Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Vitória’

Não tem jeito: no período de férias do futebol brasileiro os boatos tomam conta do noticiário. Nas últimas duas semanas quase todos jogadores foram especulados em quase todos times.

Mas também é inevitável imaginar o que acontecerá se algumas dessas contratações realmente acontecerem. Por isso veja abaixo análises dos principais boatos que surgiram recentemente no futebol brasileiro…

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Botafogo – Andrezinho (M-Internacional) – É um jogador que precisa mudar de time, pois merece mais chances, uma posição mais destacada, uma grande sequência de jogos como titular, etc…

Corinthians – Willians (V-Flamengo) – Se estiver focado, consegue colocar Ralf na reserva facilmente e melhorar ainda mais o forte meio-campo corintiano.

Flamengo – Bolívar (Z-Internacional) – Apesar de ter feito uma fraca temporada no Sul, ele é experiente e ainda tem lenha para queimar.

Fluminense – Anderson (Z-Atlético-GO) – É um zagueiro experiente que fez bons trabalhos no Brasileirão, tanto pelo Ceará quanto pelo Atlético-GO.

Grêmio – Carlos Eduardo (MA-Rubin Kazan) – Foi prematuramente para a Europa e ainda assim conseguiu algum sucesso. Caso volte para o time que o revelou, tem tudo para reencontrar seu futebol de habilidade e velocidade.

Grêmio – Ederson (M-Lyon) – Interessante que o Grêmio saiba que precisa reforçar seu meio-campo. O meia do Lyon é bastante técnico, por isso traria um diferencial interessante para o time gaúcho.

Palmeiras – Giuliano (M-Dnipro) – Surgiu como um meia diferenciado, mas ainda precisa comprovar essa condição. Conseguir isso no sempre conturbado Palmeiras seria realmente um grande feito.

TANTO FAZ…

Botafogo – Jorge Wagner (M-Kashiwa Reysol) – Seria interessante vê-lo cruzar bolas para o bom cabeceador Loco Abreu, mas o Botafogo teria que mudar seu estilo de jogo para isso.

Corinthians – Gil (Z-Valenciennes) – Era útil no Cruzeiro e pode até ser titular no Corinthians, mas não é muito melhor que Castán, Paulo André, Chicão, etc…

Corinthians – Guilherme (V-Portuguesa) – Parece ser uma boa opção para o time paulista manter sua tradição de bons volantes. Só é difícil saber se ele dará conta da pressão de um time grande.

Cruzeiro – Osvaldo (A-Ceará) – Um atacante de velocidade é o que o Cruzeiro mais precisa. Resta saber se ele mostrará o mesmo bom futebol em um time maior. É bom desconfiar.

Fluminense – Thiago Neves (MA-Flamengo) – É claro que trata-se de um grande jogador, mas depois de tudo que aconteceu, parece absurdo o Flu ainda aceitá-lo de volta. A torcida não deve aceitar…

Vasco – Kleber (LE-Internacional) – É um bom nome, até porque o Vasco não tem ninguém para essa posição. Mas é preciso entender que ele piorou bastante nos últimos anos.

Vasco – Rodolfo (Z-Grêmio) – O Vasco precisa mesmo de um jogador para a posição. Quando surgiu no Fluminense, Rodolfo parecia ser um zagueiro de alto nível. Mas há tempos não comprova essa condição.

CAI FORA!

Botafogo – Tanaka (Z-Nagoya Grampus) – Seria folclórico e interessante, mas pouco útil. O brasileiro naturalizado japonês não é tão bom e ainda teria que se adaptar. Difícil dar certo.

Corinthians – Neto Coruja (V-Vitória) – É um jogador versátil, mas seria reserva e acrescentaria pouco ao elenco.

Flamengo – Rafa Márquez (Z-New York Red Bull) – A experiência dele não justifica. Trata-se de um defensor mediano que não joga em bom nível há muito tempo.

São Paulo – Edson Silva (Z-Figueirense) – É verdade que ele fez um bom Brasileirão, mas parece ser só mais um zagueiro comum que viveu boa fase.

NÃO ENXERGAM?

Roger Carvalho (Z-Figueirense) – Estão indo atrás do zagueiro errado do Figueirense. Roger é mais técnico e está de saída para a Europa. Um time brasileiro deveria tentar mantê-lo no país.

LEIA TAMBÉM

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Conseguiu vencer o Goiás e se livrou de uma vez por todas do rebaixamento, como esperado por esse blog há tempos.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Flamengo – Em casa, perdeu para o Cruzeiro de virada e só se livrou do rebaixamento por causa de outros resultados.

TROFÉU HERÓI

Caio – A grande novidade do Avaí no campeonato foi esse meia habilidoso e objetivo, que fez três gols na vitória contra o Santos, livrando o Leão da Ressacada de vez do rebaixamento.

TROFÉU VILÃO

Ronaldo – O jogador do Guarani fez um pênalti decisivo na derrota do seu time contra o Goiás. Dessa forma, o Bugre foi rebaixado para a série B.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas Zen – Olho nele! É um jovem que jogou na vitória do Botafogo contra o Grêmio-SP e pode atuar tanto de volante como de zagueiro, sendo importante para o time futuramente, em 2011.

VALEU O INGRESSO

Caio – O meia do Avaí fez um dos gols mais bonitos do Brasileirão ao driblar três jogadores do Santos e finalizar com precisão.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Flamengo 1 x 2 Cruzeiro – A reação do time mineiro movimentou a partida, que teve emoção de sobra.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Inter 1 x 1 Vitória – Nem o desespero do time baiano fez o jogo ser mais atraente, já que a partida praticamente não teve 1º tempo e só melhorou por pouco na 2ª etapa.

