Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Wagner’

O Fluminense não é “tantas vezes campeão” quanto Lamartine Babo declarou no hino tricolor. Porém, está próximo de colocar mais um título em sua história. O time de Abel Braga assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira e, mais importante do que isso, tem provado que pode se manter nessa posição até o fim. E aqui não cabe nenhuma acusação de oportunismo, pois há diversos motivos para justificar o favoritismo tricolor. Explico…

É desnecessário elogiar o elenco do Fluminense. Sobram opções de qualidade e a maioria delas está do meio-campo para frente: Thiago Neves, Deco, Wagner, Wellington Nem, Rafael Sóbis, Fred, etc…

Pois está exatamente aí o grande segredo do trabalho de Abel Braga: especialista em montar defesas, ele fortaleceu o que seria o ponto fraco do Fluminense. Agora o time é o menos vazado do Campeonato, com apenas 15 gols sofridos em 22 jogos disputados até agora. E vale destacar: não há grandes zagueiros no elenco, apenas Leandro Euzébio, Gum e Anderson – jogadores de qualidade mediana que têm se esforçado demais.

Gum e Wellington Nem/ Foto: Mauro Pimentel/ Terra

Experiência e juventude estão bem misturadas no Fluminense

Além disso, a aposta na experiência é outro detalhe importante do elenco do Fluminense. Em todas posições há pelo menos um jogador bastante rodado e que sabe o caminho dos títulos. Isso tem mantido o grupo focado e unido, claramente disposto a tudo para ser campeão mais uma vez. É possível enxergar ainda o embrião da equipe que quase foi rebaixada em 2009 e depois virou campeã brasileira em 2010.

Mas se for preciso juventude e fôlego renovado para buscar o título, o Fluminense também possui elenco para isso. Liderados por Wellington Nem, diversos jogadores das categorias de base têm conseguido espaço. Nesta quinta-feira, contra o Santos, foi a vez do centroavante Samuel brilhar. Mas há ainda Wallace, Fábio Braga, Matheus Carvalho, Marcos Jr e outros. A produção de talentos em Xerém sempre reforçou de verdade o elenco principal e dessa vez não será diferente.

Mas é evidente que o Fluminense não é um time perfeito. Ainda sofre com carência em algumas posições, nem sempre é criativo no meio-campo e demonstra irregularidade dentro de uma mesma partida. Mas a falta de concorrentes pelo título deve compensar isso: o Atlético-MG vai sofrer para lidar com a pressão de voltar a ser campeão; o Grêmio não tem uma defesa forte suficiente para ser campeão e sequer um técnico capaz de corrigir isso; e São Paulo, Internacional, Botafogo ou Cruzeiro teriam que conseguir uma arrancada improvável para alcançá-lo.

Portanto não faltam motivos para apontar o Fluminense como favorito absoluto ao título do Campeonato Brasileiro. Não é oportunismo. Na verdade é uma oportunidade bem aproveitada.

Anúncios

Read Full Post »

Nem só de boatos e especulações vive o mercado da bola do futebol brasileiro. Contratações já foram fechadas, jogadores já foram anunciados e alguns até se apresentaram em seus novos clubes. Mesmo antes do Natal, vários times conseguiram dar presentes para seus torcedores.

Porém, nem tudo que é apresentado como “reforço” realmente traz força a mais para os elencos. Entre apostas de risco e contratações que  tem tudo para dar errado, consegui achar dez transferências que realmente podem ser consideradas presentes de Natal. Veja os melhores reforços do futebol brasileiro até agora:

10º) Marco Antônio (M-Grêmio)
Em primeiro lugar, é preciso entender que o Grêmio realmente precisa de mais opções para o seu meio-campo, ainda mais se a saída de Douglas for confirmada. Além disso, o desempenho de Marco Antônio na Portuguesa e o fato da contratação ter custo zero contribuem para que esse seja mesmo um bom negócio.

É claro que a pressão agora será maior e o jogador terá que provar, aos 27 anos, que realmente pode brilhar em um time grande. Potencial e espaço ele terá de sobra.

9º) Fabrício (V-São Paulo)
Trata-se de um volante limitado tecnicamente, mas que pode trazer algo diferente para o elenco do São Paulo. A raça, a seriedade e a pegada de Fabrício às vezes fazem falta no meio-campo tricolor.

Com isso, ele terá grandes chances de conseguir a titularidade e até superar outros reforços que foram anunciados junto com ele. Maicon e Edson Silva, por exemplo, vieram do Figueirense e podem ser mais úteis, mas ainda é preciso desconfiar, pois eles podem sentir a pressão.

