Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Tinga’

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – Mesmo desfalcado, bateu o Atlético-PR em um jogo importante e subiu na tabela, se firmando na briga por uma vaga na Copa Libertadores.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – É inacreditável que o Galo tenha perdido para o Botafogo, por 2 a 0, em casa. Não jogou mal, mas voltou para a zona de rebaixamento e parece que vai ficar nessa disputa até a última rodada mesmo.

TROFÉU HERÓI

Conca – O Fluminense nem jogou bem, mas conseguiu a vitória contra o Grêmio graças ao seu meia argentino, que fez os dois gols do jogo.

TROFÉU VILÃO

Márcio – Sofreu um frango feio demais que tirou do Atlético-GO uma vitória contra o Ceará, no jogo que terminou com um empate de 1 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Tinga – O meia do Palmeiras, que tem virado titular do time recentemente, comprovou sua evolução com um bom jogo contra o Goiás, fazendo inclusive um belo gol na vitória do seu time por 3 a 2.

VALEU O INGRESSO

Léo – O zagueiro do Cruzeiro chutou do meio da rua e marcou um impressionante golaço na importante vitória da Raposa contra o Grêmio-SP.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vitória 4 x 2 Vasco – Não foi uma rodada de grandes jogos, então fico com a opção do jogo mais especial, cheio de gols e lances curiosos.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Avaí 1 x 0 Guarani – O time de Campinas esteve apático e não conseguiu se aproveitar da fragilidade do seu adversário, que desperdiçou muitas chances de gol. Agora ambos ficam na luta contra o rebaixamento…

DETALHE TÁTICO

Flamengo no 4-3-3 – Luxemburgo apresentou essa novidade no jogo contra o Corinthians, mas não conseguiu surpreender, pois o time jogou mal, principalmente no primeiro tempo.

O que não significa que a tática precisa ser dispensada. Pode funcionar no futuro, principalmente em jogos contra equipes menos preparadas.

DETALHE DO TÉCNICO

Joel Santana  – O técnico do Botafogo tirou Lucio Flávio para a entrada do atacante Edno, que participou dos dois gols do Botafogo na vitória contra o Atlético-MG.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santos prejudicado – Contra o Inter, o Peixe teve um pênalti não marcado e ainda viu um gol legítimo ser anulado porque o árbitro não viu que a bola entrou claramente.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Botafogo – Insisto que não acredito no Botafogo como candidato ao título, apesar da diferença de apenas seis pontos para o líder, mas a vitória contra o Atlético-MG mostrou que o time carioca é um dos principais postulantes a conquistar uma vaga na Copa Libertadores de 2011.

PAPO RETO

Internacional e Santos,

Já era.

Vocês não vão mesmo brigar pelo título. A diferença na tabela já é de oito pontos e vocês não parecem ter força para uma reação e uma arrancada. Comecem a se preocupar com a próxima temporada.

ACRÉSCIMOS

Ronaldo – Fez gol contra o Flamengo e mostrou, durante todo o jogo, que ainda é perigoso sim. E ainda há quem ouse duvidar dele. Não faço isso há tempos…

Anúncios

Read Full Post »

A incrível fábrica de talentos do futebol brasileiro não para de funcionar. Mesmo que os times continuem perdendo jovens craques para a Europa, outros surgem rapidamente por aqui. É isso o que o Brasileirão 2010 tem mostrado.

Basta reparar que até agora, com apenas 19 rodadas, o campeonato já teve mais de dez revelações que podem ser listadas e, no futuro, provavelmente virarão jogadores importantes para seus times. Alguns deles, inclusive, já atingiram esse status.

Ao contrário que fiz nas listas de revelações do Brasileirão 2009, dessa vez incluí também nomes que surgiram nos estaduais do 1º semestre. É justo, afinal são competições de níveis e abragências diferentes. Agora veja abaixo as principais revelações do Brasileirão 2010 até agora:

1º) Bruno César (Corinthians)
Ele já tinha brilhado demais pelo Santo André no Paulistão. Mas sua verdadeira prova de fogo veio no Corinthians e ele não demorou para corresponder: rapidamente virou o principal armador de jogo do time, é um dos artilheiros do Brasileirão e já foi tema de post neste blog.