DETALHE TÁTICO

Corinthians e Cruzeiro com 2 meias – Os dois candidatos ao título, que costumam jogar com 3 volantes, adotaram táticas mais ofensivas e conseguiram seus resultados. E se tivessem feito isso antes?

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – O técnico do Fluminense foi bem ao colocar Tartá em campo para substituir Deco. O jovem fez o gol decisivo do jogo contra o Palmeiras.

O FUTEBOL É INJUSTO

Atlético-GO merecia mais – Só um empate contra o São Paulo não foi justo. Com mais disposição, naturalmente, os rubro-negros mereceram a vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Ceará – Mesmo com pouca ambição no campeonato, o Vovô conseguiu um empate que acabou com o objetivo do Atlético-PR e se classificou para a Copa sul-Americana de 2011.

PAPO RETO

Flamengo,

Não se iluda.

Você se livrou do rebaixamento, mas precisa reformular seu elenco se quiser escapar de novo no ano que vem.

ACRÉSCIMOS

Última rodada – Botafogo x Grêmio e Vitória x Atlético-GO serão como verdadeiros mata-matas. Que jogaços!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Venceu inapelavelmente o Flamengo por 4 a 1 e melhorou demais sua situação na luta contra o rebaixamento.

Há semanas atrás, já cravei aqui que o Galo não cairia. Confio cada vez mais nesse palpite…

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Fluminense – Por pouco não perdeu em casa para um Goiás praticamente rebaixado. Mesmo o empate por 1 a 1 pouco serviu, já que a liderança foi perdida para o Corinthians.

TROFÉU HERÓI

Paulo Baier – Fez os dois gols da vitória do Atlético-PR, que agora está surpreendentemente no G4 do Brasileirão 2010.

TROFÉU VILÃO

Zé Eduardo – O atacante do Santos desperdiçou uma cobrança de pênalti que teria dado a vitória para o seu time contra o Grêmio, em jogo que terminou empatado por 0 a 0 mesmo.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas Gaúcho – O jovem centroavante do São Paulo, segundo principal destaque da última Copa SP, fez um gol de letra contra o Vasco e empatou o jogo em 1 a 1.

VALEU O INGRESSO

Rafael Sóbis – O atacante do Inter finalmente mostrou o que sabe, apesar da derrota do Inter.

Com uma bela virada e um chute preciso no ângulo, ele fez o principal golaço de uma rodada cheia de belos lances, como os fortes arremates de Éder Luis e Geraldo, além das boas jogadas de Patric e Marquinhos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 1 x 1 Goiás – Os dois times precisavam muito da vitória e, apesar do desespero, fizeram um jogo agitado com um resultado justo.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Atlético-GO 3 x 0 Palmeiras – Foi chato ver a superioridade do time goiano contra uma equipe inexperiente, bagunçada e desinteressada.

DETALHE TÁTICO

Flamengo – Luxemburgo não sabe o que quer. Dessa vez optou por 3 volantes para enfrentar o Atlético-MG e saiu derrotado por 4 a 1.

Pior: voltou a ser sério candidato ao rebaixamento, pois, apesar de ter 40 pontos, não mostra sinais de recuperação e segue com um time bagunçado, sem padrão algum.

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – O técnico do Fluminense errou na escalação, mas pelo menos corrigiu bem ao colocar Washington, Rodriguinho e principalmente Diguinho em campo. Com eles, pelo menos veio o empate contra o Goiás.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro prejudicado – Não foi pênalti em Ronaldo no lance que decidiu o grande duelo entre o time mineiro e o Corinthias.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Avaí – Em pleno Beira-Rio, venceu o Inter por 3 a 2 e desencadeou até uma preocupação a mais no time gaúcho, que jogou com titulares e mostrou que tem problemas para resolver até o Mundial.

PAPO RETO

São Paulo e Palmeiras e Vasco,

E agora?

Vocês mostraram na rodada que terão poucos objetivos para atingir no Brasileirão. Porém, chegou a hora de decidir se vocês entregarão seus jogos contra Fluminense e Cruzeiro. O que acontecerá?

ACRÉSCIMOS

Série B 2011 – Seis times brigam para não ocupar as 2 vagas restantes na segunda divisão do ano que vem.

Guarani, Avaí, Vitória, Atlético-MG, Flamengo e Atlético-GO fazem a disputa mais imprevisível da reta final desse Brasileirão. Não consigo nem arriscar palpites…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

São Paulo – Mesmo desfalcado, bateu o Atlético-PR em um jogo importante e subiu na tabela, se firmando na briga por uma vaga na Copa Libertadores.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – É inacreditável que o Galo tenha perdido para o Botafogo, por 2 a 0, em casa. Não jogou mal, mas voltou para a zona de rebaixamento e parece que vai ficar nessa disputa até a última rodada mesmo.

TROFÉU HERÓI

Conca – O Fluminense nem jogou bem, mas conseguiu a vitória contra o Grêmio graças ao seu meia argentino, que fez os dois gols do jogo.

TROFÉU VILÃO

Márcio – Sofreu um frango feio demais que tirou do Atlético-GO uma vitória contra o Ceará, no jogo que terminou com um empate de 1 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Tinga – O meia do Palmeiras, que tem virado titular do time recentemente, comprovou sua evolução com um bom jogo contra o Goiás, fazendo inclusive um belo gol na vitória do seu time por 3 a 2.

