Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Treinadores’

O ORGULHO DA TORCIDA

Botafogo – Em casa, conseguiu uma vitória expressiva, por 3 a 0, contra um Atlético-MG que demora para se encontrar no Brasileirão 2010.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Ceará – Não conseguiu vencer sequer o Atlético-GO em casa.

Segue sem vitória desde a pausa para a Copa de 2010, está fazendo hora extra no G4 e não deve demorar a cair na tabela do Brasilerão.

TROFÉU HERÓI

Elias – Ninguém se destacou demais individualmente, mas vale o destaque para quem fez um golaço e decidiu o clássico contra o Flamengo, mesmo fazendo uma função que não é a ideal.

TROFÉU VILÃO

André Lima – De forma absurda, perdeu um gol que poderia ter dado pelo menos um empate para o Grêmio contra o Fluminense.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Mazola – Tem se destacado desde que o Brasileirão 2010 começou e já poderia ter aparecido nessa seção.

Agora corrijo a injustiça: contra o Avaí, ele fez gol e mostrou que o São Paulo pode pensar em aproveitá-lo em 2011 Passou da hora do Tricolor paulista dar mais espaço para seus bons talentos vindos das categorias de base.

VALEU O INGRESSO

Maikon Leite – Ganhou uma dividida, aplicou um belo drible e chutou muito forte, de esquerda, sem dar chances para Rogério Ceni sequer pular.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Guarani 4 x 1 Avaí – Foi uma goleada do Bugre, mas o jogo foi quente desde o começo e o Leão da Ressacada ainda desperdiçou um pênalti, que poderia ter colocado ainda mais fogo na partida.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 0 x 0 Grêmio-SP – Em um jogo sem tantas chances de gols e de pouca emoção, a marcação chata do time paulista anulou fácil a pouca criatividade da equipe de Cuca.

DETALHE TÁTICO

Atlético-MG – Não há time que aguente tantas invenções táticas.

Luxemburgo tem alterado jogo por jogo – e às vezes até durante as partidas – o sistema tático do Galo. Nessa rodada, ele tentou algo parecido com um 4-3-1-2, mas o ttime está claramente perdido.

DETALHE DO TÉCNICO

Émerson Leão – É outro técnico que tem errado demais nas escalações iniciais, mas dessa vez pelo menos foi bem ao colocar Otacílio Neto e Felipe em campo durante o jogo. Este segundo, aliás, nem deveria ser reserva do time.

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará merecia vencer – Pressionou demais o Atlético-GO e não conseguiu a vitória por pouco.

O empate por 0 a 0 resultou na apressada demissão de Estevem Soares, o que deve atrapalhar ainda mais a situação do time.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

São Paulo – Era esperado que a eliminação do time na Copa Libertadores e a saída de Ricardo Gomes fossem mais traumáticas.

Mas o time surpreendeu ao chegar perto da vitória inédita na Arena da Baixada, contra o Atlético-PR.

PAPO RETO

Felipão,

Valdívia não vai resolver tudo.

O que acontece com o Palmeiras? O time tem demorado demais a evoluir minimamente sob o seu comando. O elenco ainda parece fragilizado psicologicamente, pois tem complicado jogos fáceis. Além disso, tem tido uma postura defensiva exagerada. E agora, Felipão?

ACRÉSCIMOS

Silas demitido – Até acho que o Grêmio poderia ter tido mais paciência, mas de fato era um técnico que estava errando demais, principalmente taticamente.

O problema é a reposição para o Tricolor gaúcho. Mário Sérgio? Geninho? Renato Gaúcho? Nenhum dos técnicos especulados até agora agradam.

Read Full Post »

Que os palmeirenses não se iludam: a saída do técnico Antônio Carlos Zago, confirmada na manhã desta terça-feira, está longe de ser a solução do time. O trabalho dele foi ruim, é verdade, mas os problemas do clube vão muito além da falta de tática, da ausência de estratégia ou de escalações erradas.