2º) Mazola (Guarani) *
O Bugre, depois da chegada do técnico Vágner Mancini, foi bem demais ao apostar em um jovem atacante que, apesar de ter ido bem pelo Paulista no começo do ano, podia ficar esquecido no São Paulo. Extremamente habilidoso, ele se destacou no time de Campinas e, apesar ser “cai-cai”, tem dado trabalho para as defesas adversárias.

3º) Dedé (Vasco)
Trata-se de um zagueiro de 22 anos que o Vasco soube observar no Volta Redonda e contratá-lo em 2009. Já em 2010 ele conseguiu sua afirmação como um defensor firme, que tem como ponto forte a velocidade e também o jogo aéreo, do alto de seu 1,92m.

4º) Elkeson (Vitória) *
As ótimas categorias de base do Vitória não param nunca. Em 2009, o principal jogador revelado no clube foi Neto Berola. Em 2010, desponta no time um jogador de posição parecida, mas que tem ainda mais técnica.

Elkeson participou de poucos jogos do Brasileirão do ano passado, mas foi neste ano que realmente se firmou no time, principalmente durante a boa campanha na Copa do Brasil.

5º) Rafael (Santos) *
Longe de ser um dos “Meninos da Vila” mais badalados, Rafael tem sido uma grata surpresa da base santista, já que resolveu um problema gerado por seu antecessor, Felipe, também formado no clube e extremamente irregular. Rafael, pelo contrário, é seguro e, apesar de sofrer com a fraca defesa do Santos, tem conseguido se destacar.

6º) Marcelinho (São Paulo) *
Priomeiro ele foi apontado aqui como uma das principais revelações da Copa SP de 2010. Depois, quando Sérgio Baresi assumiu interinamente o comando do São Paulo, escrevi que isso poderia trazer boas chances para jovens talentos como ele.

Portanto, o que veio depois já era previsto: Marcelinho se firmou entre os titulares de um São Paulo que começa a reagir no Brasileirão e, se não vai chegar muito alto na tabela, pelo menos deve achar boas soluções para 2011 nas suas sempre boas categorias de base.

7º) Tinga (Palmeiras) *
Ele já era tratada como uma joia rara na Ponte Preta e o Palmeiras foi esperto em contratá-lo. Ele ainda não é titular no time paulista, mas é frequentemente utilizado e já fez participações decisivas em alguns jogos. Tem habilidade de sobra e um bom futuro pela frente.

8º) Renan (Avaí) *
A convocação dele para a Seleção Brasileira de Mano Menezes, por ter idade olímpica, veio no momento certo, quando ele se firmava como titular no Avaí. O técnico Antônio Lopes observou bem um goleiro que ainda é muito jovem, mas já parece pronto e deve brilhar ainda mais no futuro.

9º) Misael (Ceará)
Assim que começou o Brasileirão, cheguei a ter a certeza de que ele seria a principal revelação do campeonato. Porém, seu futebol caiu de produção junto com o próprio Ceará, lesões o atrapalharam e agora até a sua posição nessa lista está sob risco até o final da temporada.

10º) Marcelo Lomba (Flamengo)
Ele já tinha passagens pelas categorias de base da seleção brasileira, mas parecia que sua chance nunca ia chegar. Então veio a tragédia do “caso Bruno” e ele teve que virar titular. Assumiu bem a responsabilidade e já até defendeu pênaltis decisivos no Brasileirão.

11º) Alan Patrick (Santos) *
É mais um jogador que foi destaque da Copa São Paulo e agora começa a ir bem entre os profissionais. Poderia ser o substituto ideal de Paulo Henrique Ganso, mas Dorival Jr., acertadamente, tem o uitilizado com cautela. Pode estourar de vez a qualquer momento.

* = tem idade olímpica

Essa relação de principais revelações ainda deve mudar demais até o final do Brasileirão. Tanto em posições quanto em nome dos jogadores mesmo.

Existem outros jovens que precisam de pouco para aparecer em uma futura atualização dessa lista: Alex Sandro e Rodriguinho (ambos do Santos), Henrique (Vitória), Fabrício (Palmeiras), Leandro Damião (Inter), Casemiro (São Paulo) e Rômulo (Vasco) são alguns deles.

Read Full Post »

Há pouco o que se dizer depois do jogo entre Inter e São Paulo nesta quarta, no Beira-Rio. O Colorado quis vencer e o Tricolor só tentou não perder. Como quase sempre, o resultado dessas posturas foi melhor para o time corajoso.

