Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Valencia’

Três falhas seguidas e um aviso: o futebol paulista está carente de goleiros. Julio César, Deola e Dênis erraram na fase decisiva do Estadual e trouxeram essa preocupação. Mas na verdade é apenas um um pequeno sinal de um problema muito maior: o futebol brasileiro está carente de goleiros. Esse aviso já pode ser feito inclusive à Seleção.

Depois de fazer poucos testes no começo do seu trabalho, Mano Menezes tem apostado em Julio César, da Inter de Milão-ITA, para ser o titular da posição. Mas ele já foi criticado e sempre surge a pergunta: se não for ele, quem será nosso goleiro na Copa de 2014? Por isso o Opiniões em Campo listou os 7 melhores jogadores para a posição. Confira:

7º) Diego Cavalieri (Fluminense)
Não voltou bem da Europa e domorou para se firmar. Mas antes disso, era um grande goleiro no Palmeiras e tem mostrado que não desaprendeu. Tem reflexo e agilidade de sobra para defender a Seleção. Só precisa de mais experiência

6º) Rafael (Santos)
Tem ganhado elogios por ser o melhor goleiro dos times paulistas. É bastante seguro, falha pouco e provavelmente disputará a Olimpíada, o que será um teste fundamental para mostrar que pode ser goleiro da Seleção

5º) Jefferson (Botafogo)
Talvez seja o reserva que tenha mais moral com Mano Menezes, até porque foi o goleiro mais convocado até aqui. Ainda vejo limitações técnicas em seu estilo de jogo, mas costuma fazer defesas incríveis e pode ganhar mais oportunidades em breve

4º) Fábio (Cruzeiro)
É o mais injustiçado dessa lista. Criou fama de frangueiro no começo da carreira, mas já evoluiu há anos e nunca ganhou os devidos créditos por isso. Com o Cruzeiro em má fase, ele tem trabalhado bastante e mostrado que poderia ser convocado mais vezes

3º) Victor (Grêmio)
Vinha em livre ascenção até viver um inferno atral no ano passado. Victor falhou diversas vezes, como nunca antes. Isso lhe deixou abalado, mas aos poucos ele se recuperou. Resta saber se isso não acabou com a confiança que Mano tinha nele

2º) Julio César (Inter de Milão-ITA)
Está muito desgastado porque viveu fase ruim na Inter de Milão e principalmente por causa de falhas marcantes na Seleção Brasileira. Mas ainda é sim um grande goleiro, com o bônus da experiência. Não acho que mantê-lo como titular seja um absurdo…

1º) Diego Alves (Valencia-ESP)
Mas chegou a hora de testar algo novo e diferente na Seleção Brasileira. Diego Alves é o nome certo para isso. Ele conseguiu ter uma carreira ascendente na Europa e, mais do que pênaltis, tem a técnica que pouquíssimos goleiros brasileiros têm atualmente

O pior problema é que as opções praticamente param por aí. Não há mais do que sete goleiros selecionáveis no Brasil atualmente. Dentro do País só exitem mais alguns nomes de pouca confiança e muita irregularidade, como Felipe (Flamengo) ou Fernando Prass (Vasco). Fora do Brasil, no máximo existem os medianos “portugueses” Artur Moraes (Benfica-POR) e Hélton (Porto-POR), além de Gomes, que virou reserva no Tottenham-ING.

O aviso está dado: precisamos de uma nova geração de goleiros urgentemente.

Falta 1 nome para a camisa 1

Falta 1 nome para a camisa 1

Anúncios

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Barcelona – David Luiz (Z-Chelsea) – Se ele se adaptou tão rápido na Inglaterra, certamente se destacaria também na Espanha.

Juventus – Aguero (A-Atlético de Madri) – Não à toa ele virou um dos atacantes mais desejados na Europa. Certamente resolveria boa parte dos problemas ofensivos da Juve.

Manchester City – Alexis Sánchez (A-Udinese) – É outro que tem sido muito sondado no Velho Continente e tem qualidade para justificar isso. Viraria titular do City rapidamente.

Manchester City – Nasri (M-Arsenal) – Não é exatamente um meia central, mas pode jogar por ali e certamente seria mais eficiente do que Yaya Touré.

