Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Ponte Preta’

Os estaduais são cada vez mais inúteis para o futebol brasileiro. Servem mais para queimar a pré-temporada, iludir times grandes e causar demissões de treinadores. Nesta temporada não foi diferente e por isso o Opiniões em Campo teve poucas análises destas competições. Prefiro fazer agora um balanço geral do que aconteceu com cada time e assim se preparar para o campeonato que importa: que venha o Brasileirão!

Troféu do Brasileirão/ Alexandre Battibugli

Por ordem de favoritismo ao título, segue rápidas análises dos 20 times abaixo:

Santos e os favoritos da Vila
Desempenho no Estadual: tricampeão paulista
Condição no Brasileirão 2012: principal favorito ao título
Elogiar Neymar é desnecessário. Exaltar a categoria rara de Ganso é repetição. Mas o Santos tem ido além dos seus craques. Ao contrário de 2011, o time agora parece ter também um jogo coletivo que funciona. A equipe está mais forte, mais preparada e mais entrosada. Tem defeitos na defesa, mas para superar isso existem… Neymar e Ganso, é claro.

Corinthians e sua Titeabilidade
Desempenho no Estadual: eliminado nas quartas
Condição no Brasileirão 2012: favorito ao título
É impossível olhar para o Corinthians atual e não lembrar do seu treinador. Afinal, ele conseguiu fazer um time organizado taticamente como poucos no Brasil. Não há brilho, não há show, não há espetáculo. Mas há eficiência e é isso que importa. É verdade que não há uma estrela, um craque, alguém para resolver. Mas em 2011 isso não fez tanta falta…

Fluminense, o melhor elenco do Brasil
Desempenho no Estadual: campeão carioca
Condição no Brasileirão 2012: favorito ao título
Não há um time no Brasil com tantos reservas de qualidade. Rafael Sóbis, Rafael Moura, Wagner e Jean, por exemplo, são jogadores que poderiam ser titulares na maioria dos clubes da Série A. Além disso, existem muitos atletas experientes. O único problema realmente é a defesa, mas Abel Braga tem qualidade para melhorar esse ponto.

Vasco modificado
Desempenho no Estadual: vice nos dois turnos do Carioca
Condição no Brasileirão 2012: bem, mas em queda
Não é o mesmo time que terminou tão bem o Brasileirão de 2011. O Vasco perdeu parte da sua organização tática, perdeu opções no banco e perdeu confiança. A qualidade ainda existe, é claro, mas o time precisa de um fato novo para se empolgar novamente e entrar nos eixos – pode ser uma contratação ou uma grande vitória. Mas do jeito que está o time não brigará pelo título.

A incógnita Internacional
Desempenho no Estadual: campeão gaúcho
Condição no Brasileirão 2012: mal, mas em possível ascensão
Foi-se o tempo em que o Inter tinha um dos melhores elencos do Brasil. Atualmente, depende demais do trio Oscar, D’Alessandro e Leandro Damião. Como os três não tiveram um bom começo de temporada, por um motivo ou outro, o Inter está uma verdadeira bagunça. Porém, se todos se recuperarem, Dorival tem potencial para colocar o time em ordem e fazê-lo brigar pelo título.

A hora do São Paulo
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: mal, mas em possível ascensão
Foi um começo de ano conturbado para o São Paulo, com lesões, mudanças e crises, mas o time sobreviveu do jeito que pôde. Agora chegou a hora de arrumar a casa e há potencial para que o time deslanche. Do meio para frente existem talentos como Lucas e Luís Fabiano, mas Leão ainda precisa definir melhor se vai jogar dois ou três atacantes. E o pior é resolver a defesa, de preferência com contratações.

Iludidos do Atlético-MG
Desempenho no Estadual: campeão mineiro invicto
Condição no Brasileirão 2012: deve brigar por vaga na Libertadores
É preciso tomar cuidado para não se iludir com o resultado do Campeonato Mineiro. De fato o time de Cuca evoluiu em relação ao ano passado e pode ir longe se souber reconhecer suas limitações, mas ainda não está entre os melhores do Brasil. O fracasso na Copa do Brasil, contra o Goiás, mostrou que o time ainda tem muitos problemas.

Zebra da Bahia
Desempenho no Estadual: campeão baiano
Condição no Brasileirão 2012: possível surpresa
É a principal novidade do ano. Depois da saída de Joel Santana, a chegada de Falcão mudou a equipe. O Bahia foi campeão com um futebol interessante, de criatividade e boas jogadas. Ainda falta mais confiabilidade, principalmente na defesa, mas com certeza vai dar trabalho para times grandes.

