Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Ricardinho’

Se a primeira rodada do Brasileirão 2011 serviu para  mostrar que é melhor não arriscar palpites sobre a briga pelo título, a segunda trouxe conclusões sobre a outra parte da tabela: já dá pra arriscar quem deve lutar contra o rebaixamento.

O resultado mais sintomático para essa conclusão foi o do Avaí. O time de Silas, que enganou muita gente ao eliminar o São Paulo na Copa do Brasil, perdeu para o Atlético-MG, em casa, por 3 a 1. Ok, o adversário não era fácil, o time de Dorival Jr. tem potencial, mas não se pode perder de vista o quanto é fraco esse Avaí. Para piorar, Silas parece estar perdido taticamente no comando do time. Vai cair daqui a poucas rodadas…

O América-MG foi outro time que teve um péssimo resultado na rodada. Seu jogo era fora de casa, mas o Vasco entrou praticamente só com reservas e ainda assim o time mineiro perdeu por 3 a 0. E aqui também há uma análise que vai além desse jogo: o América-MG tem se reforçado muito mal em 2011. Faltam melhorias em todos setores. O time não pode depender de Fábio Junior para se salvar de um retorno para a Série B.

Fábio Junior/ Lancenet

Se ainda fosse o cantor...

Há ainda o Atlético-GO, que, mesmo em casa, não conseguiu vencer o Fluminense. Foi dominado durante a partida e mostrou uma dependência de Vitor Junior e Marcão, o que já é um grande problema. Em 2010, o time goiano escapou por pouco do rebaixamento. Dessa vez não deve bater na trave…

O quarto time que eu daria como certo para o rebaixamento seria o Bahia. Ele realmente tem muitas chances de cair, mas tem se reforçado. Trouxe, por exemplo, Jóbson, que salvou o time de uma derrota contra o Flamengo, mas não é confiável. Ainda é difícil crer que a mistura explosiva de Carlos Alberto, Ricardinho e vários refugos realmente vá dar certo, mas nesse caso pelo menos há alguma esperança mínima de salvamento.

Caso o Bahia realmente consiga essa difícil química, Botafogo e Figueirense aparecem logo atrás como outros possíveis rebaixados. Atlético-PR e Ceará também precisam ficar alertas. Mas fato é que a 2ª rodada do Brasileirão só comprovou o que os elencos de Avaí, América-MG, Atlético-GO e Bahia já mostravam: eles vão ter que se superar demais para se livrarem da queda para a segunda divisão.

Anúncios

Read Full Post »

TOP 11

O Brasileirão 2009 pode ser considerado o campeonato das surpresas, tanto em relação aos times quanto no que diz respeito a atuação de alguns jogadores.

Teve um pouco de tudo. Craques esquecidos voltaram à tona, mas também aconteceu o inverso com frequência: atletas que chegaram com grandes expectativas em seus times e não conseguiram corresponder em campo.

Relembre todos na lista que mostra as maiores decepções do ano:

1º) Vágner Love (Palmeiras)
Quando chegou, podia ser a solução para o maior ponto fraco do seu time, o ataque. O alviverde era líder do Brasileirão, mas ele não fez sua parte, entrou em polêmicas e deixou de ser ídolo para ser vilão.

2º) Fernandão (Goiás)
Também chegou a um time alviverde que sonhava com o título, mas, fora de forma, provou que está longe de ser o meia-atacante decisivo de outro tempos.

3º) Taison (Inter)
Talvez tenha sido a principal revelações dos estaduais, mas fez pouco pelo Colorado no Brasileirão, virando até reserva em alguns jogos da reta final.

4º)
Ricardinho (Atlético-MG)
Chegou ao Galo para resolver os problemas de criação do time e até fez bons jogos. Só que veio a campanha decadente na reta final e ele chegou a esquentar o banco de reservas também.

5º) Borges (São Paulo)
Foi decisivo no título de 2008 e era esperado que ele repetisse a dose dessa vez. Mas foi exatamente o contrário, pois ele arrumou confusões desnecessárias e sairá do tricolor paulista sem deixar muitas saudades.

6º) Kléber Pereira (Santos)
Em 2008, chegou a levar o Peixe nas costas. Em 2009, passou longe disso, sem gols e com muitas vaias na Vila Belmiro.

7º) Emerson (Santos)
Dono de uma carreira invejável e respeitado na Europa, o volante teria tudo para sobrar no Brasil. Quando chegou, envolveu-se em uma polêmica. Enquanto jogou, não fez nada demais. Depois ainda veio uma lesão e o fim do seu contrato.

8º) Dentinho (Corinthians)
Foi um dos maiores exemplos de falta de motivação do seu time. No final, ainda perdeu lugar para Defederico e deve começar o centenário corintiano fora do time titular.

9º) Dênis Marques (Flamengo)
Chegou para ser o companheiro de Adriano no ataque, mas logo mostrou que não conseguiria fazer, em um time grande, o que tinha feito no Atlético-PR.

10º) Léo (Grêmio)
Foi um dos melhores zagueiros do Brasileirão 2008, mas virou reserva de Rafael Marques com a adoção do 4-4-2 de Paulo Autuori durante a temporada de 2009. Agora deve ser negociado com outro time brasileiro.

11º) Madson (Santos)
Com um time mais arrumado, conseguiu se destacar no estadual. O problema é que no Brasileirão ele caiu de produção, junto com todo o elenco do Peixe.

E agora, quem vai dar a volta por cima? Será que, em 2010,  algum deles vai sair dessa lista ingrata e brilhar na relação de melhores do ano? Não duvide! Afinal, o Brasileirão sempre nos traz muitas surpresas…

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Grêmio – Mauro Boselli (A-LDU) – Seria uma reposição interessante caso Maxi López saia mesmo, como tem sido especulado por aí.

Santos – Álvaro (Z-Inter) – O time precisa de algo melhor do que Fabão, Domingos, Eli Sabiá e companhia.

Santos – Vágner Love (A-CSKA Moscou) – É difícil acreditar, mas é a contratação que levaria o time a um outro nível no Brasileirão.

TANTO FAZ…

Botafogo – Maurício (A-Villareal) – Saiu cedo do Fluminense, então fica difícil avaliar o real potencial, mas pode ser uma boa aposta.

Corinthians – Vera (V-LDU) – Nada de especial, não era um destaque nem no time equatoriano. Será que isso mudaria no Brasil?

Flamengo – Corrêa (V-Dinamo Kiev) – Não é tão ruim como muitos comentam e o meio-campo rubro-negro precisa de reforços mesmo.

Flamengo – Ricardinho (M-Al Rayann) – O problema é a idade, mas pode dar certo no lugar de Ibson, por exemplo.

CAI FORA!

Botafogo – Wilson (A-Sport) – Parece piada, pois é um atacante que não consegue se firmar nem no elenco horrível do time pernambucano.

Corinthians – Roberto Carlos (LE-Fenerbahçe) – É melhor que o desmentido feito pela diretoria seja sincero. Não daria certo.

Santos – Jean (A-Al-Sharjah) A última (péssima) lembrança que deixou foi no rebaixamento do Corinthians em 2007. Vai melhorar agora?

Santos – Amoroso (A-sem clube) – Apenas passou da hora dele aposentar.

NÃO ENXERGAM?

Daniel Carvalho (M-CSKA Moscou) – Chegou a ser ventilado no Palmeiras, mas quem está tentanto mesmo é o Sporting, de Portugal. Mas duvido que ele não queira voltar ao Brasil. Os clubes deveriam apostar e dar mais uma chance para ele, que fracassou no Inter recentemente.

Read Full Post »