Roma – Stekelenburg (G-Ajax) – É um dos melhores goleiros do mundo e precisa mesmo ir para um grande centro do futebol para provar sua qualidade.

TANTO FAZ…

Barcelona – Oscar (M-Internacional) – Ele ainda não fez tudo que prometia, mas tem evoluído e pode ser uma aposta certeira do Barça para o futuro.

Bayern de Munique – Nani (MA-Manchester United) – O português é muito bom jogador, mas os Bávaros não precisam de mais um jogador para essa posição.

Juventus – Honda (MA-CSKA Moscou) – O japonês não chegaria para ser um protagonista, que é o que a Juve precisa agora. Mas pode reforçar bem o elenco para a temporada.

Manchester City – Hulk (A-Porto) – O brasileiro não pode ser visto como a solução para a provável saída de Tevez, mas seu porte físico e velocidade podem funcionar bem no futebol inglês.

Milan – Drogba (A-Chelsea) – É claro que trata-se de um atacante fora de série, mas o time italiano não precisa esquentar ainda mais a briga pela posição, que já é quente entre Ibrahimovic e Pato.

Real Madrid – Thiago Alcântara (M-Barcelona) – Ainda é muito jovem, mas dá sinais de que tem um futebol raro, que pode ser muito útil para os merengues.

CAI FORA!

Barcelona – André Santos (LE-Fenerbahçe-TUR) – É difícil até levar a sério esse boato. Analisá-lo então é quase impossível…

Barcelona – Capdevilla (LE-Villareal) – Ele é pior do que Abidal e Adriano, então não faz sentido contratar um provável terceiro reserva.

Inter de Milão – Banega (V-Valencia-ESP) – O pior de tudo é que chegaria para ser o substituto de Sneijder. Não conseguiria…

Milan – Adebayor (A-Real Madrid) – Como já explicado, os rossoneros não precisam de mais um centroavante. E o togolês não tem qualidade para brigar por espaço com Ibra ou Pato…

Real Madrid – Falcao (A-Porto) – Não parece ser tão superior a Higuaín ou Benzema. Chegaria só para ser mais um problema.

NÃO ENXERGAM?

Hummels (Z-Borussia Dortmund) – O jovem alemão foi um dos destaques do Borussia na temporada e poderia resolver os problemas defensivos de muitos times grandes da Europa.

Veja também:

Read Full Post »

A Liga dos Campeões é, sem dúvidas, a competição de clubes mais importante do mundo. Considero que é também a mais interessante. Basta ver que, nesta temporada, mesmo antes da fase grupos, já tivemos ótimos jogos. Agora as chaves já estão sorteadas e a expectativa é grande para que a competição comece logo.

Enquanto isso, é sempre divertido analisar os times, discutir sobre os jogos, arriscar palpites e, consequentemente, queimar a língua. Como fiz na temporada passada, vou destacar aqui algumas previsões que já foram feitas por aí, apresentar as minhas e futuramente veremos quem acertou e quem escreveu mais besteira. Acontece com quem coloca suas opiniões em campo…

Grupo A
Inter de Milão, Werder Bremen, Tottenham e Twente

Não é um grupo da morte, mas está quase lá. Isso por causa da briga equilibrada entre os times que vão ficar logo atrás da Inter, com a segunda vaga. Fiquei até surpreso pela maioria absoluta dos comentaristas terem apostado no Tottenham. Até concordo com eles e acho que o time inglês se classifica, mas a briga vai ser feia. É melhor não descartar nem o Twente.

Só discordo de quem especula sobre as chances da Inter não ir para as oitavas, como o Vitor Sérgio: “A campeã Inter caiu em uma chave enrolada e precisa entrar ligada desde o ínicio”.

MEU PALPITE: Inter de Milão e Tottenham

Grupo B
Lyon, Benfica, Schalke 04 e Hapoel Tel-Aviv

Agora é a vez de concordar com o Vitor Sérgio, que definiu esse grupo como “o mais aberto”. Sem dúvidas. Fora o Hapoel Tel-Aviv, todos times têm um nível parecido e isso gerou discordâncias nos palpites.

