Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \30\UTC 2010

Em negrito – o jogador e o time que pretende contratá-lo
Em itálico – a posição e o último time do atleta

A fonte do boato está linkada no nome do jogador

DEMOROU!

Arsenal –  Mertesacker (Z-Werder Bremen) – Seria uma perfeita contratação dos Gunners depois da saída de Gallas.

Bayern de Munique – Dzeko (A-Wolfsburg) – É um atacante que tem brilhado na Alemanha há tempos e não teria problemas de adaptação. Além disso, os Bávaros precisam mesmo de um centroavante mais eficiente do que Klose, Mario Gomez, Olic, etc…

Inter de Milão – Giuseppe Rossi (M-Villareal) – O italiano sabe jogar e a Inter precisa mesmo de mais alguém que possa jogar pelos lados do campo, nem que seja só para completar o elenco.

Juventus – Krasic (M-CSKA) – Ele já foi até o destaque de um texto aqui no blog. É um jogador veloz e técnico, que certamente se encaixaria bem na tática que a Juve tem desenhado para se recuperar na próxima temporada.

Manchester City – Forlán (A-Atlético de Madrid) – Ele está no auge e seria uma ótima opção para brigar por vaga com Tévez ou Adebayor.

Real Madrid – Thiago Silva (Z-Milan) – É melhor do que todos zagueiros que estão lá. Seria um absurdo o Milan perdê-lo.

Real Marid – Evra (LE-Manchester United) – É um dos melhores laterais da Europa e sua péssima participação na Copa não pode queimá-lo. Mudar de ambiente pode ser uma boa saída para evitar isso.

TANTO FAZ…

Barcelona – Marcos Senna (V-Villareal) – Chegaria para ser reserva, mas seria um bom reforço, principalmente por causa da sua experiência.

Juventus – Cissokho (LE-Lyon) – É um lateral apenas razoável, mas é melhor do que o atual titular da Juve, De Ceglie.

Manchester United – Annan (V-Rosenborg) – O ganês foi bem demais na Copa de 2010. Mostrou que sabe marcar e fazer o simples. Mas os Red Devils já têm jogadores que sabem fazer isso.

Milan – Honda (M-CSKA) – É um jogador que precisa ser melhor testado, mas é versátil e pode ser útil para o elenco rossonero.

Milan – Podolski (A-Colônia) – Parece ser um jogador que só rende algo na seleção alemã, mas merece a chance em outro grande time da Europa para tentar mudar essa situação.

Real Madrid – Adebayor (A-Manchester City) – Não é exatamente um reforço necessário, já que Higuaín tem dado conta do recado. Mas o togolês pode render ainda mais.

Real Madrid – Juan Mata (A-Valencia) – É um jovem que fez uma temporada brilhante pelo Valencia e merece a chance de repetir a dose em um time grande. Mas por enquanto é preciso ter um pé atrás.

CAI FORA!

Arsenal – Marchetti (G-Cagliari) – Não creio que o goleiro italiano na Copa seja tão melhor do que Almunia

Liverpool – Gilberto Silva (V-Panathinaikos) – Não sei se seria um reforço bom sequer para o Flamengo. Imagina para um time que enfrentará adversários ainda mais difíceis.

Liverpool – Poulsen (V-Juventus) – Os Red Devils realmente correm o risco de perder Mascherano, mas poderia mprocurar substitutos melhores para o argentino.

Liverpool – Huntelaar (A-Milan) – É inacreditavelmente grosso. E o pior: pode chegar para ser titular, já que Fernando Torres está de saída.

Real Madrid – Hugo Almeida (A-Werder Bremen) – Um time que já tem Higuaín e Benzema não precisa de um centroavante grosso, como é o caso do português.

Real Madrid – Ricardo Carvalho (Z-Chelsea) – Mourinho acha que o português está no auge, mas vou me permitir discordar do ótimo técnico do Real. Carvalho já foi melhor e hoje não acrescentaria tanto ao time espanhol.

NÃO ENXERGAM?

André Ayew (M-Arles-Avignon) – O ganês mostrou na Copa de 2010 que é um jovem de futuro promissor, mas até agora foi pouco especulado no futebol internacional. Merece a chance em um time grande da Europa.

Read Full Post »

Para mim foi uma surpresa: sobraram defensores do Neymar depois que ele perdeu o pênalti na final contra o Vitória, nesta quarta. Assim não preciso nem me esforçar para apresentar argumentos a favor dele. Estão todos aí…

“O futebol de Neymar é assim. Não gosto de cobranças desse tipo, pois amplia a responsabilidade do atacante. Mas é o jeito do garoto, deve ser respeitado”, escreveu Paulo Calçade, sempre preciso.