O limitado Botafogo
Desempenho no Estadual: vice-campeão carioca
Condição no Brasileirão 2012: se melhorar, briga pela Libetadores
Não há palavra que defina melhor o Botafogo atualmente: “limitado”. O time é assim, o elenco é assim e dessa forma será a campanha do time no Brasileirão. Se não vierem contratações de impacto, é difícil ver o time evoluir. E ainda há o risco de Oswaldo ser demitido por causa da Copa do Brasil…

Desequilíbrio gremista
Desempenho no Estadual: vice do 2º turno
Condição no Brasileirão 2012: se melhorar, briga pela Libetadores
Há um grande desequilíbrio no elenco do Grêmio. Enquanto algumas posições estão bem servidas, outras têm carências graves. Mas a qualidade ofensiva deve ajudar o time a não fazer feio no Brasileiro. Ir além disso depende de contratações, de desempenhos individuais e do próprio treinador Luxemburgo, que atualmente só gera desconfiança.

O mediano Coritiba
Desempenho no Estadual: campeão paranaense
Condição no Brasileirão 2012: vai surpreender se brigar pela Libetadores
É um time seguro, mas não mais do que isso. Não vai lutar contra o rebaixamento, mas vai surpreender se conseguir mais do que isso. O melhor setor do time é a defesa, algo raro nos times brasileiros. Mas no ataque falta brilho para o time ir além.

Flamengo e suas crises
Desempenho no Estadual: no máximo semifinalista de um turno
Condição no Brasileirão 2012: medo de lutar contra o rebaixamento
O time até tem estrelas e alguma qualidade para sonhar com algo maior no Brasileirão. Porém, o conturbado ambiente da Gávea só atrapalha. Não creio que a chegada de Zinho irá resolver algo e ter que lutar contra o rebaixamento não seria uma surpresa.

Palmeiras e sua crise eterna
Desempenho no Estadual: eliminado nas quartas
Condição no Brasileirão 2012: medo de lutar contra o rebaixamento
Vive situação parecida com a do Flamengo, com o agravante de que a crise interna parece ser ainda pior. A possível queda de Felipão pode complicar ainda mais o time, que já flertou com o rebaixamento na temporada passada e pode correr riscos novamente.

O rebaixado Cruzeiro
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
O Cruzeiro esqueceu que não caiu em 2011. Apesar de ter corrido sérios riscos, o time se livrou. Porém, montou um time ainda pior e ainda ficou sem técnico antes do início do Brasileirão. Mesmo que chegue Pep Guardiola para treinar a Raposa, terá dificuldades para salvar o time do rebaixamento.

Figueirense sob nova direção
Desempenho no Estadual: vice-campeão
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
Assim como fez em 2011, tinha tudo para surpreender novamente nesta temporada. Porém, deixou o Estadual lhe atrapalhar – após a derrota na final do Catarinense, saiu o técnico Branco e entrou Argel no comando. Não parece ser alguém pronto para comandar o time no momento, então prevejo dificuldades nesse começo de Brasileirão.

Sport sem comando
Desempenho no Estadual: vice-campeão
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
O técnico Mazola Junior nunca me convenceu. Neste ano, ele exagerou nos teste e mudanças, por isso acabou demitido e deixou uma herança complicada para quem assumir a equipe. O começo do Sport no Brasileirão deve ser ruim e isso deve gerar um prejuízo complicado.

Uma Ponte irregular
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
Aesar da boa campanha no Paulista, a Ponte não convenceu. Foi extremamente irregular e tem jogadores que não devem aguentar a pressão da Série A. Além disso, ainda deve perder peças importantes. Portanto, com uma reconstrução durante o campeonato, o bom treinador Gilson Kleina terá trabalho para manter o time na primeira divisão.

Atlético-GO abaixo da média
Desempenho no Estadual: vice-campeão
Condição no Brasileirão 2012: deve lutar contra o rebaixamento
Apesar do título no Estadual não ter acontecido, foi um bom começo de ano para o Atlético-GO. Aparentemente, Adilson Batista está bem no comando do time e não deve se perder, como fez em outros trabalhos. O problema realmente é a limitação do elenco. Falta qualidade para o Atlético-GO sonhar com algo mais além de permanecer na Série A

Náutico em reforma
Desempenho no Estadual: eliminado na semifinal
Condição no Brasileirão 2012: rebaixado
Após um péssimo começo de temporada, Alexandre Gallo é o técnico responsável por tentar a recuperação do Náutico para o Brasileirão. Ele nunca mostrou competência para ter sucesso em uma missão tão árdua quanto essa. Vai ser um time que vai alternar altos e baixos, sem nunca conseguir se livrar de verdade da zona de rebaixamento

A rebaixada Portuguesa
Desempenho no Estadual: rebaixado para a segunda divisão
Condição no Brasileirão 2012: rebaixado
É impossível ter outra expectativa da Portuguesa a não ser a queda para a segunda divisão nacional. Após cair para a Série A2 no Estadual, será difícil demais o time recuperar a confiança e surpreender no Brasileirão. Para piorar, o técnico escolhido para essa missão, Geninho, parece cada vez mais antiquado

Anúncios

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Fluminense – Araújo (A-Al-Gharafa) – Faria uma dupla goleadora com Fred. Ou até seria uma boa reposição, caso ex-atacante do Lyon resolva sair em breve

Fluminense – Júlio Baptista (M-Roma) – Ele não se destaca na Europa há um bom tempo, mas, sem dúvidas, seria um “diferenciado” no Brasil. Ainda mais ao lado de Conca, Fred e companhia…

TANTO FAZ…

Inter – Fernandão (A-Goiás) – O Colorado já disse que não tentará nada agora, mas o fato é que o atacante está em decadência e já não é tão melhor que Alecsandro. Dá na mesma.

