que, apesar da inexperiência, tem ótimas qualidades e ganhou uma justíssima  convocação. Além disso, não custa nada relembrar: em abril eu já tinha avisado para ficarem de olho nele. Clique aqui e relembre esse post.

Read Full Post »

Respeito demais a premiação Bola de Prata, organizada pela revista Placar. É um eficiente método para escolher os melhores e mais regulares jogadores dos Campeonatos Brasileiros.

Entretanto, mesmo com toda essa admiração, vou me permitir discordar levemente da Bola de Prata. Veja abaixo a seleção deles até o final do 1º turno e também o meu time:

GOLEIRO
Bola de Prata:
Fábio
Opiniões em Campo: Marcos
O goleiro do Cruzeiro foi sensacional na Copa Libertadores, mas menos espetacular no Brasileirão. Já o palmeirense tem transformado uma zaga instável em uma das melhores do Brasileirão. Graças à sua liderança e aos seus “milagres”, é claro.

LATERAL DIREITO
Bola de Prata: Apodi
Opiniões em Campo: Apodi
O jogador era quase um ponta no esquema de Carpegiani e realmente conseguiu se destacar. Com Vágner Mancini, deve ter que jogar com menos liberdade e pode cair de produção. Veremos…

ZAGUEIROS
Bola de Prata: André Dias e Réver
Opiniões em Campo: André Dias e Réver
Como líbero, o zagueiro do São Paulo tem se destacado mais uma vez. E o defensor do Grêmio conseguiu jogar bem até como volante nas últimas rodadas.

LATERAL ESQUERDO
Bola de Prata:
Júlio César
Opiniões em Campo: Júlio César
Aqui a falta de concorrentes é absurda. O jogador do Goiás se aproveitou disso, foi o destaque do time em várias partidas com assistências e gols, e é quase unanimidade em qualquer seleção do campeonato até aqui.

VOLANTES
Bola de Prata: Guiñazu e Pierre
Opiniões em Campo: Pierre e Willians
O palmeirense é indiscutível, um monstro nos desarmes. Já o volante do Inter foi mais irregular, assim como seu time. Enquanto isso, o jovem flamenguista Willians manteve um bom nível na maioria dos jogos.

MEIAS
Bola de Prata: Cleiton Xavier e Marcelinho Paraíba
Opiniões em Campo: Cleiton Xavier e Leandro Domingues
O meia do Vitória comandou um time fraco em ótimos momentos. Caiu de produção nas rodadas mais recentes, é verdade, mas tem talento para se recuperar. Já o meia palmeirense é indiscutivelmente muito importante para o líder do Brasileirão até aqui.

ATACANTES
Bola de Prata: Fernandinho e Dagoberto
Opiniões em Campo: Fernandinho e Diego Tardelli
O jogador do Barueri é incontestável. Ao lado dele, prefiro escalar quem se destacou por um tempo maior, mas não duvido que o atacante do São Paulo ganhe a posição com o tempo.

No final do Brasileirão 2009 veremos as mudanças nos dois times, que, desconfio, não serão poucas.

Read Full Post »

Impossível um torcedor do Palmeiras não se empolgar depois do jogo desta terça-feira. O time se classificou nos pênaltis após uma atuação genial de Marcos.

Entretanto, esta empolgação só pode ficar com a torcida. A diretoria e a comissão técnica precisam usar este jogo como um alerta: o Palmeiras evoluiu, mas ainda carece de algumas mudanças se quiser ir longe, seja na Libertadores ou no Brasileirão.

O zagueiro Marcão melhorou a defesa, mas a marcação nas laterais ainda fica perdida em alguns instantes.

Pierre precisa se entrosar com outro volante defensivo. E que este companheiro seja o jovem promissor Souza, não Jumar ou Mozart.

Um outro atacante precisa chegar. Keirrison não tem dado conta do recado. Muito menos Willians ou Marquinhos. O especulado Perea, do Grêmio, é uma boa.

Com tudo isso em mente, Luxemburgo já afirmou: “O pior está por vir”Que seja este o pensamento real da comissão técnica e dos diretores!

Read Full Post »