“Torcedores e jornalistas costumam ser imediatistas. Se faz o gol é artista, se perde é moleque. Devagar com o andor”, criticou acertadamente Maurício Noriega.

“Se achei Neymar arrogante, displicente? Não. Isso mesmo: não. Ele sempre bateu pênaltis com ousadia (…). O que vimos ontem, um goleiro apostar que a bola virá no meio e ficar esperando, era questão de tempo”, minimizou  André Kfouri.

“Se a bola tivesse entrado, todo mundo diria que era irreverência. Como não foi gol, é irresponsabilidade. Nem uma coisa, nem outra”, observou Dorival Júnior, que foi bem demais ao defender seu jogador quando tantos outros técnicos o criticariam em público.

Alberto Helena Jr. , Carlos Pizzatto e Leandro Iamin também o defenderam.

Não concordo com tudo que foi escrito por aí. Acho apenas que a cavadinha é só mais uma técnica para chegar ao gol. Técnica para poucos, diga-se. Como disse Vitor Sergio, Neymar precisa treinar isso, pois errou e pagou um grande mico. Só não consigo concordar com quem foi extremamente radical sobre o assunto:

“Neymar fez graça. Não teve a intenção, todavia desrespeitou o Santos, que pretende ser campeão”, exagerou Vitor Birner.

“Ele está se achando demais e lhe falta um pouco mais de humildade”, criticou Benjamin Back.

“Neymar foi irresponsável, o Santos é grande e futebol, coisa séria”, disparou Mauro Cezar Pereira, esquecendo que futebol também é diversão e entretenimento. E, acima de tudo, não precisa ser padronizado.

Read Full Post »

O que foi escrito antes da apresentação de Sergio Canales vale repetir…

Uma particularidade se desenha no mercado do futebol para a próxima temporada europeia: vários times estão fazendo apostas em jogadores jovens, pouco conhecidos, mas que podem estourar em breve.

É claro que o investimento em craques consagrados também devem acontecer, mas por enquanto, nos resta ficar de olho nesses novos talentos que estão migrando para grandes times da Europa. O post desta quinta trata de um caso desses e outros virão no futuro.

Prazer, eu sou uma das melhores revelações mundiais contratadas na Europa recentemente. O Manchester United foi me buscar no México e não vai se arrepender pelas sete milhões de libras (R$ 19 milhões) pagas. Sou atacante e quero retribuir isso com gols, como fiz em um amistoso nesta quarta-feira (clique aqui e veja o golaço).

Também já fui artilheiro em um campeonato nacional do meu país, pelo Chivas, e marquei 9 gols em 16 partidas pela seleção mexicana. Aliás, é bom lembrar: eu disputei a Copa do Mundo de 2010 e, apesar de só ter sido titular em um jogo, consegui mostrar meu talento na África do Sul, balançando as redes duas vezes. E ainda acumulei uma estatística curiosa: fui o jogador mais rápido da Copa, com uma velocidade de 32,15 km/h.

Minha história com o futebol começou há muito tempo atrás. Meu avô, Tomás Balcázar, fez história no México na década de 50. Meu pai, Chicharro Hernández, também se destacou pela seleção. Agora, com 22 anos, eu tenho desafio de honrar a história dos dois.

O tamanho desse desafio é tão grande quanto a honra que terei daqui pra frente. Jogar com atletas como Giggs e  Scholes será incrível para mim. Eu só tinha jogado com eles no meu PlayStation. Eu sempre assistia eles na TV. Sonhei com o dia em que atuaria aqui e agora isso se tornou realidade.

Com essas minhas características de velocidade e faro de gol, pretendo dar trabalho no Campeonato Inglês. Tenho consciência que devo ser reserva no início, mas, assim como na Copa, vou aproveitar as chances quando entrar em campo. Prazer, eu sou Javier Hernandez e vou deixar de ser uma revelação para se tornar uma realidade do futebol internacional.

Sou apelidado de Chicharito por causa do nome do meu pai
Sou apelidado de Chicharito por causa do nome do meu pai

Read Full Post »

Há pouco o que se dizer depois do jogo entre Inter e São Paulo nesta quarta, no Beira-Rio. O Colorado quis vencer e o Tricolor só tentou não perder. Como quase sempre, o resultado dessas posturas foi melhor para o time corajoso.

