Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘pontos corridos’

Há quase dez anos, a grande questão do Campeonato Brasileiro era sobre seu modo de disputa. “Mata-mata ou pontos corridos?”, todos se perguntavam. O tempo passou e hoje essa se tornou uma questão quase esquecida. Isso porque rodadas como a deste domingo, a 37ª do Brasileirão 2011, provam como a fórmula dos pontos corridos é muito melhor.

Em primeiro lugar, por causa da emoção. Impossível não ficar tocado com tudo que aconteceu na penúltima rodada do campeonato. Em um momento, tínhamos o campeão e os rebaixados definidos. Segundos depois, nada disso estava resolvido. E o melhor: tudo foi adiado para domingo que vem, quando teremos ainda mais emoção.

Adriano comemora gol pelo Corinthians

Digam para o Adriano que campeonato de pontos corridos não tem emoção

Em segundo lugar, por causa da organização do futebol brasileiro. É inegável a evolução dos times nacionais nos últimos anos. Eles têm superado até a incompetência da CBF para fazer um campeonato que é cada vez melhor. Temos um bom nível técnico, temos craques jovens, temos craques experientes repatriados, temos um campeonato forte de verdade.

Espécies em extinção, os defensores do mata-mata costumam dizer que o futebol precisa daquele grande jogo, a grande final, a grande decisão. Pois eu prefiro ver vários grandes jogos, como tem acontecido no Brasileirão. Ao longo da competição, tivemos várias partidas inesquecíveis, como Flamengo 5 x 4 Santos, Fluminense 5 x 4 Grêmio, Grêmio 4 x 2 Flamengo, Vasco 2 x 2 Corinthians e tantos outros.

E o melhor de tudo é que ainda foi encontrada uma solução para um problema que realmente incomodava nos pontos corridos. Com os clássicos nas últimas rodadas, diminuiu bastante a chance de um time entregar um jogo para prejudicar um rival. E ainda abriu hipótese para criação de jogos fenomenais, como será o Atletiba do domingo que vem. Um clássico com cara de mata-mata, já que com certeza um dos dois paranaenses vai sair destruído do jogo.

É claro que o mata-mata tem sua graça. Mas para lembrar disso temos os estaduais, a Copa do Brasil, a Libertadores e a Sul-Americana. Deixem o Brasileirão como está. Viva os pontos corridos!

Bernardo chora no Vasco

Digam para o Bernardo que campeonato de pontos corridos não tem emoção

Anúncios

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

A mudança do sistema de pontos corridos para a volta do mata-mata no Campeonato Brasileiro foi um dos principais assuntos desta semana. Juca Kfouri até a apresentou o modelo que a Globo sugeriu.

O Clube dos 13 vai estudar a proposta, Flamengo e Corinthians apoiarão a ideia, mas é tudo que os comentaristas esportistas não querem. Quase todos eles defenderam a manutenção do sistema atual. Quase.

Carlos Cereto, repórter da Sportv – ou seja, da Globo, é claro – escreveu que prefere o mata-mata e apresentou dois argumentos. O primeiro: “Gosto do imponderável, do cheiro de decisão no ar, de jogos decisivos, de uma final para se apontar o campeão”.

Não entendo. Assim como Humberto Peron, da Folha de S. Paulo, que contrapõe: “Agora todas as partidas valem e os times precisam jogar cada partida como se fosse uma decisão”.

É isso: o campeonato por pontos corridos cria ainda mais ‘finais’ e gera uma emoção maior. Ao torcer, você não se preocupa apenas com o jogo do seu time. Outras partidas podem ganhar importância e ter o tal “cheiro de decisão no ar”.

O outro argumento de Cereto é que “a organização (dos clubes) deveria existir independentemente da fórmula de disputa”.

Entretanto, é óbvio que os pontos corridos facilitam essa organização. Afinal, eles premiam, de forma justa, os times mais bem preparados. Há menos injustiça, sorte e espaço para mediocridade.

Ou melhor, como escreve Leonardo Bertozzi: “A volta do mata-mata só interessa a quem é incapaz de montar um elenco sólido o suficiente para superar a maratona da temporada”.

Agora é torcer para o Clube dos 13 não se inspirar em Carlos Cereto e manter o sistema atual de disputa do Brasileirão. Afinal, existem outras maneiras de tornar o campeonato mais interessante. Sugestões não faltam.

Read Full Post »