Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Zé Eduardo’

Neymar deu mais um show, o resultado foi ótimo, a torcida fez a festa e os jogadores se empolgaram após o jogo. Esse é um possível ponto de vista para a vitória do Santos contra o Cerro Porteño por 1 a 0.

O time sentiu a falta de Ganso. Elano foi mal. Zé Eduardo é fraco e está pior que o normal. Rafael teve que fazer um milagre. E o Cerro, além de bem arrumado taticamente, conta com o perigoso Fabbro. Esse é outro possível ponto de vista para a vitória do Santos contra o Cerro Porteño por 1 a 0.

Não é preciso escolher necessariamente um dos dois. Fico com o meio termo e assim evito o oba-oba que muitos comentaristas fizeram por aí. O Santos ainda não está classificado para a final da Libertadores e precisa sim ter atenção contra o Cerro. Ao contrário do que escreveu, por exemplo, Marcelo Bechler, entendo que é possível sim apostar em uma eliminação do Peixe. Não serei eu a apostar, mas… cuidado!

Não trata-se de pessimismo. Na verdade o Santos tem vários motivos para ficar otimista. Há vários retrospectos e históricos que apontam para isso, como destacou Rodolfo Rodrigues.

O problema, bem observado por Vitor Birner, é que “nunca o Santos sentiu tanto a ausência de Ganso”. O problema é que há uma exagerada dependência de Neymar, como lembrou Sérgio Xavier. O problema é que “o jogo do Santos não fluiu” contra o Cerro, como disse Carlos Pizzatto. O problema é que o time paraguaio é bem estruturado taticamente e tem jogadores de qualidade, como mostrou Eduardo Cecconi.

Não são problemas demais para apostar cegamente na classificação do Santos? Creio que sim. E aqui não há vários pontos de vista…

Zé Eduardo
Zé Eduardo não é motivo demais para o santista já ficar preocupado na Libertadores?

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Atlético-MG – Venceu inapelavelmente o Flamengo por 4 a 1 e melhorou demais sua situação na luta contra o rebaixamento.

Há semanas atrás, já cravei aqui que o Galo não cairia. Confio cada vez mais nesse palpite…

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Fluminense – Por pouco não perdeu em casa para um Goiás praticamente rebaixado. Mesmo o empate por 1 a 1 pouco serviu, já que a liderança foi perdida para o Corinthians.

TROFÉU HERÓI

Paulo Baier – Fez os dois gols da vitória do Atlético-PR, que agora está surpreendentemente no G4 do Brasileirão 2010.

TROFÉU VILÃO

Zé Eduardo – O atacante do Santos desperdiçou uma cobrança de pênalti que teria dado a vitória para o seu time contra o Grêmio, em jogo que terminou empatado por 0 a 0 mesmo.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Lucas Gaúcho – O jovem centroavante do São Paulo, segundo principal destaque da última Copa SP, fez um gol de letra contra o Vasco e empatou o jogo em 1 a 1.

VALEU O INGRESSO

Rafael Sóbis – O atacante do Inter finalmente mostrou o que sabe, apesar da derrota do Inter.

Com uma bela virada e um chute preciso no ângulo, ele fez o principal golaço de uma rodada cheia de belos lances, como os fortes arremates de Éder Luis e Geraldo, além das boas jogadas de Patric e Marquinhos.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 1 x 1 Goiás – Os dois times precisavam muito da vitória e, apesar do desespero, fizeram um jogo agitado com um resultado justo.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Atlético-GO 3 x 0 Palmeiras – Foi chato ver a superioridade do time goiano contra uma equipe inexperiente, bagunçada e desinteressada.

DETALHE TÁTICO

Flamengo – Luxemburgo não sabe o que quer. Dessa vez optou por 3 volantes para enfrentar o Atlético-MG e saiu derrotado por 4 a 1.

Pior: voltou a ser sério candidato ao rebaixamento, pois, apesar de ter 40 pontos, não mostra sinais de recuperação e segue com um time bagunçado, sem padrão algum.

DETALHE DO TÉCNICO

Muricy Ramalho – O técnico do Fluminense errou na escalação, mas pelo menos corrigiu bem ao colocar Washington, Rodriguinho e principalmente Diguinho em campo. Com eles, pelo menos veio o empate contra o Goiás.