VALEU O INGRESSO

Léo – O zagueiro do Cruzeiro chutou do meio da rua e marcou um impressionante golaço na importante vitória da Raposa contra o Grêmio-SP.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vitória 4 x 2 Vasco – Não foi uma rodada de grandes jogos, então fico com a opção do jogo mais especial, cheio de gols e lances curiosos.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Avaí 1 x 0 Guarani – O time de Campinas esteve apático e não conseguiu se aproveitar da fragilidade do seu adversário, que desperdiçou muitas chances de gol. Agora ambos ficam na luta contra o rebaixamento…

DETALHE TÁTICO

Flamengo no 4-3-3 – Luxemburgo apresentou essa novidade no jogo contra o Corinthians, mas não conseguiu surpreender, pois o time jogou mal, principalmente no primeiro tempo.

O que não significa que a tática precisa ser dispensada. Pode funcionar no futuro, principalmente em jogos contra equipes menos preparadas.

DETALHE DO TÉCNICO

Joel Santana  – O técnico do Botafogo tirou Lucio Flávio para a entrada do atacante Edno, que participou dos dois gols do Botafogo na vitória contra o Atlético-MG.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santos prejudicado – Contra o Inter, o Peixe teve um pênalti não marcado e ainda viu um gol legítimo ser anulado porque o árbitro não viu que a bola entrou claramente.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Botafogo – Insisto que não acredito no Botafogo como candidato ao título, apesar da diferença de apenas seis pontos para o líder, mas a vitória contra o Atlético-MG mostrou que o time carioca é um dos principais postulantes a conquistar uma vaga na Copa Libertadores de 2011.

PAPO RETO

Internacional e Santos,

Já era.

Vocês não vão mesmo brigar pelo título. A diferença na tabela já é de oito pontos e vocês não parecem ter força para uma reação e uma arrancada. Comecem a se preocupar com a próxima temporada.

ACRÉSCIMOS

Ronaldo – Fez gol contra o Flamengo e mostrou, durante todo o jogo, que ainda é perigoso sim. E ainda há quem ouse duvidar dele. Não faço isso há tempos…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Corinthians – Foi uma vitória suada, o time não jogou tão bem, mas nada disso importa em um clássico de tanta importância. A vitória contra o Palmeiras fez a festa da torcida no Pacaembu e recuperou o time da crise.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Santos – Em uma rodada de homenagens ao Pelé, o time da Vila não conseguiu segurar a vantagem que abriu de 2 a 0 contra o Grêmio-SP e sofreu a virada. Pior: não fez gol com dois a mais em campo. Que presente para o Rei!

TROFÉU HERÓI

Obina – Fez três gols no decisivo clássico contra o Cruzeiro, que finalmente tirou o Atlético-MG da zona de rebaixamento.

TROFÉU VILÃO

Ivan González – Fez o pênalti que deu o empate para o Fluminense e tirou uma vitória que seria espetacular para o Atlético-PR, pois colocaria o Furacão até em condições de sonhar com o título.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bernardo – Sofreu e converteu o pênalti que decidiu a vitória do Goiás contra um Avaí que parece não ter o menor poder de reação.

VALEU O INGRESSO

Diego Sacoman – O zagueiro ex-Corinthians acertou um chute inacreditável. Pela direita, ele arriscou com a perna esquerda e a bola entrou no ângulo. Foi um belo lance para simbolizar tudo que o Ceará jogou nessa partida contra o São Paulo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 3 x 4 Atlético-MG – Maior do que importância desse clássico foi a emoção que os mineiros sentiram ao vê-lo, com certeza. A ameaça de reação que a Raposa conseguiu no final quase foi concretizada. Se não fosse o pênalti perdido por Montillo…

Mas é bom lembrar que ainda tivemos outros bons jogos, como tem acontecido com freqüência nessa reta final do Brasileirão. Atlético-PR 2 x 2 Fluminense, Grêmio 2 x 2 Inter e Santos 2 x 3 Grêmio Prudente foram partidas empolgantes.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Guarani 0 x 1 Atlético-GO – Foi um jogo para os dois times perceberem que precisam jogar mais bola se quiserem fugir do rebaixamento.

DETALHE TÁTICO

Palmeiras – Assim como na Copa Sul-Americana, Felipão tem testado um 4-5-1 parecido com o da Seleção Brasileira na Copa do Mundo por ser torto: um meia mais recuado joga aberto pela direita (Tinga) e um atacante mais avançado fica aberto pela esquerda (Luan)

Caso esses dois ‘armadores’ laterais realmente ajudem o meia central (Valdívia ou Lincoln), pode dar certo. Caso contrário, acontece a repetição do filme do clássico contra o Corinthians.

DETALHE DO TÉCNICO

René Simões – O gol da vitória do Atlético-GO contra o Guarani foi construído após um belo passe de Renatinho para Marcão, que balançou as redes. Os dois jogadores foram colocados pelo técnico durante a partida.

O FUTEBOL É INJUSTO

Vitória merecia mais – A derrota para o Botafogo foi injusta, pois o time carioca santiu a pressão e o medo de sofrer outro empate, permitindo que o time baiano chegasse perto do gol no Engenhão. Foi por pouco…

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Grêmio-SP – Foi mais do que surpreendente. Foi inacreditável. Até porque o Santos chegou a sair na frente, abrir vantagem e depois sofreu a virada. Foi uma reação impressionante de um time que ainda acredita em uma reação. Mas só eles acreditam mesmo…

PAPO RETO

Atlético-MG,

Pode comemorar sim!

Aposto que você está livre do rebaixamento. A troca de técnico aconteceu no limite da hora certa e funcionou. Dorival Júnior tem feito mais um bom trabalho e tem contado com a ajuda de muitos outros times que parecem querer a Série B em 2011. Vitória e Avai que o digam!

ACRÉSCIMOS

Rodada corintiana – É até curioso que o Corinthians seja o time mais beneficiado em uma rodada que os times homenagearam Pelé por seus 70 anos. O Rei sempre foi um carrasco do time paulista.

