Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Roberto Carlos’

As recentes polêmicas entre Petkovic e Flamengo trouxeram à tona uma velha ideia surgida após o Brasileirão 2009, quando os “vovôs” estiveram em alta por causa do sucesso do sérvio. Nesse momento, vários outros times apostaram alto em quem já estava pensando em se aposentar.

Só que agora é hora de conferir como eles estão. Alguns deram certo, outros não. Relembremos:

Dodô (Vasco), 35 anos

Já viveu todos extremos possíveis, do céu ao inferno em poucos meses. Com a mudança de treinador, pode ser que o time evolua e ele volte a brilhar, mas ainda é uma grande incógnita no time cruzmaltino

Edílson (Bahia), 39 anos
O “capetinha” não joga com frequência no time, sendo poupado às vezes pelo técnico Renato Gaúcho. O tricolor está bem no estadual, mas, quando ele entra em campo, é discreto: fez só 1 gol, contra o Feirense, em oito jogos.

Giovanni (Santos), 38 anos
Há quem garanta que a sua presença no elenco santista seja importante, pois ele aconselha os novos “meninos da Vila”. Mas o fato é que, em campo, o “Messias” não tem contribuído em nada para o sucesso do Peixe e só fez 1 gol até agora.

Juninho Paulista (Ituano), 37 anos
Dirigente e jogador, o meia tem visto seu time sofrer no Campeonato Paulista. O Ituano está na luta contra o rebaixamento, apesar do veterano ter contribuído com um gol e algumas boas atuações, como contra o Palmeiras.

Marcelinho Paraíba (São Paulo), 34 anos
Chegou com moral no tricolor paulista, para ser titular mesmo. Entretanto, não rendeu o esperado e agora nem costuma sair do banco de reservas. Nem é sombra do jogador que fez sucesso pelo São Paulo em um passado distante.

Roberto Carlos (Corinthians), 36 anos
Começou extremamente mal, indisciplinado e lento. Agora tem melhorado, feito gols e já há até quem peça por ele na Seleção de volta. Trata-se de um exagero, mas o fato é que ele pode ter sido uma grande contratação corintiana.

Sávio (Avaí), 36 anos
Demorou para estrear no Leão da Ressacada, que tem tropeçado um pouco no Catarinense. Mas já virou titular absoluto do ataque e o time tem evoluído aos poucos. Pode ser útil para o Brasileirão 2010.

Viola (Brusque), 41 anos
O time é fraco demais e só luta contra o rebaixamento no Catarinense. Mesmo com esse problema e com dificuldades por lesões, o tetracampeão já fez 6 gols e tem ajudado bastante o seu time. Ele também despertou o interesse do Londrina, que pretende contratá-lo em breve.

Esqueci de alguém?

Enfim… como é possível perceber, o “efeito Petkovic” não tem sido exatamente benéfico para os clubes. A temporada está só começando, mas poucas situações mudarão daqui pra frente. Fica a lição para o Flamengo e para quem mais pensava em aderir à essa “moda”!

Anúncios

Read Full Post »

  • Eduardo Cecconi desenha a tática que o Manchester United usou para atropelar o Milan na Liga dos Campeões. Clique aqui e leia mais.
  • Fabrizio Bocca explica com detalhes a queda de qualidade que aconteceu recentemente no futebol italiano. Clique aqui e leia mais.
  • Felipe Lobo analisa a crise do Liverpool e conclui que o time realmente está perto do fundo do poço. Clique aqui e leia mais.
  • Luiz Augusto Lima destaca uma entrevista em que Roberto Carlos, do Corinthians, mostra que não sabe a hora certa de pendurar as chuteiras. Clique aqui e leia mais.
  • Marcelo Di Lallo mostra, com números, o que está cada vez mais evidente em campo: o fracasso absoluto do Campeonato Paulista de 2010. Clique aqui e leia mais.

Read Full Post »

A estreia de Roberto Carlos no Corinthians reabre uma questão preocupante para a Seleção Brasileira: a total falta de opções para a lateral-esquerda na Copa do Mundo. Não que eu considere o veterano uma solução para esse problema, mas há quem admita a hipótese dele voltar a ser convocado.

PVC, por exemplo, fez um post sobre esse tema antes do jogo contra o Bragantino. No Blog da Trivela, há até um post pedindo por uma campanha para que Roberto Carlos volte à Seleção.

O fato é que isso mostra como o time de Dunga está com dificuldades nessa posição. Os principais candidatos atualmente são Marcelo, André Santos, Michel Bastos e Fábio Aurélio. O problema é que os 4 costumam jogar, na maioria das vezes, como meio-campistas em seus times.

Outros nomes, como Kléber ou Filipe Luís, até estão bem em seus clubes, mas não souberam aproveitar as chances que já tiveram no passado com a amarelinha.