Contratações do São Paulo em 2011 para 2012

O São Paulo fez mais apostas do que contratações certeiras

8º) Jonas (LD-Santos)
Jonas fez uma temporada realmente brilhante pelo Coritiba. Com velocidade e forte apoio ao ataque, ele se destacou com muita movimentação e boa presença na área. Foi um dos motivos do sucesso do time paranaense na temporada.

O problema é que Jonas chegará ao Santos para substituir Danilo. Nada fácil, pois o novo jogador do Porto era muito versátil e técnico. Mas Jonas tem qualidade para, pelo menos, manter um bom nível na lateral-direita.

7º) Juninho (LE-Palmeiras)
Foi uma das poucas e boas revelações do Brasileirão 2011. O lateral-esquerdo mostrou talento no Figueirense, evoluiu com Jorginho e agora terá a missão de repetir o sucesso em um time grande.

Ele terão também a chance de conquistar algo que é para poucos no Palmeiras: conseguir se firmar na lateral-esquerda do time. Nem Gabriel Silva, prata da casa com potencial, fez isso. Não será fácil.

6º) Danilinho (M-Atlético-MG)
É um jogador que já conhece o clube e pode atuar em várias funções, como meia, ponta ou meia-atacante. Tem habilidade e velocidade para dar uma nova dinâmica ao Atlético-MG.

As ressalvas ficam por conta de possíveis problemas de readaptação, além das dificuldades físicas, que sempre atrapalharam a carreira de Danilinho.

5º) Marcelo Moreno (A-Grêmio)
A parceria entre Marcelo Moreno e Kleber tem boas chances de ser uma das melhores duplas de ataque do Brasil. O boliviano foi mal na Europa, mas mostrou alguma qualidade diferente em sua passagem pelo Cruzeiro.

Resta saber quanto tempo os dois terão para se entrosar. Seria importante que a torcida gremista tivesse paciência com os dois, mas sempre é difícil isso acontecer.

4º) Cortês (LE-São Paulo)
O lateral ex-Botafogo teve uma temporada de altos e baixos em 2011. Por um lado, mostrou habilidade que o levou à Seleção Brasileira. Por outro, mostrou irregularidade, exibiu pontos fracos e comprovou que precisa evoluir.

No São Paulo ele chegará com moral e deverá ter tempo para crescer. Caso consiga emplacar uma boa fase rapidamente, terá sucesso garantido, até porque há tempos o time não consegue alguém que se firme nessa posição.

3º) Kleber (A-Grêmio)
Já escrevi um post mais aprofundado sobre a contratação de Kleber. Ele é um atacante superestimado e por isso é importante que o Grêmio não se iluda.

Ainda assim, o talento do “Gladiador” é inegável. Ao lado de Marcelo Moreno, ele pode criar uma nova força para o Grêmio. Além disso, seu estilo agrada o torcedor gremista. Tem tudo para dar certo, mas ressalvas precisam ser feitas.

2º) Dagoberto (A-Inter)
A irregularidade marcou a longa passagem de Dagoberto pelo São Paulo. Mas em 2011 ele se encontrou, mostrou seu melhor futebol e provou que pode ser um dos melhores atacantes do Brasil.

Em boa fase, ele vai chegar a um time quase pronto e com um técnico de qualidade. Além disso, há espaço para que ele jogue, já que Leandro Damião ainda não tem um companheiro de ataque definido. São indícios demais para que tudo dê certo.

1º) Wagner (M-Fluminense)

Conca saiu do Flu no meio de 2011 e só agora um substituto à altura foi contratado. Demorou, mas valeu a pena. Wagner pode não ser tão genial e habilidoso quanto o argentino, mas é suficientemente técnico e cerebral para tomar conta do meio-campo do time.

Ao lado de Deco, Wagner formará um meio-campo experiente demais, que ainda municiará um ataque poderoso, com Rafael Sóbis, Fred, Rafael Moura e o recém-revelado Wellington Nem. O setor ofensivo do Fluminense está mais do que pronto e será um dos mais perigosos de 2012.

Read Full Post »

Dizem por aí...

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o time atual do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Atlético-MG – Andrezinho (M-Inter) – O meia está um tanto esquecido entre os bons jogadores do Colorado e seria uma grande ideia dar mais espaço para ele mostrar seu bom futebol.

Botafogo – Willians (A-Palmeiras) – Perdeu espaço durante o ano por causa da mudança de treinador e de uma lesão. Em condições mais estáveis, deve evoluir e se firmar.

Cruzeiro – Macnelly Torres (M-Colo Colo) – Faria uma boa dupla com Pedro Ken ou Gilberto e facilitaria a vida dos atacantes da Raposa.