Mas é preciso ter calma e os corintianos têm pouco a comemorar por enquanto. Vários times já tiveram suas rodadas até agora e ninguém se firmou depois disso. Fato é que o Brasileirão só será decidido na última rodada mais uma vez!

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Cruzeiro – Bateu o Fluminense por 1 a 0, provou que o time carioca não sabe jogar as grandes decisões e ainda comemorou a tragédia com o Corinthians.

Enfim… virou o principal candidato ao título do Brasileirão depois dessa rodada. Talvez apenas o Inter possa realmente lhe fazer concorrência. Talvez…

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Corinthians – Lutou até o fim no Pacaembu, mas perdeu por 4 a 3 para o Atlético-GO e ainda ficou sem técnico após o jogo. A crise só tem se agravado por lá e não parece que vai acabar tão cedo…

TROFÉU HERÓI

Ricardo Oliveira – Mostrou muita qualidade e finalmente fez o que se espera dele: marcou três gols e ainda se deu ao luxo de perder um de forma absurda no jogo contra o Grêmio-SP.

TROFÉU VILÃO

Léo Moura – Foi expulso e, dois minutos depois, viu seu time sofrer o gol de empate no jogo contra o Avaí.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas – Com dribles, movimentação e passes, o ex-Marcelinho foi fundamental para que Ricardo Oliveira desse seu show contra o Grêmio-SP.

VALEU O INGRESSO

Ricardo Oliveira – Foi uma cobrança de falta perfeita, como há muito não se via, pois ele colocou uma força impressionante e a bola entrou no ângulo. Golaço!

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Vasco 3 x 3 Grêmio – As duas equipes precisavam da vitória para almejar objetivos melhores no Brasileirão, então partiram pro ataque, fizeram gols e mostraram qualidades interessantes. Mas empacaram na tabela.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Botafogo 0 x 0 Palmeiras – Em um jogo dominado por marcações fortes, Loco Abreu desperdiçou um pênalti que poderia ter mudado a história de uma partida devagar e pouco emocionante.

DETALHE TÁTICO

Goiás no 4-4-2 – Jorginho deve ter lido este blog e viu como o critiquei por insistir nos esquemas táticos com três zagueiros.

Além disso, ele foi bem ao colocar em campo, durante o 2º tempo, o jovem Bernardo, que fez o gol decisivo do jogo contra o Vitória. Aliás, ele jamais pode ser reserva desse time.

DETALHE DO TÉCNICO

Marcelo Martelotte – Fez uma troca simples, de lateral por lateral, mas a entrada de Maranhão na vaga de Pará deu resultado:  um minuto depois de ir para o jogo, Maranhão fez o gol que abriu o marcador no jogo contra o Atlético-PR.

O FUTEBOL É INJUSTO

Botafogo merecia mais – O excesso de cautela do Palmeiras deu espaço para que o time de Joel Santana atacasse e mostrasse que merecia sair com a vitória.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Atlético-GO – Incrível como esse time sabe surpreender em jogos mais difíceis. O problema é ele perder tantas partidas mais fáceis…

PAPO RETO

Corinthians,

E agora?

A saída mal explicada de Adilson Batista faz com que você precise de um novo técnico, mas há poucas opções razoáveis no mercado. Parreira, a possibilidade mais especulada, é fraca. Foi-se o tempo dele. Cuidado, Corinthians!

Até porque já não acredito mais em suas chances reais de título. É preciso se prevenir também para garantir pelo menos a vaga na Copa Libertadores de 2011.

ACRÉSCIMOS

Vitória – Com a derrota para o Goiás, o time completou cinco jogos seguidos sem somar pontos. Tentou até se arrumar no 3-5-2, mas não é a melhor saída. Mesmo com a chegada de Antônio Lopes, a zona de rebaixamento está cada vez mais real para o time baiano.

Read Full Post »

O Brasileirão 2010 segue com uma incrível média de quase uma mudança de técnico por rodada. Marcelo Rospide, ex-Grêmio-SP, foi o último demitido – nem deveria ter sido contratado, claro. Agora o Flamengo tem indicado que Silas pode ser a próxima vítima dessa situação alarmante, na qual todos treinadores parecem interinos em seus cargos.

Elaborei uma lista das piores trocas de técnicos que aconteceram durante o Brasileirão. Não foi fácil, pois as opções negativas eram muitas. Pensei em usar o aproveitamento de pontos com cada técnico para fazer isso, mas creio que estatísticas são insuficientes para isso. É preciso levar em conta questões complexas dos contextos de cada caso. Com esses critérios e essas análises, fiz a lista abaixo:

11º) São Paulo – saiu Ricardo Gomes. Sérgio Baresi assumiu interinamente.
Realmente o time precisava muito de uma mudança de técnico, mas era algo que precisava ter sido melhor pensado. Baresi tem trazido novidades interessantes para o São Paulo, principalmente na revelação de jogadores, mas claramente ele não está pronto para ficar no cargo. E o pior: o Tricolor Paulista perdeu a chance de contratar Dorival Júnior.

10º) Vasco – saiu Celso Roth. PC Gusmão assumiu.
O time carioca não poderia ter perdido o técnico que depois virou campeão da Copa Libertadores. É claro que o trabalho de PC Gusmão também tem dado algum resultado, mas a equipe segue lutando contra o rebaixamento, sendo que poderia estar em uma situação melhor.

9º) Flamengo – Rogério Lourenço. Silas assumiu.
A crise enfrenta pelo Rubro-Negro atualmente é resultado de uma troca que foi justificada da pior maneira possível: Zico deixou claro que só fez isso por causa da torcida. Ora, se ele vai deixar os flamenguistas comandarem o time dessa maneira, é melhor pedir demissão e entregar seu cargo de uma vez.