Os comentaristas apostaram mais vezes em Benfica e Lyon, mas, como destacou Mário André Monteiro, “a classificação do Schalke é totalmente possível”. O problema do time alemão é a crise interna que parece atormentar o ambiente por lá.

No final, prefiro ficar com a teoria de Cassiano Gobbet: “O Hapoel é a bomba ambulante. Quem perder pontos para os israelenses, roda”.

MEU PALPITE: Lyon e Benfica

Grupo C
Manchester United, Valencia, Rangers e Bursaspor

O atual campeão turco e o tradicional time escocês podem até tentar surpreender, mas fica difícil não apostar que Manchester United e Valencia vão se classificar.

Marcos Felipe ainda escreveu que o Bursaspor pode dar trabalho e Lédio Carmona apostou mesmo no Rangers, mas na verdade a maioria foi pelo óbvio. Dessa vez eu também não creio em surpresa.

MEU PALPITE: Manchester United e Valencia

Grupo D
Barcelona, Panathinaikos, Copenhague e Rubin Kazan

“Barcelona se classifica até com time B”, definiu perfeitamente Thiago Dias. É claro que não há discussão sobre a classificação do time espanhol, mas pelo visto até a briga pela segunda vaga já tem um favorito: Rubin Kazan foi a aposta da maioria dos comentaristas. Realmente Panathinaikos e Copenhague estão em baixa…

“Os russos do Kazan se reforçaram com o brasileiro Carlos Eduardo e têm um elenco multinacional com o colombiano Noboa e o nigeriano Martins”, observou bem Cassiano Gobbet.

MEU PALPITE: Barcelona e Rubin Kazan

Grupo E
Bayern de Munique, Roma, Basel e Cluj

Absolutamente ninguém ousou palpitar em algo além de Bayern e Roma classificados. A dúvida fica apenas sobre quem vai passar em primeiro lugar. E aí eu tenho certeza que os alemães sobrarão também.

MEU PALPITE: Bayern e Roma

Grupo F
Chelsea, Olympique de Marselha, Spartak Moscou e Zilina

É um grupo tranquilo para um Chelsea que tem impressionado nesse começo de temporada. Sobre a segunda vaga, Lédio Carmona contrariou a maioria e apostou que o Spartak Moscou vai se classificar. Os outros preferiram manter a fé na tradição do time francês.

Observando as várias mudanças pelas quais o Marselha vai ter que passar nessa temporada, eu vou apostar na força do futebol russo, que tem me agradado demais ultimamente.

MEU PALPITE: Chelsea e Spartak Moscou

Grupo G
Milan, Real Madrid, Ajax e Auxerre

“Vinte títulos da Liga dos Campeões num só grupo”, chamou a atenção Vitor Birner. É impressionante mesmo. Com certeza é o “grupo da morte”.

No entanto, é curioso observar que ninguém apostou em zebra nessa chave. Ora, se é da morte, alguém tem que morrer. Como confio demais no trabalho do José Mourinho, vou escolher o Milan para ser surpreendido. Mesmo se contar com Ibrahimovic em breve, ainda será um time cheio de problemas. e de poucas soluções. Já o Ajax está pronto para virar a zebra da vez.

Thiago Dias deu algum indício de que poderia concordar comigo: “o problema maior é do Milan, uma incógnita na temporada. Milan ou Ajax? Não sei. Pulo essa”.

MEU PALPITE: Real Madrid e Ajax

Grupo H
Arsenal, Shakhtar Donetsk, Braga e Partizan

Não concordo com as análises de que o Arsenal terá tantas facilidades como alguns apontaram. Discordo, por exemplo, que o grupo seja “nada muito desafiador para os Gunners”, como definiu Leonardo Bertozzi. Mesmo assim, fica difícil não apostar no time inglês, que, aposto, terá dificuldades para confirmar seu favoritismo.

A briga pela segunda vaga é interessante, pois envolve muitos jogadores brasileiros que atuam por Shakhtar Donetsk ou Braga. O time ucraniano parece estar um passo à frente, tanto em campo quanto nas apostas de todos. Mas o clube português apareceu nos palpites de Felipe dos Santos Souza, Felipe Lobo, Lédio Carmona, Leonardo Bertozzi e Ubiratan Leal.