Mas há outra lição que a partida pode passar: é incrível a qualidade desse elenco do Inter! O único gol saiu de Giuliano, que tinha acabado de entrar no lugar de Andrezinho, bom jogador, mas que não deveria ter sido titular.

Depois que o placar foi aberto, ninguém menos que Rafael Sóbis ainda entrou no lugar de Taison, um dos melhores da partida. Ah… Tinga estava suspenso, mas estará disponível no jogo de volta.

Com tantas opções e a boa vantagem conquistada, Celso Roth está com a classificação nas mãos. Até porque o São Paulo seguiu sem der qualquer indício de evolução desde a pausa para a Copa.

Aliás, queria saber o que fizeram os jogadores tricolores durante esse mês do Mundial na África do Sul. Só folgaram mesmo? Faltaram até contrataçõers, já que 1 Ricardo Oliveira não basta para compensar os Richarlysons, Marlos e Clébers Santanas.

Dessa forma, o cenário ficou desesperador sim para o São Paulo. Muitos vão repetir por aí que “nada está definido”, na melhor concepção clichê sobre “caixinha de surpresas” do futebol. Não entro nessa. Sempre apontei o Inter como meu favorito para vencer a Copa Libertadores. Não mudarei agora.

Read Full Post »

Celso Roth é subestimado no Brasil. Ele conhece de futebol, mas o fato de seus trabalhos terem pouco tempo de validade e não resultarem em títulos faz com que ele seja duramente criticado. Mas na verdade trata-se de um bom técnico.

Seu novo desafio é comandar o Inter no Brasileirão 2010 e principalmente na Copa Libertadores. Ainda não aposto que ele será campeão de qualquer uma das duas competições, mas é preciso reconhecer que seu trabalho no Colorado tem sido acima da média e pode o levar a isso. A vitória contra o Atlético-MG nesta quarta-feira fortaleceu essa minha opinião.

A equipe de Celso Roth foi escalada em um 4-2-3-1, tática utilizada por muitas seleções na Copa de 2010. O recém-chegado Tinga armou o time pelo meio, protegido por dois volantes e auxiliado por D’Alessandro na direita e Taison na esquerda. Como na imagem abaixo, retirada do ótimo blog Preleção.

Até a Seleção Brasileira usou um esquema tático parecido na Copa de 2010
Até a Seleção Brasileira usou um esquema tático parecido na Copa

Como Eduardo Cecconi destacou, não foi uma invenção de Celso Roth. Nada mais é do que a continuação do trabalho que já vinha sendo feito com esse esquema, mas com Giuliano na equipe titular. Aliás, a ida do jovem meia para o banco de reservas é um pecado. Mais: é preciso arrumar espaço para Rafael Sóbis nesse time. Boa dor de cabeça para Roth!

A grande questão do momento, diga-se, é exatamente essa: como encaixar as boas novas peças contratadas pelo Inter? “Roth deve manter a estrutura apenas encaixando Sóbis no lugar de Taison”, como André Rocha escreveu? De fato a sugestão é boa, mas não seria uma mudança fácil de fazer, já que Taison tem reencontrado seu bom futebol nesse começo de Brasileirão.

O grande segredo para resolver essas dúvidas é fazer tudo com calma. Para a Libertadores o ideal é nem mexer mais na tática. Para o futuro o time  até pode ser alinhado no 4-3-1-2 simples, desenhado por André Rocha como abaixo:

A saída de Sandro para o Tottenham pode prejudicar a utilização dessa tática no futuro. Quem jogaria na cabeça de área?
A saída de Sandro para o Tottenham pode prejudicar a utilização dessa tática no futuro. Quem jogaria na cabeça de área?

Porém, é evidente que o Inter não é feito só de pontos fortes: no jogo contra o Atlético-MG, por exemplo, a velocidade de Neto Berola incomou os pesados zagueiros do Colorado, Bolívar e Índio. Com os velozes Dagoberto e Marlos, o caminho do São Paulo rumo à final da Copa Libertadores pode ser por ali.

Isso se o bom Celso Roth não prevenir esse problema com antecedência. É melhor temer, pois ele não é “burro”. Longe disso. O recado está dado!