Mas há outra lição que a partida pode passar: é incrível a qualidade desse elenco do Inter! O único gol saiu de Giuliano, que tinha acabado de entrar no lugar de Andrezinho, bom jogador, mas que não deveria ter sido titular.

Depois que o placar foi aberto, ninguém menos que Rafael Sóbis ainda entrou no lugar de Taison, um dos melhores da partida. Ah… Tinga estava suspenso, mas estará disponível no jogo de volta.

Com tantas opções e a boa vantagem conquistada, Celso Roth está com a classificação nas mãos. Até porque o São Paulo seguiu sem der qualquer indício de evolução desde a pausa para a Copa.

Aliás, queria saber o que fizeram os jogadores tricolores durante esse mês do Mundial na África do Sul. Só folgaram mesmo? Faltaram até contrataçõers, já que 1 Ricardo Oliveira não basta para compensar os Richarlysons, Marlos e Clébers Santanas.

Dessa forma, o cenário ficou desesperador sim para o São Paulo. Muitos vão repetir por aí que “nada está definido”, na melhor concepção clichê sobre “caixinha de surpresas” do futebol. Não entro nessa. Sempre apontei o Inter como meu favorito para vencer a Copa Libertadores. Não mudarei agora.

Read Full Post »

O Santos vai começar a decisão da Copa do Brasil, contra o Vitória, nesta quarta-feira, e terá uma missão árdua pela frente: não entrar na lista de zebras históricas que costumam surgir nessa competição.

Afinal, apesar da má fase recente do Peixe, ele ainda é o favorito absoluto para o confronto. Por ter mais tradição, camisa, torcida e jogadores melhores mesmo. Além disso, o momento do time baiano também não é dos melhores.

Mesmo assim, tudo pode acontecer na Copa do Brasil. Não é preciso voltar muito no tempo para perceber isso. Relembre algumas das principais surpresas que essa competição já proporcionou na história:

1º) Santo André x Flamengo (2004)
Eram mais de 70.000 pessoas confiantes no Maracanã. Bastava que o Flamengo conseguisse uma vitória simples, mas o time do ABC Paulista, que já tinha superado Atlético-MG e Palmeiras, calou uma nação com gols de Sandro Gaúcho e Élvis.

2º) Paulista x Fluminense (2005)

O time de Jundiaí já tinha eliminado Botafogo, Inter e Cruzeiro, mas outra façanha, em pleno Maracanã, mais uma vez, parecia impossível. Não foi, já que a equipe de Vágner Mancini conseguiu o empate que precisava no último jogo e sagrou-se campeã.

3º) Juventude x Botafogo (1999)
Coube ao Juventude a honra de conquistar o penúltimo título da Copa do Brasil com todos times participando dela, inclusive aqueles que disputavam a Copa Libertadores. E isso veio como uma campanha brilhante, superando Fluminense, Corinthians, Bahia e Inter até alcançar a final e levantar o troféu no Maracanã.

4º) Asa x Palmeiras (2002)
O desconhecido time de Arapiraca perdeu seu segundo jogo, mas se classificou graças a regra de gols marcados fora de casa. Assim, entrou para a história como uma das maiores zebras do futebol nacional.

5º) Brasiliense x Atlético-MG (2002)
Vasco, Náutico e Fluminense já tinham sido vítimas do time pertencente ao político Luiz Estevão. A vitória contra o Galo, por 3 a 0, em pleno Mineirão, foi incontestável. Depois, veio a polêmica final perdida contra o Corinthians, mas o importante foi que aquela Copa do Brasil colocou o Brasiliense no mapa do futebol nacional.

6º) Baraúnas x Vasco (2005)
O time do Rio Grande Norte sequer tinha conseguido vencer o primeiro jogo, em casa. Então o Vasco foi para São Januário com tranquilidade para se classificar. Saiu de casa surpreendido por um justo 3 a 0 e eliminado nas oitavas de final.

7º) Santa Cruz x Botafogo (2010)
A recente decadência do Santa Cruz não o impediu de superar uma equipe da 1ª divisão, mesmo estando na Série D. E o mais impressionante: foi uma recuperação incrível, já que o time pernambucano tinha perdido a primeira partida em casa.

Será que só o Santa Cruz vai entrar para a história como zebra da Copa do Brasil de 2010?

Só o Santinha vai entrar para a história como zebra da Copa do Brasil de 2010?

8º) XV de Novembro x Vasco (2004)
Um tal de Mano Menezes era o técnico do time gaúcho que surpreendeu os vascaínos naquele ano. O jogo era válido pela 2ª fase da Copa do Brasil, mas depois o XV conseguiu alcançar as semifinais e só foi eliminado pelo Santo André, em uma das semifinais mais surpreendentes da história da competição.