O FUTEBOL É INJUSTO

Cruzeiro prejudicado – Não foi pênalti em Ronaldo no lance que decidiu o grande duelo entre o time mineiro e o Corinthias.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Avaí – Em pleno Beira-Rio, venceu o Inter por 3 a 2 e desencadeou até uma preocupação a mais no time gaúcho, que jogou com titulares e mostrou que tem problemas para resolver até o Mundial.

PAPO RETO

São Paulo e Palmeiras e Vasco,

E agora?

Vocês mostraram na rodada que terão poucos objetivos para atingir no Brasileirão. Porém, chegou a hora de decidir se vocês entregarão seus jogos contra Fluminense e Cruzeiro. O que acontecerá?

ACRÉSCIMOS

Série B 2011 – Seis times brigam para não ocupar as 2 vagas restantes na segunda divisão do ano que vem.

Guarani, Avaí, Vitória, Atlético-MG, Flamengo e Atlético-GO fazem a disputa mais imprevisível da reta final desse Brasileirão. Não consigo nem arriscar palpites…

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Santos – Apenas quatro mandantes venceram e o Peixe conseguiu a mais convincente dessas vitórias.

Não acredito que o time vá conseguir brigar pelo título sem Paulo Henrique Ganso, mas o jogo contra o Goiás começou a contrariar essa minha opinião.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Atlético-MG – O Galo não conseguiu segurar um Palmeiras desorganizado, mas que teve Marcos Assunção e Kleber em um grande domingo. Resultado: 2 a 1, de virada, para o time paulista, que jogou fora de casa.

TROFÉU HERÓI

Rogério Ceni – Nem imagino o tamanho da crise no São Paulo se não tivesse o seu goleiro e capitão. Ele praticamente treina o time, fez gol, tem defendido demais e até pegou um pênalti.

TROFÉU VILÃO

Val Baiano – Desperdiçou importantes chances que poderiam ter decidido a vitória do Flamengo. Depois, o Guarani virou o jogo de forma impressionante e só aumentou a ira da torcida rubro-negra contra o seu centroavante.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Alan Patrick – O meia do Santos, que foi a principal revelação da Copa São Paulo de 2010, entrou no 2º tempo do jogo contra o Goiás e definiu a vitória por 2 a 0 com um belo gol.

VALEU O INGRESSO

Zé Eduardo – Acertou um voleio impressionante no jogo do Santos contra o Goiás e abriu o placar do jogo.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

Fluminense 2 x 2 São Paulo – O líder do Brasileirão fez o primeiro gol e parecia que ia dominar a partida. Mas caiu de produção demais, sofreu a virada e só foi reagir no segundo tempo.

O árbitro Leandro Vuaden quase estragou a partida com um pênalti mal marcado, mas polêmica também faz parte dos grandes jogos.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Atlético-PR 1 x 1 Grêmio – Foi um jogo morno e o que predominou foi a pouca qualidade técnica dos dois times que só lutam contra o rebaixamento.

DETALHE TÁTICO

Fluminense – Não deu para entender uma opção de Muricy Ramalho, cornetada por mim antes do jogo, via twitter. Ele escalou Belletti no lugar do atacante Émerson, suspenso. Simplesmente não funcionou.

DETALHE DO TÉCNICO

Vágner Mancini – Durante o jogo contra o Flamengo, o técnico do Guarani colocou em campo os dois atacantes que decretaram a virada. Geovane e Reinaldo saíram do banco para decidir a partida e consagrar o treinador.

O FUTEBOL É INJUSTO

Grêmio merecia mais – O resultado do do jogo não fez justiça com o futebol melhor do Tricolor Gaúcho, que, aos trancos e barrancos, tem evoluído sob o comando de Renato Gaúcho.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

São Paulo – No Maracanã, contra o líder do Brasileirão e ainda em crise, o Tricolor paulista foi além das expectativas. É um sinal de que o futuro técnico do time tem como trabalhar para colocá-lo em uma posição bem melhor na tabela.

PAPO RETO

Goiás,

Seu destino está traçado.

Depois da derrota esperada para o Santos, veio o anúncio de Jorginho, ex-auxiliar de Dunga, como novo técnico do time. É uma aposta arriscada demais para um time que já está fadado ao rebaixamento.