8º) Vasco – Gaúcho saiu. Celso Roth assumiu.
É claro que Gaúcho não era o nome certo para comandar o Vasco no Brasileirão, mas os erros aqui foram outros: em primeiro lugar, o elenco do Vasco era muito fraco no começo da competição e não houve tempo para que os reforços estreassem sob o comando de Gaúcho. E a própria sucessão também foi um erro, como já comentado acima.

7º) Goiás – Leão saiu. Jorginho assumiu.
Difícil é saber o que foi pior: ter dado a chance para que Leão ficasse no cargo por tanto tempo ou contratar um técnico ainda inexperiente para consertar toda a bagunça que foi deixada. Jorginho chegou há pouco tempo e até conseguiu alguns poucos bons resultados, mas não deve fazer o time escapar do rebaixamento.

6º) Ceará – PC Gusmão saiu. Estevam Soares assumiu.
Aqui os resultados são implacáveis: com um técnico, o time estava organizado defensivamente e até estava no alto da tabela. Com outro treinador, já era esperada uma queda de rendimento, mas Estevam desorganizou o time, que já virou candidato ao rebaixamento novamente.

5º) Atlético-GO – Geninho saiu. Roberto Fernandes assumiu.

O time de Goiás tentou aproveitar a pausa para a Copa do Mundo e mudou seu treinador, mas rapidamente teve que admitir que fez a escolha errada: Roberto Fernandes ficou no cargo apenas por quatro rodadas, fazendo o time desperdiçar um bom período que teve para treinamentos.

4º) Grêmio-SP – Toninho Cecílio saiu. Antônio Carlos Zago assumiu.

Não era hora para uma aposta. E Zago por enquanto é apenas só isso. O time de Presidente Prudente errou demais ao substituir um técnico que, se não era o ideal, pelo menos estava conseguindo surpreender. Com a reposição mal feita, a entrada na zona do rebaixamento foi uma questão de tempo.

3º) Ceará – Estevam Soares saiu. Mário Sérgio assumiu.
Se tudo já tinha ficado ruim com a saída de PC Gusmão, imagine quando chegou um técnico que há anos só tem acumulado trabalhos ruins. Ele quis fazer uma grande reformulação no elenco, mas durou apenas um mês no cargo e só piorou a situação do Ceará.

2º) Grêmio-SP – Antônio Carlos Zago saiu. Marcelo Rospide assumiu.
Aqui é necessária a utilização dos números: 15 pontos foram disputados desde que essa mudança foi efetuada no time prudentino,  mas nenhum foi conquistado. Após cinco derrotas seguidas, Rospide pediu demissão e provou que nem deveria ter sido contratado.

1º) Vitória – Ricardo Silva saiu. Toninho Cecílio assumiu.
Não havia um motivo para a demissão de Ricardo Silva, que tinha levado o time à final da Copa do Brasil. Mesmo assim, a troca aconteceu e só serviu para piorar a situação do time baiano na tabela, com crises e derrotas vexatórias. Após 9 rodadas, Toninho foi demitido e a diretoria do Vitória admitiu seu erro ao voltar com Ricardo Silva no comando da equipe.

É claro que existem casos nos quais o resultado foi inverso: um novo técnico chegou e mudou para melhor a situação do time. Foi assim com Carpegiani no Atlético-PR, e com Renato Gaúcho no Grêmio, só para citar dois exemplos. Mas a cautela nesse tipo de decisão deve sempre prevalecer. O que não tem ocorrido de maneira nenhuma no Brasileirão 2010 ultimamente.

Que não só o Flamengo siga esse receita, mas Ceará, Santos, São Paulo e Avaí também tomem cuidado. Todos estão sem técnicos efetivados no momento e podem se complicar com essa importante decisão. Quem vai querer engrossar a lista acima?

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Vitória – Bateu o Avaí por 3 a 0 e mostrou que, com Ricardo Silva no comando técnico de volta, pode se livrar do rebaixamento com mais tranquilidade.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Goiás – Perdeu até para o Atlético-GO e segue comprovando que a escolha por Jorginho foi extremamente arriscada. O rebaixamento etá cada vez mais nítido.

TROFÉU HERÓI

Jucilei e Elias – É impressionante o que essa dupla tem feito pelo Corinthians. Difícil é dissociá-los e eleger quem está melhor no Brasileirão 2010. Foram fundamentais em todos sentidos na vitória por 3 a 2 contra o Santos.

TROFÉU VILÃO

Fábio Costa – Sua enésima falha em um gol de Carlinhos abriu espaço para a goleada do Fluminense, que resultou na esperada demissão de Vanderlei Luxemburgo.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Elkeson – O meia-atacante do Vitória fez um belo gol e, mesmo jogando mais recuado às vezes, foi importante no jogo contra o Avaí. É uma da boas revelações desse Brasileirão 2010.

VALEU O INGRESSO

Carlinhos – Coroou sua excelente atuação com um gol de velocidade e habilidade na goleada contra o Atlético-MG.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Santos 2 x 3 Corinthians – Foi uma partida cheia de reviravoltas, bons duelos táticos e interessantes destaques individuais. E praticamente excluiu mais um candidato ao título. Que jogo!

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Grêmio-SP 0 x 1 Palmeiras – Juntos, os times tiveram apenas duas chances de gol no 1º tempo. É claro que não melhorou muito na 2ª etapa, fazendo o jogo ser um dos mais entediantes desse Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

Goiás no 4-3-3 – Jorginho apostou em um estilo ofensivo para enfrentar o Atlético-GO, mas deixou a equipe toda torta e bagunçada em campo. Resultado: derrota por 3 a 1 que só gera mais preocupações no Esmeraldino.