MEU PALPITE: Arsenal e Shakhtar Donetsk

Read Full Post »

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Arsenal –  Mertesacker (Z-Werder Bremen) – Seria uma perfeita contratação dos Gunners depois da saída de Gallas.

Bayern de Munique – Dzeko (A-Wolfsburg) – É um atacante que tem brilhado na Alemanha há tempos e não teria problemas de adaptação. Além disso, os Bávaros precisam mesmo de um centroavante mais eficiente do que Klose, Mario Gomez, Olic, etc…

Inter de Milão – Giuseppe Rossi (M-Villareal) – O italiano sabe jogar e a Inter precisa mesmo de mais alguém que possa jogar pelos lados do campo, nem que seja só para completar o elenco.

Juventus – Krasic (M-CSKA) – Ele já foi até o destaque de um texto aqui no blog. É um jogador veloz e técnico, que certamente se encaixaria bem na tática que a Juve tem desenhado para se recuperar na próxima temporada.

Manchester City – Forlán (A-Atlético de Madrid) – Ele está no auge e seria uma ótima opção para brigar por vaga com Tévez ou Adebayor.

Real Madrid – Thiago Silva (Z-Milan) – É melhor do que todos zagueiros que estão lá. Seria um absurdo o Milan perdê-lo.

Real Marid – Evra (LE-Manchester United) – É um dos melhores laterais da Europa e sua péssima participação na Copa não pode queimá-lo. Mudar de ambiente pode ser uma boa saída para evitar isso.

TANTO FAZ…

Barcelona – Marcos Senna (V-Villareal) – Chegaria para ser reserva, mas seria um bom reforço, principalmente por causa da sua experiência.

Juventus – Cissokho (LE-Lyon) – É um lateral apenas razoável, mas é melhor do que o atual titular da Juve, De Ceglie.

Manchester United – Annan (V-Rosenborg) – O ganês foi bem demais na Copa de 2010. Mostrou que sabe marcar e fazer o simples. Mas os Red Devils já têm jogadores que sabem fazer isso.

Milan – Honda (M-CSKA) – É um jogador que precisa ser melhor testado, mas é versátil e pode ser útil para o elenco rossonero.

Milan – Podolski (A-Colônia) – Parece ser um jogador que só rende algo na seleção alemã, mas merece a chance em outro grande time da Europa para tentar mudar essa situação.

Real Madrid – Adebayor (A-Manchester City) – Não é exatamente um reforço necessário, já que Higuaín tem dado conta do recado. Mas o togolês pode render ainda mais.

Real Madrid – Juan Mata (A-Valencia) – É um jovem que fez uma temporada brilhante pelo Valencia e merece a chance de repetir a dose em um time grande. Mas por enquanto é preciso ter um pé atrás.

CAI FORA!

Arsenal – Marchetti (G-Cagliari) – Não creio que o goleiro italiano na Copa seja tão melhor do que Almunia

Liverpool – Gilberto Silva (V-Panathinaikos) – Não sei se seria um reforço bom sequer para o Flamengo. Imagina para um time que enfrentará adversários ainda mais difíceis.

Liverpool – Poulsen (V-Juventus) – Os Red Devils realmente correm o risco de perder Mascherano, mas poderia mprocurar substitutos melhores para o argentino.

Liverpool – Huntelaar (A-Milan) – É inacreditavelmente grosso. E o pior: pode chegar para ser titular, já que Fernando Torres está de saída.

Real Madrid – Hugo Almeida (A-Werder Bremen) – Um time que já tem Higuaín e Benzema não precisa de um centroavante grosso, como é o caso do português.

Real Madrid – Ricardo Carvalho (Z-Chelsea) – Mourinho acha que o português está no auge, mas vou me permitir discordar do ótimo técnico do Real. Carvalho já foi melhor e hoje não acrescentaria tanto ao time espanhol.

NÃO ENXERGAM?

André Ayew (M-Arles-Avignon) – O ganês mostrou na Copa de 2010 que é um jovem de futuro promissor, mas até agora foi pouco especulado no futebol internacional. Merece a chance em um time grande da Europa.