Fluminense – Ewerton (V-Barueri) – É um importante achado. Trata-se de um volante discreto, mas que foi importante demais para a surpreendente campanha do seu time no Brasileirão 2009.

Grêmio – Tinga (V-Borussia Dortmund) – Voltaria ao tricolor gaúcho pra trazer um diferencial importante que falta ao elenco atualmente.

São Paulo – Guiñazu (V-Inter) – Tem sido um dos melhores volantes do Brasil a cada ano, então seria uma ótima contratação, sem dúvida.

TANTO FAZ…

Cruzeiro – Zé Roberto (M-Flamengo) – É preciso ver se ele vai querer jogar o que sabe, como fez na reta final do Brasileirão 2009.

Fluminense – Ariel (A-Coritiba) – Até tem qualidade e não deveria jogar a Série B, mas viria só para ser reserva.

Fluminense – Bolatti (V-Huracán) – É jogador da seleção argentina e tem qualidade, mas é preciso ter cautela com a sua adaptação.

Vitória – Luciano Henrique (M-Sport) – O problema é que ele vem para substituir Leandro Domingues e com certeza não está no mesmo nível.

CAI FORA!

Palmeiras – Leandro Euzébio (Z-Goiás) – Foi titular durante toda a boa campanha do time esmeraldino, mas, quando o time caiu de produção, ele mostrou os defeitos que o levaram a não dar certo em alguns clubes grandes, como Cruzeiro e Fluminense.

Santos – Herrera (A-Grêmio) – O problema é que ele viria para ser a solução do ataque santista e com certeza não corresponderia às expectativas.

Santos – Magrão (G-Sport) – Não é um goleiro ruim, mas o time já tem Fábio Costa e Felipe. O primeiro até é dispensável, mas o Peixe tem que dar uma chance para um jovem revelado no clube e que fez um bom trabalho no Brasileirão 2009.

NÃO ENXERGAM?

Wagner (M-Lokomotiv Moscou) – Nem o time e nem o meia estão muito bem. Ele saiu do Brasil há pouco tempo, mas os russos podem negociar um empréstimo para que ele volte ao Brasil.

Leia também:

Read Full Post »

TOP 11

Um “monstro” chamado mercado de bola levou alguns dos melhores jogadores para longe do Brasil durante a disputa do nosso campeonato nacional.

Alguns deles nem farão falta, mas existem aqueles que deixarão muitas saudades em seus times. Veja a lista dos principais:

1º) Maicosuel (Hoffenheim)
Era o diferencial do Botafogo no começo do ano, mas saiu, foi substituído pelo fraco Lúcio Flávio e o time agora corre sérios riscos de ser rebaixado.

2º) Ibson (Spartak Moscou)
Até agora o Flamengo não encontrou um substituto para ele e o time continua fazendo uma campanha irregular no Brasileirão.

3º) André Santos (Fenerbahçe)

O Corinthians dependia de suas jogadas ofensivas e Mano Menezes ficou sem peça de reposição para colocar em seu lugar.

4º) Ramires (Benfica)
O Cruzeiro ficou mais lento e menos surpreendente sem ele, mas, com dificuldades, já começa a encontrar outras formas de jogar.

5º) Douglas (Al Wasl)
Há quem acredite que Defederico fará com que os corintianos esqueçam dele, mas não vai ser fácil achar alguém que tenha as suas características.

6º) Internacional – Nilmar (Villarreal)
Alecsandro já era um bom nome para substituí-lo, mas Edu também veio, então o time está bem servido. Mas Nilmar estava um nível acima e fará falta.

7º) Corinthians – Cristian (Fenerbahçe)

Era um volante superestimado, mas ver Moradei substituí-lo não deve ter sido fácil para o corintiano. Agora o que importa é que Marcelo Mattos deve até superá-lo em termos técnicos.

8º) Fluminense – Thiago Neves (Al Hilal)

Não estava jogando nada parecido com o que podia, é verdade, mas seria muito bem vindo de volta em um time com tantos problemas.

9º) Émerson (Al Ain)
Ainda é preciso ver o quanto Dênis Marques jogará em seu lugar, mas fazia uma boa dupla de ataque com Adriano.

10º) Wagner (Lokomotiv)

Tem grande qualidade, mas Adilson Baptista rapidamente achou seu substituto: o experiente lateral-esquerdo Gilberto.

11º) Felipe Menezes (Benfica)
Se o Goiás queria se manter no topo da tabela, precisava de um elenco mais forte. Mesmo na reserva de Fernandão, o jovem meia poderia ser muito útil.

Veja a lista completa dos principais jogadores que saíram durante o Brasileirão no Blog do PVC

Read Full Post »

E SE FOR VERDADE?