9º) Ipatinga x Santos (2006)
De um lado, Luxemburgo, Fábio Costa e Maldonado. Do outro Rodrigo Posso, Jaílton e Marinho Donizete. Venceu a equipe mineira, uma zebra comandada por Ney Franco. Foi nos pênaltis, mas nem por isso deixou de ser surpreendente.

10º) Sport x Corinthians (2008)
A equipe pernambucana eliminou favorito por favorito naquele ano: Palmeiras, Inter, Vasco e… na final, uma derrota por 3 a 1 quase acabou com tudo. No entanto, na Ilha do Retiro, Felipe Falhou, Carlinhos Bala e Luciano Henrique marcaram e outra zebra aconteceu.

11º) Brasiliense x Cruzeiro (2007)
Ainda eram as oitavas de final, mas a Raposa vacilou feio. Perdeu por 1 a 0 no jogo de ida e não conseguiu se recuperar no confronto de volta. O time mineiro , comandado por Paulo Autuori naquele ano, acabou eliminado por uma equipe que sabe fazer história na Copa do Brasil e contava com os alternativos Allan Delon, Dimba e Adrianinho.

Read Full Post »

Finalmente criei vergonha na cara. Desde o começo do ano, prometi uma página especial com os principais blogs esportivos, mas nunca cumpri. Agora finalmente ela está no ar.

Afinal, o foco do Opiniões em Campo está voltado para as análises que outros comentaristas esportivos fazem em seus blogs pela internet. Era necessário explicar quais são esses sites que servem de fonte e inspiração para mim. É claro que não dá pra acompanhar todos de perto, então os avaliei e dividi tudo em 3 categorias. Acesse a “Blogs recomendados. Ou não” e entenda.

Além disso, a temporada europeia acabou, a Copa de 2010 aconteceu, a Seleção mudou de técnico, o Brasileirão começou e recomeçou. Os últimos meses foram agitados demais no futebol. E é claro que isso alterou muitas opiniões sobre o esporte.

Por isso fiz uma grande atualização nas páginas deste blog. A principal delas na página de “Opiniões Gerais”, na qual analiso os melhores jogadores do mundo, quem deve ser convocado para a Seleção Brasileira e tudo mais.

Outra página renovada foi a “Sobre o Autor”. Atualizei minha descrição, que estava antiga demais (desde quando eu ainda nem era formado) e refiz o portfólio. A cobertura da Copa do Mundo deu trabalho, mas o resultado final gerou muito orgulho. Por isso divulguei aqui alguns dos principais textos que fiz para o iG Esporte.

Acesse todas as páginas atualizadas neste blog:

Read Full Post »

Foram poucas horas, nem todos jogadores estavam disponíveis e sequer existia uma comissão técnica para ajudá-lo. Assim Mano Menezes teve que montar sua primeira convocação na Seleção Brasileira. Por isso compreendo os Jucileis, Jeffersons, Edersons e outros detalhes estranhos dessa lista.

Entretanto, nem todo mundo entendeu isso. Alguns já classificaram Mano como “incoerente” e teve até quem já começou a plantar uma teoria da conspiração. Sacanagem. É preciso ir com calma nas críticas. Dentro desse conceito de paciência, escolhi os melhores comentários sobre a convocação do Mano.

  • André Rocha e Eduardo Cecconi analisaram taticamente o futuro do Seleção do Mano. Tudo baseado em um conceito que eu já tinha explicado aqui antes da convocação, mas os dois trouxram comentários ainda melhores. Clique no nome deles para ler mais.
  • Eduardo Tironi destacou a qualidade da maioria dos volantes convocados por Mano. Isso é fundamental, já que os jogadores dessa posição ganharam muita importância no futebol atualmente, como é explicado no texto. Clique aqui e leia mais.
  • Questões técnicas e táticas à parte, Marcos Felipe destacou vídeos interessantes de alguns dos convocados por Mano. Clique aqui e veja.
  • Paulo Calçade avalia a convocação pautado pela paciência que eu citei, e faz as análises de forma precisa. Clique aqui e leia mais.
  • Vitor Birner trouxe uma nova informação importante para o futuro da Seleção: Mano não teria um bom relacionamento com Elias, o que explicaria a convocação de Jucilei no seu lugar. É curioso se for verdade. Clique aqui e leia mais.

Read Full Post »

Older Posts »