Read Full Post »

Quase todos tentaram. Poucos conseguiram. Assim pode ser definido o mercado da bola durante a Copa do Mundo. Afinal, muitas contratações foram feitas, mas poucas realmente reforçarão os times.

Por isso é preciso enaltecer quem conseguiu comprar bem e vaiar quem vacilou e fez maus negócios. Primeiro a lista das 11 melhores contratações durante a pausa para a Copa do Mundo:

1º) Rafael Sóbis (Inter)
É experiente, já jogou final de Copa Libertadores e vestiu a camisa da Seleção Brasileira. Voltou para casa e, mesmo que seu passado recente tenha sido ruim, tem tudo para dar certo no Colorado.

2º) Kléber (Palmeiras)
É outro que voltou ao lugar onde se sente melhor. Parece que nunca vai corrigir seu problema de indisciplina, mas ainda assim é diferenciado para os níveis brasileiros, então pode arrumar o ataque do alviverde paulista.

3º) Diego Souza (Atlético-MG)
Foi um dos principais jogadores do Brasileirão 2009, mas precisa ser mais decisivo se quiser tirar o Galo da zona de rebaixamento e colocá-lo na briga pela ponta da tabela.

4º) Renan (Inter)
É um dos melhores goleiros jovens do Brasil e deve resolver o problema que o Inter já tinha debaixo das traves há anos. Caso isso aconteça, vira candidato a uma vaga na Seleção da copa de 2014.

5º) Émerson (Fluminense)
Chegou desconhecido no Flamengo e conseguiu mostrar qualidade. Agora pode fazer uma dupla perigosa com Fred caso os dois se entrosem e se entendam, já que possuem características semelhantes.

6º) Montillo (Cruzeiro)
É sempre melhor ter cautela e esperar para ver como um “gringo” vai se adaptar ao futebol brasileiro, mas ele mostrou na Universidad do Chile que tem talento demais e características pouco vistas por aqui.

7º) Maicosuel (Botafogo)
O meia fez sucesso em 2009, mas apenas durante o 1º semestre. O torcedor do Glorioso já deveria ter aprendido que isso não é parâmetro. Maicosuel tem qualidade, mas ainda precisa provar muita coisa.

8º) Keirrison (Santos)
É outro que tem talento, mas só conseguiu sucesso de verdade em time mediano ou contra equipes pequenas. Se chegar com mais vontade de jogar do que quando estava no Palmeiras, pode render.

9º) Corrêa (Flamengo)
Pode não dar certo em meio ao tormento vivido pelo Rubro-Negro no momento, mas mostrou no Atlético-MG que ainda tem qualidade no passe e na bola parada. Não será decisivo, mas pode ser útil.

10º) Valencia (Fluminense)
É aquele típico volante marcador, mas esse marca como poucos. Sempre mostrou que sabia fazer isso no Atlético-PR e deve ganhar a vaga de titular no Flu ao longo do tempo.

11º) Éder Luis (Vasco)
Até agora só deu certo no Atlético-MG e ainda assim com ressalvas, pois nunca foi realmente decisivo. Até pode ajudar o Vasco na luta contra o rebaixamento, mas está longe de ser a peça-chave para isso.

Inter e Fluminense foram provavelmente os times que melhor se reforçaram durante a Copa do Mundo. A equipe carioca ainda acertou com Belletti, veterano, mas ainda útil , e pode anunciar o ótimo Deco a qualquer momento.

Outras boas contratações foram as apostas nos jovens Walysson (Cruzeiro), Leonardo (Inter), Tinga (Palmeiras), Mithyuê (Atlético-PR) e Jóbson (Botafogo).

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Mostrou entusiasmo e empolgação desde o começo para bater o Santos em um clássico animado e com muita rivalidade.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – Em casa, perdeu feio para o Fluminense, mesmo tendo saído na frente do placar logo no começo do jogo.

TROFÉU HERÓI

Romerito – Com dois gols, o meia do Goiás, que estava apagado ultimamente, decidiu o clássico contra o Atlético-GO.