E agora? Fica difícil até arriscar um palpite. Chego a duvidar que Dunga tenha uma posição realmente definida. Eu ainda duvido que Roberto Carlos saiba se aproveitar dessa indecisão, mas a possibilidade está aberta.

Read Full Post »

Caro Mano Menezes,

2010 será um ano pressão absurda sobre os seus ombros. O centenário do Corinthians vai lhe trazer dor de cabeça. Quer um consolo? Algumas dessas dores são boas. O excesso de opções no elenco vai amenizar a preocupação em montar um time vitorioso.

Na defesa não há dúvida: Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos farão uma linha experiente e perigosamente lenta, mas que deve dar certo.

Você já indicou que deve abandonar o 4-3-3 de 2009. Sendo assim, ficam as dúvidas do meio pra frente. A dupla de volantes deve ser Marcelo Mattos e Elias, mas Ralf, Edu e Jucilei serão reservas úteis. Tranquilo para você, Mano!

A partir daí temos Ronaldo como titular absoluto e eu quero ver você escalar três jogadores entre todos esses: Tcheco, Danilo, Defederico, Edno, Dentinho, Jorge Henrique e Iarley. Todos são boas opções e devem revezar bastante na titularidade, mas… e na hora decisiva? Como vai entrar o time?

Eu faria o seguinte: não usaria Danilo e Tcheco juntos, mas sempre colocaria um dos dois. Defederico e Jorge Henrique seriam essenciais, para dar velocidade ao ataque. E de resto todos virariam apenas bons reservas para mudar o andamentos dos jogos.

Agora siga minha opinião se quiser, Mano. Você me surpreendeu em 2009 e pode repetir o feito agora. Só tome cuidado com a pressão. Não quero te assustar, mas as dores de cabeça só tendem a piorar daqui a pra frente.

Mano Menezes pensando

Pensa, Mano! Só falta sair fumacinha da cabeça

Relembre:

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Grêmio – Mauro Boselli (A-LDU) – Seria uma reposição interessante caso Maxi López saia mesmo, como tem sido especulado por aí.

Santos – Álvaro (Z-Inter) – O time precisa de algo melhor do que Fabão, Domingos, Eli Sabiá e companhia.

Santos – Vágner Love (A-CSKA Moscou) – É difícil acreditar, mas é a contratação que levaria o time a um outro nível no Brasileirão.

TANTO FAZ…

Botafogo – Maurício (A-Villareal) – Saiu cedo do Fluminense, então fica difícil avaliar o real potencial, mas pode ser uma boa aposta.

Corinthians – Vera (V-LDU) – Nada de especial, não era um destaque nem no time equatoriano. Será que isso mudaria no Brasil?

Flamengo – Corrêa (V-Dinamo Kiev) – Não é tão ruim como muitos comentam e o meio-campo rubro-negro precisa de reforços mesmo.

Flamengo – Ricardinho (M-Al Rayann) – O problema é a idade, mas pode dar certo no lugar de Ibson, por exemplo.

CAI FORA!

Botafogo – Wilson (A-Sport) – Parece piada, pois é um atacante que não consegue se firmar nem no elenco horrível do time pernambucano.

Corinthians – Roberto Carlos (LE-Fenerbahçe) – É melhor que o desmentido feito pela diretoria seja sincero. Não daria certo.

Santos – Jean (A-Al-Sharjah) A última (péssima) lembrança que deixou foi no rebaixamento do Corinthians em 2007. Vai melhorar agora?

Santos – Amoroso (A-sem clube) – Apenas passou da hora dele aposentar.

NÃO ENXERGAM?

Daniel Carvalho (M-CSKA Moscou) – Chegou a ser ventilado no Palmeiras, mas quem está tentanto mesmo é o Sporting, de Portugal. Mas duvido que ele não queira voltar ao Brasil. Os clubes deveriam apostar e dar mais uma chance para ele, que fracassou no Inter recentemente.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

DEMOROU!

Corinthians – Alex Silva (Z-Hamburgo) – Rápido e bom cabeceador, melhoraria ainda mais um setor forte do time.

Fluminense – Roberto Carlos (LE-Fenerbahçe) – Apesar do “caso da meia”, ainda pode render algo no Brasil.

Flamengo – Marquinhos (A-Palmeiras) – Não tem jogado nada, mas tem potencial e o time precisa de atacantes.

TANTO FAZ…

Palmeiras – Ciro (A-Sport) – Precisa evoluir muito para ser importante em um grande time.

Flamengo – Morais (M-Corinthians) – Fraco tecnicamente e ainda desequilibraria a marcação do time.

CAI FORA!

Santos – Hugo (M-São Paulo) – O Peixe tem reserva até melhores que ele.

Grêmio – Fabiano Eller (Z-Santos) – Atrapalha o ambiente, ainda mais porque seria reserva.

NÃO ENXERGAM?

Charles (V-Lokomotiv Moscou) – Fazia uma ótima dupla com Ramires no ano passado e já deve estar afim de voltar para o Brasil.

Read Full Post »