DETALHE DO TÉCNICO

Sergio Baresi – Promoveu a entrada de Ricardo Oliveira no 2º tempo e, em um lance de oportunismo, o atacante decretou a vitória apertada do São Paulo contra o Guarani.

O FUTEBOL É INJUSTO

Santos prejudicado – Houve um impedimento no lance decisivo do clássico contra o Corinthians. É um lance que precisa ser registrado, mas não dá para condenar o árbitro ou seu assistente pelo engano.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Flamengo – Não imaginava que o Flamengo arrancasse sequer um empate contra o Grêmio, no Olímpico. Ainda mais com gols de Kléberson e Petkovic

PAPO RETO

Luxemburgo,

Fica tranquilo.

Você caiu fora, mas deixou seu tão falado “projeto” de colocar o Galo na Série B bem encaminhado.

ACRÉSCIMOS

Atlético-PR – Estou realmente surpreso com a campanha do Furacão.

Era uma das minhas apostas para o rebaixamento, mas, com um táticas simples e jovens jogadores, o time está perto de chegar até no G3. Não confio que irá tão longe, mas não duvido mais do Atlético-PR.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Goiás – Aplicou a principal goleada da rodada, jogando bem contra um Botafogo que tem surpreendido no Brasileirão, pelo menos por enquanto.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Grêmio – Em casa, perdeu para o Palmeiras por 2 a 1 e estragou a festa do próprio aniversário.

TROFÉU HERÓI

Jucilei – Teve uma atuação brilhante, destacada por todos, logo no principal jogo da rodada. Fez gol e foi decisivo para a vitória do Corinthians contra o Fluminense, por 2 a 1.

TROFÉU VILÃO

Neymar – Errou feio ao discutir com seu técnico e seus companheiros, fazendo com que a vitoria bonita do Santos fosse esquecida.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Diego Maurício – Fez um gol fundamental para a vitória do Flamengo contra o Grêmio-SP e acabou com o jejum dos atacantes do time carioca.

Mas outros jovens também foram bem na rodada, como Alan Patrick (Santos), Bernardo (Goiás), Wallyson e Rafael (ambos do Cruzeiro)

VALEU O INGRESSO

Jucilei – O passe de Elias foi perfeito e a domínio no peito foi feito de uma maneira que poucos conseguiriam. A importância do gol só o deixa mais bonito.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 4 x 2 Guarani – O normal seria uma vitória tranquila do Cruzeiro após a expulsão de Mazola.

Mas o time mineiro se complicou, o goleiro Douglas, do Guarani, fez milagres e sobrou emoção em campo. O jovem arqueiro Rafael, do Cruzeiro, também teve que trabalhar e assim a vitória da Raposa foi confirmada, mas com sufoco.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Ceará 0 x 0 Vitória – Os times exibiram em campo o porquê de serem grandes candidatos ao rebaixamento no Brasileirão.

DETALHE TÁTICO

Guarani no 3-5-2 – Pelas características do elenco, até é interessante a alternativa que Vágner Mancini experimentou no jogo contra o Cruzeiro.

Mas uma alteração radical na forma do time jogar, a essa altura do campeonato, pode fazer com que a boa campanha do Bugre seja estragada.

DETALHE DO TÉCNICO

René Simões – Perdeu em campo, mas compensou com tudo que ele disse sobre e para o Neymar. De fato René até pode ter exagerado em algo, mas alguém precisava ser duro de verdade com esse “monstro”.

O FUTEBOL É INJUSTO

Grêmio-SP prejudicado – Independentemente da polêmica expulsão de Adriano Pimenta, a vitória do Flamengo por 2 a 1 não refletiu o que aconteceu no Prudentão.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Inter – Conseguiu uma vitória imponente contra o São Paulo, no Morumbi, quando era esperado que o time paulista se recuperasse.

O Tricolor Paulista não podia ter se iludido com um pequeno bom momento que viveu recentemente. Eu avisei sobre isso aqui, na 20ª rodada.

PAPO RETO

Corinthians,

Calma!

Alguns discursos de seus jogadores foram excessivamente empolgados. A vitória contra o Fluminense foi importante, mas evidentemente não decidiu nada.

ACRÉSCIMOS

Alta média de gols e bons jogos – O balanço geral da rodada foi excelente. Tivemos pelo menos cinco bons jogos e 3,5 gols por jogo. O Brasileirão começa a empolgar…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Cruzeiro – Conseguiu mais uma vitória magra, dessa vez contra o Inter, e manteve sua arrancada. Conquistou 13 dos últimos 15 pontos disputados.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Ceará – Começou o 2º turno entrando de vez na enorme lista de candidatos ao rebaixamento. A derrota por 3 a 1 para o Fluminense até é normal, mas a situação, como um todo, não é.

TROFÉU HERÓI

Felipe – Já escrevi isso nessa seção: é difícil entender como ele é (foi?) reserva de Éverton Santos por tanto tempo no Goiás.

Contra o Guarani, ele fez 2 gols e garantiu a primeira vitória do Goiás desde a pausa para a Copa do Mundo.

TROFÉU VILÃO

Diogo – O atacante do Flamengo foi expulso de forma infantil e facilitou o trabalho do São Paulo na vitória por 2 a 0.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Marcelinho – Fez uma assistência incrível para Marlos contra o Flamengo e, no geral, teve uma atuação que lhe rendeu até um post exclusivo neste blog.

VALEU O INGRESSO

Loco Abreu – É incrível o sangue frio do uruguaio. Ele aplicou um belo chapéu no bom goleiro do Santos, Rafael, e decidiu a vitória do Botafogo nos minutos finais do jogo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Cruzeiro 1 x 0 Inter – O jogo até poderia ter sido melhor, mas, em uma rodada de poucas partidas interessantes, essa se destacou pela grande quantidade de bons jogadores nas duas equipes.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Vitória 1 x 1 Palmeias – O gramado ruim do Barradão atrapalhou mais ainda os limitados jogadores dos dois times, que não conseguiram mostrar qualquer evolução nessa rodada.