TROFÉU VILÃO

Valencia – O jogo do Atlético-PR contra o Inter já estavam bastante comprometido, mas o volante complicou de vez as coisas quando foi expulso. Resultado: goleada do Colorado por 4 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bernardo – O meia já tinha mostrado que tinha potencial no Cruzeiro, mas foi negociado após os estaduais e agora conseguiu fazer um bom jogo pelo Goiás.

VALEU O INGRESSO

Petkovic – Contra o Grêmio, dominou com a bola com a perna direita, chutou forte com a esquerda e deixou o goleiro Victor imobilizado e sem ação.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Corinthians 4 x 2 Santos – Foi um clássico da forma que tem que ser um jogo assim: muitos gols, alguma polêmica, boas atuações individuais, provocações e rivalidade. A atuação fraca do Peixe não desvaloriza a grande partida que aconteceu no Pacaembu.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 0 São Paulo – O Tricolor jogou com um time misto e não conseguiu manter a boa fase, enquanto o Bugre segue seu processo de evolução para tentar fugir do rebaixamento. Dessa forma, o jogo ficou equilibrado em um nível fraco e teve pouca emoção.

DETALHE TÁTICO

Corinthians no 4-4-2 – Sem um centroavante típico e com dois meias de armação, o time criou jogadas com uma frequência maior e venceu o clássico contra o Santos.

Caso o jovem Bruno César mantenha esse nível alto de atuação, o esquema tático pode se tornar o ideal para o time de Mano Menezes

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – Contra o Atlético-MG, Alan foi colocado em campo no lugar de Rodriguinho e foi decisivo na vitória do Fluminense: fez um gol e deu o passe para outro na vitória surpreendente por 3 a 1.

O FUTEBOL É INJUSTO

Botafogo 1 x 1 Vasco – Difícil é definir quem saiu prejudicado, já que a arbitragem de Simon foi horrível no clássico carioca.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Mesmo no Castelão, era esperado que o Cruzeiro impusesse mais dificuldades para o Vovô, que venceu e agora é o vice-líder do Brasileirão.

PAPO RETO

Dorival Júnior,

E o sistema defensivo do Santos?

Os times já entenderam que o melhor jeito de combater o Peixe é atacá-lo, já que a marcação é realmente fraca. Mas você, Dorival, tem ignorado isso, confiando nos seus talentosos atacantes. Contudo, nem sempre eles vão resolver. É bom pensar nisso!

ACRÉSCIMOS

Empates – A curiosidade da rodada foi o predomínio de resultados iguais. O pior é que vários foram bem fracos, como São Paulo 0 x 0 Gaurani, Palmeiras x Grêmio-SP e Avaí 0 x 0 Vitória.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Liverpool – Van der Vaart (M-Real Madrid) – O time precisa de qualquer um que seja um pouco melhor que Riera, Benayoun, Babel, etc…

Real Madrid – Sagna (LD-Arsenal) – O setor defensivo do time espanhol precisa de mais opções para que os galáticos possam finalmente funcionar.

TANTO FAZ…

Arsenal – Mesut Ozil (M-Werder Bremen) – É bom jogador, mas vai ter pouco espaço no time inglês, tão recheado de meias talentosos.

Barcelona – David Silva (M-Valencia) – Ainda vai precisar provar que realmente pode jogar bem em um time gigante do futebol europeu.

Liverpool – Lass Diarra (V-Real Madrid) – O ideal seria uma volante com mais qualidade na saída de bola, mas ele pode roubar o lugar de Lucas e fazer uma dupla forte com Mascherano.

CAI FORA!

Arsenal – Maicosuel (M-Hoffenheim) – O time já tem outros atletas com características parecidas e o brasileiro ainda não se adaptou completamente ao futebol europeu.

Manchester City – Di María (M-Benfica) – Até pode vir a ser um jogador de destaque no futuro, mas não é o que o time precisa atualmente, longe disso.

Manchester United – Edin Dzeko (A-Wolfsburg) –  – Não é muito melhor que Berbatov e o time já tem Macheda como reserva do centroavante búlgaro.

NÃO ENXERGAM?

Gago (V-Real Madrid) – Não é um primor de qualidade, mas sabe jogar, tem certa experiência e está louco para sair da Espanha. O argentino pretende ir à Copa e não tem jogado comfrquência nos merengues.

Read Full Post »

Older Posts »