Carlos Gil, repórter da Sportv, acaba de confirmar um boato: a troca de clubes entre Zé Roberto, do Flamengo, e Wellington Paulista, do Cruzeiro.

Parece que as diretorias já entraram em acordo e já nos fazem imaginar… se for verdade mesmo, quem levou a melhor neste negócio?

O Flamengo ganha um atacante melhor do que aqueles que estão lá hoje. Ainda não é solução, mas ao lado de Adriano pode ajudar mais do que Josiel, Emerson, Obina, etc…

Já o Cruzeiro ganha um meia habilidoso ou um atacante pouco eficiente. Como armador, Zé Roberto rende melhor. Mas nesta posição a Raposa já tem gente que está um passo a frente: Wagner e talvez até o jovem Bernardo.

Então a conta é bem simples: o Fla ganha um provável titular razoável. O Cruzeiro só leva um reserva, que ainda tem costume de conturbar ambientes.

Para os cruzeirenses, era melhor que fosse mentira.

Read Full Post »

BR 2009

CRUZEIRO

“Cruzeiro, Cruzeiro querido,
tão combatido, jamais vencido”

QUEM JOGA?
Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Léo Fortunato (Thiago Heleno), Fernandinho (Gérson Magrão); Fabrício, Marquinhos Paraná, Ramires e Wagner; Kléber e Wellington Paulista

COMO FOI EM 2008?
3º – Campanha boa e regular, mas sem nunca brigar pelo título de fato.

COMO SERÁ EM 2009?
É um dos favoritos para o título. Mas com algumas ressalvas.

COMO VAI GARANTIR OS 3 PONTOS?
O meio de campo é muito produtivo com base na ótima dupla Ramires e Wagner.

O QUE FALTA MELHORAR?
A defesa. É até estranho que Gustavo e Anderson sejam reservas, pois Léo Silva e Léo Fortunato são piores.

QUEM VAI DECIDIR?
Kléber. Com a cabeça no lugar, pode usar sua força e habilidade para abrir espaços e fazer gols.

QUEM É A ARMA SECRETA?
Como eu já escrevi aqui, é bom ficar de olho no Bernardo. Um jovem meia versátil comparado com Hernanes pela Placar.

O QUE ACONTECERÁ NO MEIO DO ANO?
O presidente Zezé Perrela adora vender os jogadores importantes de qualquer jeito. É bem capaz que o time se enfraqueça muito.

ACRÉSCIMOS
A lateral esquerda é outra incógnita da Raposa: Fernandinho está lesionado, Gérson Magrão tem sido improvisado, e os experientes Sorín e Athirson podem ganhar espaço, se ficarem em forma.

Read Full Post »

TOP 11

O torcedor brasileiro já até se acostumou: não adianta se empolgar com um bom jogador em seu time. Afinal, em breve ele será vendido e nem terá a chance de se tornar ídolo em seu clube.

Porém, existem ainda aqueles que lutam contra esta tendência e criam identidade com seus times. São poucos e, até por isso, serão lembrados nesta lista, que traz os últimos ídolos dos times brasileiros:

1º Marcos e Rogério Ceni – desde sempre no Palmeiras e no São Paulo
São os exemplos a serem seguidos neste quesito

Rogério Ceni e Marcos

3º Harlei – desde 99 no Goiás
O goleiro já completou uma década no Esmeraldino, quase sempre como titular

4º Clemer – desde 02 no Internacional
Nem que seja na reserva, passou por todas emoções no Colorado

5º Wagner – desde 04 no Cruzeiro
Saiu por 6 meses para o futebol árabe, mas ficou com saudades e voltou

6º Fabio Costa – desde 00 no Santos
Estava no título de 2002, foi para o Corinthians, mas logo voltou para o Peixe, em 2006

7º Índio – desde 05 no Internacional
Participou das principais conquistas da história do seu time

8º Magrão – desde 05 no Sport
Participou muito bem da principal conquista da história do seu time

9º Fábio – desde 05 no Cruzeiro
Já tinha jogado em 99 na Raposa e agora se firmou de vez

10º Obina – desde 05 no Flamengo
Fez gol do título da Copa do Brasil, título recente mais importante do Rubro-Negro

11º Juninho – desde 05 no Botafogo
Saiu para o São Paulo ano passado, mas não tem jeito: é a cara do alvinegro carioca!

Além deles, outros jogadores começaram, mais tarde, a criar uma identidade que pode se estender por mais tempo e também fazer história: Léo Moura, Vítor, Miranda, Pierre, Juan, Nilmar, etc…

Será que no futuro poderemos fazer um TOP20 sobre isso? Ou um TOP50? Torceremos…

Read Full Post »