ACRÉSCIMOS

Ronaldo – A volta do Fenômeno foi interessante. Não dá para ter grandes expectativas com ele, mas deu para perceber que ainda é um atacante que pode dar trabalho quando conseguir uma sequência maior de jogos.

Read Full Post »

O ORGULHO DA TORCIDA

Grêmio – O bom volante Willian Magrão, vestindo estranhamente a camisa 9, fez os dois gols do Tricolor Gaúcho na vitória contra o Goiás, resultado que tirou o time da zona de rebaixamento.

A PIADA DOS ADVERSÁRIOS

Grêmio-SP – O Vasco tem evoluído demais, é verdade, mas o time prudentino não pode parar de crescer assim e perder um jogo desses em casa.

TROFÉU HERÓI

Diego Tardelli – Em um jogo no qual o Atlético-MG ainda tomou algum sufoco do Guarani, o atacante do Galo fez dois gols e decidiu a partida.

TROFÉU VILÃO

Chicão – Foi vaiado pelos torcedores do Avaí por causa da sua passagem pelo Figueirense e parece que isso o afetou.

Jogou mal demais na Ressacada e até fez um gol contra.

DESTAQUE PARA O JOVEM

Bruno César – Apesar da derrota do Corinthians para o Avaí, ele assumiu a artilharia do Brasileirão 2010 e tem impressionado demais.

Mas a rodada foi repleta de jovens promissores que brilharam: Neuton (Grêmio), Casemiro (São Paulo), Henrique (Vitória, ex-São Paulo), Tinga e Fabrício (ambos do Palmeiras).

VALEU O INGRESSO

Zé Eduardo – Acertou um belo petardo cruzado, com a perna esquerda, apesar da derrota do Santos contra o Vitória.

Além dele, João Vitor (Grêmio-SP) fez outro gol bonito e a curiosidade ficou por conta de Ewerthon e Diego Tardelli, que fizeram gols extremamente bonitos, mas ilegais por pouco.

UM SHOW EM 90 MINUTOS

São Paulo 2 x 2 Cruzeiro – Foi eletrizante do começo ao fim, teve boas atuações individuais e mostrou que os dois times ainda devem subir na tabela do Brasileirão 2010.

TÉDIO EM 90 MINUTOS

Palmeiras 2 x 0 Atlético-PR – Poucas oportunidades de gol foram criadas e a grande quantidade de erros de passe impressionou.

DETALHE TÁTICO

Grêmio no 3-6-1 – Renato Gaúcho nem bem chegou e já começou a implantar o esquema tática que gosta.

É praticamente o mesmo sistema que deu certo no Fluminense de 2008. Não gosto dessa tática e nem acho que ela é a ideal para time gaúcho, mas pode render novamente.

DETALHE DO TÉCNICO

Felipão – Tirou Luan e colocou Ewerthon, que deveria ter sido titular, e decretou a primeira vitória do técnico desde que ele voltou ao Palmeiras.

O FUTEBOL É INJUSTO

Ceará prejudicado – Mais uma vez o time nordestino foi injustiçado pela arbitragem. O pênalti em Willians, que decidiu o jogo contra o Flamengo, não existiu, mas o juiz Wagner Reway apitou.

O FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Botafogo – Tenho que parar de me surpreender com os micos dos Atlético-GO, mas nesse jogo eu ainda imaginava que o Dragão conseguiria vencer em casa.

Mais surpreendente ainda é ver o time do Joel Santana no G4 do Brasileirão. Não deve ficar por muito tempo ali, mas tem superado as expectativas realmente.

PAPO RETO

Dorival Jr.,

A culpa não é sua, mas eu avisei aqui.

Logo depois do título da Copa do Brasil, ficou evidente que o Santos deveria se preocupar com seu futuro. Pelo jeito esse futuro chegou rápido e a derrota para o Vitória por 4 a 2 já foi um sinal disso.

ACRÉSCIMOS

Times goianos – Goiás e Atlético-GO ocupam as duas últimas posições na tabela do Brasileirão. E ainda tem o Vila Nova-GO fazendo uma campanha vergonhosa na Série B. É crise no estado!

Read Full Post »