O primeiro defeito grave do Palmeiras é o elenco. E nem falo só da falta de qualidade dos jogadores. O buraco é mais fundo: existem jogadores traumatizados, pressionados, assustados e até sem motivação.

Ou seja, enquanto alguns simplesmente não aguentam a pressão por títulos no time de Palestra Itália, outros temem a reação da torcida organizada e ainda têm aqueles que não mostram qualquer vontade continuar jogando ali.

Só isso já bastaria para trazer bastante preocupação. Mas ainda existe a já conhecida turbulência na diretoria palmeirense. A gestão de Belluzzo fracassou e, com pouco apoio no Palestra Itália, ele não consegue mais resolver qualquer problema ali.

Sendo assim, fica claro que uma profunda reforma é necessária no Palmeiras. Só mudar o técnico não adianta. E é preciso perceber: é quase impossível que todas essas mudanças ocorram ainda em 2010. O presidente só sairá no final de 2010. Os jogadores têm contrato e só uma meia dúzia deve sair, no máximo. E não é fácil recuperar o lado psicológio daqueles que vão ficar.

Ou seja, insisto: não é porque Zago foi demitido que os palmeirenses terão um ano mais fácil. Com Felipão, como tem sido especulado, os problemas pode diminuir consideravelmente, mas não acabam. Imagina se vier outro técnico qualquer! O importante mesmo é não perder de vista que o nome do treinador está longe de ser o principal obstáculo do Palmeiras.

Read Full Post »

SALA DE IMPRENSA

Renato Gaúcho chegou ao Fluminense e eu escrevi em um post: “Eles (os times cariocas) adoram repetir velhas fórmulas, velhos nomes e, consequentemente, velhos micos”.

Agora uma notícia desta terça só reforçou a tese: Cuca foi contratado para o lugar de Renato Gaúcho e reforçou o pessimismo da torcida tricolor. E velhos problemas são apontados por qualquer pessoa que tente entender o que acontece no time.

Os desentendimentos entre a diretoria e o patrocinador são facilmente perceptíveis, como aponta Benjamin Back: “esse bando de incompetentes que ‘administram’ o Flu estão transformando um dos clubes mais tradicionais do país em motivo de chacota”.

Outro defeito óbvio: o atraso no pagamento dos salários dificulta o bom desempenho da equipe. Alberto Helena Jr. explica bem: “os jogadores que pertencem ao clube (e não ao patrocinador) não recebem. (…) Time desunido será quase sempre vencido”.

No meio de tudo isso, nem é preciso dizer que a aposta em Renato Gaúcho foi um grande erro, como explicitou Marcelo Damato em tom irônico: “Mais uma vez ele perde o emprego, mas não perde o topete”.

Pior que isso só o novo técnico do Flu. “Cuca não parece o perfil ideal psicologicamente para mudar o astral”, define perfeitamente Mauro Betting.

Com tudo isso junto, fica o grande desafio do Fluminense, muito bem explicado por PVC. “Somar apenas 16 pontos depois de 22 jogos é quase a condenação à morte”. Definitivamente é isso! Mas, com tantos problemas e erros, não tinha como ser diferente.

Read Full Post »

VALE A VISITA

  • André Rizek conta as péssimas notícias sobre o andamento dos processos sobre a Máfia do Ápito na Justiça. Clique aqui e leia mais.
  • André Rocha explica as possibilidades táticas do novo Real Madrid após a chegada de Xabi Alonso. Clique aqui e leia mais.
  • Marcelo Damato mostra como é difícil acertar a mão quando o assunto é trocar ou não de treinador no Brasil. Clique aqui e leia mais.
  • Paulo Calçade ironiza a pior notícia da semana passada, quando Ricardo Teixeira admitiu o uso do dinheiro público na Copa de 2014. “Surpresa!”. Clique aqui e leia mais.
  • Sérgio Xavier ressalta um detalhe importante: Muricy e Autuori podem ter que escalar seus times como não gostam. Clique aqui e entenda.

Read Full Post »