Tanto Vitória quanto Palmeiras possuem condições de não entrar na luta contra o rebaixamento, mas precisam ficar em alerta e crescer de produção.

DETALHE TÁTICO

Mudanças no Atlético-MG – Não tenho dúvidas de que o fracasso do Atlético-MG passa pelas insistentes mudanças táticas que Luxemburgo tem ordenado para seus comandados.

No ruim empate contra o Vasco, o time começou o jogo com 3 zagueiros. Antes, diante do São Paulo, a tática foi o 4-4-2. E assim tem sido sempre, com a equipe se perdendo no Brasileirão…

DETALHE DO TÉCNICO

Joel Santana – Teve a coragem de tirar Maicosuel do jogo contra o Santos e colocou Loco Abreu, autor do golaço decisivo na vitória do Botafogo contra o Santos por 1 a 0.

O FUTEBOL É INJUSTO

Inter prejudicado – Houve um pênalti do sempre estabanado zagueiro Gil no atacante Leandro Damião, um lance que poderia ter mudado a história do jogo.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Botafogo – Ainda não estou convencido de que o time do Joel Santana vá brigar no topo da tabela até o fim, mas a inesperada vitória contra o Santos, na Vila Belmiro, mostrou de novo que eu posso estar errado.

PAPO RETO

São Paulo,

Calma!

Ainda é cedo para acreditar que está tudo bem com o time. A vitória contra o Flamengo deu uma nova esperança para a torcida, mas é melhor os jogadores não caírem fácil nessa empolgação antecipada.

ACRÉSCIMOS

Jailson Macedo Freitas – O árbitro que mais marca pênaltis no Brasileirão 2010 foi o grande personagem da rodada.

Ele cometeu dois erros absurdos no jogo entre Atlético-PR e Corinthians e mostrou que o apito não decide o campeonato. Os juizes é que são ruins mesmo e no final erram para todos lados mesmo. Fica tudo igual. Tem que resolver com a bola no pé.

Read Full Post »

A incrível fábrica de talentos do futebol brasileiro não para de funcionar. Mesmo que os times continuem perdendo jovens craques para a Europa, outros surgem rapidamente por aqui. É isso o que o Brasileirão 2010 tem mostrado.

Basta reparar que até agora, com apenas 19 rodadas, o campeonato já teve mais de dez revelações que podem ser listadas e, no futuro, provavelmente virarão jogadores importantes para seus times. Alguns deles, inclusive, já atingiram esse status.

Ao contrário que fiz nas listas de revelações do Brasileirão 2009, dessa vez incluí também nomes que surgiram nos estaduais do 1º semestre. É justo, afinal são competições de níveis e abragências diferentes. Agora veja abaixo as principais revelações do Brasileirão 2010 até agora:

1º) Bruno César (Corinthians)
Ele já tinha brilhado demais pelo Santo André no Paulistão. Mas sua verdadeira prova de fogo veio no Corinthians e ele não demorou para corresponder: rapidamente virou o principal armador de jogo do time, é um dos artilheiros do Brasileirão e já foi tema de post neste blog.

2º) Mazola (Guarani) *
O Bugre, depois da chegada do técnico Vágner Mancini, foi bem demais ao apostar em um jovem atacante que, apesar de ter ido bem pelo Paulista no começo do ano, podia ficar esquecido no São Paulo. Extremamente habilidoso, ele se destacou no time de Campinas e, apesar ser “cai-cai”, tem dado trabalho para as defesas adversárias.

3º) Dedé (Vasco)
Trata-se de um zagueiro de 22 anos que o Vasco soube observar no Volta Redonda e contratá-lo em 2009. Já em 2010 ele conseguiu sua afirmação como um defensor firme, que tem como ponto forte a velocidade e também o jogo aéreo, do alto de seu 1,92m.

4º) Elkeson (Vitória) *
As ótimas categorias de base do Vitória não param nunca. Em 2009, o principal jogador revelado no clube foi Neto Berola. Em 2010, desponta no time um jogador de posição parecida, mas que tem ainda mais técnica.

Elkeson participou de poucos jogos do Brasileirão do ano passado, mas foi neste ano que realmente se firmou no time, principalmente durante a boa campanha na Copa do Brasil.

5º) Rafael (Santos) *
Longe de ser um dos “Meninos da Vila” mais badalados, Rafael tem sido uma grata surpresa da base santista, já que resolveu um problema gerado por seu antecessor, Felipe, também formado no clube e extremamente irregular. Rafael, pelo contrário, é seguro e, apesar de sofrer com a fraca defesa do Santos, tem conseguido se destacar.

6º) Marcelinho (São Paulo) *
Priomeiro ele foi apontado aqui como uma das principais revelações da Copa SP de 2010. Depois, quando Sérgio Baresi assumiu interinamente o comando do São Paulo, escrevi que isso poderia trazer boas chances para jovens talentos como ele.

Portanto, o que veio depois já era previsto: Marcelinho se firmou entre os titulares de um São Paulo que começa a reagir no Brasileirão e, se não vai chegar muito alto na tabela, pelo menos deve achar boas soluções para 2011 nas suas sempre boas categorias de base.

7º) Tinga (Palmeiras) *
Ele já era tratada como uma joia rara na Ponte Preta e o Palmeiras foi esperto em contratá-lo. Ele ainda não é titular no time paulista, mas é frequentemente utilizado e já fez participações decisivas em alguns jogos. Tem habilidade de sobra e um bom futuro pela frente.