Veja também:

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Flamengo – Venceu o clássico contra o Botafogo por 1 a 0 e superou, pelo menos em um primeiro momento, a turbulência vivida na Gávea.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

São Paulo – Em pleno Morumbi, foi derrotado pelo Avaí por 2 a 1 e mostrou pouca evolução após um mês de treinos.

TROFÉU HERÓI

Diego Tardelli – Fez dois gols na vitória apertada do Galo contra o Atlético-GO.

TROFÉU VILÃO

Egídio – O lateral-esquerdo do Vitória fez o gol contra que decretou o empate entre o seu time o Grêmio, por 1 a 1, no jogo que poderia ser uma das principais surpresas da rodada.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Tinga – Aos 19 anos, o meia estreou pelo Palmeiras poucos dias depois de ser apresentado e, com sorte, já marcou seu primeiro gol. Tem tudo para evoluir com confiança e ganhar espaço no time.

Além dele, o Vasco estreou 4 bons jovens jogadores (Carlinhos, Rômulo, Allan e Jonathan) e o Corinthians também testou o meia William Morais, que pareceu ter talento.

VALEU O INGRESSO

Ewerthon – Com um chute forte e colocado no ângulo, ele abriu o placar na importante vitória do Palmeiras contra o Santos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Atlético-MG 3 x 2 Atlético-GO – O Galo começou bem o seu projeto para sair da zona do rebaixamento, mas passou por algum sufoco para atingir isso.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Goiás 0 x 0 Vasco – Os dois times mostraram que não podem ter muitas ambições no Brasileirão 2010, pois fizeram um jogo de pouca técnica e emoção.

DETALHE TÁTICO

Cruzeiro com dois meias – Cuca escalou Gilberto e Roger juntos e o time conseguiu vencer o Atlético-PR fora de casa. Pode não ser a melhor tática para a Raposa, mas o técnico ganhou uma opção interessante.

DETALHE DO TÉCNICO

Rogério Lourenço – O técnico do Flamengo colocou o atacante Paulo Sérgio em campo e o jovem atacante decidiu o clássico contra o Botafogo. Sorte? Acredito pouco nisso…

O FUTEBOL É INJUSTO

Fluminense merecia mais – Dominou totalmente o jogo contra o Grêmio-SP, mas demorou para definir a partida e sofreu o empate no final. Resultado este que custou a liderança do Brasileirão 2010 para o time carioca.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Vitória – Não é fácil enfrentar o Grêmio no Olímpico, mas por pouco o time baiano não saiu com 3 pontos no jogo contra o time gaúcho.

PAPO RETO

Guarani,

E os reforços?

Quase todos os times do Brasileirão 2010 contrataram durante a pausa para Copa do Mundo. Mas você, Bugre, que precisava bastante, pouco se mexeu.

Dessa forma, foi mais do que justa a vitória do Inter, em Campinas, em noite de boa atuação do volante Sandro.

ACRÉSCIMOS

Fábio Costa – Todos sabem que ele é irregular e falha demais. Mesmo assim, foi curioso ver mais um goleiro do Atlético-MG falhar e mostrar que o eterno problema do time com jogadores dessa posição deve continuar existindo.

E eu ainda fui cornetado por não colocá-lo entre as melhores contratações dos times brasileiros durante a Copa…

Read Full Post »

Quase todos tentaram. Poucos conseguiram. Assim pode ser definido o mercado da bola durante a Copa do Mundo. Afinal, muitas contratações foram feitas, mas poucas realmente reforçarão os times.

Por isso é preciso enaltecer quem conseguiu comprar bem e vaiar quem vacilou e fez maus negócios. Primeiro a lista das 11 melhores contratações durante a pausa para a Copa do Mundo:

1º) Rafael Sóbis (Inter)
É experiente, já jogou final de Copa Libertadores e vestiu a camisa da Seleção Brasileira. Voltou para casa e, mesmo que seu passado recente tenha sido ruim, tem tudo para dar certo no Colorado.

2º) Kléber (Palmeiras)
É outro que voltou ao lugar onde se sente melhor. Parece que nunca vai corrigir seu problema de indisciplina, mas ainda assim é diferenciado para os níveis brasileiros, então pode arrumar o ataque do alviverde paulista.

3º) Diego Souza (Atlético-MG)
Foi um dos principais jogadores do Brasileirão 2009, mas precisa ser mais decisivo se quiser tirar o Galo da zona de rebaixamento e colocá-lo na briga pela ponta da tabela.