Palmeiras – Ariel (A-Coritiba) – Não seria muito diferente de Robert: é limitado com a bola nos pés, forte no cabeceio e depende de boas fases para ser artilheiro. Enfim, dá na mesma também.

Santos – Tinga (M-Ponte Preta) – Ele fez um bom Campeonato Paulista e seria uma boa aposta, mas é sempre  é preciso esperar para ver como se sairá um jovem em um grande clube.

CAI FORA!

Corinthians – Trezeguet (A-Juventus) – É claro que essa contratação mais parece brincadeira por enquanto, mas é melhor que o boato não seja levado a sério. Atualmente, prefiro até o Souza ao francês.

Fluminense – Petkovic (M-Flamengo) – É otimismo demais achar que ele repetiria no Flu, um ano depois, o que ele fez pelo Flamengo em 2009. Eu não confio.

Inter – Palermo (A-Boca Juniors) – Ele já teve seus grandes momentos, mas está em total decadência, assim como seu time na Argentina.

Palmeiras – Paulo Henrique (A-Heerenven) – O jogador nunca fez sucesso no Brasil e nem na Holanda. É difícil acreditar que ele chegaria no Palestra Itália para brilhar ou ser útil de alguma forma.

NÃO ENXERGAM?

Ceará (LD-PSG) – Não é nenhum grande talento, mas poderia render bem. Não faltam times brasileiros que precisam de um lateral-direito seguro e experiente. Ceará está na Europa há quase três anos e pode querer voltar ao Brasil em breve.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Botafogo – Sebastian Coates (Z-Nacional-URU) – Comparado com Lugano no Uruguai. Boa referência!

Inter – Cléber Santana (M-Atlético de Madrid) – Fez uma boa temporada na Espanha, pelo Mallorca, e tem futebol para ir bem por aqui.

Corinthians – Rafael Sóbis (A-Al Jazira) – Ninguém sabe como ele está no Oriente Médio direito, mas sempre mostrou muita qualidade.

TANTO FAZ…

Botafogo – Adrian Ramos (América de Cali) – Tem uma carreira marcada por altos e baixos. Difícil saber como seria por aqui…

Corinthians – Danilo (M-Kashima Antlers) – Se a torcida tiver paciência, pode dar certo. Mas sempre foi um tanto irregular, apesar de decisivo.

Palmeiras – Daniel Carvalho (M-CSKA Moscou) Muito mal no Inter no ano passado, mas já mostrou um ótimo futebol num passado distante.

CAI FORA!

Corinthians – Carlos Alberto (M-Vasco) – A princípio, está recuperado no Vasco. Mas não dá para confiar nem um pouco.

Fluminense – Gum (Z-Ponte Preta) – Não é melhor sequer que o Edcarlos.

NÃO ENXERGAM?

Leonardo (LE-Olympiacos) – Tantos times no Brasil precisam de um bom ala esquerdo ofensivo e não procuram na Grécia. Ele foi pra lá há um bom tempo e já pode querer voltar. Vale a pena arriscar…

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Fluminense – Fabinho (V-Corinthians) – Muito melhor do que o titular Wellington Monteiro.
Corinthians – Edu (V-Valencia) – Substituto ideal se Elias sair mesmo.
Palmeiras – Perea (A-Grêmio) – O ataque do time de Luxemburgo precisa melhorar.
Atlético-MG – Aranha (G-Ponte Preta) – As opções de hoje por lá, Juninho e Édson, são muito fracas.

TANTO FAZ…

Santos – Nadson (A-Vitória) – Viria para ser reserva e fazer o mesmo que Roni: nada!
São Paulo – Marlos (M-Coritiba) – Muricy avisou que não o usará como meia, logo onde o time precisa de alguém.

CAI FORA!

Inter – Pedro Silva (LD-Sporting) – Melhor ficar com zagueiros improvisados na posição.
Flamengo – Lúcio Flávio (M-Santos) – Esse já passou do ponto.

NÃO ENXERGAM?

Lincoln (M- Galatasaray) – Tantos times precisam de um meia armador, e ele louco para voltar ao Brasil. Ou pelo menos é o que dizem por aí…

Read Full Post »