8º) Renan (Avaí) *
A convocação dele para a Seleção Brasileira de Mano Menezes, por ter idade olímpica, veio no momento certo, quando ele se firmava como titular no Avaí. O técnico Antônio Lopes observou bem um goleiro que ainda é muito jovem, mas já parece pronto e deve brilhar ainda mais no futuro.

9º) Misael (Ceará)
Assim que começou o Brasileirão, cheguei a ter a certeza de que ele seria a principal revelação do campeonato. Porém, seu futebol caiu de produção junto com o próprio Ceará, lesões o atrapalharam e agora até a sua posição nessa lista está sob risco até o final da temporada.

10º) Marcelo Lomba (Flamengo)
Ele já tinha passagens pelas categorias de base da seleção brasileira, mas parecia que sua chance nunca ia chegar. Então veio a tragédia do “caso Bruno” e ele teve que virar titular. Assumiu bem a responsabilidade e já até defendeu pênaltis decisivos no Brasileirão.

11º) Alan Patrick (Santos) *
É mais um jogador que foi destaque da Copa São Paulo e agora começa a ir bem entre os profissionais. Poderia ser o substituto ideal de Paulo Henrique Ganso, mas Dorival Jr., acertadamente, tem o uitilizado com cautela. Pode estourar de vez a qualquer momento.

* = tem idade olímpica

Essa relação de principais revelações ainda deve mudar demais até o final do Brasileirão. Tanto em posições quanto em nome dos jogadores mesmo.

Existem outros jovens que precisam de pouco para aparecer em uma futura atualização dessa lista: Alex Sandro e Rodriguinho (ambos do Santos), Henrique (Vitória), Fabrício (Palmeiras), Leandro Damião (Inter), Casemiro (São Paulo) e Rômulo (Vasco) são alguns deles.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Inter – Com a participação decisiva do lateral Kléber, o Colorado venceu um jogo difícil contra o Grêmio-SP por 2 a 0 e fez a festa da torcida no Beira-Rio.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Palmeiras – Em casa, chegou a abrir 2 a 0 no placar, mas deixou o Cruzeiro aplicar a virada em apenas 45 minutos. Parece que o time de Felipão nunca vai conseguir uma sequência de bons jogos. É muito irregular.

TROFÉU HERÓI

Elias – O meia-atacante do Atlético-GO tem impressionado nas últimas rodadas. Balançou as redes duas vezes (fez inclusive um golaço!) na goleada contra o Vitória por 4 a 1 e já é o autor de 5 gols nos últimos 3 jogos da sua equipe.

TROFÉU VILÃO

Amaral – O volante do Goiás foi expulso ainda no 1º tempo e permitiu que o seu time, lanterna do Brasileirão, ficasse totalmente fragilizado diante de um poderoso Corinthians, que venceu por 5 a 1.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Casemiro – O volante do São Paulo é mais uma revelação da Copa SP de 2010 que tem despontado nesse Brasileirão. Contra o Atlético-MG, ele fez um gol e jogou bem. Seu companheiro de time, Marcelinho, também foi bem demais.

VALEU O INGRESSO

Júnior – O veteraníssimo lateral mostrou que ainda é útil e marcou um golaço, com um forte chute de esquerda, contra o Corinthians. Pena para ele que essa obra de arte virou apenas um gol de honra em mais um vexame do Goiás.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Atlético-MG 2 x 3 São Paulo – Era um jogo de times desesperados e não faltou emoção para quem já estava com os nervos à flor da pele.

Foram duas viradas em um jogo que serviu para separar bem quem vai lutar contra o rebaixamento até o fim e quem ainda deve subir algumas posições na tabela futuramente.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Flamengo 0 x 0 Santos – O jogo de despedida do Maracanã merecia um espetáculo melhor. Os times estão “em obras” e por isso não conseguiram balançar as redes, fazendo uma partida pouco animada no Rio de Janeiro.

DETALHE TÁTICO

4-4-2 do Fluminense – O time mudou seu esquema tático por causa do Deco, mas desde então não conseguiu convencer mais.

Não é o caso de voltar para o 3-5-2 por enquanto, mas Muricy terá trabalho para reencontrar o equilíbrio de um time que já estava montado e organizado.

DETALHE DO TÉCNICO

Cuca – Contra o Palmeiras, ele foi rápido ao colocar o meia Roger no lugar de um zagueiro já no intervalo. Com isso, ele pressionou o Palmeiras em busca da virada, que veio com gol de Farías, outro que saiu do banco para decidir.

O FUTEBOL É INJUSTO

Fluminense prejudicado – Houve um pênalti mais do que claro para o Tricolor carioca que não foi marcado no jogo contra o Guarani.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Atlético-PR – Com um gol no final do jogo, conseguiu vencer o Avaí em plena Ressacada. Mais surpreendente do que isso só a atual posição do Furacão na tabela: é o sétimo lugar do Brasileirão.

PAPO RETO

Vitória,

Acorda! O rebaixamento não está tão longe quanto parecia.

Você se empolgou demais com a boa participação na Copa do Brasil e parece que até agora não percebeu o risco que corre. A goleada sofrida contra o fraco Atlético-GO foi sintomática: caso não evolua, o perigo da queda é real.

ACRÉSCIMOS

Seleção do 1º turno – Segue a minha escalação dos melhores jogadores do Brasileirão até agora: Fábio; Patric, Alex Silva, Bolívar e Roberto Carlos; Arouca, Elias, Conca e Bruno César; Émerson e Kleber.

Faltam principalmente zagueiros e centroavantes que se destaquem. Mas o meio de campo é recheado de boas opções. Assim como o gol também. E a única certeza que fica é que muita coisa ainda deve mudar no 2º turno…

Read Full Post »

Older Posts »