4º) Renan (Inter)
É um dos melhores goleiros jovens do Brasil e deve resolver o problema que o Inter já tinha debaixo das traves há anos. Caso isso aconteça, vira candidato a uma vaga na Seleção da copa de 2014.

5º) Émerson (Fluminense)
Chegou desconhecido no Flamengo e conseguiu mostrar qualidade. Agora pode fazer uma dupla perigosa com Fred caso os dois se entrosem e se entendam, já que possuem características semelhantes.

6º) Montillo (Cruzeiro)
É sempre melhor ter cautela e esperar para ver como um “gringo” vai se adaptar ao futebol brasileiro, mas ele mostrou na Universidad do Chile que tem talento demais e características pouco vistas por aqui.

7º) Maicosuel (Botafogo)
O meia fez sucesso em 2009, mas apenas durante o 1º semestre. O torcedor do Glorioso já deveria ter aprendido que isso não é parâmetro. Maicosuel tem qualidade, mas ainda precisa provar muita coisa.

8º) Keirrison (Santos)
É outro que tem talento, mas só conseguiu sucesso de verdade em time mediano ou contra equipes pequenas. Se chegar com mais vontade de jogar do que quando estava no Palmeiras, pode render.

9º) Corrêa (Flamengo)
Pode não dar certo em meio ao tormento vivido pelo Rubro-Negro no momento, mas mostrou no Atlético-MG que ainda tem qualidade no passe e na bola parada. Não será decisivo, mas pode ser útil.

10º) Valencia (Fluminense)
É aquele típico volante marcador, mas esse marca como poucos. Sempre mostrou que sabia fazer isso no Atlético-PR e deve ganhar a vaga de titular no Flu ao longo do tempo.

11º) Éder Luis (Vasco)
Até agora só deu certo no Atlético-MG e ainda assim com ressalvas, pois nunca foi realmente decisivo. Até pode ajudar o Vasco na luta contra o rebaixamento, mas está longe de ser a peça-chave para isso.

Inter e Fluminense foram provavelmente os times que melhor se reforçaram durante a Copa do Mundo. A equipe carioca ainda acertou com Belletti, veterano, mas ainda útil , e pode anunciar o ótimo Deco a qualquer momento.

Outras boas contratações foram as apostas nos jovens Walysson (Cruzeiro), Leonardo (Inter), Tinga (Palmeiras), Mithyuê (Atlético-PR) e Jóbson (Botafogo).

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Flamengo – Valdivia (M-Al-Ain) – O chileno seria o substituto ideal para Petkovic, que parece cada vez mais distante do Rubro-Negro.

Inter – Tinga (V-Borussia Dortmund) – Costumava jogar muita bola antes de sair do Brasil e não deve ter desaprendido na Alemanha. Sobraria por aqui.

TANTO FAZ…

Corinthians – Bruno César (M-Santo André) – Tem se destacado no Paulista, é verdade, mas seria apenas uma aposta para o banco de reservas.

Inter – Dalton (Z-Fluminense) – Jovem de potencial, encontraria dificuldades para ser titular no Colorado, que tem bons zagueiros experientes como Índio, Sorondo e Eller.

Palmeiras – Carlinhos (LE-Santo André) – Tem se destacado no Santo André, mas seus jogos em um clube grande, o Santos, foram de fracas atuações.

Vasco – Ariel (A-Coritiba) – O jogador é limitado e depende de estar em uma boa fase para ajudar o time. Está longe de ser a solução do Vasco.

CAI FORA!

Fluminense – Adriano (A-América-RJ) – O time já tem muitos atacantes como esse, rápido e para compôr elenco. Seria melhor prestigiar os jovens formados na categoria de base do time.

Palmeiras – Marcos Assunção (V-Grêmio-SP) – Um problema do alviverde paulista é o excesso de coadjuvantes no time. Contratar mais um não o faria evoluir.

NÃO ENXERGAM?

Maxi Moralez (M-Velez Sarzfield) – Tem sido um dos principais jogadores da Copa Libertadores até agora e com certeza não sairia barato da Argentina. Mas, através de parcerias com grupos de investimentos, os times brasileiros poderiam tentar sua contratação. Provavelmente valeria a pena.

Read Full Post »

Older Posts »